ANAC manterá escritório em Londrina

66

Com a decisão, empresários e políticos da cidade comemoram apoio para os cursos de aviação, assim como anunciam intenção de parceria público-privada para o setor.

 Em reunião na sede da Agência Nacional de Aviação Civil – ANAC, em Brasília, políticos, professores e representantes de entidades da cidade receberam a confirmação de que o escritório continuará funcionando em Londrina. Além disso, o diretor geral da ANAC, Carlos Eduardo Pellegrino, confirmou a possibilidade de uma parceria público-privada.

 O presidente e o vice da Associação Comercial e Industrial de Londrina – ACIL, Flávio Montenegro Balan e Luiz Carlos I. Adati, respectivamente, também participaram da reunião. “O escritório não vai fechar mais em Londrina, isso é um fato importante. Ele (Pellegrino) se comprometeu com a sociedade em não fechar o escritório. E nós devemos fazer uma parceria público-privada para que tenhamos recursos humanos para administrar melhor o escritório”, destacou Adati.

O vice-presidente da Associação Comercial destacou ainda a manutenção dos cursos de piloto, comissariado, mecânica e demais ligados a aviação, que terão assim uma garantia a mais na cidade, com o escritório da ANAC funcionando.  “É um avanço porque muita gente vai lá fazer esses cursos, e gastam em hotel, restaurantes e movimentam nosso comércio”, aponta Adati.

 O vice-presidente da Câmara, deputado André Vargas (PT) defendeu a interiorização dos aeroportos e afirmou trabalhar nesta pauta junto ao governo. Vargas ressaltou que o Brasil tem que se desenvolver no interior, e tanto a manutenção como a ampliação dos aeroportos regionais estão na ordem do dia em Brasília.

 

Para o deputado federal Alex Canziani (PTB), o resultado da reunião com a ANAC foi bastante positiva, uma vez que existia uma preocupação da comunidade de Londrina e do Norte do Paraná de que os testes exames que eram feitos em Londrina não viessem mais ocorrer na cidade em função da portaria que extinguia o escritório regional.  “O diretor Pellegrino entendeu a necessidade da cidade e da região, o apelo dos vários segmentos organizados da cidade e do vice-presidente da Câmara, deputado André Vargas – que também falou em nome do senador Sérgio Souza – e restabeleceu as atividades do escritório regional”, afirma.

 

De acordo com Canziani, ficou combinado que ainda nesta semana serão definidas as datas dos exames a serem realizados neste ano e a instituição de ensino que viabilizará os testes. “Foi muito positiva a reunião, pela atenção que nos deu a ANAC e pela preocupação que tinham os setores da comunidade e que agora foram sanadas, garantindo a continuidade dos exames em Londrina”, finalizou.



Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *