No dia 14 de junho de 2012, o Sr. Marcelo da Costa e um amigo foram surpreendidos e atacados por dois assaltantes armados quando pescavam em uma ilha do Rio Paraná, durante o roubo os assaltantes assassinaram Marcelo com dois tiros, seu amigo só sobreviveu depois de fugir do local do roubo.

Os dois pescadores eram da cidade de Cruzeiro do Oeste, o crime gerou grande revolta na família e população da região, pela exagerada violência dos criminosos.

Imediatamente foram realizadas operações conjuntas na busca, identificação e captura dos criminosos, mobilizando grande contingente policial integrado para a captura e prisão dos assassinos.

A sociedade contribuiu com informações valiosas para as investigações, levando a localização e identificação de dois suspeitos do crime.

Na madrugada do dia 25 de agosto estas buscas e investigações resultaram no cumprimento e dois mandados de prisão, buscas e apreensões de dois homens na cidade de Querência do Norte, com a prisão dos dois suspeitos, foram localizadas três armas de fogo, alem de material que pode ter sido utilizado no dia do crime.

Foi localizada na residência do primeiro suspeito de 26 anos de idade, uma pistola semi automática, do mesmo calibre da utilizada na morte de Marcelo da Costa, alem de uma espingarda carabina modelo Rossi-Puma, calibre .38, alem 32 cartuchos de munição para as duas armas.

Na residência do outro suspeito de 25 anos de idade, foi apreendida uma espingarda calibre 12, com oito munições, motor de barco com as características do utilizado no dia do crime, além de material e barcos que podem ter sido utilizados para a pratica do crime e de outros na região.

Os dois presos foram encaminhados para a delegacia de Xambrê, onde o  delegado Valdir Balan ressalta que o trabalho de investigação não acaba com as prisões “Vamos continuar com as investigações e fazer um reconhecimento entre o sobrevivente e os acusados, na tentativa de elucidar o crime”.

O Batalhão de Polícia Militar Ambiental se coloca à disposição da sociedade através de seus Policiais, suas Sub-Sedes, Pelotões e ainda através de um telefone para atendimento de denúncias, reclamações e sugestões. Qualquer pessoa pode se comunicar pelo 0800 643 03 04, e local é o telefone (043) 3341-7733 a ligação no telefone 0800 é gratuita e pode ser feita a qualquer hora.

Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.