Manchete dos Jornais nesta quinta-feira, 21 de julho de 2016
Postado por: Equipe Portal Cambé Em 21st julho 2016

Estado Islâmico dá dicas na web de como atacar no Rio
Grupo usa aplicativo para sugerir alvos, métodos, obtenção de visto e uso de favelas e fronteira com Paraguai
O Estado Islâmico (EI) e outros grupos jihadistas conclamaram seguidores a atuar como “lobos solitários” e realizar ataques terroristas na Olimpíada do Rio. Entre os alvos sugeridos estão delegações e visitantes de EUA, Inglaterra, França e Israel, informa Cláudia Trevisan. Os métodos propostos abrangem acidentes de trânsito e uso de veneno e drones com pequenos explosivos. O incentivo aos ataques foi feito pelo aplicativo Telegram, segundo o SITE Intelligence Group, consultoria especializada na atuação de grupos extremistas na internet. O autor das mensagens orienta seguidores a se aproveitar das favelas do Rio e usar a “porosa fronteira” com o Paraguai para obter armas. “Recente post sobre os Jogos diz que ‘vistos, entradas e viagens para o Brasil serão fáceis de obter’”, informa o SITE. Em junho, o EI criou no Telegram um canal de propaganda em português…


O Globo

Manchete : Decreto de Dornelles provocou devolução de 50 mil ingressos
Calamidade assustou, mas só Galeão receberá 1,5 milhão de pessoas
Cidade já está com mais de 50% dos leitos de hotéis ocupados
No dia 17 de junho, quando o governador em exercício, Francisco Dornelles, decretou estado de calamidade nas finanças do Rio e a notícia se espalhou pelo mundo, foram registrados pedidos para a devolução de 50 mil ingressos da Rio-2016, informa ANCELMO GOIS. Outros fatores afugentaram turistas, mas o fluxo de chegada de visitantes ao Rio aumentou, e a cidade já está com mais de 50% dos leitos de hotéis ocupados. Só pelo Galeão, onde foram instaladas 1.300 câmeras, passarão 1,5 milhão de pessoas. (Págs. 10, 12 e 13)

Santana dá 1º passo para delação
João Santana, ex-marqueteiro do PT, e sua mulher, Mônica Moura, assinaram o primeiro documento rumo à delação. O casal aceitou fazer acordo duplo de colaboração após Mônica ter tentado, sem sucesso, delação individual, revela THIAGO HERDY. (Pág. 3)

Acordo coletivo terá mais peso
Segundo o ministro Ronaldo Nogueira (Trabalho), a reforma trabalhista que será proposta pelo governo vai fortalecer a negociação coletiva. (Pág. 22)

BC mantém juros em 14,25%
O BC manteve os juros em 14,25% ao ano. Na primeira reunião sob o comando de Ilan Goldfajn, o Copom detalhou os motivos em comunicado. (Pág. 21)

Cai suspensão de laboratório carioca
A 15 dias dos Jogos, a Wada revogou decisão que suspendeu laboratório da UFRJ após falhas. A unidade volta a ser o centro de detecção de dopagem da Olimpíada. (Pág. 32)

Os reis do camarote
Auditoria da Petrobras mostra farra na distribuição de ingressos de camarotes do carnaval de Salvador a autoridades, conta EDUARDO BRESCIANI. (Pág. 4)

Colunas
ILIMAR FRANCO – Olimpíada pode perder R$ 120 milhões da venda não regulamentada de ingressos para deficientes (Pág. 2)

MÍRIAM LEITÃO – Incerteza fiscal impede a queda dos juros (Pág. 20)

GENTE BOA – A energia é uma das maiores preocupações da Rio-2016. Faltou luz anteontem na Vila dos Atletas (Cleo Guimarães, Segundo Caderno)


O Estado de S. Paulo

Manchete : Estado Islâmico dá dicas na web de como atacar no Rio
Grupo usa aplicativo para sugerir alvos, métodos, obtenção de visto e uso de favelas e fronteira com Paraguai
O Estado Islâmico (EI) e outros grupos jihadistas conclamaram seguidores a atuar como “lobos solitários” e realizar ataques terroristas na Olimpíada do Rio. Entre os alvos sugeridos estão delegações e visitantes de EUA, Inglaterra, França e Israel, informa Cláudia Trevisan. Os métodos propostos abrangem acidentes de trânsito e uso de veneno e drones com pequenos explosivos. O incentivo aos ataques foi feito pelo aplicativo Telegram, segundo o SITE Intelligence Group, consultoria especializada na atuação de grupos extremistas na internet. O autor das mensagens orienta seguidores a se aproveitar das favelas do Rio e usar a “porosa fronteira” com o Paraguai para obter armas. “Recente post sobre os Jogos diz que ‘vistos, entradas e viagens para o Brasil serão fáceis de obter’”, informa o SITE. Em junho, o EI criou no Telegram um canal de propaganda em português. (Esportes A19)

Contatos com brasileiros – Integrantes do Sistema Brasileiro de Inteligência receberam informações de que brasileiros estão mantendo contato com o Estado Islâmico. A localização e o monitoramento dessas pessoas são prioridade. ( A19)

Copom mantém juro a 14,25% e indica que corte ainda está longe
Em sua estreia no comando do Copom, Ilan Goldfajn e equipe mantiveram os juros básicos da economia em 14,25% ao ano, confirmando as expectativas do mercado financeiro. O comunicado da reunião trouxe, no entanto, a sinalização de que não há espaço para corte da taxa a curto prazo, como apontava parte dos analistas. O Copom indicou que ainda existem incertezas sobre a aprovação das reformas de ajuste na economia. (Economia B4)

Receita mira dinheiro no exterior – A Receita Federal prepara operação contra contribuintes que remeteram dinheiro ilegalmente para o exterior e não aderirem ao programa de repatriação de recursos. Cerca de 8 mil transações suspeitas estão na mira. (B1)

Gerente liga setor de propina a Odebrecht
O chefe do setor apontado como “Diretoria de Propinas” da Odebrecht, Hilberto Mascarenhas da Silva Filho, respondia diretamente a Marcelo Odebrecht. A informação foi dada ao juiz Sérgio Moro por Marcos Paula de Souza Sabiá, gerente de Recursos Humanos da empresa. (Política A7)

Acordo coletivo deve superar CLT
A reforma trabalhista que o governo deve enviar ao Congresso permitirá que convenções coletivas prevaleçam sobre normas legais. Também haverá mudança no trabalho terceirizado. (Economia B5)

Barusco quer prisão em casa de praia
A Justiça negou recurso do ex-gerente da Petrobrás Pedro Barusco para tirar a tornozeleira eletrônica e incluir casa em Angra dos Reis como local de cumprimento da pena. (Política A7)

Bispo faz ameaça contra Jean Wyllys na internet (Política A8)

Eugênio Bucci
O PT e o golpe que denuncia – Partido deu sustentação à escolha do novo presidente da Câmara, a quem chamava de golpista. Portanto, se fala em golpe, só pode ser da boca para fora. (Espaço Aberto A2)

Notas&Informações
A desculpa do ‘antipetismo’ – Petistas vão construindo a fantasia segundo a qual o problema eleitoral do PT está no eleitor (A3)

O povo contra mais impostos – Paga-se muito a município, Estado e União e tem-se menos que o razoável em educação, saúde, segurança (A3)


Folha de S. Paulo

Manchete : Medida permite à Turquia limitar direitos individuais
Estado de emergência autoriza presidente a se sobrepor ao Parlamento
O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, voltou à capital Ancara e declarou estado de emergência de três meses no país, como resposta à tentativa de golpe de Estado por militares na última sexta-feira (15). A medida, que passa a valer após publicação no diário oficial, autoriza o presidente a se sobrepor ao Parlamento para aprovar leis, além de permitir que o mandatário limite ou suspenda direitos da população. (Mundo a8)

BC atrela queda na taxa de juros a ajuste rápido e inflação menor
Em reunião ontem, o Banco Central manteve a taxa básica de juros em 14,25% ao ano e disse que pode reduzi- la se as medidas do governo na área econômica forem implantadas mais rápido e se a inflação cair nos próximos meses. (Mercado a13)

Análise – Caminho de volta a juro de um dígito é longo, escrevem Luis F. Figueiredo e Alexandre de Ázara. (a13)

Rio 2016
Governo rastreia cem suspeitos de simpatizarem com o terrorismo (Esporte B8)

Laboratório no Rio é liberado para analisar os testes antidoping na Olimpíada (B9)

Fiscalização em aeroporto deixa passar estilete
No terceiro dia de novas regras de segurança em voos, a fiscalização é falha, relatam Juliana Gragnani e Lucas Vettorazzo. Em São Paulo, repórter embarcou com estilete; já no Rio, jornalista foi questionado pela Polícia Federal sobre anotações e fotos. (Cotidiano B6)

Em sabatina, Doria fala em privatizar corredor de ônibus (Poder a7)

Janio de Freitas
Nenhuma medida de Temer foi ainda posta em prática
O governo está imóvel. Nenhuma das medidas importantes, propaladas sem cessar em mais de dois meses, teve os primeiros passos efetivados. No país das urgências, a paralisia administrativa é intencional. (Poder a6)

Editoriais
Leia “Casa para quem pode”, acerca de financiamento de imóveis, e “Transtornos aéreos”, sobre medidas de segurança em voos domésticos. (Opinião a2)


Edição: Equipe Fenatracoop, Quinta-Feira, 21 de Julho de 2016

Compartilhe nossa Matéria