Manchete dos Jornais deste domingo, 24 de maio de 2015

89

TC cobra de ONGs a devolução de R$ 295 milhões
Oito Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público foram condenadas pelo Tribunal de Contas a devolver e pagar multas de R$ 54,5 milhões por irregularidades em contratos com municípios do estado. O TC tem ainda processos em trânsito que pedem a devolução de mais R$ 230 milhões

————————————————————————————

O Globo

Manchete: Apenas um quarto das privatizações foi adiante
Falhas fizeram maioria dos projetos lançados em 2012 ficar só no papel
Governo prepara novo pacote, mas dos R$ 241 bi previstos no anterior só R$ 55 bi foram contratados
Prestes a anunciar uma série de concessões para a área de transportes, o governo sofre com falhas de planejamento que fizeram a maioria das obras previstas no último programa de privatizações, lançado em 2012, ficar só no papel. Dos R$ 241 bilhões em projetos para portos, rodovias e ferrovias, apenas R$ 55 bilhões foram adiante, informa Danilo Pasuello. Para especialistas em infraestrutura, inconsistências em projetos e estados insuficientes reduziram a interesse do setor privado. Com a piora do cenário econômico, o governo terá agora condições de crédito bem mais restritivas a oferecer. (Págs. 1 e 37)

Para Levy, governo cede a pressões
Foi por protesto que o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, não compareceu ao anúncio do corte do Orçamento. Ele se queixa de que o governo cede a pressões no ajuste fiscal. Ontem, FH e a Fiesp fizeram críticas aos cortes. (Págs. 1, 6 e 7)

Petrobras discute reduzir diretorias
Os diretores da Petrobras discutem agrupar as setes áreas em duas superdiretorias. Os investimentos e até 2019 devem cair a US$ 129 bilhões. (Págs. 1 e 37)

BRT: menos tempo e mais aperto
EXCLUSIVO
A superlotação é um dos problemas do BRT Transcarioca (Barra-Ilha), que está completando um ano. Mas passageiros elogiam a redução no tempo de viagem. (Págs. 1 e 12)
Míriam Leitão
Sensação ainda é a de um governo sem rumo. (Págs. 1 e 38)
Ancelmo Gois
Pezão tomba Praia de Jaconé, em Maricá. (Págs. 1 e 22)

————————————————————————————

O Estado de S.Paulo

Manchete: Contrato do pré-sal são próximo alvo da Lava Jato
Força-tarefa avança agora sobre os contratos bilionários do pré-sal
Prisão de lobista da Engevix marca nova ofensiva das investigações no mercado de construção de sondas por estaleiros, navios e plataformas controlados por carte.
A força-tarefa da Operação Lava Jato deflagrou esta semana a primeira ofensiva para comprovar que o esquema de cartel e corrupção nas obras de refinarias e petroquímicas da Petrobrás, entre 2004 e 2014, foi reproduzido em contratos do bilionário mercado do pré-sal.
São obras de plataformas, construção e locação de navios e sondas de perfuração para exploração de petróleo – a maior parte deles vigente – que envolvem volume de investimentos público e privado superior aos projetos até agora sob escopo da operação.
No foco atual dos procuradores e delegados da Polícia Federal estão contratos da Sete Brasil – empresa criada pela Petrobrás em parceria com fundos de pensão públicos e privados e com três bancos – com cinco estaleiros para a construção, no País, de 29 sondas de exploração no fundo do mar. Esses contratos somam US$ 25,5 bilhões…
Em Pernambuco, empresas sofrem perdas com crise na Petrobrás
Atraídas pela cadeia de petróleo e gás, empresas do Estado amargam perdas após Operação Lava Jato
Lava Jato avança sobre mercado bilionário do pré-sal
Prisão de lobista da Engevix marca ofensiva das investigações em contratos
Há 7 meses, rede de esgoto está parada em Altamira
Sistema foi contrapartida pela concessão de Belo Monte; nem prefeitura nem moradores têm dinheiro
População teme a não conclusão das obras
Moradores temem que a Norte Energia deixe de executar os trabalhos ainda não concluídos
Renan faz parceria com José Serra no Senado
Investigado na Lava Jato, alagoano afasta-se do Planalto e se aproxima de senador da oposição

———————————————————————————–

Gazeta do Povo

Manchete: Paraná encabeça repasse de verbas ao Legislativo e ao Judiciário
Fontes do Executivo também confirmam, extraoficialmente, que a cota mensal do orçamento a que cada poder tem direito – o chamado duodécimo – não vem sendo paga integralmente. “Estão repassando apenas o necessário para pagar os funcionários e manter o funcionamento básico”, revela um influente deputado da base aliada.
CONTAS IRREGULARES
TC cobra de ONGs a devolução de R$ 295 milhões
Oito Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público foram condenadas pelo Tribunal de Contas a devolver e pagar multas de R$ 54,5 milhões por irregularidades em contratos com municípios do estado. O TC tem ainda processos em trânsito que pedem a devolução de mais R$ 230 milhões
PERFIL
Unidos pelo balé
Wanderley Lopes e Eleonora Greca se conheceram numa turnê do Balé Teatro Guaíra. Passaram a compartilhar, além dos palcos, poesias. E, há 30 anos, resolveram dividir também suas vidas
SOLIDARIEDADE
Chegou a hora de doar agasalhos e cobertores
EDUCAÇÃO
Reconstruir pontes será desafio para estado e professores após o fim da greve
DIREITO DO CONSUMIDOR
Procons querem veto a mudanças na Lei da Arbitragem
ENSINO SUPERIOR
ProUni tem 25% de bolsas ociosas
EXAME NACIONAL
Universidades do Paraná disponibilizam vagas através do Enem
MEMÓRIA
Bigarella e a luta pela erradicação da Estrada do Colono
ESPECIAL
Perfil: a trajetória de Eleonora Greca e Wanderley Lopes
LAZER
Um novo empurrão para a patinação em Curitiba

————————————————————————————–

 

Folha de S. Paulo

Manchete: Governo prevê um rombo 28% maior na Previdência
Déficit esperado para o INSS neste ano passou a ser de R$ 73 bi, ante os R$ 57 bi registrados no ano passado
Com a deterioração do mercado de trabalho e as derrotas do pacote de ajuste fiscal no Congresso, o governo passou a projetar um salto do déficit da Previdência Social neste ano. (Págs. 1 e Mercado A25)

————————————————————————————–

EBC



Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *