Manchete dos Jornais nesta quinta-feira, 12 de novembro de 2015
Postado por: Equipe Portal Cambé Em 12th novembro 2015

Justiça dá prazo para Beto Richa explicar viagem
O governo do Paraná terá de apresentar dentro de 20 dias informações à Justiça sobre a viagem de Beto Richa (PSDB) e de sua comitiva a Paris no mês passado. A caminho da Rússia e da China, o governador fez uma parada de 48 horas em Paris, alegando necessidade de uma escala técnica…
Homem que chegou com suspeita de ebola é isolado
Paciente veio da Guiné e foi internado em BH com febre alta, dor muscular e dor de cabeça. Ontem ele foi transferido em avião da FAB para o Rio.


O Globo

Manchete : Microcefalia leva país a decretar emergência
No Nordeste, 141 bebês nasceram com a malformação
Principal suspeita recai sobre vírus zika transmitido pelo ‘Aedes’ e causador de surto na região. Decretada pela primeira vez, medida aumenta vigilância no país e realocação de verbas. Governo descarta epidemia
A descoberta de 141 casos de microcefalia — nascimento de bebês com mal formação do crânio — em 44 municípios de Pernambuco levou o Ministério da Saúde a decretar estado de emergência sanitária nacional. Estão em investigação também casos na Paraíba e no Rio Grande do Norte. Criada em 2011 e decretada agora pela primeira vez, a medida aumenta a vigilância sanitária e permite realocar recursos. A principal suspeita é que os casos tenham sido provocados pelo vírus zika, transmitido pelo mosquito da dengue. (Pág. 32)

Suspeita de ebola
Um homem vindo da Guiné foi internado em BH com sinais do vírus e trazido ao Rio. (Pág. 33)
Rumor faz dólar cair, mas Levy continua

Dilma resiste à pressão do PT por Henrique Meirelles
O rumor de que Henrique Meirelles, ex-presidente do BC, substituiria Joaquim Levy no Ministério da Fazenda agradou ao mercado e fez o dólar cair. O PT pressiona pela troca, mas a presidente Dilma resiste. (Págs. 25, 26 e editorial “A conspirata contra Levy aumenta o risco político”)
Com multas, caminhões liberam estradas (Pág. 31)

Câmara aprova a repatriação de recursos
A Câmara dos Deputados aprovou ontem o programa que permite a regularização de recursos enviados ao exterior sem declaração à Receita. O texto prevê que a origem do dinheiro precisa ser lícita. O projeto é parte do pacote de ajuste fiscal do governo. (Pág. 5)

Oposição racha, e base apoia Cunha
A decisão do PSDB de pedir o afastamento do presidente da Câmara, Eduardo Cunha, levou a um racha na oposição. Ontem, líderes de 12 partidos, entre eles cinco da base governista, deram “total apoio” a Cunha. (Pág. 6)

Ibama vai multar mineradora
Seis dias após o desastre em Mariana, o Ibama informou que multará a Samarco em mais de R$ 100 milhões. Dilma, que hoje vai à região, quer que empresa cubra prejuízo. (Pág. 8)

Ilusões perdidas na crise
Brasileiros que ascenderam nas últimas décadas sentem os efeitos da crise. A perda de conquistas, que pode devolver 3 milhões às classes D/E, provoca desencanto entre os eleitores da presidente Dilma, relatam TIAGO DANTAS, RENATA MARIZ e SILVIA AMORIM. (Págs. 3 e 4)

Casa mais cara
Governo deve retirar subsídio ao seguro no Minha Casa Minha Vida, o que vai encarecer a prestação. (Pág. 29)


O Estado de S. Paulo

Manchete : Abandonado pelo PSDB, Cunha recebe apoio de 13 partidos
Tucanos rompem com presidente da Câmara, mas líderes da base de Dilma Rousseff divulgam documento defendendo uso de todos os prazos para a defesa
O PSDB formalizou ontem seu rompimento com o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Os dois representantes do partido no Conselho de Ética prometem votar pela cassação do mandato do deputado acusado de se beneficiar da corrupção na Petrobrás. Pela primeira vez, o líder tucano, Carlos Sampaio (SP), subiu à tribuna para cobrar afastamento do peemedebista. Até então, o partido havia apenas divulgado nota. Apesar do revés, Cunha recebeu apoio de 13 partidos. O documento que defende sua permanência na chefia da Casa foi assinado pela base do governo – PR, PMDB, PSC, PP, PSD, PTB, PEN, PMN, PRP, PHS, PTN e PT do B – e pelo Solidariedade. O líder do PSC na Câmara, André Moura (SE), leu em plenário o texto de apoio em que líderes dos partidos que representam mais de 230 parlamentares dizem ter total confiança na condução dos trabalhos por Cunha e defendem o uso de todos os prazos legais de defesa. (Política / Pág. A4)

‘O nome de minha mãe’
Eduardo Cunha usou Elza, nome de sua mãe, como contrassenha de uma conta no banco suíço Julius Baer. (Pág. A5)

Futuro da economia
Henrique Meirelles e Joaquim Levy concordam que País precisa de medidas de longo prazo para crescer. Meirelles negou ‘convite concreto’ do governo. Mercado reagiu bem à possibilidade de ele assumir cargo. (Economia / Pág. B1)

Com margem apertada, Lei de Repatriação é aprovada
Na terceira tentativa de votação, o governo conseguiu aprovar na noite de ontem no plenário da Câmara o texto-base do projeto que prevê repatriação de ativos de brasileiros mantidos ilegalmente no exterior. Foram 230 votos a favor, 213 contra e sete abstenções. (Política / Pág. A8)

Multa alta esvazia ato de caminhoneiros
A ameaça de multa pesada para quem obstruir estradas esvaziou o protesto de caminhoneiros contra o governo. Ontem, havia 7 bloqueios em 4 Estados. (Economia / Pág. B7)

Microcefalia em bebês faz País decretar emergência
O Ministério da Saúde declarou ontem emergência nacional após o registro de 141 nascimentos de bebês com microcefalia em 55 cidades do Nordeste, a maioria no Estado de Pernambuco, informa Lígia Formenti, enviada especial. Suspeita-se de ligação dos casos com o zika vírus. (Metrópole / Pág. A16)

Homem que chegou com suspeita de ebola é isolado
Paciente veio da Guiné e foi internado em BH com febre alta, dor muscular e dor de cabeça. Ontem ele foi transferido em avião da FAB para o Rio. (Pág. A17)

Justiça leiloa casa de praia de ex-juiz por R$ 7 milhões (Política / Pág. A9)

Manifestação em usina em Cubatão tem confronto (Economia / Pág. B5)

Ministério usou 13% da verba de prevenção de desastres
O Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), vinculado ao Ministério de Minas e Energia, gastou até o fim de outubro, 13,2% do valor previsto pela lei orçamentária em 2015 para o programa de fiscalização das atividades de mineração. (Metrópole/Pág. A21, A23 e A24)

José Serra
Bengalada no bom senso – Dilma Rousseff tenta mostrar que seu governo ainda existe ou que faz algo mais do que esforços frenéticos para evitar o impeachment. (Espaço Aberto/Pág. A2)

Eugênio Bucci
Elogio do centro que não existe – Hoje, O Brasil precisa de um centro que constitua um polo. O centro que nos faz falta deve trazer conteúdo programático e identidade política (Espaço Aberto/Pág. A2)

Notas&Informações
Arreganhos do desespero – Os sobas petistas creem que, só pelo fato de estarem no poder, tudo podem (Pág. A3)
Acintosamente parcial – Não há qualquer tolerância para manifestações não alinhadas aos pendores ideológicos da presidente (Pág. A3)


Gazeta do Povo

TRÂNSITO
Manchete: Curitiba transfere 16 radares para reforçar fiscalização do limite de 40 km/h no centro
A prefeitura de Curitiba decidiu tirar 16 radares de dez cruzamentos da cidade para fortalecer a fiscalização na região central da cidade, onde o limite máximo de velocidade será de 40 km/h a partir da próxima segunda-feira. A administração municipal alega que os equipamentos já cumpriram sua função de redução de infrações e acidentes nos locais onde estavam. Formada por 140 quarteirões, a “Área Calma” tem 133 cruzamentos com semáforos. Desses, 12 cruzamentos serão monitorados por 22 radares. Segundo a prefeitura, os pontos de fiscalização foram escolhidos levando em consideração o fluxo de pedestres e os números de acidentes e mortes no trânsito.

JUSTIÇA & DIREITO
Os candidatos à presidência da OAB-PR
José Augusto Araújo de Noronha e Samir Mattar Assad apresentam suas propostas para comandar a entidade

DANÇA
De Pinhais para o Bolshoi
Aos dez anos de idade, Carolina Tavares dos Santos enfrentou o maior “vestibular” de dança do país. No ano que vem, a menina de Pinhais, na região de Curitiba, vai integrar a Escola do Teatro Bolshoi no Brasil.

VAREJO
Rotatividade cresce em lojas de shoppings
Dados da Associação Brasileira de Lojistas de Shopping Center indicam que a rotatividade de lojas nos centros de compras chegou a 12% este ano, contra a média histórica de 4% nos últimos anos. O ritmo de mudanças entre os estabelecimentos é impulsionado pela crise econômica.

VIAGEM INTERNACIONAL
Justiça dá prazo para Beto Richa explicar viagem
O governo do Paraná terá de apresentar dentro de 20 dias informações à Justiça sobre a viagem de Beto Richa (PSDB) e de sua comitiva a Paris no mês passado. A caminho da Rússia e da China, o governador fez uma parada de 48 horas em Paris, alegando necessidade de uma escala técnica.

BOM GOURMET
Entre Oriente e Ocidente
Movimento de vanguarda introduz ingredientes e técnicas italianas, francesas e peruanas na cozinha nipônica


Zero Hora

Manchete : Perda de apoio abala estratégias de Cunha
Acuado pela revelação de que tem contas na Suíça e sob ameaça de perda de mandato, presidente da Câmara fica sem suporte do PSDB e convive com o risco de ver o restante da oposição debandar (Notícias | 12 e 23)

Rosane de Oliveira
PSDB abandona barco que está prestes a afundar – Aliança de ocasião se desfez diante das provas sobre contas secretas de deputado (14)

Especialistas divergem sobre uso medicinal do THC
Liminar da Justiça que autoriza componente causador da dependência reabre polêmica (Sua Vida|42)


Folha de S. Paulo

Manchete : Papéis contradizem versão de Cunha sobre conta suíça
Extratos mostram movimentação de recursos; PSDB formaliza rompimento
A Procuradoria-Geral da República recebeu documentos de autoridades suíças que contrariam aversão de Eduardo Cunha de que não movimentou dinheiro depositado em uma de suas contas na Suíça por lobista investigado na Lava Jato. Diferentemente do que declarou o peemedebista, extratos bancários mostram que ocorreu movimentação de recursos duas vezes no primeiro semestre do ano passado, informam Graciliano Rocha, Mario Cesar Carvalho e Flávio Ferreira. Cunha diz que não mexeu no 1,3 milhão de francos suíços transferidos em 2011para se defender da acusação de se beneficiar no petrolão. Processo para cassá-lo corre em comitê da Câmara. O deputado disse que só se pronunciará de novo na Justiça. O PSDB, principal sigla de oposição, formalizou o rompimento com Cunha e indicou que votará por sua cassação. O peemedebista afirmou que “cada um se posiciona como quer”. Em nota, 13 partidos manifestaram apoio a Cunha. (Poder a6 e a7)

Justiça ordena quebra de sigilo de Mantega em ação na Zelotes
O juiz da Operação Zelotes, Vallisney de Souza Oliveira, determinou a quebra dos sigilos bancário e fiscal do ex-ministro da Fazenda Guido Mantega (2006-2014). A decisão objetiva investigar as nomeações dele para o Carf, conselho fiscal investigado em esquema de propina para reduzir multas, relata Rubens Valente. Mantega nega qualquer irregularidade. (Poder a12)

Meirelles admite tratar com Dilma sobre ministério
Ex-presidente do Banco Central, Henrique Meirelles tem afirmado que aceitaria conversar com Dilma sobre a possibilidade de assumir o Ministério da Fazenda em uma eventual substituição a Joaquim Levy. O nome dele é defendido pelo ex-presidente Lula. (Poder a10)

Piloto de avião do Bradesco que caiu não reportou pane
O piloto do avião que caiu na terça (10), matando dois tripulantes e dois executivos do Bradesco, não relatou pane ao controle de tráfego aéreo. A morte do presidente da Bradesco Seguros deve embaralhar a sucessão no comando da empresa. (Mercado a21)

Foto-legenda : Permanência
O haitiano Gabriel Lesli, 37, que chegou ao Brasil em abril e hoje trabalha em confeitaria de São Paulo; governo vai conceder residência permanente a 44 mil imigrantes do país caribenho que pediram refúgio desde 2011 e, com essa mudança, poderão ter documentos definitivos (Mundo a14)

Cai número de empregados que receberão o 13º (Mercado A19)

Surto de microcefalia faz governo decretar emergência (Cotidiano B3)

Editoriais
Leia “Véu de lama”, acerca do desastre provocado pelo rompimento de barragens em Minas, e “Um bom negócio”, sobre o uso do Fundo Partidário (Opinião A4)


Edição: Equipe Fenatracoop, 12 de Novembro de 2015

Compartilhe nossa Matéria