Manchete dos Jornais nesta quarta-feira, 09 de setembro de 2015
Postado por: Equipe Portal Cambé Em 9th setembro 2015

Casamento
Brasil é o4º do mundo em uniões com menores
País tem mais de 1,3 milhão de mulheres até 18 anos casadas, e 39% delas tiveram o primeiro filho aos 15, segundo pesquisa que será divulgada hoje pelo Unicef…
A Dilma Inflável é gorda! Protesto! A boneca tá errada!
E a nova personagem do Brasil: Dilma Inflável! A Pinóquia! Acho que o nariz do Pinóquio ela até aceita! Mas gorda é provocação! A Dilma Inflável é gorda! Ela se mata pra ficar magérrima e vêm os coxinhas e fazem uma Dilma Inflável Gorda! Protesto! A boneca tá errada!


O Globo

Manchete : Contra crise, Levy não descarta aumentar IR
Governo planeja elevar Cide, IOF e IPI; Temer volta a divergir de Dilma
Ministro da Fazenda disse que aumento do tributo sobre a renda pode ser um caminho e precisa ser debatido rapidamente.
O ministro Joaquim Levy (Fazenda) admitiu ontem a possibilidade de aumentar o Imposto de Renda “sobre rendas mais altas”. “Pode ser um caminho”, disse ele, para quem a discussão precisa ser amadurecida “rapidamente no Congresso”. A equipe econômica estuda elevar as alíquotas de três tributos (IPI, Cide e IOF) para arrecadar mais R$ 18 bilhões. Um dia depois de a presidente Dilma admitir ter de adotar “remédios amargos” contra a crise , o vice Michel Temer usou a mesma expressão, mas para descartar esse receituário. (Págs. 3 e 4)

Bovespa já vale menos que Apple
A recessão, a crise política e a piora no cenário externo fizeram a Bovespa perder 54% de seu valor em 12 meses, informa RENNAN SETTI. As 359 empresas listadas na Bolsa tinham, juntas, valor de US$ 1,14 trilhão. Agora, somam US$ 518 bilhões, menos que o valor da Apple. (Pág. 19)

Mercado agora prevê queda de 2,4% no PIB (Pág. 21)

Água da Cedae não é fiscalizada
A agência que passou a regular a Cedae não vai fiscalizar a qualidade da água do Rio, conta RUBEN BERTA. A entidade diz que a função é de órgãos ambientais, que negam a atribuição. Já a Vigilância do município faz análises, mas não divulga resultados. (Pág. 11)

Paulinho da Força vira réu no STF
O Supremo abriu ação penal contra o deputado Paulinho da Força por desvio de verbas de financiamentos do BNDES para prefeitura paulista e rede de lojas. (Pág. 7)

Na Venezuela – Oposição cobra volta da RCTV
Líderes opositores exigiram que o governo venezuelano cumpra decisão de corte da OEA e devolva a concessão da RCTV, retirada em 2007. (Pág. 29)

Alemanha poderá receber 500 mil
O vice-chanceler alemão disse que o país pode receber 500 mil refugiados por ano, mas Berlim insiste em cotas para a UE. (Pág. 28 e Zuenir Ventura)


O Estado de S. Paulo

Manchete : Governo estuda aumento do Imposto de Renda, diz Levy
Para ministro, elevar tributo ‘pode ser um caminho’ e brasileiro paga pouco em relação a países desenvolvidos
O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, disse ontem em Paris que o governo estuda aumento do Imposto de Renda de pessoa física para melhorar a arrecadação, informam Ricardo Leopoldo e Andrei Netto. Dilma Rousseff enviou ao Congresso peça orçamentária para 2016 com déficit inédito de R$ 30,5 bilhões. A declaração vai ao encontro de pronunciamento da presidente sobre a necessidade de “remédios amargos” para corrigir erros do primeiro mandato. Segundo Levy, o Brasil tem uma das menores cargas de IR dentro da OCDE (organização que reúne países desenvolvidos) e elevar o imposto “pode ser um caminho”. Para ele, esta discussão tem que “amadurecer no Congresso”. Relator do Orçamento, o deputado Ricardo Barros (PP-PR) disse não ver saída para o rombo que não seja aumento de tributos. (Política / Pág. A4)

Temer recusa ‘remédio amargo’
O vice-presidente, Michel Temer, e os presidentes da Câmara, Eduardo Cunha, e do Senado, Renan Calheiros, rejeitaram a possibilidade de ampliar tributos. Para Temer, que defende primeiramente corte de despesas para cobrir o rombo, aumentos de impostos só devem ocorrer em última hipótese, “descartável desde já”. “Temos que evitar remédios amargos e, se for possível, simplesmente cortar despesas. A tendência é essa”, disse. (Pág. A4)

Berzoini admite corte no Minha Casa Minha Vida
O ministro das Comunicações, Ricardo Berzoini, sinalizou ontem que haverá cortes no programa Minha Casa Minha Vida. Técnicos do governo tentam definir a configuração da fase 3 do programa para que a presidente Dilma Rousseff cumpra a promessa de lançar a nova etapa amanhã. Há expectativa sobre a meta de contratação de 3 milhões de moradias até 2018. Pela proposta de Orçamento entregue ao Congresso, o Minha Casa teria R$ 15,6 bilhões em 2016. Em 2015, foram R$ 18,7 bilhões. (Economia / Pág. B1)

Senado aprova reforma política que veta doação de empresa
O plenário do Senado aprovou o relatório final da proposta de reforma política que muda regras eleitorais e acaba com doação de empresas para candidatos e partidos. O projeto segue para a Câmara, que havia decidido liberar contribuição eleitoral de empresas. Também foi aprovada ontem Proposta de Emenda à Constituição que cria cota para mulheres em eleições para deputado federal, estadual e vereador. (Política / Pág. A5)

Paulinho da Força é réu no Supremo
O STF aceitou denúncia do MPF contra o deputado Paulo Pereira da Silva (SD-SP). Paulinho da Força é acusado de ser beneficiário de esquema que desviou recursos do BNDES. (Política / Pág. A7)

Defesa devolve poder a militares
Para tentar reverter mal-estar, o ministro da Defesa, Jaques Wagner, vai assinar portaria devolvendo aos comandantes militares poder de editar atos relativos a pessoal da área. (Política / Pág. A6)

Fiscal de ICMS fará delação premiada
Fiscal da Secretaria da Fazenda de SP preso por corrupção no ICMS fechou acordo com o MP. Grupo de sete agentes arrecadou pelo menos R$ 35 milhões. (Metrópole / Pág. A12)

Ronaldo Laranjeira
O tráfico e a população
Precisamos criar políticas públicas realistas e humanas antes de promover alterações na legislação relacionada ao porte de drogas. (Espaço Aberto / PÁG. A2)

Notas&Informações
Autocrítica encabulada – Dilma Rousseff finalmente confessou a prática da gastança que marcou seu primeiro mandato. (Pág. A3)

O petrolão chega ao Planalto – Se tiver bom senso, Dilma Rousseff pode afastar imediatamente Aloizio Mercadante e Edinho Silva. (Pág. A3)


Estado de Minas

Manchete: Um celular roubado a cada meia hora em BH
Ladrões levam, por dia, 53 aparelhos, que viram moeda de troca no tráfico e no mercado ilegal. De janeiro a julho foram anotadas 11.351 ocorrências,30,4% a mais do que as 8.708 do mesmo período do ano passado.Mas o número de casos é bem maior. Segundo o site onde fui roubado.com.br, no qual as próprias pessoas relatamos crimes,42,2%das vítimas na capital mineira não registram queixa.Dados do site mostram que o celular, sobretudo o smartphone, já é o objeto mais visado, superando bolsas, carteiras e relógios. De acordo com a Polícia Civil,os telefones roubados são trocados por drogas ou entregues a receptadores para serem revendidos, e o grande número de menores envolvidos nos crimes dificulta o combate. Além disso, alerta a polícia,95% das pessoas roubadas não informamo número do IMEI, registro de identidade que é uma espécie de CPF do aparelho,que facilita sua localização e recuperação e permite bloquear o seu uso. . Pág. 13,14

Temer é contra ‘remédio amargo’ de Dilma
Depois de encontro no palácio do planalto, vice volta a trombar com a presidente, contrariando o que ela afirmou na véspera, e diz que aumento de tributos deve ser a última hipótese. Ministro da fazenda, Joaquim Levy, porém, declara que o governo cogita a elevação do imposto de renda Pág. 4 e 9

Planalto já admite corte na habitação
Diante do rombo no Orçamento, o governo já fala em redução de gastos com programas sociais. Após reunião da coordenação política com a presidente Dilma, o ministro das Comunicações, Ricardo Berzoini, disse ontem que o Minha casa, minha vida terá sua continuidade “ajustada à disponibilidade orçamentária”. Pág.3

Refugiados
Alemanha aceita receber 500 mil ao ano
O vice-chanceler alemão, Sigmar Gabriel, afirmou ontem que seu país pode acolher meio milhão de refugiados por ano.Ecobrou que outros países europeustambém aceitem receber imigrantes. Hoje, deve ser anunciado plano da União Europeia para a crise da imigração, com a definição de cotas entre 28 membros. Pág.11

Casamento
Brasil é o4º do mundo em uniões com menores
País tem mais de 1,3 milhão de mulheres até 18 anos casadas, e 39% delas tiveram o primeiro filho aos 15, segundo pesquisa que será divulgada hoje pelo Unicef. Pág. 5

Enfim a Volta da Sombrinha
A chuva dos últimos dias espantou o calor em BH. “Todo mundo está feliz com essa chuva maravilhosa, estávamos precisando muito dela”, comemorou a servidora pública Isabel Caldas(foto). Uma frente fria que chegou do Paraná manterá o tempo chuvoso até o fim de semana. Pág. 17

Violência nas estradas de MG
Foi o feriadão com mais óbitos no ano. Direção perigosa e desatenção foram principais causas de acidentes. Pág. 15 E editorial. na Pág. 6


Gazeta do Povo

LEGISLATIVO
Manchete: Salários de vereadores no PR foram “turbinados” na atual legislatura
Levantamento da Gazeta do Povo com dados do Tribunal de Contas do Paraná mostra que em praticamente todos os municípios do estado os gastos com salários de vereadores cresceram na atual legislatura. Em seis cidades, o salto superou os 150%. Os aumentos são mais sentidos em municípios pequenos, onde o custo anual dos vereadores por habitante chega a ser 6,5 vezes maior que nas cidades com mais de 70 mil habitantes.

FINANÇAS PESSOAIS
A vez dos fundos multimercados
CONTAS PÚBLICAS
Orçamento curto ameaça Minha Casa, Minha Vida 3

VATICANO
Papa simplifica burocracia para nulidade matrimonial

ESTRAGOS NO INTERIOR
Chuvas afetam 94,3 mil paranaenses
As chuvas de granizo e vendavais dos últimos dias atingiram 32 municípios, segundo balanço da Defesa Civil do Paraná; entre pessoas prejudicadas pelo mau tempo, que tiveram de sair de casa ou que tiveram fornecimento de água e energia elétrica interrompido, são 94,3 mil paranaenses. Foz do Iguaçu decretou estado de emergência e o Exército está ajudando no atendimento a 2 mil pessoas desalojadas. A estrutura de um prédio de quatro andares desabou na noite de segunda-feira.

CONTAS PÚBLICAS
Governo analisa quais impostos tentará elevar
À procura de fontes de arrecadação, representantes do governo sugerem elevações em alguns tributos. Enquanto o ministro Joaquim Levy fala em aumentar o Imposto de Renda, o vice-presidente Michel Temer está de olho na Cide, o imposto dos combustíveis. Aloizio Mercadante, da Casa Civil, quer um “imposto de transição”.

GESTÃO ESCOLAR
Projeto permite controle do governo sobre eleição de diretores
As novas regras para eleição de diretores de escolas estaduais estão na Assembleia Legislativa e preveem que candidatos sem plano político-pedagógico compatível com os parâmetros da Secretaria de Estado da Educação podem ser barrados por uma comissão cuja composição é incerta.

LAVA JATO
Youssef disse ter operado caixa 2 de empresas
O doleiro Alberto Youssef disse à Justiça Federal, em audiência na sexta-feira passada, que, além de operar o esquema de propinas da Petrobras, ele também cuidava do caixa 2 de duas empreiteiras. Nesta quarta, a CPI da Petrobras ouve o dono da UTC, Ricardo Pessoa.

AGRO
O adeus ao “embaixador do plantio direto”

HAUS
Leveza e ousadia
Casa Mário de Mari, inspirada na obra de Frank Lloyd Wright, é hoje a sede do Conselho de Arquitetura e Urbanismo

ESPORTIVA
Gladiador de volta, mas no banco
Recuperado de cirurgia, Kléber será opção para Ney Franco 73 dias depois de estrear pelo Coritiba; duelo desta quarta será contra o Fluminense, no Couto

ESPORTIVA
Sequência de vitórias interrompida
Paraná abriu o placar contra o líder Botafogo, mas tomou a virada nos 20 minutos finais e perdeu a chance de se aproximar do G4.

ESPORTIVA
Pupilo contra o mestre
René Simões, técnico do Figueirense, já treinou Milton Mendes, que comanda o Atlético. Os dois times se enfrentam na noite desta quarta-feira.


Zero Hora

Manchete : Planalto estuda fechar conta elevando imposto
Em Paris, Joaquim Levy cogita aumento do IR, enquanto o vice Michel Temer discute alta de tributo sobre combustíveis. Aliados e oposição no Congresso cobram maior redução de gastos

MINHA CASA MINHA VIDA TERÁ CORTES
Governo admite que programa se adaptará aos recursos do orçamento (Notícias | 10, 14, 15 e 19)

Assembleia adia votação de projetos polêmicos
O aumento de ICMS e a ampliação do uso dos depósitos judiciais, propostos para enfrentar crise do RS, só devem ser discutidos em duas semanas (Notícias | 12)


Folha de S. Paulo

Manchete : Governo estuda aumentar Imposto de Renda, diz Levy
Elevação do tributo ajudaria a reduzir deficit e reequilibrar contas
O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, afirmou, após reunião na OCDE (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico), em Paris, que o aumento de alíquotas do Imposto de Renda está em estudo pelo governo federal para reequilibrar as contas. Levy não deu mais detalhes sobre a proposta. Segundo assessores do governo ouvidos pela Folha, há ao menos duas ideias em discussão. Uma delas seria a criação de uma quarta faixa de cobrança para pessoas de renda mais alta,com alíquota entre 30% e 35%. Além do aumento do IR, o governo pode definir na próxima semana outras propostas para cobrir o rombo em sua proposta de Orçamento para 2016. (Poder)

Projeções de recuo do PIB pioram com o descontrole fiscal
A dificuldade crescente do governo de melhorar a situação das contas públicas levou à piora das projeções de instituições financeiras consultadas pelo Banco Central. Em uma semana, a previsão de recuo da economia brasileira em 2015 passou de 2,26% para 2,44%. (mercado a13)

Foto-legenda: Amigos
O prefeito de SP, Fernando Haddad (PT), fala com o ex-presidente FHC (PSDB) no Theatro Municipal; eles combinaram de ver juntos uma ópera de Puccini (Ilustrada C2)

Limite a pesquisas eleitorais prejudica eleitor, afirma ANJ
A Associação Nacional de Jornais diz que a proposta aprovada no Senado que restringe a contratação de institutos de pesquisa por órgãos de imprensa tira o direito do eleitor de se informar sobre as disputas eleitorais. Institutos como Datafolha e Ibope também criticaram a medida, que agora será analisada pela Câmara. (Poder a8)

Foto-legenda : Lixão sem fim
Plano de erradicar lixões fracassa, e Congresso busca ampliar prazo para extingui-los (Cotidiano b4)
Alemanha diz poder receber a cada ano 500 mil refugiados
A Alemanha indicou que pode receber, por ano, 500 mil refugiados de zonas de conflito no Oriente Médio e na África até que a crise humanitária seja minimizada. Segundo Sigmar Gabriel, vice-chanceler alemão, o país pode abrigar mais gente por ser economicamente forte . (Mundo A9)

José Simão
A Dilma Inflável é gorda! Protesto! A boneca tá errada!
E a nova personagem do Brasil: Dilma Inflável! A Pinóquia! Acho que o nariz do Pinóquio ela até aceita! Mas gorda é provocação! A Dilma Inflável é gorda! Ela se mata pra ficar magérrima e vêm os coxinhas e fazem uma Dilma Inflável Gorda! Protesto! A boneca tá errada! (Ilustrada C9)

Editoriais
Leia “A justa transparência”, sobre questões éticas envolvendo juízes, e “Haddad e a realidade”, acerca de atraso de obras na periferia de São Paulo. (Opinião A2)


Edição: Equipe Fenatracoop, 09 de Setembro de 2015, ás 08:42

Compartilhe nossa Matéria