A PR-410 (Estrada da Graciosa) está totalmente interditada no trecho entre São João da Graciosa e Antonina, no litoral paranaense. Um buraco com 15 metros de profundidade por 4,5 metros de diâmetro foi aberto na pista na altura do quilômetro 21, após a descida da Serra do Mar. Foto: Chuniti Kawamura/AENotícias
A PR-410 (Estrada da Graciosa) está totalmente interditada no trecho entre São João da Graciosa e Antonina, no litoral paranaense. Um buraco com 15 metros de profundidade por 4,5 metros de diâmetro foi aberto na pista na altura do quilômetro 21, após a descida da Serra do Mar. Foto: Chuniti Kawamura/AENotícias
A PR-410 (Estrada da Graciosa) está totalmente interditada no trecho entre São João da Graciosa e Antonina, no litoral paranaense. Um buraco com 15 metros de profundidade por 4,5 metros de diâmetro foi aberto na pista na altura do quilômetro 21, após a descida da Serra do Mar. Foto: Chuniti Kawamura/AENotícias
A PR-410 (Estrada da Graciosa) está totalmente interditada no trecho entre São João da Graciosa e Antonina, no litoral paranaense. Um buraco com 15 metros de profundidade por 4,5 metros de diâmetro foi aberto na pista na altura do quilômetro 21, após a descida da Serra do Mar. Foto: Chuniti Kawamura/AENotícias

A PR-410 (Estrada da Graciosa) está totalmente interditada no trecho entre a localidade de São João da Graciosa e Antonina, no litoral paranaense. Um buraco com 15 metros de profundidade por 4,5 metros de diâmetro foi aberto na pista na altura do quilômetro 21, após a descida da Serra do Mar.

Segundo o superintendente regional do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), Gilberto Pereira Loyola, a causa provável é o rompimento de um bueiro e infiltração de água. “Uma manilha estourou e a água levou toda a terra debaixo do asfalto”, explicou. Ele informou que um projeto emergencial está sendo preparado para o reparo do trecho. “A obra deve começar ainda esta semana”, disse.

Loyola alerta que quem pretende viajar para Antonina, trafegando pela Estrada da Graciosa, deve desviar o percurso por Morretes, utilizando a PR-411. “A interdição será necessária para segurança dos usuários da rodovia”, afirmou. O desvio aumenta a viagem em cerca de nove quilômetros.

AEN

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.