Manchete dos Jornais nesta quarta-feira, 24 de agosto de 2016
Postado por: Equipe Portal Cambé Em 24th agosto 2016

Ministro do STF defende freio à Lava Jato; procurador reage
Gilmar Mendes acusa investigadores de deixar vazar delação da OAS; Janot vê ‘cortina de fumaça’
Na mais contundente crítica a procuradores da Lava Jato feita por um ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes afirmou que eles devem “calçar as sandálias da humildade” e é preciso “colocar freio” na conduta dos investigadores. Ele atribuiu à Procuradoria o vazamento das tratativas da delação do ex-presidente da OAS Léo Pinheiro, em que o ministro Dias Toffoli foi mencionado. “O resumo da ópera é o seguinte: você não combate crime cometendo crime.” Para ele, “depois esses falsos heróis vão encher o cemitério”. O procurador-geral Rodrigo Janot negou qualquer citação a Toffoli na proposta de delação e chamou de “cortina de fumaça” o debate sobre suposto vazamento. Ele questionou “a quem e por que” a operação “está incomodando tanto”. Janot, que suspendeu as negociações com Pinheiro, vê “quase estelionato delacional” na divulgação de dados não comprovados para prejudicar o acordo. As críticas de Mendes ficaram isoladas na Corte. A maioria dos ministros optou pela discrição…


O Globo

Manchete: Reajuste do STF ameaça dividir aliados de Temer
PSDB e DEM falam até em retirar apoio caso aumento seja aprovado
Partidos da base aliada, defensores de ajuste fiscal austero, cobraram do Palácio do Planalto decisão firme sobre projeto que beneficia o Judiciário e implica impacto de R$ 5 bilhões ao ano
A decisão do PMDB de apoiar o aumento salarial para ministros do Supremo, que deve custar R$ 5 bilhões ao ano, abalou a base do governo Michel Temer. No PSDB e no DEM, líderes fizeram cobranças públicas e chegaram a falar em abandonar o Planalto, caso não adote uma posição firme contra o aumento. “Não é possível que haja dois governos, um para fazer bondade e outro para ficar com o ônus da decisão”, disse o senador Aécio Neves (PSDB). O líder do DEM, Ronaldo Caiado, foi enfático: “Não vou participar dessa farsa.” (Pág. 3)

Aposentadoria vai mudar
Reforma da Previdência quer acabar com paridade salarial entre servidores da ativa e inativos. (Pág. 21)

Gilmar e Janot entram em atrito
Procurador-geral da República, Rodrigo Janot nega que MP tenha vazado informações contra o ministro do Supremo Dias Toffoli; a acusação fora feita pelo ministro Gilmar Mendes, que falou em “abuso de autoridade” (Pág. 8)

Temer procura senadores para aprovar impeachment
Levantamento mostra que 51 parlamentares já se declaram a favor do afastamento de Dilma Rousseff
O presidente interino, Michel Temer, reforçou ontem o contato com senadores, especialmente do Nordeste, para tentar garantir a aprovação final do impeachment da presidente afastada, Dilma Rousseff. Levantamento feito pelo GLOBO mostra que a maioria continua favorável ao impedimento da petista. O julgamento final começa amanhã e deve durar sete dias. Dos 81 senadores, 51 declararam que votarão a favor do impeachment, 19 disseram que votarão contra e 11 não quiseram se manifestar ou não foram encontrados. Para sacramentar o impeachment, são necessários 54 votos. Ontem, o presidente do STF, Ricardo Lewandowski, que comandará o julgamento final no Senado, rejeitou mais um pedido da defesa e manteve para amanhã o início do rito de conclusão do processo. (Pág. 8)

Colunistas
MERVAL PEREIRA
Não parece lógico que a OAS queira prejudicar a sua delação. (Pág. 4)

ELIO GASPARI
PT vai ficar sem rumo certo após encerrar ciclo de poder. (Pág. 18)

MÍRIAM LEITÃO
Dívida das famílias caiu ao menor patamar desde 2012. (Pág. 22)

ILIMAR FRANCO
Temer anunciará verbas para o Nordeste em sua posse. (Pág. 2)

Rússia está fora da Paralimpíada
Por causa do escândalo de doping na Rússia, a Corte Arbitral do Esporte proibiu todos os atletas do país de disputarem os Jogos. Na Olimpíada, só o atletismo fora barrado. (Pág. 32)


O Estado de S. Paulo

Manchete: Ministro do STF defende freio à Lava Jato; procurador reage
Gilmar Mendes acusa investigadores de deixar vazar delação da OAS; Janot vê ‘cortina de fumaça’
Na mais contundente crítica a procuradores da Lava Jato feita por um ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes afirmou que eles devem “calçar as sandálias da humildade” e é preciso “colocar freio” na conduta dos investigadores. Ele atribuiu à Procuradoria o vazamento das tratativas da delação do ex-presidente da OAS Léo Pinheiro, em que o ministro Dias Toffoli foi mencionado. “O resumo da ópera é o seguinte: você não combate crime cometendo crime.” Para ele, “depois esses falsos heróis vão encher o cemitério”. O procurador-geral Rodrigo Janot negou qualquer citação a Toffoli na proposta de delação e chamou de “cortina de fumaça” o debate sobre suposto vazamento. Ele questionou “a quem e por que” a operação “está incomodando tanto”. Janot, que suspendeu as negociações com Pinheiro, vê “quase estelionato delacional” na divulgação de dados não comprovados para prejudicar o acordo. As críticas de Mendes ficaram isoladas na Corte. A maioria dos ministros optou pela discrição. (Política/Págs. A4 e A5)

Ibope aponta Marta isolada em 2º atrás de Russomanno
Com 33% das intenções de voto, Celso Russomanno (PRB) larga isolado na liderança da primeira pesquisa Ibope/ Estado/TV Globo sobre a eleição para a Prefeitura de São Paulo. É o mesmo patamar máximo que o candidato alcançou na disputa de 2012, quando acabou fora do segundo turno. E quase o dobro da segunda colocada, Marta Suplicy (PMDB), que tem 17%. No terceiro lugar, há empate triplo entre Fernando Haddad (PT), João Doria (PSDB) e Luiza Erundina (PSOL), todos com 9%. (Política/Pág. A8)

Foto-legenda: O muro voltou
Placas de metal formam barreira improvisada na Esplanada dos Ministérios para separar manifestantes pró e contra o impeachment de Dilma Rousseff. Grupos devem começar a chegar a Brasília domingo para acompanhar votação no Senado. (Pág. A6)

Governo discute venda de terras a estrangeiros
O governo volta a discutir a venda de terras a estrangeiros. Desde 2010, parecer da Advocacia-Geral da União sobre a lei 5.709/71 proíbe que grupos internacionais tenham controle da propriedade de áreas agrícolas no País. (Economia/Pág. B1)

Corrente lança Lula à presidência do PT (Política/Pág. A6)

Dora Kramer
Bendita pindaíba
Sem dinheiro para gastar com maquiagens e artificialismos, os políticos serão obrigados a investir no conteúdo para conquistar votos. (Política/Pág. A6)

Monica de Bolle
Bestiário
Passados os Jogos, voltamos à dura realidade. A trégua concedida a Temer acaba de se encerrar. Resta-lhe pouco tempo para mostrar a que veio. (Economia/Pág. B4)

Notas & Informações
Uma decisão acertada
Não é hora, num momento de crise aguda, contemplar servidores como ministros do STF. (Pág. A3)

As bases do Orçamento
Governo aposta na combinação de dois fatores: corte de parcela dos gastos e elevação da receita. (Pág. A3)


Folha de S.Paulo

Manchete: Gilmar ataca medida da Lava Jato; Janot defende operação
Aceitar prova ilegal é idéia cretina, diz ministro do STF; procurador critica pressões
A Lava-Jato está incomodando tanto? A quem e por quê? Essas reações encadeadas nos últimos dias, não sei, me fizeram pensar muito.”

Para cortar custos, Eletrobras estuda plano de demissão voluntária

Reajuste para ministros do STF causa divergência entre PSDB e PMDB

Receita do setor óptico despenca 22% e chega a pior nível em quatro anos

Temer corta programa que previa ampliação de aeroportos regionais

Santos Dumont e Congonhas têm plano de privatização suspenso

Homem virou morador de rua, mas não largou faculdade

Contrato de iluminação acaba, e Guarulhos fica no escuro

Brasileiro tem medo de transgênico, diz pesquisa


Edição: Equipe Fenatracoop, Quarta-Feira, 24 de Agosto de 2016

Compartilhe nossa Matéria