Manchete dos Jornais deste terça-feira, 28 de julho de 2015
Postado por: Equipe Portal Cambé Em 28th julho 2015

Adolescente de 13 anos é eletrocutada em caixa de manutenção de interfone em prédio no Bairro Buritis, em Belo Horizonte.

Procurador diz que pena para punir corrupção é piada
Procurador da Lava-Jato, Deltan Dallagnol disse que a operação trata um tumor, mas que a corrupção é cancerígena. “Quem rouba milhões mata milhões”, disse a religiosos, no Rio.


O Globo

Manchete : Dilma agora responsabiliza Lava-Jato por queda do PIB
Presidente pede que ministros mobilizem aliados pela aprovação do ajuste
Para a petista, investigação sobre Petrobras já derrubou em um ponto o desempenho da economia
Em reunião com o vice, Michel Temer, e 12 ministros, a presidente Dilma afirmou ontem, segundo alguns presentes, que a Lava-Jato, que investiga corrupção na Petrobras, já provocou queda de um ponto percentual no Produto Interno Bruto (PIB), sem dar detalhes do cálculo. A pesquisa Focus, do BC, prevê queda de 1,76% do PIB este ano. Dilma fez o comentário após o ministro Nelson Barbosa (Planejamento) falar em perspectivas sombrias para a economia, caso o ajuste fiscal não seja aprovado. A presidente pediu que os ministros se empenhem para conseguir o apoio de aliados no Congresso. (Pág. 3)

Procurador diz que pena para punir corrupção é piada
Procurador da Lava-Jato, Deltan Dallagnol disse que a operação trata um tumor, mas que a corrupção é cancerígena. “Quem rouba milhões mata milhões”, disse a religiosos, no Rio. (Pág. 6)

Dólar sobe mais, e BC deve elevar juro de novo
Com a queda de 8,5% da Bolsa de Xangai e o temor sobre o alcance do ajuste fiscal, o dólar fechou a R$ 3,364, maior valor desde março de 2003. Por causa do efeito do dólar sobre a inflação, analistas apostam que o BC elevará os juros de 13,75% para 14,25% ao ano. O ministro Nelson Barbosa afirmou que o governo não tentará conter o dólar vendendo reservas em moeda estrangeira. (Págs. 17 a 19)

Compra de caças suecos sob risco
A pedido do ministro Joaquim Levy (Fazenda), o Brasil pediu ao governo sueco revisão das taxas de juros previstas no contrato de compra de 36 caças para a FAB. A Suécia resiste. (Pág. 7)

Hepatite C – SUS vai oferecer novos remédios
O SUS oferecerá três novos remédios contra a hepatite C, mas apenas 30 mil pessoas serão beneficiadas. (Pág. 21)

Temor para 2016
Suspeita de doença equina interdita a hípica (Pág. 25)

Merval Pereira
Brasil já esteve mais sintonizado com os valores morais. (Pág. 4)
Míriam Leitão
Risco na China aumenta a tensão externa e causa mais desequilíbrio no Brasil. (Pág. 18)
José Casado
Procurador corre contra o tempo para denunciar políticos no STF. (Pág. 15)


O Estado de S. Paulo

Manchete : Dilma cobra reação de ministros contra impeachment
Cunha diz que, se houver base técnica, pedidos vão tramitar no Congresso
A presidente Dilma Rousseff cobrou ontem, em reunião com 12 ministros, mobilização das bancadas partidárias para impedir que propostas pedindo o seu afastamento do cargo voltem à pauta do Congresso na próxima semana, quando termina o recesso parlamentar. Com receio de que o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), admita a tramitação dos pedidos de impeachment antes mesmo dos protestos marcados para 16 de agosto, Dilma pediu empenho para garantir apoio no Congresso. Cunha disse ontem que vai tratar “de forma técnica e jurídica” os pedidos de impeachment que foram protocolados na Casa e que, nos casos em que houver fundamento, os pareceres serão acolhidos. Segundo ministros, a presidente mostrou-se preocupada com o possível agravamento da crise em agosto. Ela observou que a sucessão de escândalos revelados pela Operação Lava Jato provocou instabilidade política e econômica e levou à queda de um ponto porcentual no PIB. (Política/ Pág. A4)

PSDB incentiva protestos
O partido vai usar as inserções partidárias a que tem direito no rádio e na TV para convocar a população para os protestos contra o governo marcados para 16 de agosto. (Pág. A4)

Caixa bancou `pedaladas’ durante 21 meses
O governo atrasou por 21 meses – após Dilma Rousseff assumir a Presidência – repasses do Tesouro para a Caixa realizar o pagamento do seguro-desemprego, deixando o saldo do programa no vermelho. A “pedalada fiscal” foi intensificada na pré-campanha, em 2013, e interrompida em outubro de 2014, às vésperas da eleição. O período com saldo negativo é superior ao das gestões Lula e Fernando Henrique. Os dados foram repassados pela Caixa ao DEM após requerimento. (Política / Pág. A8)

Se o Congresso ajudar, podemos elevar a meta fiscal, diz Levy
O ministro Joaquim Levy (Fazenda) disse, em entrevista a Fernando Dantas, que o Executivo faz o máximo em termos fiscais e que um esforço adicional depende do Congresso. Levy afirmou que o superávit primário de 2016 pode ser aumentado se houver “alinhamento de prioridades entre Executivo e Congresso”. Ele observou que a meta de 2015 poderia ter ficado “num mínimo” de 0,4% do PIB (e não em 0,15%) se o projeto que muda a desoneração da folha tivesse sido aprovado como queria o Executivo. (Economia/ Págs. B1 e B3)

Temor de bolha trava negócios e derruba bolsas da China
Segunda economia do mundo, a China viveu ontem em uma segunda-feira de pânico entre investidores. O mercado de ações chinês registrou mais de mil papéis que atingiram o limite máximo de desvalorização de 10%, o que aciona o mecanismo que interrompe os negócios. (Economia/ Pág. B9)

No Brasil, dólar fecha em R$ 3,361
No Brasil, além da crise no mercado chinês, o mal-estar com as mudanças nas metas fiscais, anunciadas na semana passada, também influenciou as cotações. O dólar encerrou o dia com alta de 0,36%, cotado a R$ 3,361, o maior patamar desde março de 2003. (Pág. B7)

Receita obtida com fusões e Fies não chega a professores
Apesar de ver suas receitas dispararem, impulsionadas por fusões, alta nas mensalidades e o Financiamento Estudantil (Fies), grandes grupos educacionais de ensino superior têm direcionado proporção cada vez menor de recursos para professores. Na média, a remuneração dos docentes em relação à receita líquida passou de 25% em 2010 para 35% em 2014. (Metrópole/Pág. A15)

Líder do PCC, Marcola passa pouco tempo isolado
Apontado como chefe do PCC e responsável pelo acordo com o governo de SP para que fossem cessados os ataques da facção em 2006, Marcola planejou um atentado contra Geraldo Alckmin (PSDB) e a própria fuga, mas passou pouco tempo isolado. O governo nega ter feito acordo. (Metrópole/Pág. A17)

Foto-legenda : Caetano e Gil pela paz
Caetano e Gil se encontraram ontem com Shimon Peres e ONGs de direitos humanos de Israel e Palestina. Hoje, fazem show em Tel-Aviv. (Caderno 2/Pág. C8)

José Paulo Kupfer
Reação exagerada?
Mesmo com a possibilidade de um novo déficit fiscal, a reação dos mercados que se seguiu não deixa de ser intrigante. (Economia/Pág. B9)

Notas&Informações
Falta de compostura
Lula tenta reagir à queda com a falta de escrúpulos com que manejou um populismo irresponsável. (Pág. A3)


Estado de Minas

Manchete: Alerta na escada rolante
Metade das vistorias realizadas em BH, entre janeiro e maio, gerou notificações ou multas
O vídeo que mostra a morte de uma mulher que caiu em caixa de manutenção de escada rolante na China, no fim de semana, teve milhões de visualizações na internet e serviu de alerta para os cuidados com o equipamento. Especialistas dizem que os maiores riscos são de queda, principalmente de crianças, e de roupas, sandálias ou acessários ficarem presos. Em abril, um menino de 5 anos prendeu o pé entre o corrimão e um degrau e teve os dedos esmagados em uma estação do Move da capital. De janeiro a maio, a prefeitura fez 277 vistorias em escadas rolantes e elevadores e notificou ou multou os responsáveis por 136. Todo equipamento deve ter uma empresa habilitada para instalação e conservação, com registro no Crea-MG e licença. O infrator está sujeito a até R$ 12 mil de multa. A cabeleireira Eliene dos Santos fica mais atenta com a filha Karla, de 3 anos (E), quando usa escada rolante. “Seguro a mão o tempo todo para ela não perder o equilíbrio. Também olho se o cadarço não está desamarrado”, ensina. Pág. 13

Orgulho de ser natural
A valorização dos fios crespos como ato de mudança no comportamento das brasileira senão simplesmente como moda “veio para ficar com força total”, segundo a dona de salão de beleza e estudiosa de tricologia betina borges (e). Para adriana assis (d), o orgulho crespo, tema de marcha no dia internacional da mulher negra latino americana e caribenha, no fim de semana, é uma postura de independência dos padrões de beleza europeus. “lidar com o cabelo natural é bem mais fácil, consigo arrumá-lo sozinha, não dependo de ninguém. Sinceramente, acho que a gente fica mais envaidecida com os comentários,é um cabelo exclusivo”, afirma. Pág.16

● Adolescente de 13 anos é eletrocutada em caixa de manutenção de interfone em prédio no Bairro Buritis, em BH. Pág. 14

Obra contra chuva só no ano que vem 
Bastou uma noite de chuva para mostrar que obras em áreas de BH com alto índice de alagamento não saíram do papel ou não foram concluídas. Nas avenidas Cristiano Machado e Francisco Sá, alterações previstas para este semestre só devem começar em 2016. Na Prudente de Morais, trabalhos estão parados. Pág. 15

TRÂNSITO Rua Curitiba tem nova circulação
A partir de hoje, motoristas que quiserem chegar à Rua Curitiba, no Centro de BH, não poderão mais acessá-la pela Avenida Afonso Pena. A via terá o sentido alterado no quarteirão que vai até a Rua dos Tupinambás. As mudanças integram a segunda fase do Mobicentro, projeto que prioriza o deslocamento de pedestres. Pág. 14

CASAS DE CÂMBIO Dólar chega a R$ 3,79 na capital
O preço máximo da moeda norte-americana encontrado pelo EM nas casas de câmbio de BH, neste caso referente ao cartão pré-pago, explica a mudança que a alta do dólar provocou nos planos dos turistas. Nas agências de viagens mineiras,a procura por destinos internacionais caiu 25%, enquanto para roteiros no Brasil subiu 35% este ano. Pág. 8 e editorial, na 6

Corrida por dinheiro de depósitos
Sem dinheiro para quitar,a partir de 2016, o dobro dos precatórios pagos este ano, prefeitos das capitais se preparam para garantir acesso à reserva depositada na Justiça. Para isso, criam projetos de lei abrindo fundosreservas para guardar 30%dos depósitos. Prefeitura de BH tenta ter acesso a R$ 168 milhões. Pág. 4

Brasil faz apostas para Olimpíada
Basquete,canoagem, futebol, handebol, judô, ginástica artística, natação e vôlei são esperança de medalhas no Rio de Janeiro, depois do bom desempenho no Pan de Toronto. ● Jogador mineiro Fred foi flagrado por uso de medicação proibida durante a Copa América. Pág. 19 e 20.


Zero Hora

Manchete: Queda da bolsa na China pressiona dólar
Moeda americana, a R$ 3,36, atinge a maior cotação em 12 anos, enquanto a Bovespa registra perdas pelo sétimo dia consecutivo. No Brasil, a crise política acrescenta tensão aos mercados. (Notícias 16)
Caixa 2 de campanha: Mais um ministro do TCU sob suspeita (Notícias 10)

Encontros com Dilma devem ser regionalizados
Presidente debaterá com governadores veto ao reajuste do Judiciário e reforma do ICMS. (Noticias 12)

Dois polos, duas realidades
Enquanto RIO GRANDE vive a expectativa de abertura de 4 mil vagas com a montagem de plataformas da Petrobras, a prometida instalação de CHARQUEADAS amarga abandono e desalento. (Notícias 6 e 7)


Gazeta do Povo

SAÚDE SUPLEMENTAR
Manchete: Planos de saúde terão de ampliar serviços médicos
A Agência Nacional de Saúde (ANS) vai ampliar a lista de procedimentos que devem ter cobertura obrigatória pelos planos de saúde a partir de janeiro de 2016. A agência abriu consulta pública para ouvir a população, mas já definiu 11 novos serviços médicos a serem oferecidos. As novidades incluem remédio para câncer de próstata e nutricionista para gestante. Para a gerente-geral de regulação assistencial da ANS, Raquel Lisbôa, a revisão do rol de procedimentos se torna necessária para garantir o acesso ao diagnóstico e tratamento dos pacientes através de técnicas novas que possibilitem o melhor resultado na saúde dos usuários

SETOR ELÉTRICO
Usinas devolvidas à União geram energia mais barata
O governo federal planeja leiloar em setembro 29 hidrelétricas antigas cujas concessões estão vencidas ou prestes a vencer. Essas hidrelétricas estão gerando energia a preços menores desde o início do mês, mas o consumidor paranaense só deve sentir no bolso em 2016

AVALIAÇÃO
Dilma culpa a Lava Jato por queda no PIB
Em reunião com 12 ministros e o vice-presidente Michel Temer, ontem, a presidente Dilma Rousseff responsabilizou a Lava Jato por queda de 1% do Produto Interno Bruto (PIB) neste ano. A petista cobrou dos aliados voto a favor do governo no Congresso

ORÇAMENTO
Governo vai aos estados para aprovar contas
O Planalto sairá nesta semana em busca de apoio político dos governadores para pressionar o Tribunal de Contas da União (TCU) a não reprovar as contas de 2014 do governo federal por causa das pedadaladas fiscais – manobras orçamentárias para maquiar o déficit público

AGRONEGÓCIOS
Nem caipira, nem agroboy
No Dia do Agricultor, reportagem mostra que o produtor rural está cada vez mais distante de antigos estereótipos ligados à vida no campo. Agricultores, como Eric Petter, de Castro, usam cada vez mais o smartphone e o tablet nos negócios

EDUCAÇÃO
Game show movimenta as aulas de Física
Professor estimula turma a encontrar a resposta certa e testa nível de conhecimento dos alunos em competição ao estilo dos programas de auditório.


Folha de S. Paulo

Manchete : Bolsas caem e dólar dispara por temor de bolha chinesa
Desvalorização de papéis em Xangai poderá afetar exportações brasileiras
Após 20 dias, a China teve novo tombo nas bolsas, voltando a alimentar o medo entre investidores de que um estouro da bolha no mercado de ações esteja próximo. A Bolsa de Xangai caiu 8,48%, a segunda maior de sua história, e as principais Bolsas do mundo acompanharam a tendência. No Brasil, a Bovespa recuou 1%. Outra consequência foi a corrida de investidores pelo dólar. A moeda americana fechou a R$ 3,362, maior cotação desde março de 2003. O real foi a quarta moeda que mais se desvalorizou entre 24 economias emergentes. (…) A crise pode afetar as exportações brasileiras. Os chineses são grandes compradores de petróleo, soja e minério de ferro. (Marcado A13)

Cresce o temor de que país perca selo de bom pagador
Na atual conjuntura, o governo teme que a agência de classificação de risco Standard&Poor’s ponha em viés negativo a nota brasileira, deixando o país perto de perder o selo de bom pagador da dívida. O Planejamento adiou para o quarto trimestre a previsão de reação da economia. (Mercado A15)

Pela TV, PSDB fará convocação para protesto contra Dilma
O PSDB usará inserções de rádio e TV para convocar a população para a manifestação contra o governo Dilma Rousseff (PT), marcada para 16 de agosto. É a primeira vez que o partido se envolverá de maneira clara nos protestos. Além de pedir a saída da presidente, o protesto vai se concentrar nas críticas à economia. As primeiras inserções trarão falas de lideranças tucanas como Fernando Henrique, Geraldo Alckmin e José Serra. (Poder A4)

Vereador de SP usa recursos da cultura para criar camarote
O vereador de São Paulo Milton Leite (DEM) direcionou recursos que serviriam para reformar um ginásio anexo à Casa da Cultura Palhaço Carequinha para construir um camarote VIP em escola de samba ligada a ele e sua família. Leite admite que a verba foi destinada à quadra da escola, mas nega irregularidades. (Cotidiano B3)

Ministro descarta tirar agente federal de rodovia paulista
O ministro José Eduardo Cardozo (Justiça) classificou de “equívoco” o plano do secretário estadual Alexandre de Moraes (Segurança Pública) de transferir para o Estado o policiamento das rodovias federais que cruzam São Paulo. O objetivo, afirma Moraes, seria facilitar o planejamento para coibir a entrada de drogas e armas. (Cotidiano B4)

Para professor alvo de racismo, atitude ofensiva fomenta debate

O professor de jornalismo da Unesp de bauru (SP) Juarez Tadeu de Paula Xavier, 55, alvo de ofensas racistas em banheiro da universidade, diz que o episódio é como uma cicatriz que incomoda, mas que servirá para debate. “Sempre enfrentei a questão racial, mas é a primeira vez que vejo ‘Juarez macaco’ na parede. (Cotidiano B4)

Foto-legenda : Inimigo meu
EM SP, Eduardo Cunha (PMDB) criticou o PT; para ele, antes de pedir sua saída da Câmara, o partido deveria “talvez aderir à tese do impeachment” de Dilma (Poder A5)

José Serra
Ato de diretor fere a independência de comitê do BC
Um diretor do BC alardeou o voto que dará na próxima reunião do Comitê de Política Monetária. O Copom não é lugar para amantes da vuvuzela. A ideia é que seus membros decidam com base na exposição técnica. (Opinião A3)

Editoriais
Leia “As bases de Cunha”, sobre apoio ao presidente da Câmara dos deputados, e “Lixo no Congresso”, acerca de legislação de resíduos sólidos. (Opinião A2)


Edição: Equipe Fenatracoop, 28 de Julho de 2016, ás 08:13

Compartilhe nossa Matéria