Manchete dos Jornais deste sábado, 05 de setembro de 2015
Postado por: Equipe Portal Cambé Em 5th setembro 2015

Efeito da greve nos serviços do INSS vai até 2016
A paralisação de serviços do Instituto Nacional de Seguridade Social completou 60 dias e afeta vários setores. Na avaliação do sindicato que representa os funcionários, mesmo que a greve termine nos próximos dias, os serviços seriam regularizados no Paraná somente em março de 2016…


O Globo

Manchete : Após prometer superávit, Dilma descarta cortar gastos
‘Já foram feitos todos os cortes possíveis no Orçamento’, diz ela
Empresários se reuniram com ministro Levy e pediram compromisso do governo com economia de despesas, redução de subsídios e esforço para que país não perca grau de investimento
Um dia depois de prometer ao ministro Joaquim Levy (Fazenda) empenho do governo para obter superávit primário no ano que vem, a presidente Dilma afirmou ontem que já cortou tudo o que podia no Orçamento, enviado ao Congresso com previsão de déficit de R$ 30,5 bilhões. Em entrevista a rádios do Nordeste, Dilma voltou a defender a criação de novas fontes de receita. Num jantar com Levy na quarta, empresários apresentaram lista de reivindicações, depois levada a Dilma, que inclui compromisso com superávit de 0,7% do PIB, corte de subsídios e esforço para o país manter o grau de investimento. (Pág. 3 e editorial “Levy tem sido apenas um símbolo”)
FH: da base social que sustentou Lula e Dilma, só restou ‘um fiapo’ (Pág. 6)

Planalto considera fala de Temer ‘desastrosa’
Parte do PMDB minimiza declaração do vice de que Dilma não resiste mais três anos com baixa popularidade (Pág. 4)

Dirceu e mais 16 são denunciados
Condenado no mensalão do PT, o ex-ministro José Dirceu e 16 acusados foram denunciados pela Lava-Jato por corrupção, organização criminosa e lavagem de dinheiro. Para o MP, reforma de R$ 1,8 milhão na casa de Dirceu teria usado dinheiro de propina do escândalo na Petrobras. (Pág. 5)

Ninguém aceita ser conselheiro do PT
Lançado como saída para tirar o PT da crise, o conselho político do partido não foi instalado porque ninguém quer integrá-lo, conta SÉRGIO ROXO. Até ex-porta-voz da Presidência recusou. (Pág. 7)

Paraibuna perto do volume morto
Por causa do agravamento da seca, o reservatório de Paraibuna, principal do sistema hídrico que abastece o Rio, deve voltar a operar no volume morto em dez dias, alertam especialistas. (Pág. 13)

Poupança tem perda de R$ 7,5 bi (Pág. 20)

Com crise, valor do aluguel cai
Após cinco anos de alta, os preços do aluguel recuaram em média 0,5% no país de janeiro a julho. No Rio, os inquilinos conseguem desconto de até 20%. Falta de crédito dificulta venda de imóveis. (Págs. 19 e 20)

Ilimar Franco
Padilha deixa a articulação (Pág. 2)
Merval Pereira
Dilma não é prioridade para o PMDB (Pág. 4)
Jorge Bastos Moreno
Temer teve ressaca sem beber (Pág. 3)
Míriam Leitão
Demolição fiscal é obra do governo Dilma (Pág. 20)


O Estado de S. Paulo

Manchete : Planalto considera declarações de Temer ‘desastrosas’
Embora oficialmente governo diga que a fala do vice foi tirada de contexto, assessores questionam sua lealdade; para PMDB, discurso é de saída
O Planalto reagiu mal à afirmação do vice Michel Temer de que será difícil a presidente Dilma Rousseff resistir três anos no cargo sem apoio popular. Suas declarações foram classificadas como “surpreendentes”, “assustadoras” e “desastrosas”. A forma como Temer abordou o tema e o local escolhido – um evento organizado por movimento que defende impeachment de Dilma fizeram assessores questionar de que lado o vice-presidente está. No PMDB, a avaliação foi de que a fala dá início ao discurso de desembarque do governo. Apesar da irritação de Dilma, o discurso oficial do Planalto foi de que a frase foi “mal interpretada” e usada “fora do contexto”. O ministro de Comunicação, Edinho Silva, ainda afirmou que Temer “é extremamente fiel à presidente”. Diante da repercussão negativa, o vice usou entrevista ao Wall Street Journal para dizer que Dilma governará até 2018. “Tenho certeza absoluta que isso irá acontecer, que será útil ao País.” (Política / Pág. A4)

Dólar vai a R$ 3,85 e BC anuncia leilão
O dólar subiu ontem 2,56% e chegou a R$ 3,85. O Banco Central, que vinha apenas observando a disparada da moeda americana, decidiu intervir: na terça-feira, vai leiloar US$ 3 bilhões. (Economia / Pág. B1)

‘Não sabemos quem estará de pé em 3 meses’
Entrevista. Fernando Henrique Cardoso, ex-presidente
O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso disse, em entrevista a Alberto Bombig, que vê progresso no Brasil porque as instituições funcionam, mas que a gestão Dilma está se “desmilinguindo”. “Não sabemos que atores políticos estarão em pé daqui a três meses.” Em relação a eventual gestão Michel Temer, considera que o problema continuará. “Qualquer um que vá para o governo hoje se defrontará com panorama muito difícil.” (Política / Pág. A8)

Dirceu, Vaccari e mais 15 são denunciados na Lava Jato
O ex-ministro José Dirceu foi denunciado pelos crimes de corrupção, organização criminosa e lavagem de dinheiro pela Procuradoria da República no Paraná. Trata-se da primeira acusação formal da força-tarefa da Operação Lava Jato contra um ex-integrante do primeiro escalão do Executivo federal. Também foram denunciados o ex-tesoureiro do PT João Vaccari e outros is investigados. A Justiça vai decidir se acata ou não a acusação formal contra os denunciados. (Política / Pág. A10)

Procuradoria acusa três parlamentares
A Procuradoria-Geral da República denunciou três parlamentares investigados na Lava Jato: os deputados Arthur Lira (PP-AL), presidente da CCJ da Câmara, e Aníbal Gomes (PMDB-CE) – aliados de Eduardo Cunha e Renan Calheiros – e o senador Benedito de Lira (PP-AL), pai de Arthur Lira. (Pág. A10)

Brasil mediará crise de Venezuela e Colômbia (Internacional/Pág. A15)

Notas&Informações
Tapando o sol com a peneira – Ao tentar esconder a crise, Dilma Rousseff só consegue agravar seu déficit de credibilidade (Pág. A3)

A crise de Dilma vai à Turquia – Atraso no embarque do ministro Joaquim Levy marca desagregação do governo brasileiro (Pág. A3)


Gazeta do Povo

ESCÂNDALO DE CORRUPÇÃO
Manchete: MP denuncia Dirceu, Vaccari e mais 15 no caso Petrobras
O Ministério Público Federal denunciou ontem o ex-ministro-chefe da Casa Civil José Dirceu, o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto e outras 15 pessoas por participação no esquema de desvios de dinheiro na Petrobras. Segundo os procuradores, seis contratos entre a empresa Engevix e a estatal, especificamente com a Diretoria de Serviços, contêm indícios de pagamento de propina, na ordem de mais de R$ 60 milhões. Em outra frente das investigações, a Procuradoria-Geral da República apresentou denúncia contra os deputados federais Aníbal Gomes (PMDB) e Arthur Lira (PP), o senador Benedito de Lira (PP) e o dono da UTC, Ricardo Pessoa.

LITORAL
Feriadão em obras na praia de Caiobá
Os veranistas passarão mais um feriado no litoral paranaense sem conhecer a nova orla do balneário de Caiobá, em Matinhos. Autorizada em janeiro, a revitalização se arrasta sem grandes avanços. A previsão inicial era concluir toda a obra até dezembro, para o verão

G IDEIAS
As motivações de um assassino suicida
Finalista do Prêmio Pulitzer com o livro O Demônio do Meio-Dia – Uma Anatomia da Depressão, Andrew Solomon escreve sobre a falta de sentido que envolve massacres como os de Columbine e Newtown, nos EUA

REFUGIADOS
Em busca de um novo lar
Centenas de imigrantes deixaram um acampamento na fronteira da Hungria e partiram a pé em direção à Áustria. Autoridades da Alemanha, França e Itália buscam um acordo para a crise, mas os países da Europa Central e Oriental resistem à proposta de redistribuição dos migrantes.

PREVISÃO
Efeito da greve nos serviços do INSS vai até 2016
A paralisação de serviços do Instituto Nacional de Seguridade Social completou 60 dias e afeta vários setores. Na avaliação do sindicato que representa os funcionários, mesmo que a greve termine nos próximos dias, os serviços seriam regularizados no Paraná somente em março de 2016.

HISTÓRIA
Os livros de Luíza Dorfmund
Os livros didáticos da professora primária passaram pelas mãos de milhares de estudantes na década de 60.

NEGÓCIOS
Apenas metade das empresas passa dos 5 anos
A taxa de sobrevivência das empresas brasileiras em 2013 foi a maior desde 2008, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Ao longo do tempo, porém, o sucesso diminui. Tanto que, das companhias fundadas em 2009, só 47,5% ainda sobreviviam no mercado em 2013.


Estado de Minas

Manchete: Sem Fronteiras e sem dinheiro
Governo corta novas vagas de intercâmbio em 2016 e frustra futuros cientistas. A redução de R$9,4 bilhões no orçamento da educação impedirá novos intercâmbios de estudantes no ano que vem pelo programa do governo federal Ciência sem Fronteiras.O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico(CNPq) e a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior(Capes) garantem apenas o custeio das bolsas já concedidas.Minas seráumdos estados maisprejudicados,porque temo segundomaiornúmerodebolsistas (15.088).Eagrandepreocupaçãoé na UFMG,que já enviou4.098 estudantes a outrospaíses, atrás apenasdaUniversidadede SãoPaulo(USP). ● O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) deveoferecerapenasametadedas12milhõesdevagasprometidaspelapresidenteDilmaRousseffaté2019. Pág. 13

Levir:’Brasil é um país desonesto’
Às vésperas do jogo do Galo, que enfrenta o Vasco hoje, às 19h30, no Maracanã, técnico voltou a reclamar da arbitragem e criticou a cultura do brasileiro em querer tirar vantagem em tudo. Pág. 3

Planalto engole declarações de Temer
Apesar do mal-estar gerado pela fala do vice-presidente sobre o risco de Dilma não conseguir completar o mandato se a popularidade continuar tão baixa, ministros não o criticaram publicamente.Oobjetivoéevitar desgaste ainda maior da imagem da presidente. Titular da pasta de Ciência e Tecnologia no governo Lula, Roberto Amaral chamou Temer de golpista. Pág. 3

Procura-se um lar para bebê achado em caixa
Um recém-nascido pesando 2,8 quilos foi encontrado dentro de uma caixa de papelão pelo supervisor administrativo Ernanni Prates na porta de sua casa, no Bairro Santa Rosa, na Pampulha. Policiais militares o levaram para o Hospital Risoleta Neves, onde está internado na unidade neonatal e vai esperar decisão judicial sobre sua guarda. Pág. 14

José Dirceu é denunciado por corrupção
Além do ex-ministro da Casa Civil do governo Lula, o Ministério Público denunciou o ex-sócio e irmão de Dirceu, o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto e outros 14 investigados. Eles são acusados de corrupção e lavagem de dinheiro no esquema de pagamento de propinas em contratos da Petrobras. Pág. 2

Aumento de 68% minas tem alta de empresas que fecharam as portas Pág. 8


Zero Hora

Manchete : Depósitos só aliviariam caixa do Estado por até dois meses

Folha e dívidas acumuladas consumiriam o R$ 1 bilhão extra previsto em projeto enviado à Assembleia. Ontem, Sartori foi vaiado por servidores durante cerimônia na Expointer e reagiu com discurso exaltado (Notícias | 10 a 12 e 39)

Empresários pedem mais cortes a Dilma (Notícias | 16, 19 e 20)


Folha de S. Paulo

Manchete : Governo tenta minimizar impacto da fala de Temer
Planalto evita mais desgaste com vice e destaca lealdade do peemedebista
O governo e setores do PMDB reprovaram o tom usado pelo vice-presidente Michel Temer ao declarar a empresários, na quinta (3), que, se a baixa popularidade da atual gestão se mantiver, será difícil para Dilma chegar ao fim do mandato. Congressistas do PMDB disseram que Temer cometeu um “sincericídio”, dando razões para o Planalto reclamar de que ele tem articulado para se posicionar como alternativa de poder. O Planalto, no entanto, decidiu não rebater Temer publicamente a fim de evitar mais desgaste em momento de rumores sobre a possível saída do ministro da Fazenda, Joaquim Levy. “O importante é que o vice-presidente tem sido leal”, disse Edinho Silva, ministro da Comunicação Social. Para interlocutores do vice, ele foi infeliz, não conspirador, em sua fala. (Poder a4)

Igor Gielow : PMDB deu a senha final Para deixar o governo. (Opinião a2)

Presidente admite não cumprir meta de casas populares
A presidente Dilma admitiu que o governo terá dificuldade para entregar as 3 milhões de moradias prometidas na terceira fase do Minha Casa, Minha Vida. “Não digo que todas vão estar prontas, mas vão estar contratadas.” A meta corresponde a quase o total de unidades do programa já entregues (2,75milhões). (Poder a6)

Para segurar dólar, BC decide voltar a emprestar reservas
O Banco Central reforçará a atuação no câmbio com empréstimo de US$ 3 bilhões das reservas internacionais, após o dólar disparar 7,6% nesta semana e atingir R$ 3,86. A operação com o compromisso de recompra, que preserva os US$ 370,3 bilhões, tinha sido feita com recursos novos pela última vez em dezembro. (Mercado a19)

Especial – Gestão escolar
Seminário mostra caminhos que podem desatar os nós do ensino médio no país
PERNAMBUCO – estado implanta metas e melhora desempenho (Pág. 4)
ESPÍRITO SANTO – escolas para filhos de agricultores vão bem no Enem (Pág. 8)

Editoriais
Leia “O jogo de Temer”, sobre declaração do vice-presidente da República, e “Vigiar e polir”, acerca de condições para um salto de qualidade na educação (Opinião A2)


Edição: Equipe Fenatracoop, 05 de Setembro de 2015, ás 09:46

Compartilhe nossa Matéria