Manchete dos Jornais desta terça-feira, 09 de junho de 2015
Postado por: Equipe Portal Cambé Em 9th junho 2015

PARANÁ: CRISE NA EDUCAÇÃO
Pesa no cenário das incertezas dos grevistas possíveis punições a funcionários e professores que aderiram ao movimento. A Secretaria de Estado da Educação (Seed) já confirmou que houve o desconto nos salários de cerca de 20 mil funcionários relativos a quatro dias de faltas no mês de abril. Em uma reunião com os núcleos durante a manhã de segunda-feira (8) a pasta impôs condições para que haja reembolso desses dias em folha complementar. Haverá pagamento, segundo a Seed, se “houver a entrega dos Relatórios Mensais de Frequência (RMFs) até o dia 12 de junho.” Além disso, será necessária a elaboração e homologação de todos os calendários das unidades escolares pelas chefias dos núcleos regionais até 19 de junho.

————————————————————————————

O Globo

Manchete: Infraestrutura deve ter menor investimento desde 2003
Governo lança hoje pacote de concessões para tentar reativar economia
Estudo mostra que, este ano, país deve destinar 1,75% do PIB para transporte, telecomunicações, energia e saneamento, patamar igual ao de 12 anos atrás e insuficiente até para fazer a manutenção das instalações.
O governo lança hoje um programa de concessões de cerca de R$ 190 bilhões para rodovias, ferrovias, portos, aeroportos e telecomunicações. Mas, segundo estudo da consultoria Pezco Microanalysis, mesmo com o pacote, o país destinará este ano para infraestrutura apenas 1,75% do PIB. É o menor nível desde 2003, quando foi aplicado 1,77% do PIB. Para manter o atual estado de conservação das instalações, seriam necessários 2,1% do PIB. Os investimentos vêm caindo desde 2011, e nem o último programa de concessões do governo, lançado em 2012, evitou essa queda. No pacote que anunciará hoje, o governo cobrará outorgas em alguns projetos, abandonando o modelo do PT que priorizava a redução de tarifas. (Págs. 17 e 18)

Temer defende ajuste fiscal e compara Levy a Cristo
Às vésperas de reunião do PT, vice faz coro com Dilma, para quem ministro não pode ser tratado como Judas. (Pág. 3 e Míriam Leitão)

Del Nero agora diz apoiar uma só reeleição na CBF
Dilma e Obama defendem investigação. ‘Brasil não tinha por que subornar para ter Copa’, diz ela
Pressionado pelas denúncias de corrupção no futebol, o presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, agora quer limitar a reeleição na entidade a uma apenas, com mandatos de 4 anos. Del Nero buscou apoio e disse que não vai renunciar. Os presidentes Obama e Dilma declararam apoio à investigação do FBI sobre a Fifa. Para ela, o Brasil não tinha por que pagar suborno para sediar a Copa de 2014. (Pág. 30)

Pior em dez anos: Produção de veículos despenca
O mês de maio foi o pior para a indústria automobilística em dez anos, com uma queda de 25% na produção. Ao todo, 25 mil funcionários das montadoras, ou 18% do total, estão em férias coletivas ou com o contrato de trabalho suspenso. (Pág. 19)

Pedidos investigados: Câmara obteve dado estratégico
Exclusivo: Requerimentos atribuídos a Eduardo Cunha, presidente da Câmara, forneceram detalhes de contratos de empresa investigada na Lava-Jato. (Pág. 6)

Redução da maioridade: Dilma e Alckmin devem dialogar
A presidente Dilma indicou que pode apoiar proposta do governador Geraldo Alckmin (PSDB) de elevar a internação de menores em vez de reduzir a maioridade penal. (Pág. 5)

Ancelmo Gois
Em uma semana, STF debaterá drogas, religião e biografias. (Pág. 10)

Rio-2016: sai 1º lote de bilhetes
Serão conhecidos hoje os contemplados com os primeiros 1,6 milhão de ingressos para os Jogos do Rio. Estão esgotados bilhetes para 121 das 694 sessões. (Pág. 28)
Juca Ferreira: ajuste na cultura (Segundo Caderno)
————————————————————————————

O Estado de S.Paulo

Manchete: PT pretende aliviar crítica a Levy e mirar ‘pós-ajuste’
Cúpula do PT promete não tratar Levy como ‘judas’
Dilma disse ao ‘Estado’ ser injusto criticar ministro da Fazenda por medidas de reequilíbrio fiscal.
Após presidente dizer ao ‘Estado’ que é ‘errado e injusto’ criticar ministro por medidas de reequilíbrio fiscal, dirigentes do partido assumem defesa mais clara do governo a fim de tentar isolar os ataques à política econômica às alas mais radicais.

Pacote de infraestrutura busca investidor de fora
Fies terá inscrições no segundo semestre, diz ministro da Educação
Renato Janine Ribeiro havia dito em maio que não haveria mais financiamentos no ano por falta de verba

Ex-executivo da OAS, réu da Lava Jato morre em SP
Falecimento de João Alberto Lazzari, ocorrido no dia 31 de maio, foi comunicado à Justiça nesta segunda

TSE determina reabertura de investigação de Pimentel
Gilmar Mendes deu despacho favorável ao pedido do PSDB contra decisão do Tribunal Regional Eleitoral

Fies terá inscrições no segundo semestre, diz ministro da Educação
Renato Janine Ribeiro havia dito em maio que não haveria mais financiamentos no ano por falta de verba

Países do G-7 prometem banir combustíveis fósseis até 2100
Em reunião na Alemanha, líderes concordaram em limitar aumento da temperatura média mundial a 2ºC
Velocidade de ônibus recua para nível pré-faixa…
————————————————————————————

Brasil Econômico

Manchete: EUA voltam a ser o principal foco da política comercial
O ministro do Desenvolvimento, Armando Monteiro, afirmou que o Plano Nacional de Exportações vai confirmar a “absoluta prioridade” do mercado americano para a política comercial. No dia 30, a presidenta Dilma Rousseff realizará a visita oficial aos Estados Unidos, que havia cancelado em outubro de 2013 em meio às denúncias de espionagem da NSA. (Pág. 5)

Ajuste fiscal: Governo quer desoneração na pauta amanhã
Preocupado em finalizar o ajuste fiscal, o Planalto está pressionando o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, a pôr em votação nessa quarta-feira o projeto de lei que reduz a desoneração da folha de pagamento de empresas. (Pág. 3)
Octávio Costa

Levy não é o responsável, mas mau desempenho da economia traz dúvida sobre o futuro. (Pág. 32)
Rogério Studart

Em economias com baixo crescimento e inflação, elevar os juros não faz sentido. (Pág. 7)
————————————————————————————

Estado de Minas

Manchete: PERIGO NO AR E NA TERRA
Queda de avião sobre casa na Pampulha expõe riscos para quem voa e para vizinhos do aeroporto
O acidente com o bimotor que explodiu na garagem de uma residência a 800 metros da pista, no Bairro Minaslândia, domingo, reacendeu o alerta entre moradores do entorno do terminal. O desastre, que matou os três ocupantes da aeronave, ocorre no momento em que se discute a retomada de mais voos para a Pampulha, inclusive com aviões de grande porte, como pleiteia a Gol. Para a Associação de Moradores dos Bairros São Luís e São José (Pró-Civitas), a proposta é inadmissível, dado o aumento do perigo. Ontem, integrantes do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa)resgataram a caixa-preta do avião e começaram a investigar o que provocou o acidente. Por causa da explosão, os corpos das vítimas precisaram de exames detalhados para a identificação no Instituto Médico Legal.
Suspeita de manobra arriscada na decolagem
Investigadores vão apurar a hipótese levantada por testemunhas e pilotos de que o condutor do avião tenha feito a chamada decolagem americana – em maior velocidade e em ângulo mais vertical – e, em caso afirmativo,se isso teve influência na queda. Técnicos do Cenipa recolheram destroços do avião, retirados de dentro da casa onde ele caiu e explodiu na garagem. Os moradores, que estavam nos fundos, escaparam ilesos PÁGINAS 13E14

PREÇOS VOLTAM A DISPARAR NA CAPITAL
INFLAÇÃO DE MAIO EM BH BATE EM 1,06%, QUASE O DOBRO DO 0,55% DE ABRIL. NO ANO,AALTA DO CUSTO DE VIDA JÁ É DE 5,79% E, EM 12 MESES, CHEGA A 8,59% PÁGINA 8

CAMPEÃO E NÚMERO 1
Recepcionado por parentes e amigos,o tenista mineiro Marcelo Melo desembarcou em BH trazendo o troféu do título de duplas em Roland Garros, ao lado do croata Ivan Do dig, e, de quebra, a liderança do ranking de duplas da temporada. CAPA

Saem hoje ingressos da Rio’2016
Comitê Organizador da Olimpíada do Rio revela hoje os sorteados da 1ª fase de venda de ingressos pela internet, num total de 1,6 milhão. Quem não for contemplado passa a ter prioridade nas próximas etapas. PÁGINA 5

Del Nero depõe no Congresso
Presidente da CBF fala hoje sobre denúncias de corrupção que levaram à prisão de seu vice, José Maria Marin. O movimento de jogadores Bom Senso FC pediu sua renúncia. PÁGINA 4

Briga e tiroteio com policiais na porta de boate
Dois policiais civis se envolveram em confusão com três jovens na saída de uma casa noturna no Vila da Serra, em Nova Lima, na madrugada de ontem. Um dos policiaisfoi flagrado (acima) atirando paraoalto e no carro dos outros envolvidos na briga. Espancado,osegundo investigador teve de ser levado paraoHospital João XXIII. PÁGINA 15

Justiça livra de júri popular indiciados em desabamento
O 1º Tribunal do Júri de BH acatou pedido do Ministério Público de Minas para retirar a acusação de homicídio com dolo eventual contra os 19 envolvidos na queda do Viaduto Batalha dos Guararapes, na Avenida Pedro I, que matou duas pessoas em julho de 2014. Decisão garante penas mais brandas aos indiciados, que responderão pelo crime de desabamento. PÁGINA 15

QUEDA NAS VENDAS
FÁBRICA DA IVECO EM MINAS PÕE 450 OPERÁRIOS EM FÉRIAS PÁGINA 10

PERIGO NA REDE
APRENDA A BARRAR O VÍRUS QUE INFESTOU O FACEBOOK PÁGINA 12

————————————————————————————

Gazeta do Povo

Manchete: Índice de obesidade entre crianças cai pela primeira vez em Curitiba desde 2006
O índice de crianças com obesidade matriculadas nas escolas municipais de Curitiba teve redução de 0,7 ponto porcentual no ano passado. É a primeira queda registrada pelo Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional (Sisvan) Escolar em quase uma década. Quando considerado o número de crianças com excesso de peso (obesidade ou sobrepeso), a queda foi de um ponto porcentual. O resultado quebrou uma tendência de aumento da doença entre os estudantes. Os dados foram comemorados, mas nutricionistas ressaltam que é preciso esperar a pesquisa deste ano para saber se a redução no excesso de peso é realmente uma tendência nas escolas.
NEGÓCIOS
Bazares atraem clientes e ajudam a driblar crise
Reunir expositores em um mesmo ambiente para venda de produtos de qualidade a preços convidativos tem sido a saída para superar vendas magras e contornar os custos altos de um ponto fixo. Os bazares estão em alta nos grandes centros.
VEÍCULOS
Produção de carros no país regride dez anos
As montadoras de veículos tiveram em maio o pior desempenho em uma década. A produção de automóveis, caminhões e ônibus no país foi de 210,1 mil unidades no mês passado, com queda de 3,4% sobre abril e de 25,3% sobre um ano antes.
FOZ DO IGUAÇU
Atração nas três fronteiras
O projeto vencedor para recuperar o hoje abandonado Marco das Três Fronteiras, em Foz do Iguaçu, prevê a construção de uma “vila” das missões jesuíticas.
CRISE NA EDUCAÇÃO
Pesa no cenário das incertezas dos grevistas possíveis punições a funcionários e professores que aderiram ao movimento. A Secretaria de Estado da Educação (Seed) já confirmou que houve o desconto nos salários de cerca de 20 mil funcionários relativos a quatro dias de faltas no mês de abril. Em uma reunião com os núcleos durante a manhã de segunda-feira (8) a pasta impôs condições para que haja reembolso desses dias em folha complementar. Haverá pagamento, segundo a Seed, se “houver a entrega dos Relatórios Mensais de Frequência (RMFs) até o dia 12 de junho.” Além disso, será necessária a elaboração e homologação de todos os calendários das unidades escolares pelas chefias dos núcleos regionais até 19 de junho.
A pasta também se comprometeu a não abrir processos administrativos contra diretores de escolas “desde que eles entreguem os RMFs referentes aos meses de abril e maio até 12 de junho, e de junho até o dia 5 de julho”. A secretaria diz ainda que “as faltas de maio e junho serão negociadas mediante reposição das aulas e compensação da carga horária dos funcionários”. Outro ponto mencionado é que “não serão feitas rescisões para contratos de professores temporários em função das faltas durante o período de greve.”
Nesta semana, há assembleias marcadas também para definir o rumo das greves nas universidades estaduais. Atualmente, todas as setes instituições estão paradas.
APÓS A GREVE
Novo calendário escolar será definido pelos núcleos regionais

————————————————————————————

Zero Hora

Manchete: Concessões no RS devem chegar a R$ 5,7 bilhões
Planalto lança hoje pacote que repassa à iniciativa privada, no Estado, a gestão de quatro rodovias e do aeroporto Salgado Filho. No país, plano é estimado em R$ 190 bilhões. (Págs. 6, 7, 19 e 21)

Crédito estudantil
Fies terá nova chamada no segundo semestre. (Sua Vida, 27)

Desvio na assembleia
Deputado Basegio reconhece manter assessora-fantasma (Págs. 8 a 10 e 20)

————————————————————————————

Folha de S. Paulo

Manchete: Ministro afirma que vai reabrir as inscrições do Fies
Falta de verba restringiu neste ano oferta de contratos no programa de financiamento a estudantes universitários
O ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, declarou que o Fies, programa de financiamento estudantil do governo, abrirá uma nova chamada para inscrições no segundo semestre.
“Já resolvemos: a chamada para novas vagas será feita em breve”, disse Janine, sem informar quantidade de vagas e verba envolvida.
No Fies, a União repassa às faculdades o valor das mensalidades dos beneficiados, que fazem a restituição após formados, com juros abaixo dos de mercado.
O programa sofreu restrições orçamentárias neste ano. Na primeira chamada, foram firmados 252 mil novos contratos, um terço do total do ano passado.
A declaração de Janine muda o cenário de um mês atrás, quando ele disse que não havia mais verbas para o Fies. A primeira chamada teve R$ 2,5 bilhões para a expansão do programa, que tem 1,9 milhão de contratos. Neste ano, a Educação deve cortar cerca de 30% no orçamento na comparação com o de 2014. (Cotidiano, B1)

Alckmin e Cardozo farão reunião para discutir idade penal
O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), vai debater com a equipe da presidente Dilma sua proposta alternativa à redução da maioridade penal. O tucano tem encontro hoje com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, para tratar do tema. (Cotidiano, B3)

Desde a morte do filho, Alckmin diz que reza “uns 20” pai-nossos por dia. (Pág. B3)

Deputado e amigos contratam advogado para defender Marin
O deputado estadual Campos Machado, presidente do PTB-SP, contratou dois advogados brasileiros para irem à Suíça defender José Maria Marin, ex-presidente da CBF e vice-presidente do partido. Os advogados serão pagos por amigos de Marin, preso sob acusação de receber propina na venda de direitos de torneios de futebol. (Esporte, B7)

Plano do governo de concessões terá 6 aeroportos de SP
O interior paulista teve seis aeroportos incluídos no plano de concessões a ser anunciado hoje (9) pela presidente Dilma. Devem ser leiloados neste ano os terminais de Araras, Bragança, Ubatuba, Jundiaí, Itanhaém e Campinas (Amarais). A meta é desafogar os grandes aeroportos, em especial o de Congonhas. (Mercado, A20)

Mônica Bergamo: STF votará ação que descriminaliza consumo de drogas
O Supremo deve votar neste semestre ação que descriminaliza o consumo de drogas. A probabilidade maior é os magistrados julgarem que o consumo não pode ser considerado crime. (Ilustrada, C2)

A falta de etiqueta
Após protestos em redes sociais, o Rio Grande do Norte cancelou a palestra “Etiqueta e Elegância”, em que a jornalista Claudia Matarazzo ensinaria a “arte de receber” às primeiras-damas e prefeitas do Estado. No RN, 92% das cidades estão em estado de calamidade devido à seca. O governo diz que não teria custo com o curso. (Poder, A8)

Levy tem de ser tratado como Jesus Cristo, diz Temer (Poder, A4)

Turquia chama embaixador no Brasil de volta a Ancara (Mundo, A15)

Editoriais
Leia “Informação de menos”, acerca de debate sobre redução da maioridade penal, e “Atores e obras”, a respeito de efeitos da Operação Lava Jato. (Opinião, A2)

Camargo Corrêa coloca à venda parte de sua cimenteira
Um dos alvos da Operação Lava Jato, a Camargo Corrêa pretende colocar à venda de 10% a 18% da principal empresa do grupo, a produtora de cimento Intercement. Ela procura sócio que pague de R$ 2 bilhões a R$ 3,6 bilhões.
Os recursos serão para novos investimentos, principalmente no exterior. A Camargo quer reduzir a atuação em obras públicas no Brasil, em estratégia de mudança de perfil. (Mercado, A17)

————————————————————————————

Equipe Fenatracoop, 09 de Junho de 2015, ás 08:22

Compartilhe nossa Matéria