A umidade do ar, associada ao vento, fez com que a sensação térmica chegasse aos -4 graus no Município, de acordo com o Instituto Tecnológico Simepar

DSC05213Cambé teve, nesta quarta-feira (24), o dia mais frio do ano. Os termômetros ficaram muito próximos de atingir a escala abaixo de zero, com temperatura mínima de 0,2 grau. O registro foi feito na estação do Simepar por volta das 7h. A umidade do ar, associada ao vento, fez com que a sensação térmica chegasse aos -4 graus. Nas áreas mais baixas da cidade houve formação de geada na relva.

O frio quase fez com que o recorde histórico de baixas temperaturas em Cambé fosse batido. Em 2000, julho teve registros de -1,3 graus de mínima. Por conta do céu limpo, a tendência é que as temperaturas comecem a entrar em elevação. “Mesmo com o sol derretendo a geada, os termômetros não devem cair mais”, explicou a meteorologista Vanessa D’Avila.

O Iapar já havia emitido o Alerta Geada desde o início da semana. De acordo com a meteorologista, o céu limpo é condição necessária para que o fenômeno ocorra. “A geada é o congelamento da umidade do ar próximo ao chão. Isso geralmente acontece à noite, e não pode haver nenhum bloqueio, como nuvens, para que se forme”, comentou Vanessa.

A onda de frio intenso segue em Cambé por pelo menos mais um dia. A massa de ar polar, considerada pelo Simepar como a mais forte dos últimos anos, ainda avança pela região norte do Paraná, o que mantém a possibilidade de geada para a próxima quinta-feira. A partir de sexta (26), as temperaturas mínimas voltam a subir, passando do 0 grau registrado nesta quarta para 9 graus esperados para o domingo (28). As máximas também sobem, de 10 para 24 graus.

DSC05214

Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.

Responda

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.