Empresário de Cambé é preso novamente em caso de exploração sexual
Postado por: Equipe Portal Cambé Em 19th junho 2015
164938_3136426466410_324089364_n-1
Reprodução: Facebook

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) prendeu na manhã desta sexta-feira mais duas pessoas na investigação sobre uma rede de exploração sexual de adolescentes em Londrina. O empresário Antonio Crippa Neto teve nova prisão preventiva decretada. Ele já havia sido detido no ínicio de abril e estava em liberdade.

Em entrevista à rádio Paiquerê AM, o delegado do Gaeco, Alan Flore, confirmou também a prisão do agricultor Odair Aparecido Favali. Flore relatou que os dois foram citados em dois novos inquéritos. Ambos são moradores de Cambé.

“É uma medida de extrema importância tirar essas pessoas de circulação”, avaliou o delegado à Paiquerê AM.

Alan Flore explicou que Crippa não só contratava adolescentes para programas como intermediava para outros envolvidos. Já Favali teve reiterados encontros com adolescentes. Os inquéritos específicos não indicam estupro de vulnerável, quando as vítimas são menores de 14 anos.

Os dois detidos foram levados para a sede do Gaeco. Antonio Crippa já responde a uma ação penal por conta da primeira prisão.

Fonte: Portal Bonde

Compartilhe nossa Matéria