AUDIÊNCIA PÚBLICA DISCUTE “FIM”DE ZONAS ELEITORAIS

346

Uma Audiência Pública sobre o projeto de rezoneamento das Zonas Eleitorais, tratado na Resolução do Tribunal Superior Eleitoral N.º 23.520/2017, foi realizada ontem (04/07) no anfiteatro da Faculdade Catuaí. Com as presenças das juízas eleitorais Ana Paula Becker, Diretora do Fórum Eleitoral de Cambé e Juíza da 181ª Zona Eleitoral e Patrícia de Mello Bronzetti, Juíza da 78ª Zona Eleitoral, do Dr. Ricardo Luiz Gorla, Juiz Diretor do Fórum, dos promotores Walter Shinji Yuyama e Adriana Lino, do prefeito José do Carmo Garcia e Paulo Soares
Paulo Soares Nora, Presidente da Câmara de vereadores.

Em 1954, a 78ª Zona Eleitoral foi criada e já em 1993, diante do crescimento populacional do município, veio a criação da 181ª Zona Eleitoral a fim de atender a antigos anseios da comunidade, que buscava uma maior efetividade na prestação de serviços públicos na esfera eleitoral.

Diante dos critérios estabelecidos na Resolução TSE N.º 23.520/2017, de extinção e remanejamento de zonas eleitorais, para a manutenção das duas representações eleitorais atuais, haverá a necessidade de cumprimento do limite médio de 70.000 eleitores por zona, com base na cifra de 30/04/2017, com o acréscimo do quantitativo de eleitores suspensos e cujas inscrições foram canceladas nos últimos 3 anos, em conformidade com a densidade demográfica e a área territorial resultantes das apurações do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE.
A situação estatística de Cambé, resulta num eleitorado total de 64.894 eleitores, 16.898 inscrições canceladas em 2015 em consequência da revisão do eleitorado com coleta biométrica de dados, além de 742 eleitores cujos direitos políticos encontram-se suspensos.
A juíza eleitoral Patrícia de Melo Bronzetti destaca o risco que os cambeenses correm de ficar sem os serviços eleitorais e de Cambé ter que se reportar à cidade de Londrina (Vídeo).

Fonte: Benê Filho



Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *