Manchete dos Jornais desta quarta-feira, 10 de junho de 2015
Postado por: Equipe Portal Cambé Em 10th junho 2015

Alunos voltam às aulas hoje no Paraná, com o desafio de recuperar ano perdido
Após 49 dias letivos perdidos – somando os dois períodos de greve dos professores e funcionários da educação –, as escolas estaduais retomam as atividades a partir de hoje. Além dos ajustes necessários para a reposição das aulas e para o cumprimento dos 200 dias de ano letivo, algumas escolas voltarão a abrir as portas com os mesmos problemas de antes da greve. Em pelo menos metade das 2,1 mil escolas não deverá haver recesso em julho, e as aulas as aulas vão adentrar o mês de fevereiro de 2016. Os diretores dos estabelecimentos têm até dia 19 de junho para fechar seus cronogramas

————————————————————————————

O Globo

Manchete: Privatizações – Plano prevê R$ 198 bi, mas 40% são incertos
Levy diz que não faltará dinheiro; ferrovia até o Peru pode ficar no papel
Governo muda modelo e prevê a cobrança de outorga em alguns projetos. Para incentivar crédito privado, atuação do BNDES será reduzida. Estado do Rio tem investimentos previstos de R$ 15,7 bilhões
O governo anunciou ontem seu segundo Programa de Investimentos em Logística (PIL), com R$ 198 bilhões em concessões de portos, aeroportos, rodovias e ferrovias. Do total, porém, 40% podem ficar no papel. A ferrovia até o Peru, estimada em R$ 40 bilhões, é considerada inviável por analistas. Outros R$ 42 bilhões são para obras em concessões já existentes, e a repactuação dos contratos pode sofrer restrições do TCU. Especialistas elogiaram a cobrança de outorga em algumas obras e o papel menor do BNDES. Para a presidente Dilma, o programa é uma “virada de página”. O ministro Levy disse que não faltará dinheiro para os projetos. (Págs. 21 a 26)
Editorial: ‘Governo faz opção certa na infraestrutura’ (Págs. 1 e 18)

Míriam Leitã
Planalto avança ao abandonar as próprias ideias. (Pág. 22)

Flávia Oliveira
Brasil não pode seguir na rota da apatia econômica.
(Pág. 29)

Nem Judas, nem Cristo
Bem-humorado no lançamento do plano de infraestrutura com foco nos transportes, o ministro Levy evocou São Cristóvão, padroeiro dos motoristas. (Pág. 3)

Um pacote ‘pé no chão’ e sem tabus
Para especialistas, governo agora optou por projetos de maior interesse para investidores e abandonou premissa da tarifa banca. (Pág. 23)

Jogo duplo: PT poupa ajuste, mas critica neoliberais
Depois de apelo público da presidente Dilma, as principais correntes do PT recuaram dos ataques ao ajuste fiscal. Nos textos a serem analisados no congresso do partido, as críticas ao ministro Joaquim Levy (Fazenda) foram substituídas por ataques ao neoliberalismo. Alfinetadas a Dilma deram lugar a elogios à sua “competência”. (Pág. 3)

Elio Gaspari
Rendição ao programa de Levy revela exaustão do PT.
(Pág. 18)

Lava-Jato: PF lista repasse ao Instituto Lula
A PF descobriu que a Camargo Corrêa, alvo da Lava-Jato, repassou R$ 3 milhões ao Instituto Lula, parte identificada como “bônus eleitoral”. (Pág. 7)

Merval Pereira
Dilma usa técnica diversionista ao falar da Lava-Jato.
(Pág. 4)

De saída do Brasil: Bradesco faz oferta por HSBC
O HSBC confirmou ontem que deixará o Brasil. O Bradesco ofereceu US$ 3,4 bilhões pelo banco, superando a proposta de outros bancos. (Pág. 26)

20% de vagas para negros: CNJ aprova cotas no Judiciário
O Conselho Nacional de Justiça aprovou cota racial de 20% das vagas em concursos para juízes. Já havia cotas no STF e no próprio CNJ. (Pág. 9)

Pátria Educadora: Fies poderá ter aumento de juros
O MEC estuda aumentar a taxa de juros do Fies. O governo também anunciou que verificará se isentos no Enem são mesmo carentes. (Pág. 30)

Exclusivo: TCU fez advertência sobre ausência de estudos
Governo não apresentou avaliação técnica prévia para ferrovias incluídas no programa. (Pág. 22)

————————————————————————————

O Estado de S.Paulo

Manchete:Mercado vê com cautela novo pacote de concessões
Programa de infraestrutura anunciado por Dilma soma R$ 198 bilhões; aeroportos e rodovias são destaques
Empresários esperam detalhes de investimentos em infraestrutura
Para a iniciativa privada, sucesso vai depender da agilidade do governo; no último Programa de Investimentos em Logística, muitos projetos não saíram do papel. O pacote de concessões anunciado nesta terça-feira, 9, pelo governo foi visto como um passo importante na retomada dos investimentos e na interrupção do mau humor que assola o País. Mas, diante das experiências do passado, a iniciativa privada preferiu conter a animação, já que o sucesso do pacote depende de uma série de questões, a começar pela capacidade de implementação por parte do governo.
Lobista assina acordo de delação e fica em silêncio na CPI da Petrobrás
Júlio Faerman, ex-representante de fornecedora da estatal, usa acordo como motivo para se calar e comissão decide pedir retenção de passaporte
Ministério Público Federal pede condenação da cúpula da OAS
Em alegações finais, força-tarefa aponta cinco executivos da empreiteira, imputa crimes a delatores, quer confisco de R$ 29,22 milhões e indenização à Petrobrás
Ala do PT poupa Levy e propõe frente popular para as eleições de 2018
Em documento a ser apresentado no 5º Congresso do partido, chapa ligada a grupo de Lula vai defender ‘nova política de alianças’com participação de movimentos sociais
Partido prega ‘reinvenção do mercado’ e criação de mais bancos públicos
Documento interno da sigla que será apresentado durante o 5º Congresso do partido fala em fortalecimento de cadeias regionais e da criação de novas instituições de financiamento
Empresa alvo da Lava Jato pagou R$ 3 milhões para o Instituto Lula
Camargo Corrêa também deu R$ 1,5 mi à empresa do ex-presidente; dinheiro pagou palestras, diz assessor
Instituto Lula recebeu R$ 3 milhões de empreiteira da Lava Jato. Mais R$ 1,5 milhão foram pagos pela Camargo Corrêa a outra empresa do ex-presidente entre 2011 e 2013, revela laudo da Polícia Federal
Enem tem 1 milhão de inscritos a menos em 2015
Apesar de taxa para prestar a prova ter ficado mais cara, número de pagantes aumentou neste ano
Estudo aponta que ferrovia entre Brasil e Peru é inviável
Segundo associação, transporte de soja até a China é muito mais barato via Porto de Santos
CNJ aprova cota de 20% para negros no Judiciário
-Julia Affonso, Mateus Coutinho e Fausto Macedo-
Porcentual vale para concursos públicos para cargos efetivos e também para ingresso na magistratura

————————————————————————————

Gazeta do Povo

Manchete: Alunos voltam às aulas hoje com o desafio de recuperar ano perdido
Após 49 dias letivos perdidos – somando os dois períodos de greve dos professores e funcionários da educação –, as escolas estaduais retomam as atividades a partir de hoje. Além dos ajustes necessários para a reposição das aulas e para o cumprimento dos 200 dias de ano letivo, algumas escolas voltarão a abrir as portas com os mesmos problemas de antes da greve. Em pelo menos metade das 2,1 mil escolas não deverá haver recesso em julho, e as aulas as aulas vão adentrar o mês de fevereiro de 2016. Os diretores dos estabelecimentos têm até dia 19 de junho para fechar seus cronogramas
CRISE
HSBC vai deixar o Brasil e demitir 50 mil no mundo
O plano de reestruturação do HSBC prevê o encerramento de suas atividades no Brasil e na Turquia, além da eliminação de quase 50 mil postos de trabalho em todo o mundo. A venda do banco pode atingir crianças carentes mantidas por instituto e o Natal do Palácio Avenida
CALENDÁRIO
Restituição do IR antecipada é útil para quitar dívida
Os bancos aproveitam o início da restituição do Imposto de Renda para intensificar a oferta de linhas de crédito aos contribuintes. Para especialistas, antecipar a restituição do IR só é interessante para quem está endividado em alguma modalidade com juros elevados
EXAME NACIONAL
MEC investigará alunos de baixa renda do Enem
Para evitar fraudes, o Ministério quer olhar com lupa a relação de candidatos que se autodeclararam de baixa renda para a próxima edição do exame, que teve queda de 10,67% no número de inscritos em relação a 2014
PRIVATIZAÇÃO
Paraná terá só R$ 11 bi do programa de concessões
O Programa de Investimento em Logística (PIL) do governo federal, anunciado ontem, prevê apenas R$ 11 bilhões em investimentos em infraestrutura no Paraná. No total, o governo Dilma anunciou R$ 198,4 bilhões a serem aplicados nos próximos anos. Será concedida à iniciativa privada a gestão de aeroportos, rodovias, ferrovias e portos. A duplicação do trecho da BR-116 que liga Curitiba a Mafra (SC) consta no programa
CADERNO G
Festival Olhar de Cinema traz mais de 90 filmes a Curitiba
Um dos principais eventos culturais de Curitiba, a quarta edição do Olhar de Cinema – Festival Internacional de Curitiba começa hoje com uma programação ampla…

————————————————————————————

Estado de Minas

Manchete: Tente outra vez…
Três anos depois de plano em que foram gastos menos de 3% dos R$ 79 bilhões previstos, governo anuncia novo pacote de infraestrutura. Valor agora é de quase R$ 200 bilhões
Operação lava-jato
Empreiteira investigada doou R$ 3 mi ao instituto Lula

As doações, feitas pelo construtora Camargo Corrêa, entre 2011 e 2013, foram identificadas pelo Polícia Federal…
Vítimas relembram drama após acidente
Queda de bimotor sobre casa no Bairro Minaslândia reacendeu o pânico de famílias que viveram situação semelhante na região próxima ao aeroporto da Pampulha…
Corrida sem Obstáculos
A maia Maratona Internacional da BH, que será disputada domingo na Pampulha, com apoio do EM, marca o lançamento na capital do projeto Pernas de Aluguel, por meio do qual voluntários ajudarão portadores de deficiência a competir. Graças à iniciativa do professor Rodrigo Scarfield, Pedro Henrique Perdigão, nascido com paralisia cerebral, participará de sua primeira corrida de rua. Pg.6
ÔNIBUS
Rodoviários de BH prometem ampliar greve Pg.14
PIBINHO
Economia de MG cai pelo quarto trimestre segundo Pg. 8

————————————————————————————

Brasil Econômico

Manchete: Indústria encolhe e gera dúvida sobre o pacote de logística
A crise na indústria se alastra por todas as regiões do país. Segundo dados do IBGE sobre a produção regional, houve queda em 13 dos 15 principais centros industriais em abril, no pior resultado desde julho de 2009. Diante do mau momento da economia, o economista-chefe do Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Industrial (Iedi), Rogério de Souza, prevê que o novo pacote de concessões não será sufi ciente para mudar o ânimo dos empresários. (Pág. 7)
É hora de virar a página
Ao anunciar o novo Programa de Investimentos em Logística, de R$ 198,4 bilhões, a presidenta Dilma Rousseff explicou que seu governo “não é de quatro meses, mas de quatro anos”. Ela afirmou que agora está iniciando “uma progressiva virada de página”. Para o ministro Levy, haverá um impacto de 0,25 ponto percentual no PIB. (Págs. 3, 4 e 5)
Octávio Costa
Dilma assume ideologia e afirma que faz um governo de esquerda. (Pág. 32)
————————————————————————————

Folha de S. Paulo

Manchete: Governo Dilma lança lista de intenções para infraestrutura
Versão repaginada de programa de 2012, plano prevê investimentos que ainda devem demorar
Falando em “virada” e “arrancada”, a presidente Dilma Rousseff lançou nesta terça (9) seu segundo pacote de concessões em infraestrutura. O programa é uma versão reciclada daquele anunciado em 2012.
O projeto prevê R$ 198 bilhões para criar ou expandir cerca de 130 rodovias, ferrovias, portos e aeroportos pelo país. Mas só 35% (R$ 69,3 bilhões) poderiam ser investidos até 2018, quando acaba o mandato de Dilma.
Técnicos do plano dizem que será possível investir apenas R$ 50 bilhões em três anos. Entre os projetos, que só devem começar a sair do papel em 2017, há 66 que já faziam parte do primeiro programa de Dilma.
O governo trocou o modelo de concessão usado em 2012 por um que é tachado de tucano pelo PT, porque foi usado por governos do PSDB. Dilma criticou-o naquele ano porque ele encareceria o custo para o usuário.
A obra mais cara (R$ 40 bilhões) é a ferrovia Bioceânica, que ligaria o Rio ao Peru, para a qual nem sequer há projeto. (Mercado, A15)

Vinícius Torres Freire
Apesar da maluquice do Trem do Peru, plano do governo Dilma é razoável.
(A18)

CNJ determina cota mínima de 20% para juízes negros
O Conselho Nacional de Justiça aprovou resolução determinando que no mínimo 20% das vagas em concursos públicos para juízes e servidores do Judiciário sejam reservadas a negros.
A medida valerá para o ingresso na carreira de magistratura em todos os tribunais e vigorará até 2024. Segundo o CNJ, só 1,4% dos 16.812 juízes do Brasil se autodeclaram negros. (Poder, A9)

HSBC colocará à venda suas operações no Brasil
No país desde 1997, o banco britânico HSBC anunciou uma reestruturação global que inclui colocar à venda as suas filiais no Brasil e na Turquia. O plano é ter uma redução de 50 mil vagas no mundo. Juntas, as duas filiais somam 25 mil funcionários.
Os atuais clientes da instituição no país não serão afetados pela mudança.
Os bancos Bradesco, Itaú e Santander têm interesse em adquirir a filial brasileira, avaliada entre R$ 10 bilhões e R$ 12 bilhões, mas não estão dispostos a desembolsar muito além disso.
A reestruturação ocorre após queda no lucro e previsão de multas decorrentes do escândalo conhecido como SwissLeaks. (Mercado, A16)

Doleiro e ex-diretor da Petrobras farão acareação no dia 22
Após revelação de que procuradores desdenharam da ideia, o Ministério Público marcou para o dia 22 uma acareação entre o doleiro Alberto Youssef e o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa. O objetivo é esclarecer divergências em declarações nos acordos de delação, como a que envolve o ex-ministro Antônio Palocci. (Poder, A4)

Relator defende maioridade aos 16 para todos os crimes
O relator da comissão que discute a alteração da maioridade penal, deputado Laerte Bessa (PR-DF), propõe que jovens acima de 16 anos recebam a mesma punição dada a adultos, em qualquer tipo de crime. Pelo texto, que começa a ser votado hoje, eventual aprovação deve vigorar após referendo da população. (Cotidiano, B3)

Supremo deve liberar biografias não autorizadas
O Supremo começa a decidir hoje (10) sobre a necessidade ou não de autorização prévia para a publicação de biografias. O caso se arrasta desde 2012. Segundo ministros do tribunal, a tendência é pela liberação das obras não autorizadas. (Ilustrada, C1)

Gustavo Binenbojm
Constituição assegura a liberdade de expressão.
(Ilustrada, C3)

Antônio C. A. Castro
É direito impedir que a vida seja dilacerada.
(Ilustrada, C3)

Elio Gaspari: É hipocrisia do PT defender imposto sobre fortunas
A maior crise do PT está na exaustão intelectual, e a prova é reerguer a bandeira para criar um imposto sobre grandes fortunas. O PT o defende desde sua criação, está no poder desde 2003 e fez rigorosamente nada. (Poder, A6)

Editoriais
Leia “Reforma em desacordo”, sobre projetos que alteram o modelo eleitoral, e “O legado do legado”, acerca de obras para a Copa ainda inconclusas. (Opinião, A2)
————————————————————————————

Edição: Equipe Fenatracoop, 10 de Junho de 2015 – ás 08:18

Compartilhe nossa Matéria