Em Londrina, Richa diz que Paraná é destaque no Brasil
Postado por: Equipe Portal Cambé Em 22nd julho 2016

O governador Beto Richa disse nesta quinta-feira (21), na solenidade de posse da nova diretoria da Associação Comercial e Industrial de Londrina (Acil), que o Paraná é reconhecido nacionalmente pela gestão austera e ética. “Fizemos o dever de casa preservando o Paraná dos efeitos mais nocivos dessa aguda crise nacional. O Paraná, na comparação com outros estados, tem uma situação privilegiada, pagando em dia o funcionalismo e com recursos para investir”, afirmou o governador, no encontro, que marcou a posse do empresário Cláudio Sérgio Tedeschi na presidência da Acil. Ele assume no lugar do industrial Valter Luiz Orsi, que esteve à frente da entidade desde 2014. O vice-presidente é Fernando Maurício de Moraes. Também foram empossados 16 diretores e 19 conselheiros da Acil.

Richa defendeu o ajuste fiscal feito pelo Governo do Estado e comparou as finanças pública com as de uma empresa. “Tem momentos que precisamos reduzir gastos e enxugar a máquina. Foi o que fizemos no Estado para conseguirmos manter a capacidade de investimento. E deu certo, hoje o Paraná é referência para os demais estados brasileiros”, defendeu.

O governador Beto Richa participa da posse de Sr. Cláudio Tedeschi, novo presidente da Associação Comercial e Industrial de Londrina, em lugar de Valter Osti. Participaram: prefeito de Londrina, Alexandre Kireeff, Presidente da FACIAP, Guido Brezolin, entre outros. Londrina, 21-07-16. Foto: Arnaldo Alves / ANPr.
O governador Beto Richa participa da posse de Sr. Cláudio Tedeschi, novo presidente da Associação Comercial e Industrial de Londrina, em lugar de Valter Osti. Participaram: prefeito de Londrina, Alexandre Kireeff, Presidente da FACIAP, Guido Brezolin, entre outros.
Londrina, 21-07-16.
Foto: Arnaldo Alves / ANPr.

ASSOCIATIVISMO – Ele destacou o papel do associativismo no Paraná e disse que o governo estadual fortalece o relacionamento com as entidades empresariais. “Temos uma relação estreita de trabalho e de diálogo para encontrarmos melhores soluções para o desenvolvimento do Paraná”, afirmou.

Richa enalteceu o trabalho da Acil. “Temos uma grande parceria, que certamente será ampliada”, disse. Ele citou algumas obras do governo estadual em Londrina, como a duplicação da PR-445, a participação do Estado no projeto de ampliação do aeroporto e os investimentos em saneamento.

DESAFIO – O novo presidente Cláudio Tedeschi falou sobre o difícil momento econômico nacional e disse que o principal desafio da entidade é enfrentar essa situação e contribuir para a retomada da geração de riquezas e empregos. “A Acil tem um papel fundamental na economia e desenvolvimento social de Londrina. Precisamos voltar a fazer nossa cidade crescer e para isso contamos com a parceria do governo estadual”, afirmou.

De acordo com Tedeschi, no último ano a Acil foi a entidade associativista que mais cresceu no Brasil. “Estamos no caminho certo. É preciso dar continuidade a esse trabalho”, disse.

Valter Luiz Orsi, ex-presidente da entidade, fez um balanço de sua gestão. Entre os pontos destacados por ele está o aumento do microcrédito para os associados. “Fizemos um bom trabalho de fortalecimento do associativismo da região. Tenho certeza que continuará com o Cláudio Tedeschi”, disse ele.

CARREIRA – Cláudio Sérgio Tedeschi, 65 anos, nasceu em Londrina e se formou em Engenharia Civil na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP). Já presidiu o Sindicato da Indústria da Construção Civil do Norte do Paraná (Sinduscon), a Associação de Desenvolvimento Tecnológico de Londrina e Região (Adetec) e o Instituto de Desenvolvimento de Londrina (Codel), além de ser um dos fundadores e ex-presidente do Fórum Desenvolve Londrina.

No setor produtivo, trabalhou em muitos setores, entre eles turismo, tecnologia da informação, construção civil, pavimentação, pré-moldados e comunicação.

Além de associados e colaboradores da Acil, estavam presentes no evento o presidente da Faciap, Guido Bresolin Junior, e o ex-governador e diretor do BRDE, Orlando Pessuti.

Compartilhe nossa Matéria