Manchete dos Jornais desta quarta-feira, 05 de agosto de 2015
Postado por: Equipe Portal Cambé Em 5th agosto 2015

Cunha e oposição discutem impeachment e isolam PT
Deputado excluiu sigla do comando das CPIs dos fundos de pensão e do BNDES
Rompido com o governo Dilma, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), discutiu com a oposição e com parte da base governista uma forma de fazer avançar um pedido de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff (PT)…
Executiva do PT não fará defesa pública de Dirceu
Para tentar proteger-se de novo escândalo, a cúpula do PT decidiu não defender o ex-ministro José Dirceu, preso pela Polícia Federal. Em reunião da Executiva Nacional, dirigentes mudaram o tom em relação à primeira prisão dele, em 2013. “Não estamos abandonando José Dirceu”, disse o presidente do PT, Rui Falcão. “O ônus da prova é de quem acusa.”…


O Globo

Manchete : Cunha arma novas ‘bombas’ para o governo
Presidente da Câmara articula contra Planalto até com base aliada
O comando de comissões que preocupam o governo, como a que investigará os fundos de pensão, ficará nas mãos dos partidos oposicionistas; pauta de votações pode afetar ainda mais as contas federais
O presidente da Câmara, Eduardo Cunha, no primeiro dia da volta do recesso parlamentar, mostrou disposição para incomodar o governo. Numa articulação com líderes da base e da oposição, conseguiu excluir o PT do comando das CPIs do BNDES, dos Fundos de Pensão e dos Crimes Cibernéticos — as duas últimas ficaram nas mãos da oposição — e limpou a pauta para votar o quanto antes o projeto que corrige o FGTS pela poupança. Também na contramão do que queria o Planalto, ele manteve na fila de votações a proposta que aumenta o teto salarial de advogados públicos e procuradores. O governo, ainda sob o efeito da prisão do ex-ministro José Dirceu, ficou frustrado com a reação de Cunha, com quem tentava restabelecer diálogo. (Pág. 6)

Operação ‘Pixuleco’
A desilusão com o mito Dirceu
O “guerreiro do povo brasileiro” se tornou símbolo de uma desilusão. A nova prisão de José Dirceu levou decepção a quem ainda nutria solidariedade pelo mito da esquerda nos anos 60. (Pág. 3)

Partido muda de tom
Reunido ontem, o PT isolou ainda mais José Dirceu. O partido vê “caráter pessoal” nas denúncias e quer evitar que a nova prisão do ex-ministro contamine Lula, principal líder do partido. (Pág. 4)

Itaú dribla crise e lucro avança 25%
Com aumento das margens nos empréstimos e das receitas com tarifas, o Itaú Unibanco, maior banco privado do país, lucrou R$ 11,7 bilhões no primeiro semestre, alta de 25,7%. A crise, porém, levou a uma ligeira piora na inadimplência. (Pág. 25)

Produção da indústria recua 6,3%
A indústria teve o pior semestre desde 2009 e viu sua produção encolher 6,3% este ano. Para analistas, desta vez, a recuperação será mais lenta do que em 2009. A fabricação de máquinas e equipamentos, termômetro dos investimentos, desabou 20%. (Pág. 23)

Renan adia votação de desoneração da folha (Pág. 8)

Refugiados – Em busca de um abrigo no Rio
Fugindo de guerras ou da fome, milhares de estrangeiros, do Congo ao Afeganistão, vêm em número cada vez maior para o Rio. Desde 2012, o total de refugiados na cidade subiu 300%. (Pág. 12)

Programa da Capes sofre atraso
Futuros professores temem a interrupção do Programa de Licenciaturas Internacionais (PLI), atrasado desde junho. A Capes diz que vai divulgar novo cronograma. (Pág. 31)

Rio 2016 – Viagem ao centro da Terra
Parecia coisa de cinema. O fim das escavações do túnel do Transolímpico, que marcou o início da contagem regressiva de um ano até 2016, foi uma superprodução com efeitos especiais. Operários construíram um muro para cobrir a galeria, aberta há 20 dias. Após toques de sirene comuns em detonações, o governador Pezão, o prefeito Eduardo Paes e um séquito de secretários saíram do buraco cenográfico. O BRT terá 25km. (Pág. 17)

FALTAM 365 DIAS – CADERNO ESPECIAL REVELA OS SEGREDOS DO PARQUE OLÍMPICO
Leite escasso
Banco nacional de coleta sofre com estagnação das doações e falta de informações. (Pág. 30)
Merval Pereira
Há 13 anos, PT protagoniza trama inacreditável de corrupção (Pág. 4)
Elio Gaspari
Se Senado dificultar recondução de Janot, crise vai piorar (Pág. 20)
Zuenir Ventura
Admiradores amavam o José Dirceu do passado (Pág. 21)
Míriam Leitão
Congresso traz de volta o risco de alta do gasto público (Pág. 24)


O Estado de S. Paulo

Manchete : Cunha isola PT em CPIs e manobra pelo impeachment
Presidente da Câmara exclui partido do governo da chefia de Comissões Parlamentares de Inquérito e age para

acelerar votação de contas de Dilma
O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), excluiu o PT do comando de todas as Comissões Parlamentares de Inquérito que serão instaladas até a próxima semana para investigar o governo e iniciou conversa com a oposição sobre pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff. Cunha também trabalhou para votar com urgência nesta semana as contas dos governos Itamar Franco, Fernando Henrique Cardoso e Luiz Inácio Lula da Silva e abrir caminho para apreciar a contabilidade da gestão Dilma que pode, no limite, levar a crime de responsabilidade fiscal e facilitar discussão de seu impedimento. As articulações começaram anteontem. Enquanto a presidente reunia líderes da base para tentar reaglutinar apoios, Cunha conversava com a oposição e aliados não petistas do Planalto. O líder do governo, José Guimarães, condenou a manobra. “Era só o que faltava, a segunda maior bancada ficar fora da CPI.” (Política/Pág. A4)

PSDB quer ‘distância segura’
A cúpula do PSDB quer dosar a proximidade com o presidente da Câmara, Eduardo Cunha. O plano é aguardar os protestos do dia 16 antes de fechar qualquer acordo com ele ou posição sobre impeachment. (Pág. A5)

Executiva do PT não fará defesa pública de Dirceu
Para tentar proteger-se de novo escândalo, a cúpula do PT decidiu não defender o ex-ministro José Dirceu, preso pela Polícia Federal. Em reunião da Executiva Nacional, dirigentes mudaram o tom em relação à primeira prisão dele, em 2013. “Não estamos abandonando José Dirceu”, disse o presidente do PT, Rui Falcão. “O ônus da prova é de quem acusa.” (Política/Pág. A6)

Produção da indústria no País recua ao nível de 2009
Dados do IBGE mostram que a indústria brasileira opera a níveis de julho de 2009, quando a atividade ainda caminhava para se recuperar da crise internacional. No segundo trimestre, o recuo foi de 6,7% ante o mesmo período de 2014. O desempenho é o pior desde o terceiro trimestre de 2009, quando a queda foi de 8,1%. Além disso, posicionou a indústria em um nível 9,9% abaixo do de setembro de 2008, início da crise internacional. (Economia / Pág. B1)

Dólar sobe pelo 4° dia seguido
A moeda americana subiu ontem 0,26% e fechou o dia cotada a RS 3,460. Foi o quarto aumento consecutivo – em quatro dias, a alta foi de 3,9%. (Pág. B7)

Governo cria 3 mil vagas para médico
O governo federal autorizou criação de 3 mil vagas de residência médica e do Cadastro Nacional de Especialistas, com dados sobre médicos registrados no País. (Metrópole/Pág. A16)
Fazenda tenta reaver R$ 40 bi de empresas (Economia/Pág. B9)

6 em 10 motoristas pegos após beber não perdem CNH
Seis em cada dez motoristas notificados no Estado de São Paulo por embriaguez ao volante continuam dirigindo. Em 2014, dos 39.975 processos abertos para suspender a CNH, só 13.734 – ou 38,1% do total – resultaram na apreensão do documento. (Metrópole/Pág. A13)

MP apura suposta fraude no Procon
Funcionários do sistema de fiscalização do Procon de São Paulo procuravam devedores reincidentes para negociar abatimento no pagamento de multas. (Metrópole / Pág. A14)

O Rio a um ano da festa
Uma série de eventos abre hoje a contagem dos 365 dias para a Olimpíada. O Rio corre para entregar instalações esportivas e obras de infraestrutura urbana no prazo. (Caderno Especial)

Marcelo Beraba
Da euforia de 2009 até hoje, restou a promessa, encarada com ceticismo, de que a Olimpíada melhorará o Rio e o Brasil (Pág. H5)

Dora Kramer
O domínio dos fatos
José Dirceu só fez o que os investigadores da Operação Lava Jato dizem que ele fez porque a instância superior a ele deixou que fizesse. (Política/ Pág. A6)

Notas&Informações
Desfaz-se o mito do ‘guerreiro’
Prisão de Dirceu é apenas a primeira de uma série de más notícias que agosto promete para Dilma. (Pág. A3)


Estado de Minas

Manchete: Turbinados e Ilegais
“Vai ser difícil perdoar” Flávia cristina Gonçalves, mãe de vítima de carro adulterado
O motorista que causou a morte de um casal em BH responderá por duplo homicídio com dolo eventual,um crime inafiançável. Segundo a polícia, JoséAlmério deAmorimNeto, de 35 anos, circulouilegalmente comumGolturbinadonaAvenidaAmérico Vespúcio,na Região Noroeste,nanoite de segunda-feira,perdeuo controle do veículo e atingiuas duas vítimas emumPalio. O acidente chama a atenção para a circulação de carros turbinados em Minas, onde não há oficinas autorizadas para o serviço. A confeiteira Kátia Aistende Assis, de 27 anos, e o marido, o vigilante Paulo Guilherme Medeiros Meireles, de 29, tinham dois filhos, Giovana, de 9, e João Pedro, de 4, em muitos sonhos. Depois de aprender a fazer bolos confeitados, elapretendia investirno próprionegócio. Uma tia contou que o garoto só dormia quando o pai chegava em casa. Omundo da família desabouquando Almérioprovocoua tragédia a 150km/h, segundo testemunhas. O casal será sepultado hoje, diante da dor e da revolta dos parentes…Pág. 2

Manobra de Cunha exclui petistas de CPIs PT lava as mãos e silencia sobre prisão de Dirceu
O presidente da Câmara, Eduardo Cunha,reuniu-se com líderes da oposição e de parte da base aliada e barrou o PT do comando de quatro CPIs. Duas preocupam o Planalto: a dos fundos de pensão das estatais e a do BNDES. Irritado,o líder do governo disse que a segunda maior bancada não pode ficar fora das comissões. Pág. 2

PT lava as mãos e silencia sobre prisão de Dirceu
Ao contrário do que ocorreu durante o mensalão, desta vez o partido não defendeu publicamente o ex-ministro, preso na 17ª fase da Lava-Jato. O PT disse ser favorável à apuração de crimes, mas não citou Dirceu, transferido (D) ontem para Curitiba, onde manifestantes em frente à PF comemoraram prisão com foguetes. PÁGINA 3 Segundo dia da série do EM sobre as aplicações da substância encontrada na maconha mostra resultados positivos de pesquisa brasileira no controle da hipertensãoena regeneração de células dos rins. A legislação, porém, impõe barreiras aos estudos científicos com canabinoides. Pág. 12
Corrupção: de R$ 140 milhões do mensalão a R$ 10 bi da Petrobras página 4

QUEDA DE VIADUTO
11 viram réus por tragédia na Pedro I
A Justiça acatou denúncia do Ministério Público contra envolvidos na queda do Viaduto Batalha dos Guararapes, em 2014, que matou duas pessoas e feriu outras 23 em Venda Nova. Engenheiros e diretores das empresas que projetaram e executaram as obras e funcionários da Sudecap serão julgados pelo crime de desabamento. Pág. 17

Obras Paradas
O EM percorreu a Rodovia da Morte entre BH e Governador Valadares e constatou que duplicação em alguns trechos está abandonada ou nem sequer começou. O DNIT ainda não decidiu qual empresa assumirá obras que deveriam ser feitas por consórcio que desistiu da licitação. Moradores de Periquito temem não receber por desapropriações (E) de casas à margem da 381. Pág.5

Inflação temperos encareceu até 99%
NO PRIMEIRO SEMESTRE
Itens básicos para o preparo das refeições tiveram aumentos expressivos no primeiro semestre e chegam a custar mais que o quilo de carnes de boi e de frango na Grande BH. Pág. 8

Canabidiol reduz a hipertensão
Segundo dia da série do EM sobre as aplicações da substância encontrada na maconha mostra resultados positivos de pesquisa brasileira no controle da hipertensão e na regeneração de células dos rins. A legislação, porém, impõe barreiras aos estudos científicos com canabinoides. Pág 12

Bom Limpo e Justo
Italiano fundador do movimento Slow Food, Carlo Petrini (foto) defende em BH o consumo de alimentos que não prejudiquem o meio ambiente e remunerem de forma honesta os produtores. Capa


Gazeta do Povo

ESCÂNDALO DE CORRUPÇÃO
Manchete: Prisão de José Dirceu tira Cunha do foco da Lava Jato
Suspeito de ter recebido US$ 5 milhões no esquema de pagamento de propina da Petrobras, o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), escapou dos holofotes da Lava Jato após a prisão do ex-ministro José Dirceu (PT). No mesmo dia em que o petista foi transferido para Curitiba, onde foi recepcionado com protestos na sede da Polícia Federal, Cunha recebeu apoio dos líderes para seguir no cargo e começou a abrir caminho na pauta para votar as contas da presidente Dilma Rousseff, o que pode levar ao impeachment. Preso há quase cinco meses, o ex-diretor da Petrobras Renato Duque está disposto a delatar políticos.

ENERGIA SOLAR
Leilões em 2015 colocam a luz do sol na matriz energética brasileira
Duas rodadas de compra de energia que serão realizadas neste ano devem colocar o Brasil no grupo de países onde a energia solar faz parte da matriz energética. Setor comemora isenção de tributos.

PREFEITURAS
Prefeitos vão a Brasília em busca de mais recursos
Prefeitos de todo o país se reúnem hoje em Brasília para pedir mudanças no pacto federativo. A principal reivindicação dos prefeitos é em relação ao repasse de cotas extras do Fundo de Participação dos Municípios, que foi de apenas 0,25% em julho.

TRANSPORTE PÚBLICO
Nova bilhetagem metropolitana já vale amanhã
Entram em funcionamento amanhã os novos validadores das linhas integradas metropolitanas de transporte. A gestão ficará a cargo da Metrocard, associação que reúne as 17 empresas operadoras da região. Equipamentos terão sistema de biometria facial.

BALANÇO DE DOIS ANOS
Governo anuncia mais 3 mil bolsas de residência
O ministro da Saúde, Arthur Chioro, anunciou ontem a criação de mais 3 mil bolsas de residência médica no país. O anúncio foi feito durante cerimônia para comemorar os dois anos do programa Mais Médicos, que atendeu 63 milhões de pessoas.


Zero Hora

Manchete : Pacote é insuficiente para reduzir crise nas finanças
Medidas já adotadas pelo Piratini, como aperto nos gastos, e as que dependem de aprovação na Assembleia, como o aumento de impostos, não conseguirão tirar RS do vermelho antes de 2017
ROSANE DE OLIVEIRA – PROJETOS DO GOVERNO VIRÃO EM DOIS TEMPOS
MARTA SFREDO – EMPRESÁRIOS ATUARÃO CONTRA ALTA DE ICMS
(Notícias | 6 a 8, 12, 23 e 24)

Rio2016 – Falta 1 ano
Em ritmo de obras, Engenhão, no Rio, já exibe o símbolo dos Jogos, que pela primeira vez serão na América do Sul
BRASIL QUER FICAR ENTRE OS 10 PAÍSES COM MAIS PÓDIOS

(Esporte | 31 a 37)


Folha de S. Paulo

Manchete : Cunha e oposição discutem impeachment e isolam PT
Deputado excluiu sigla do comando das CPIs dos fundos de pensão e do BNDES
Rompido com o governo Dilma, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), discutiu com a oposição e com parte da base governista uma forma de fazer avançar um pedido de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff (PT). Esse encontro ocorreu na mesma noite em que a petista se reuniu com seus aliados no Palácio da Alvorada. A Folha apurou com quatro deputados presentes que Cunha introduziu proposta na qual ele rejeitaria dar sequência a pedidos de impeachment já apresentados e, em seguida, um deputado recorreria de sua decisão. Com isso, a abertura do processo seria decidida pela maioria simples dos presentes. O objetivo seria minimizar os riscos políticos para Cunha e constranger publicamente os aliados de Dilma. Procurado, o deputado negou ter discutido o tema. No encontro, Cunha também acertou a exclusão do PT do comando de duas CPIs com grande potencial de desgaste para o governo: as que vão investigar irregularidades no BNDES (que será presidida pelo DEM) e nos fundos de pensão (PMDB). Isso só foi possível com a adesão de PR e PSD, partidos aliados formalmente ao PT mas cujos deputados têm manifestado nos bastidores insatisfação com o governo Dilma Rousseff. (Poder a4)

Direção petista decide não fazer defesa pública de José Dirceu
O PT disse em nota “reafirmar a orientação de combate implacável à corrupção”, mas não fez nenhuma referência direta ao ex-ministro José Dirceu, preso na 17ª fase da Operação Lava Jato. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse a amigos que a prisão do ex-ministro José Dirceu só reforça a “necessidade” de uma reflexão profunda pelo PT. Procurado, o Instituto Lula negou as informações. (Poder a5)

Delatores aceitam devolver R$ 247 mi para a Petrobras
Delatores na Lava Jato, os lobistas Julio Faerman, Milton Pascowitch e José Adolfo Pascowitch devolverão à Justiça um total de R$247 milhões. O valor, desviado de contratos com a Petrobras, será repassado à estatal, que já recuperou até agora R$ 296 milhões. (Poder a6)

Governo ganha tempo contra ‘pauta-bomba’ no Congresso
O governo ganhou tempo para dar opções a projetos com impacto econômico negativo que estão na pauta do Congresso. A Câmara esperará por nova proposta para a correção do FGTS — parlamentares apresentaram uma que dobra a remuneração. O Executivo também deve propor alternativa à emenda constitucional que equipara salários da Advocacia-Geral da União e de delegados aos do Judiciário. (Mercado a13)

Centros para tratar usuários de drogas terão novas regras
O governo lança neste mês novas medidas para conter abusos em comunidades terapêuticas que tratam usuários de drogas. As denúncias incluem maus-tratos, tortura e até uso de medicação para dopagem. As regras têm vetos à contenção física e preveem liberdade de entrar, sair e receber visitas. (Cotidiano B1)

Rio 2016 – 365 dias para a Olimpíada
Caderno especial traz as apostas do Brasil para obter, em casa, a sua melhor campanha nos Jogos
Único observador eleitoral deixa de atuar na Venezuela
O Centro Carter, organismo independente de monitoramento eleitoral, encerrou as atividades na Venezuela em junho, a seis meses da eleição parlamentar na qual a oposição teme fraudes. A decisão refletiria a dificuldade do Centro de atuar no país desde a morte de Hugo Chávez, em 2013. (Mundo a10)

Editoriais
Leia “Prostração industrial”, sobre crise do setor manufatureiro, e “Carvão na encruzilhada”, a respeito de plano americano de redução de emissões. (Opinião A2)


Edição: Equipe Fenatracoop, 05 de Agosto de 2015 ás 08:30

Compartilhe nossa Matéria