Manchete dos Jornais desta quarta-feira 10 de fevereiro de 2016
Postado por: Equipe Portal Cambé Em 10th fevereiro 2016

Sítio usado por Lula é alvo de novo inquérito da Lava Jato
O juiz Sérgio Moro, que conduz processos da Operação Lava Jato, autorizou a abertura de inquérito específico para que a Polícia Federal investigue o sítio em Atibaia usado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O Ministério Público Federal suspeita de que as empreiteiras OAS e Odebrecht tenham feito obras na propriedade como compensação por contratos com o governo e apura relação de outros investigados, como o pecuarista José Carlos Bumlai. O sítio está em nome de Fernando Bittar e Jonas Suassuna. Os dois são sócios de um dos filhos de Lula…


O Globo

Manchete: Goleira dos EUA avisa que zika pode tirá-la dos Jogos
Hope Solo, goleira da seleção feminina de futebol dos EUA, disse que, por causa do zika, não participaria da Rio-2016 se a competição fosse hoje. “Nenhum atleta que competirá no Rio deveria enfrentar esse dilema”. A epidemia já começa a cancelar pacotes turísticos, e a Embratur tentará evitar uma onda de desistências. (Pág. 4)

Sítio em SP terá inquérito próprio
O juiz Sérgio Moro autorizou a PF a desmembrar a investigação e abrir inquérito só para apurar a relação entre o sítio em Atibaia frequentado por Lula e as empreiteiras que são alvo da Lava- Jato. A investigação será sigilosa. (Pág. 3)

Zuenir Ventura
É impossível olhar para 2016 sem pessimismo. (Pág. 13)
Elio Gaspari
O ex-presidente Lula acredita na própria invulnerabilidade. (Pág. 12)


O Estado de S. Paulo

Manchete: Governo quer reduzir meta fiscal em ano de PIB fraco
Proposta também prevê limite para aumento de gasto; projeto de reforma fiscal será enviado ao Congresso até abril
O governo federal discute descontar da meta fiscal parte da queda da arrecadação de impostos em anos de baixo crescimento de PIB. A medida deve fazer parte da proposta de reforma fiscal que o ministro Nelson Barbosa(Fazenda) quer enviar ao Congresso. Na prática, o País passaria a ter sistema de banda de flutuação, que poderá até permitir déficit em caso de receita abaixo da projetada.Por outro lado, haveria limite para expansão de gastos em momento de arrecadação além da prevista. O rombo das contas públicas foi agravado pelo engessamento orçamentário de despesas obrigatórias. Sem crescimento, o déficit demora para ser revertido, já que a redução de alguns gastos exige votação no Congresso. Para o líder do governo na Comissão Mista de Orçamento, Paulo Pimenta, a banda fiscal dará mais transparência à economia. “É melhor que estabelecer meta para depois alterar.” (Economia/ Pág. B3)

Receita de Estados cai 4,2% em 2015
A queda de receita dos governos estaduais foi a maior, em termos reais, dos dez anos anteriores. Caiu 4,2% no acumulado de 2015 em relação a 2014. O valor se refere a 25 unidades da federação – Paraíba e Rio Grande do Norte ainda não publicaram seus dados. A redução no ano passado interrompeu ciclo de bonança: de 2009 a 2014, a receita média dos 25 governos cresceu 23% acima da inflação. Com a retração da economia, e consequente queda na receita e repasses federais, governadores seguraram gastos e buscaram recurso alternativo. (Política/ Pág. A4)

Sítio usado por Lula é alvo de novo inquérito da Lava Jato
O juiz Sérgio Moro, que conduz processos da Operação Lava Jato, autorizou a abertura de inquérito específico para que a Polícia Federal investigue o sítio em Atibaia usado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O Ministério Público Federal suspeita de que as empreiteiras OAS e Odebrecht tenham feito obras na propriedade como compensação por contratos com o governo e apura relação de outros investigados, como o pecuarista José Carlos Bumlai. O sítio está em nome de Fernando Bittar e Jonas Suassuna. Os dois são sócios de um dos filhos de Lula. (Política/ Pág. A5)

Dora Kramer
Quanto mais se cala, mais Lula consente que suspeitas contra ele cresçam. (Pág. A5)

União promete ferrovia para grãos antes de entregar BR-163
Mesmo sem ter conseguido entregar a pavimentação total da BR-163 até o fim de 2015, o governo assumiu o compromisso de construir uma ferrovia de 1.140 quilômetros para escoar grãos ao lado da estrada. O custo estimado é de R$ 10 bilhões. O plano prevê que os trilhos comecem em Lucas do Rio Verde( MT)e avancem rumo ao Norte até Itaituba (PA), onde está em construção um polo logístico às margens do Rio Tapajós. (Economia/ PÁG. B1)

Teste rápido vai detectar zika em cinco horas
A partir de segunda-feira, a Unicamp vai realizar testes rápidos para detecção do zika vírus em amostras de sangue, urina e saliva. O resultado sairá em cinco horas. O método ainda identifica e diferencia o zika de outros vírus transmitidos pelo Aedes aegypti. A coordenadora de pesquisas da universidade, Clarisse Arns, diz que o teste é 100% confiável. (Metrópole/ Pág. A14)

Eliane Cantanhêde
Os caças da FAB
O Ministério Público reabriu as investigação sobre os caças da FAB, mas uma coisa é certa: se alguém pagou propina, jogou dinheiro fora. (Política/ Pág. A6)

Notas & Informações
Ameaça real à democracia
No Brasil, empresas que se associam ao Estado usufruem de todo tipo de subsídio. (Pág. A3)

Medo do futuro
Nata da filosofia do PT vê como ‘coisa mais natural do mundo’ as liberalidades que se tem permitido. (Pág. A3)


Folha de S. Paulo

Manchete: Ex-ministro fez lobby para liberar obras, afirma delator
Dono da UTC cita Manoel Dias em caso de projetos para a Petrobras
E-mail entregue à Procuradoria- Geral da República pelo empreiteiro Ricardo Pessoa, delator na Lava Jato, envolve o ex-ministro do Trabalho Manoel Dias (PDT)em lobby para contornar problemas em obras da Petrobras. Em maio de 2013, construção de plataformas estava parada por causa de irregularidades constatadas pelo Ministério Público do Trabalho no Rio Grande do Sul. Cinco empresas, todas investigadas pela Lava Jato (incluindo a UTC, de Pessoa), tocava mas obras da estatal. Segundo o e-mail, o então ministro Dias “acionou” o ex-deputado estadual Heron Oliveira(PDT),nome a do superintendente regional do Trabalho a fim de resolver a questão, que incluía condições de trabalho impróprias. Pessoa não esclarece se o lobby deu certo. A fiscalização continuou, irregularidades foram sanadas e as empresas assinaram termos de ajustamento de conduta. Dias disse não se lembrar do fato, mas que, se ocorreu, foi “coisa de rotina”. Oliveira não foi localizado. (Poder A4)

Deputado abriria mercados para fraude, diz lobista
O deputado estadual Luiz Carlos Gondim (Solidariedade- SP) é mencionado, em telefonemas de lobista ligado a uma cooperativa, como político que abriria mercados no caso da fraude na venda de merendas a prefeituras e ao governo Alckmin(PSDB). Gondim se disse indignado. “Não conheço ninguém que venda merenda.” (Poder A5)
Atendimento para sintomas de zika leva até 5h em SP

Pacientes com febre, dor e manchas no corpo —sintomas de zika e dengue— demoram até 5h para ser atendidos na cidade de Ribeirão Preto (a 303 km de São Paulo). A prefeitura diz que a demora se dá por causa do excesso de pacientes e porque eles passam por três tipos de atendimento. Só em dezembro, a cidade registrou 62 casos suspeitos de zika. (Cotidiano B5)

Editoriais
Leia “Atraso na educação”, sobre impactos da desigualdade no ensino. (Opinião A2)


Edição: Equipe Fenatracoop, Quarta-Feira 10 de Fevereiro de 2016

Compartilhe nossa Matéria