0210cmeiQuatro creches públicas foram invadidas em Curitiba sem receber a segurança devida de empresa terceirizada pelo prefeito Gustavo Fruet. Na noite de sexta-feira, a creche Erondi Silvério foi invadido e teve suas salas depredadas. A mesma creche foi invadida na noite de domingo, 29, assim como as creches Maria Gracita e Hermes Macedo. Na Segunda-feira, 30, à noite, a creche Erondi Silvério foi atacada novamente. Uma ocorrência foi registrada também na creche Machado de Assis. Em todas as ocasiões as aulas foram suspensas ou atrasadas.

Nas três invasões da creche Erondy Silvério, que fica na região do Tatuquara, a empresa de segurança G5 foi ao local somente após ligações dos servidores, e não após o disparo do alarme, como está estabelecido no contrato com a Prefeitura de Curitiba. A Guarda Municipal foi acionada e realizou a prisão de três menores que depredaram o local. Leia mais emwww.sismuc.org.br.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.