Na hipótese em que o funcionário causa algum dano ao patrimônio da empresa, de maneira culposa, ou seja, SEM a intenção de ocasionar o dano, é proibido que a empresa desconte do salário do empregado valor referente à reparação do estrago.

Esta é a disposição do artigo 462, § 1º da Consolidação das Leis do Trabalho._

A empresa poderá realizar o desconto no salário do empregado, nas seguintes hipóteses:

1- No caso de culpa, se o empregado autorizar previamente; ou

2- No caso de dolo (quando há a intenção de causar o dano), independentemente de autorização.

Todavia, fique atento, pois a empresa só poderá efetuar os referidos descontos, se comprovar que o empregado agiu com dolo ou com culpa!

Portanto, se a empresa não comprovar tal situação, os descontos serão indevidos!_

Siga-nos nas redes sociais:

https://www.facebook.com/galvanirabeloadvocacia/

https://www.instagram.com/galvanirabeloadvocacia/?hl=pt-br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.