Londrina participa do Dia Nacional de Combate ao Aedes aegypti
Postado por: Equipe Portal Cambé Em 12th fevereiro 2016
Militares das Forças Armadas e o secretário nacional de Vigilância em Saúde estarão presentes, em Londrina, para a mobilização de combate ao mosquito
Neste sábado (13), o município de Londrina vai contar com o reforço de 35 militares das Forças Armadas para auxiliar no combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, do zika vírus e da febre chikungunya. A abertura da ação será às 8h30, em frente à Unidade Básica de Saúde (UBS) do Parque Alvorada, na Avenida Poços de Caldas, 85. A solenidade vai contar com a presença do secretário de Vigilância em Saúde, do Ministério da Saúde, Antonio Carlos Nardi, e do secretário municipal de Saúde, Gilberto Martin.

A ação é uma iniciativa do Governo Federal e integra a segunda etapa do combate nacional ao Aedes aegypti, com a participação das Forças Armadas nos municípios considerados endêmicos pelo Ministério da Saúde. A mobilização vai abranger mais de 300 cidades do país.

O secretário municipal de Saúde, Gilberto Martin, ressaltou a importância da vinda do Exército Brasileiro a Londrina, assim como a presença do representante direto do Ministério da Saúde. “Estamos trabalhando de maneira firme contra o Aedes aegypti e o Ministério da Saúde vai dar um reforço ao nosso trabalho”, disse.

Os militares, que estarão em Londrina, integram o Batalhão de Infantaria Mecanizado de Apucarana (PR) e se unirão a 300 agentes de endemias e 30 agentes comunitários de saúde do município, para a realização de vistoria em residências e eliminação de possíveis criadouros do mosquito. A equipe também vai prestar orientação aos moradores, distribuir panfletos informativos e sacos de lixos, para demostrar a importância de cada um cuidar de seu espaço. A ação também conta com apoio da Defesa Civil da região.

O trabalho acontece até as 13 horas concentrando-se na região oeste, com prioridade nos jardins Alvorada, Leonor, do Sol e Santiago, devido ao números de notificações de casos de dengue nestes locais. A estimativa é visitar cerca 10 mil imóveis da região.

Simultaneamente ao trabalho de vistorias, a comunidade e os agentes de endemias do município participam de uma passeata, com concentração na Praça Bento Gonçalves, em frente à UBS Alvorada, passando pela Travessa Farroupilha (praça) até chegar no Mercado Municipal do Shangri-lá.

Texto: Dayane Albuquerque

Compartilhe nossa Matéria