A Defesa Civil do Paraná confirmou agora há pouco mais uma morte em consequência das chuvas no litoral do estado. Foram registradas duas mortes em Antonina, uma em Morretes e uma em Honório Serpa.

Nos oito municípios apontados como os mais atingidos, já são 30,9 mil pessoas afetadas pelas chuvas. O governador Beto Richa decretou hoje (15) estado de calamidade pública nos municípios de Morretes e Antonina. Guaratuba e Paranaguá estão em estado de emergência.

Em Morretes, está o maior número de pessoas afetadas (15.178), entre as quais 8 mil estão desalojadas e 1.180, desabrigadas. Uma pessoa está desaparecida.

De acordo com o serviço de meteorologia do estado, o Instituto Simepar, a previsão do tempo para o litoral para os próximos dias é de céu parcialmente nublado com chuva leve. Segundo a técnica em meteorologia Vanessa D’Avila, o volume das chuvas no litoral desde sexta-feira (11) foi mais do que o dobro do normal para o período.

Uma ponte metálica foi instalada hoje sobre o Rio Sagrado Três, na rodovia estadual PR-408, para restabelecer o tráfego entre a BR- 277 e o município de Morretes. Cerca de 60 oficiais trabalham na estrutura de 32 metros de comprimento. A montagem da nova ponte deve ser concluída até o final da tarde de amanhã (16) e a utilização será provisória.

Amanhã, o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, visitará o Paraná para verificar a situação das áreas afetadas pelas chuvas. Ele sobrevoará, ao lado do governador, o litoral paranaense.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.