Funcionárias são presas por roubar loja no PR; veja vídeo

82

Policiais da Delegacia de Furtos e Roubos (DFR) prenderam, na segunda-feira (26), Adriana Krochinski, 32 anos, que estava com um veículo utilizado em diversos furtos a residências em Curitiba. A polícia também prendeu Camila Silva de Oliveira, 19, e Emanuele dos Santos Barbosa, 18, suspeitas de desviarem dinheiro do caixa da yogurteria que trabalhavam.

Adriana foi detida no bairro Sítio Cercado, em Curitiba, com um veículo que, segundo a polícia, é descrito em cinco boletins de ocorrência de furtos a residências. Este veículo foi furtado de uma residência em Pinhais, e estava com a placa adulterada, e o documento falsificado.

Adriana já tinha passagem pela polícia. Ela foi presa em dezembro do ano passado em uma casa no bairro Boqueirão, com 1 quilo de maconha, e uma caixa com 50 munições de pistola calibre 9 milímetros. Ela é esposa de Adriano Ribeiro, 33, suspeito de liderar a quadrilha da gangue do maçarico. Adriana havia saído da prisão há dez dias.

Camila e Emanuele foram presas na saída do shopping onde fica a yogurteria que trabalhavam. Com elas foi apreendida uma quantia em dinheiro furtada do dia de trabalho. O dono da empresa procurou a polícia, e durante as investigações, foram instaladas câmeras de segurança no local. Nas imagens, as meninas aparecem pegando pequenas quantias por dia. De acordo com o depoimento do dono da empresa, Camila e Emanuele furtaram cerca de R$ 50 mil.

Adriana foi autuada em flagrante por receptação, uso de documento falso e adulteração de sinal identificador. Camila e Emanuele responderão por furto qualificado. As três foram encaminhadas ao Setor de Carceragem Temporária da DFR, onde aguardam decisão da Justiça.

FONTE:SESP/PR



Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *