Motorista atropela 15 e mata bebê em Copacabana
Carro atravessou ciclovia e calçadão, que estava lotado, e só parou na areia
Um carro desgovernado e em alta velocidade atropelou pelo menos 15 pessoas na Avenida Atlântica, ontem à noite. Entre as vítimas estava um bebê de oito meses, que morreu na UPA de Copacabana.
Temer calcula ter R$ 30 bi para aprovar Previdência
O governo calcula ter R$ 30 bilhões para convencer deputados e senadores a aprovarem a reforma da Previdência em fevereiro, a tempo de consolidar uma aliança eleitoral com os partidos da base. São R$ 20 bilhões em restos a pagar de emendas parlamentares e novas emendas e R$ 10 bilhões que poderiam ser liberados para obras e viriam da economia estimada pelo Planalto em 2018 se as novas regras da aposentadoria forem aprovadas…

———————————————————————–

O Globo

Manchete : Reajuste do gás muda após pressão do governo
Petrobras anuncia nova política de aumentos trimestrais do preço do botijão
Metodologia foi criada depois que o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, manifestou preocupação com o impacto da alta do produto no ano passado

A partir de hoje, o preço do botijão de gás estará 5% mais baixo para as refinarias. Desde junho do ano passado a Petrobras praticava aumentos mensais. O governo federal vinha questionando os fortes reajustes no preço do produto, que ficou 16% mais caro em 2017, diante de uma inflação de 2,95%. O presidente da Petrobras, Pedro Parente, que se reuniu com integrantes do Ministério da Fazenda nas últimas semanas, afirmou que a estatal não será prejudicada. No Nordeste, famílias trocaram o botijão de gás pelo etanol para economizar. (PÁGINA 15)

Cabral é levado para prisão no Paraná
O ex-governador Sérgio Cabral foi transferido para o Paraná. A Justiça concordou com a alegação do Ministério Público de que ele gozava de privilégios na cadeia no Rio. E determinou o afastamento imediato do secretário de Administração Penitenciária, coronel Erir Ribeiro Costa Filho. O deputado Marco Antônio Cabral, filho do ex-governador, disse que é um absurdo cadeias não terem academia de ginástica. (PÁGINA 3)

Febre amarela: 5 mortes no Rio
A Secretaria de Saúde do Estado do Rio confirmou mais duas mortes por febre amarela. Este ano, já são cinco óbitos (três em Valença, um em Teresópolis e um em Miguel Pereira). Por causa do avanço da febre, a campanha de vacinação fracionada será antecipada para o dia 25 em 15 municípios. (PÁGINA 10)

Enem tem mais zeros na redação
Nesta edição, 6,5% dos candidatos ficaram com zero, contra 4,8% na versão anterior. (PÁGINA 22)

Motorista atropela 15 e mata bebê em Copacabana
Carro atravessou ciclovia e calçadão, que estava lotado, e só parou na areia
Um carro desgovernado e em alta velocidade atropelou pelo menos 15 pessoas na Avenida Atlântica, ontem à noite. Entre as vítimas estava um bebê de oito meses, que morreu na UPA de Copacabana. (…) (PÁGINA 7)

————————————————————————————

O Estado de S. Paulo

Manchete: Em crise, Caixa prevê 37% de aumento para seus vices
Ganho total de cada vice-presidente pode chegar a R$ 87,4 mil mensais; bancários tiveram reajuste de 2,75%
Em busca de R$ 15 bilhões para se capitalizar e com quatro vice-presidentes afastados por suspeita de irregularidades, a Caixa prevê aumento de 37% na remuneração de seus vices neste ano. O rendimento total de cada um deles, que era de R$ 63,5 mil por mês em 2017, pode chegar a R$ 87,4 mil mensais, se acumulados os limites máximos dos honorários, mais ganhos por metas e desempenho pessoal – que são variáveis – e benefícios. O último reajuste dos bancários foi de 2,75%, abaixo da inflação de 2017, de 2,95%. O banco definiu que gastará, em 2018, R$ 12,5 milhões com os executivos, na maioria indicados por partidos políticos. O reajuste dos vices foi aprovado na assembleia geral do banco, em dezembro, mas necessita do aval do conselho de administração. Em nota, a Caixa informou que a remuneração leva em conta fatores como metas e desempenho dos gestores. (ECONOMIA / PÁGS. B1 e B3)

Banco quer reter lucro total
A Caixa e o governo estão em disputa sobre o lucro do banco em 2017. Há um acordo para que a instituição financeira fique com 75% do ganho, mas o comando do banco quer reter 100%, para se capitalizar. (PÁG. B3)

Temer calcula ter R$ 30 bi para aprovar Previdência
O governo calcula ter R$ 30 bilhões para convencer deputados e senadores a aprovarem a reforma da Previdência em fevereiro, a tempo de consolidar uma aliança eleitoral com os partidos da base. São R$ 20 bilhões em restos a pagar de emendas parlamentares e novas emendas e R$ 10 bilhões que poderiam ser liberados para obras e viriam da economia estimada pelo Planalto em 2018 se as novas regras da aposentadoria forem aprovadas. (POLÍTICA / PÁG. A4)

Questionário da PF
Em resposta a perguntas feitas pela PF no inquérito do qual é alvo, Temer disse nunca ter autorizado Rodrigo Rocha Loures a fazer tratativas em seu nome. (PÁG. A8)

Serra diz que não disputará eleição
Senador (PSDB-SP) anunciou que permanecerá no Legislativo. Notícia empolgou o prefeito João Doria, que pode pensar em candidatura ao governo do Estado. (COLUNA DO ESTADÃO / PÁG. A4 e PÁG. A6)

Moradores de SP vão a áreas de risco em busca de vacina
A busca pela vacina contra a febre amarela está fazendo com que moradores de bairros fora da área de risco cruzem a cidade até localidades em alerta para a contaminação pela doença, como a zona norte, onde a vacinação foi intensificada desde outubro do ano passado. O governo do Estado decidiu antecipar mais uma vez a campanha de imunização com vacina fracionada. O mutirão começa no dia 25 no Estado e dia 26 na capital. (METRÓPOLE / PÁG. A13)

Só 53 tiram mil na redação do Enem
O número de inscritos que zeraram no teste escrito subiu de 292 mil para 309 mil. Houve piora também nas médias de Linguagens e de Ciências Humanas. (METRÓPOLE / PÁG. A13)

Notas & Informações
A fonte dos déficits
As garantias e vantagens salariais e previdenciárias do funcionalismo público tornam impossível o ajuste das despesas dos Estados à rápida queda das receitas. (PÁG. A3)

Reféns de agitadores políticos
Metroviários de São Paulo voltaram a converter a população em refém de seus interesses. (PÁG. A3)

————————————————————————————

Folha de S. Paulo

Manchete: Temer diz que não autorizou Loures a falar em seu nome
Presidente responde a 50 perguntas da Polícia Federal sobre decreto que favoreceu empresas do setor portuário
Em resposta a 50 perguntas da Polícia Federal, o presidente Michel Temer (MDB) negou ter participado de irregularidade na edição de decreto que beneficiou empresas do setor portuário. O emedebista afirmou também que não autorizou o ex-assessor Rodrigo Rocha Loures a usar seu nome para receber dinheiro ou negociar com empresários. Loures foi flagrado no ano passado correndo com uma mala de dinheiro entregue por um executivo da JBS. O documento, editado em maio de 2017, ampliou o período dos contratos de concessão na área de portos. O presidente disse que não teve influência sobre o processo, não acompanhou a tramitação nem determinou que Loures o fizesse. Ele é investigado, a pedido de Rodrigo Janot, ex-procurador- geral, sob suspeita dos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. A investigação tem como base documentos apreendidos na Operação Patmos e interceptações telefônicas de Loures. Em uma das ligações, Temer deu informações ao ex-assessor sobre o decreto dos portos. (Poder A4)

Servidor federal terá 13-º adiantado no mês de janeiro
Enquanto servidores de RJ e RN ainda esperam pelo 13° salário de 2017, funcionários públicos da Câmara dos Deputados, do STF e do Ministério Público Federal já começaram a receber o benefício de 2018. Juntos, esses órgãos pagarão quase R$ 200 milhões em antecipação do 13° neste mês. (Mercado A13)

Cabral é transferido para o Paraná após decisões de juízes
Por determinação dos juizes Sergio Moroe Caroline Figueiredo, o ex-governador do Rio Sérgio Cabral foi transferido da cadeia de Benfica para a de Pinhais (PR). Moro cita na decisão apuração do Mi(Poder A8)

Reinaldo Azevedo
Só o medo justifica a histeria como julgamento de Lula
A histeria que toma conta da esquerda autoritária e da direita de chanchada com o julgamento, pelo TRF-4, do recurso de Lula tem só uma explicação: ele lidera as pesquisas de intenção de voto para a Presidência. Os dás lados estão com medo. (Poder A6)

Após greve, plano para metrô de SP vive instabilidade
Depois de greve era protesto contra a concessão à iniciativa privada de parte do Metrô de SP, a gestão Alckrain (PSDB) vive instabilidade judicial na licitação das linhas 5-lilás e 17-ouro. A abertura dos envelopes com as propostas, marcada para hoje, chegou a ser suspensa por liminar, derrubada pelo governo. (Cotidiano Bl)

Clínica poderá ter vacina importada, mas só em 30 dias
Em meio à corrida da população para se vacinar contra a febre amarela, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) autorizou a importação de 65.400 doses pelas clínicas particulares, cujos estoques estão baixos. Fabricadas pela farmacêutica Sanofi Pasteur, elas devem estar disponíveis em 30 dias. (Cotidiano B4)

Redações anuladas por ignorarem o tema proposto disparam no Enem (Cotidiano B3)

Editoriais
Leia “Embargos de exaltação”, sobre clima tenso às vésperas de julgamento de Lula, e “Greve descarrilada”, acerca da paralisação de metroviários em SP. (Opinião A2)

————————————————————————————

Responda

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.