Na última terça-feira (05/06), representantes da Polícia Militar de Londrina e das empresas Sercomtel e Vivo reuniram-se para tratar de um assunto que tem preocupado, um fato contínuo e crescente: o furto de cabos de energia e de telefone.

O crime acontece durante as madrugadas quando, geralmente, usuários de entorpecente danificam e furtam tais cabos com o intuito de venderem e comprarem drogas com o dinheiro da comercialização dos produtos furtados.

Os ferro velhos são os principais receptadores, o qual adquirem estes materiais de origem ilícita por preços bem abaixo do que é de fato, e consequentemente obtém grandes lucros na revenda.

Com a finalidade de diminuir os índices de furto desses materiais, a PM estará planejando operações da AIFU para fiscalizar os ferros velhos e orientar os proprietários quanto ao problema, que só existe porque há receptadores, e para que não adquiram materiais de procedência suspeita.

Uma ordem de serviço para orientar os policiais a reforçarem a atenção nas áreas de incidência deste crime está sendo elaborada e, finalmente, divulgar a população que denuncie imediatamente suspeitos que estejam mexendo em fiação de postes da rede pública.

Responda

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.