fotoUm caso no mínimo curioso ocorreu ontem (01) na BR-163, uma das rodovias paranaenses em pior estado de conservação e com maior registro de acidentes. Valdir Miranda Felicio, 39 anos, foi inicialmente dado como morto, mas tudo não passou de um equívoco.

O IML (Instituto Médico Legal) de Cascavel chegou a ser chamado até Lindoeste, local do acidente, pois as informações iniciais indicavam o óbito, mas a vítima foi salva mediante a execução de procedimento médico usual em casos como esse.

Everaldo, que mora em Lindoeste e teria provocado o acidente ao tentar uma ultrapassagem perigosa, foi atendido por profissionais de uma unidade de saúde localizada próximo do local onde ele bateu seu Corsa em um caminhão carregado de argamassa.

Everaldo Alves Borges, 34 anos, e Vinícius Rigo, 21, que estavam no caminhão, sofreram apenas ferimentos leves.

Parte da carga do caminhão, que seguida de Dois Vizinhos para Cascavel, ficou espalhada pela pista, prejudicando o trânsito no local por algum tempo.

Fonte: O Paraná

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.