Manchete dos Jornais nesta segunda-feira, 08 de fevereiro de 2016
Postado por: Equipe Portal Cambé Em 8th fevereiro 2016

A quadratura do círculo
Enquanto não nos livrarmos do conceito de Estado provedor, não seremos capazes de eliminar as amarras do nosso atraso….

Dengue é mais grave que chikungunya e zika, diz virologista
Único brasileiro no comitê da Organização Mundial de Saúde que declarou emergência mundial devido ao aumento de casos de microcefalia, o virologista Pedro Vasconcelos alerta para uma “banalização” da dengue, que mata 50 mil por ano.

Lei antibullying começará a valer
Lei federal que passa a vigorar nesta semana obriga escolas,clubes e agremiações a ter ações contra bullying. Antes tabu, tema ganha espaço nas salas de aula…


O Estado de S. Paulo

Manchete: Oito em nove programas sociais perdem verba
Oito dos nove principais programas sociais que entraram em vigor ou tiveram seu auge nos governos Lulae Dilma Rousseff perderam recursos no ano passado. Levantamento feito a partir de dados do Orçamento da União mostraa inflação como agravante: até programas que tiveram mais orçamento em termos nominais viram o valor ser corroído. O Bolsa Família, por exemplo, recebeu R$ 1 bilhão a mais em 2015. Corrigido pela inflação, o montante é 4,7% menor do que em 2014. Luz Para Todos, Brasil Sorridente e Pronaf estão na mesma situação. Em termos reais,Brasil Carinhoso,voltado à primeira infância,foi o mais atingido-perdeu 51% da verba. Novos cortes foram agendados pa ra es te ano. No orçamento aprovado em dezembro, o Pronatec caiu 44% em relação a 2015 e o Minha Casa Minha Vida,58%. O governo admite revisar os programas. O contingenciamento final será anunciado depois do carnaval. (Política pág. A4)

Marisa levou festa a sítio
Além de frequentarem o sítio em Atibaia que no papel é de Fernando Bittar e Jonas Suassuna, o ex-presidente Lula e sua mulher fizeram benfeitorias no local. Marisa Letícia plantou árvores, fez horta e levou para lá as festas juninas da Granja do Torto. (Política pág.A6)

Ribeirão Preto tem 800 casos suspeitos de zika
Balanço da Vigilância Epidemiológica de Ribeirão Preto, divulgado no fim de semana, aponta 800 casos suspeitos de zika no município, entre eles 140 grávidas. A chefe do órgão, Ana Alice Castro e Silva, diz que esses registros suspeitos de zika podemsecon fundir com os de dengue, que tem 927 casos confirmados na cidade. (Metrópole pág. A5)

Empresas criam núcleos anticorrupção
Grupos nacionais correm para criar núcleos internos de combate à corrupção. Motivado pela Operação Lava Jato, o porcentual de corporações que criaram áreas de compliance, responsáveis por desmantelar estruturas fraudulentas, passou de 30% para 65%. (Economia pág B1)

Lei antibullying começará a valer
Lei federal que passa a vigorar nesta semana obriga escolas,clubes e agremiações a ter ações contra bullying. Antes tabu, tema ganha espaço nas salas de aula. (Metrópole pág A10)

Luís Eduardo Assis
A quadratura do círculo
Enquanto não nos livrarmos do conceito de Estado provedor, não seremos capazes de eliminar as amarras do nosso atraso. (Economia pág. B2)

Notas & Informações
O coitado do Lula
A vitimização de Lula é muito perigosa, desperta talentos e instintos bestiais.

Quem Dilma convence?
Para tentar conter o pessimismo, a presidente agora fala em reforma previdenciária.(Pág. A3)


Folha de S. Paulo

Manchete: Cortes de luz disparam com alta de tarifa e inadimplência
O número de cortes de energia no país quase dobrou em um ano, de 1,6 milhão no primeiro semestre de 2014 para 3,1 milhões no mesmo período de 2015.
Entre os motivos estão a recessão, que tira poder de compra da população e eleva a inadimplência, e a alta no preço da energia.
As contas subiram 51% no país, em média, segundo o IPCA (índice oficial de inflação). O reajuste foi um dos principais responsáveis por levar a inflação brasileira a fechar o ano em 10,67%.
Para as distribuidoras, os cortes são o principal instrumento para forçar o cliente a pagar as faturas atrasadas.
O aumento de interrupções elevou custos do setor, que pede mudanças nos prazos fixados em lei. Hoje, se uma conta não for paga, a distribuidora tem prazo máximo de 90 dias para efetuar o corte da energia elétrica.
As empresas têm adotado outros instrumentos como denúncia de clientes inadimplentes aos serviços de proteção ao crédito.
Segundo a Serasa Experian, o número de pessoas que passou a ter o nome sujo em razão do não pagamento de conta de energia subiu 11% nos primeiros quatro primeiros meses de 2015 —em relação a esse período em 2014. (Mercado A9)

Troca-troca entre partidos agitará Câmara neste mês
A partir de 18 de fevereiro, e pelo período de um mês, emenda constitucional permitirá a políticos com mandato eletivo mudar de partido sem risco de punição.
Deputados têm negociado a troca, dentre outras razões, para controlar uma maior fatia dos recursos públicos do Fundo Partidário.
Entre os grandes partidos, o PT não conta com perdas, e PMDB e PSDB devem ter redução nas suas respectivas bancadas. (Poder A4)

Republicano quer quarentena a quem retornar do Brasil
O pré-candidato republicano à Casa Branca Chris Christie defendeu, em debate, quarentena a quem voltar ao país de viagens ao Brasil, para evitar o vírus da zika.
Para o adversário dele Ben Carson, neurocirurgião aposentado, quarentena desordenada não funciona. “Precisamos pensar em como controlar a doença.”
Autoridades médicas do país recomendam que grávidas evitem viagens a países afetados pela zika. (Cotidiano B5)

Dengue é mais grave que chikungunya e zika, diz virologista
Único brasileiro no comitê da Organização Mundial de Saúde que declarou emergência mundial devido ao aumento de casos de microcefalia, o virologista Pedro Vasconcelos alerta para uma “banalização” da dengue, que mata 50 mil por ano.

Ele considera que a doença é mais grave que chikungunya e zika juntos. (Pág. A14)

Mônica Bergamo
Marta Suplicy diz que políticos não foram ao carnaval por medo de vaia. B4

Editoriais
Leia “Sem trégua da inflação”, a respeito de aumento de preços em janeiro, e “Veredito econômico”, acerca de perda de patrocinadores pela CBF. (Opinião A2)


capa (16)


O Globo

Manchete: Os deuses do samba
Orgulhosa da cidade, a Ilha do Governador transformou o enredos obre os Jogos Olimpicos os numa ode ao Rio, levando para a Sapucaí um desfile repleto de carioquices e dominado por personagens da cidade, como os surfistas e os vendedores a beira-mar. (Caderno Especial)

Rio, enfim, volta a mapear focos do ‘Aedes’
A prefeitura do Rio volt arà afazer s emana que vem o Levantamento Rápido do Íntíice de Infestação por Aedes aegypt (LIRAa). A Secretaria de Saúde alega que o mapeamento dos focos do vetor de dengue, zica e chicungunha foi interrompido no ano passado por orientação do Ministério da Saúde. Segundo especialistas, o levantamento é fundamental no combate ã epidemia. (Pág. 5)

Em Petrópolis, secretária manda doente ‘catar coquinho’ (Página 7)

Vírus zika deixa em alerta Argentina e Colômbia (Página 5)


Edição: Equipe Fenatracoop, Segunda-Feira, 08 de Fevereiro de 2016

Compartilhe nossa Matéria