Cambeense procurado pela justiça por duplo latrocínio é preso em Sinop Mato Grosso

5580

Um jovem de 23 anos foi preso na tarde desta sexta-feira (01/09), em uma chácara que fica na região da MT-140, que liga Sinop a Santa Carmem. De acordo com informações dos policiais do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), contra o suspeito existem três mandados de prisão em aberto pelos crimes de duplo latrocínio, roubo e tráfico de drogas, cometidos em Cambé.

Segundo informações de um investigador, a Polícia Civil do Paraná entrou em contato com a equipe de Sinop pedindo auxílio para o cumprimento da prisão de LEONARDO GABRIEL DOS SANTOS. Durante a abordagem, o suspeito foi reconhecido por um dos policiais. Recentemente ele havia sofrido um acidente, mas usou o nome do irmão para não ser identificado.

Confira o caso do latrocínio:

Santos, na companhia de outros quatro indivíduos, são suspeitos de matarem uma casal na cidade de Nova Santa Rosa.

O crime que chocou pela brutalidade. Eles degolaram marido e esposa, Teomar e Laire Arenhard, durante assalto ao restaurante da família.

De acordo com as investigações, Cleberson Pereira de Freitas 21 anos, conhecido como “Índio” foi quem desferiu os golpes de faca que matou o casal.

Segundo declaração do detido, o plano era apenas roubar a caminhonete, mas como a mulher reconheceu Cleberson que trabalhava nas proximidades do restaurante e então ele decidiu matar as duas vítimas.

Outros dois presos identificados como Fabio Gonçalves da Silva 23 anos e Eduardo Carros Batista 19 que confessaram participação no assassinato. Eduardo foi preso em Toledo e Fábio foi preso em Cambé em Novembro/2015.

Os criminosos pretendiam levar a caminhonete até o Paraguai, pois segundo eles havia uma encomenda de cinco caminhonetes roubadas.

Dois deles são moradores de Cambé, outro era morador da cidade onde o crime ocorreu, e acabou sendo morto posteriormente no Paraguai.



Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *