Manchete dos Jornais nesta quarta-feira, 02 de março de 2016
Postado por: Equipe Portal Cambé Em 2nd março 2016

Andrade Gutierrez diz ter pago R$ 6 mi para caixa 2 de Dilma
Delator e ex-presidente da empresa afirma que Palocci negociou repasse em 2010; ex-ministro nega
Otávio Azevedo, ex-presidente da empreiteira Andrade Gutierrez, afirmou à Lava Jato que negociou com o ex-ministro Antonio Palocci o pagamento de R$ 6 milhões para o caixa dois da campanha de Dilma em 2010, informa Márcio Falcão. No acordo para a delação, Azevedo disse que o repasse foi feito via contrato fictício com a agência de comunicação Pepper, que atendi ao PT.Se comprovada a irregularidade, os efeitos não seriam eleitorais, como perda de mandato, pois o caso se refere ao mandato encerrado em 2014…


O Globo

Manchete: Novo ministro da Justiça não agrada a aliados de Lula
Wellington César, que toma posse amanhã, diz que não fará troca na PF
A saída de José Eduardo Cardozo, por pressão do PT, não foi suficiente para acalmar o partido, que esperava a escolha de um político; oposição e entidades sindicais ligadas à PF veem risco à Lava-Jato
A decisão da presidente Dilma Rousseff de, mesmo com desgaste pessoal, ceder à pressão do PT e aceitar a demissão do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, não foi suficiente para amansar os petistas. O nome do novo titular, Wellington César Lima e Silva, ex-procurador na Bahia, não agradou aos aliados do ex-presidente Lula, que esperavam uma nomeação mais política. O PT chegou a preparar uma lista com quatro indicações, esperando ver na pasta alguém do partido. Em entrevista ontem, Wellington César, que toma posse amanhã, afirmou que não fará mudanças imediatas na Polícia Federal. A oposição e entidades sindicais ligadas à PF criticaram a escolha, porque consideram a troca uma forma de o governo federal interferir nas investigações da Lava-Jato. (Pág. 3)

Empreiteira diz que pagou dívida de campanha de Dilma
Em delação premiada, dirigentes da Andrade Gutierrez disseram que a empresa pagou dívida de campanha da presidente Dilma, em 2010, sem declarar na prestação de contas. (Pág. 6)

Pedalinhos de Atibaia
A decisão da presidente Dilma Rousseff de, mesmo com desgaste pessoal, ceder à pressão do PT e aceitar a demissão do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, não foi suficiente para amansar os petistas. O nome do novo titular, Wellington César Lima e Silva, ex-procurador na Bahia, não agradou aos aliados do ex-presidente Lula, que esperavam uma nomeação mais política. O PT chegou a preparar uma lista com quatro indicações, esperando ver na pasta alguém do partido. Em entrevista ontem, Wellington César, que toma posse amanhã, afirmou que não fará mudanças imediatas na Polícia Federal. A oposição e entidades sindicais ligadas à PF criticaram a escolha, porque consideram a troca uma forma de o governo federal interferir nas investigações da Lava-Jato. PÁGINA 3Com os nomes dos netos do ex-presidente Lula, pedalinhos que estão no lago do sítio de Atibaia (SP) foram comprados por assessor da Presidência. (Pág. 4)

Merval Pereira
Denúncia fere moralmente imagem de Dilma. (Pág. 4)

Zuenir Ventura
Corrupção é o vício mais difícil de ser deixado. (Pág. 17)

STF rejeita recurso, e Cunha será julgado hoje
Os onze ministros do Supremo Tribunal Federal vão decidir hoje se o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, deve ser processado pela acusação de receber US$ 5 milhões desviados da Petrobras, feita pelo Ministério Público. A tentativa da defesa de protelar o julgamento foi frustrada. Já na Câmara, o Conselho de Ética voltou a se reunir para analisar processo contra o deputado, mas a sessão foi novamente suspensa. (Pág. 8)

Executivo do Facebook é preso
O vice-presidente do Facebook para a América Latina, Diego Dzodan, foi preso ontem em São Paulo por não cumprir ordem judicial de quebra de sigilo do WhatsApp em investigação de tráfico de drogas. Segundo a empresa, as mensagens dos usuários não são armazenadas. (Pág. 27)

Bancos tentam evitar calote
Para evitar a inadimplência, bancos estão buscando clientes com dívida elevada no cartão ou no cheque especial antes que atrasem o pagamento, para oferecer crédito mais barato, informa Ana Paula Ribeiro. (Pág. 19)

Microcefalia no Rio cresce 85%
O Rio teve um aumento de 85% dos casos de microcefalia em bebês suspeitos de ligação com o vírus zika. No mês passado, houve 171 notificações contra 92 em janeiro. Até no trilho do VLT já tem água acumulada. (Pág. 12)


O Estado de S. Paulo

Manchete : Empreiteira diz que pagou despesa na eleição de Dilma
Em delação, executivos da Andrade Gutierrez relataram que a empresa fez pagamentos a agência de propaganda
Executivos da Andrade Gutierrez relataram em delação premiada na Operação Lava Jato que a construtora fez pagamentos diretos a empresa contratada pela campanha de Dilma Rousseff em 2010. Eles também afirmaram, segundo fontes com acesso à investigação, que a empreiteira pagou por pesquisas eleitorais. No total, 11 executivos da empresa fizeram acordo de delação, entre eles Otávio Azevedo, ex-presidente do grupo, e Flávio Barra, ex-presidente da construtora. Em 2010, a agência de propaganda Pepper, investigada na Lava Jato, recebeu 16 pagamentos da Andrade Gutierrez que somaram R$ 6,5 milhões. Conforme as investigações, o contrato com a empreiteira seria fictício. A Pepper informou que não falaria sobre o caso. O coordenador financeiro da campanha, José de Filippi Jr., informou que os serviços foram contabilizados nas prestações de contas aprovadas pelo TSE. (Política A4)

Lula recorre ao STF
Defesa do ex-presidente protocolou no STF petição para que sejam suspensas investigações sobre os imóveis de Atibaia e do Guarujá até que se defina
quem cuida do caso, o Ministério Público Federal ou o do Estado de SP. (Pág. A5)

‘Não mexerei na Polícia Federal’
Entrevista – Wellington César

MINISTRO DA JUSTIÇA
O novo ministro da Justiça, Wellington César, disse a Adriano Ceolin que não vai trocar o diretor-geral da PF, Leandro Daiello. “Tive uma conversa muito boa com o diretor-geral da PF. E o sinal foi tranquilo, de permanência”, afirmou. “As coisas continuam como estão.” (Política A8)

Cunha sofre derrota no Conselho de Ética
Por 11 votos a 10, o Conselho de Ética da Câmara aprovou parecer pela continuidade do processo por quebra de decoro contra o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). (Política A7)

Governo amplia limite de capital estrangeiro em aéreas para 49%
A presidente Dilma Rousseff assinou Medida Provisória aumentando de 20% para até 49% o limite de capital estrangeiro nas empresas aéreas. Essa é uma antiga reivindicação do setor e está em discussão no Congresso há mais de uma década. Com a MP, o governo pretende atrair novos investidores para o mercado de aviação, que tem registrado prejuízos bilionários por causa da queda da receita em real e do aumento dos custos em dólar. (Economia B1)

Exportação sobe e balança tem melhor fevereiro em 27 anos
Após 17 meses em queda, as exportações brasileiras voltaram a crescer em fevereiro e a balança comercial teve superávit de US$ 3,043 bilhões, o melhor resultado para o mês em 27 anos. Câmbio, aumento nas vendas de industrializados e embarques de produtos agrícolas impulsionaram o resultado. O superávit no ano é de US$ 3,965 bilhões. No mesmo período de 2015, houve déficit de US$ 6,010 bilhões. (Economia B3)

WhatsApp nega dados e executivo do Facebook é preso pela PF
O vice-presidente do Facebook na América Latina, o argentino Diego Dzodan, foi preso pela PF em São Paulo. A ordem de prisão preventiva, sem prazo
de soltura, foi dada por um juiz de Sergipe por descumprimento de ordem judicial para quebra de sigilo de mensagens pelo WhatsApp. (Metrópole A11)
Olimpíada terá corte de R$900 milhões (Esportes A15)

Corte da Venezuela reduz poder da oposição (Internacional A10)

Eliane Cantanhêde
Triste fim do ‘dilmismo’ – Jaques Wagner pode até ousar meter a mão na Lava Jato, mas não vai ajudar Lula nem vai dobrar a PF e o MP. Se tentar, vai quebrar a cara. (Política A7)

Crise e transitoriedade – A novidade desses tempos de crise, escândalos e roubalheiras é o desnudamento de nossa infinita crença de que, “no final, tudo vai dar certo”. (Caderno 2 C8)

Notas&Informações
Uma manobra arriscada
– Qualquer tentativa de sabotar o que a Operação Lava Jato simboliza levará indignação às ruas (A3)

Por trás do novo zoneamento – Quanto mais se conhecem as mudanças introduzidas no projeto, mais se evidencia a falta de seriedade (A3)


Folha de S. Paulo

Manchete: Andrade Gutierrez diz ter pago R$ 6 mi para caixa 2 de Dilma
Delator e ex-presidente da empresa afirma que Palocci negociou repasse em 2010; ex-ministro nega
Otávio Azevedo, ex-presidente da empreiteira Andrade Gutierrez, afirmou à Lava Jato que negociou com o ex-ministro Antonio Palocci o pagamento de R$ 6 milhões para o caixa dois da campanha de Dilma em 2010, informa Márcio Falcão. No acordo para a delação, Azevedo disse que o repasse foi feito via contrato fictício com a agência de comunicação Pepper, que atendi ao PT. Os depoimentos dele e de outros dez executivos ligados à Andrade Gutierrez devem durar até o final do mês. Se comprovada a irregularidade, os efeitos não seriam eleitorais, como perda de mandato, pois o caso se refere ao mandato encerrado em 2014. Mas pode haver apuração criminal, o que aumentaria a pressão sobre um governo já fragilizado. José de Filippi Jr., ex-coordenador financeiro da campanha petista, a Pepper prestou serviços“ regularmente”. Em sua defesa, Palocci negou ter feito o pedido e disse não conhecer a Pepper. A agência afirmou ter atuado legalmente para a Andrade. Os 11 executivos também vão relatar pagamentos de propina para o PT e o PMDB, por meio de doações legais, nas obras da usina nuclear de Angra 3, da hidrelétrica de Belo Monte, na Petrobras e em três estádios da Copa. Os partidos negam. (Poder A4)

PF continuará seu trabalho, diz novo ministro da Justiça
O novo ministro da Justiça, Wellington César Lima e Silva, afirmou em entrevista que não tem intenção de fazer “mudança imediata” no comando da Polícia Federal e que a instituição “continuará com o seu trabalho”. A posse dele deve ocorrer nesta quinta (3). “As instituições do Brasil estão maduras ao ponto de não sofrerem variações com mudanças nos atores”, disse. As investigações da Lava Jato causaram atritos entre o PT e o ex-ministro José Eduardo Cardozo, por terem avançado em integrantes da cúpula do partido. (Poder A5)

Só ditadura escolhe acusados, afirmam advogados de Lula
A defesa do ex-presidente Lula criticou no Supremo a Lava Jato por levantar suspeitas de que o petista recebeu vantagens indevidas de empresas durante o mandato. Para os advogados de Lula, “só as ditaduras políticas ou midiáticas gostam de escolher os acusados”. (Poder A6)

Facebook não libera dados, e executivo é preso no Brasil
A Polícia Federal prendeu Diego Dzodan, vice-presidente do Facebook para a América Latina, após decisão do juiz Marcel Montalvão, de Lagarto (Sergipe). O motivo, de acordo com o magistrado, foi a não colaboração com investigação sobre tráfico de drogas que incluiria verificação de dados do WhatsApp, aplicativo da empresa. Para Facebook e WhatsApp, a medida do juiz é “extrema”. (Mercado A11)

Gestão Pimentel corta verbas para o meio ambiente
Pouco mais de três meses após o maior desastre ambiental do país, a ruptura de barragem em Mariana,o governo de Minas, em crise financeira, congelou os investimentos em meio ambiente para 2016. A gestão Pimentel (PT) diz que a fiscalização não será afetada. (Cotidiano B1)

Metrô toma calote de R$ 66 milhões da gestão Alckmin (Cotidiano B4)

‘Pílula do câncer’ é eficiente, defende o químico que a criou
Professor aposentado da USP, o químico e criador da chamada “pílula do câncer”, Gilberto Orivaldo Chierice, diz que distribuía mais de 40 mil pílulas por mês.Para ele, o número prova que ela é eficaz. Chierice foi criticado pela falta de testes acerca da segurança da pílula. (Ciência B5)

Painel
Governo dá aval para estrangeiro comprar aérea
O governo edita hoje uma medida provisória que permite a grupo estrangeiro adquirir controle de companhia aérea brasileira, desde que seu país dê a recíproca a empresas nacionais.A MP salva a Gol da falência. (Poder A4)

Mônica Waldvogel
Eleger um ‘saco de pancadas’ é forma de agir de ativistas
Pedir desculpas para militantes, como fez Fernanda Torres, é escolha entre a grandeza e a autocomiseração. Qualquer que seja o motivo, a intenção é estancar o mais rapidamente possível a enxurrada de insultos e recompor a autoimagem solidária às boas causas. (Opinião A3)

Editoriais
Leia “Pressão e demissão”, acerca de saída de José Eduardo Cardozo da Justiça, e “Oportunismo sanitário”, sobre greve de médicos e enfermeiros. (Opinião A2)


Edição: Equipe Fenatracoop, Quarta-Feira 02 de Março de 2016

Compartilhe nossa Matéria