Motorista atropela 15 e mata bebê em Copacabana
Carro atravessou ciclovia e calçadão, que estava lotado, e só parou na areia
Um carro desgovernado e em alta velocidade atropelou pelo menos 15 pessoas na Avenida Atlântica, ontem à noite. Entre as vítimas estava um bebê de oito meses, que morreu na UPA de Copacabana.
Temer calcula ter R$ 30 bi para aprovar Previdência
O governo calcula ter R$ 30 bilhões para convencer deputados e senadores a aprovarem a reforma da Previdência em fevereiro, a tempo de consolidar uma aliança eleitoral com os partidos da base. São R$ 20 bilhões em restos a pagar de emendas parlamentares e novas emendas e R$ 10 bilhões que poderiam ser liberados para obras e viriam da economia estimada pelo Planalto em 2018 se as novas regras da aposentadoria forem aprovadas…

———————————————————————–

O Globo

Manchete : Reajuste do gás muda após pressão do governo
Petrobras anuncia nova política de aumentos trimestrais do preço do botijão
Metodologia foi criada depois que o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, manifestou preocupação com o impacto da alta do produto no ano passado

A partir de hoje, o preço do botijão de gás estará 5% mais baixo para as refinarias. Desde junho do ano passado a Petrobras praticava aumentos mensais. O governo federal vinha questionando os fortes reajustes no preço do produto, que ficou 16% mais caro em 2017, diante de uma inflação de 2,95%. O presidente da Petrobras, Pedro Parente, que se reuniu com integrantes do Ministério da Fazenda nas últimas semanas, afirmou que a estatal não será prejudicada. No Nordeste, famílias trocaram o botijão de gás pelo etanol para economizar. (PÁGINA 15)

Cabral é levado para prisão no Paraná
O ex-governador Sérgio Cabral foi transferido para o Paraná. A Justiça concordou com a alegação do Ministério Público de que ele gozava de privilégios na cadeia no Rio. E determinou o afastamento imediato do secretário de Administração Penitenciária, coronel Erir Ribeiro Costa Filho. O deputado Marco Antônio Cabral, filho do ex-governador, disse que é um absurdo cadeias não terem academia de ginástica. (PÁGINA 3)

Febre amarela: 5 mortes no Rio
A Secretaria de Saúde do Estado do Rio confirmou mais duas mortes por febre amarela. Este ano, já são cinco óbitos (três em Valença, um em Teresópolis e um em Miguel Pereira). Por causa do avanço da febre, a campanha de vacinação fracionada será antecipada para o dia 25 em 15 municípios. (PÁGINA 10)

Enem tem mais zeros na redação
Nesta edição, 6,5% dos candidatos ficaram com zero, contra 4,8% na versão anterior. (PÁGINA 22)

Motorista atropela 15 e mata bebê em Copacabana
Carro atravessou ciclovia e calçadão, que estava lotado, e só parou na areia
Um carro desgovernado e em alta velocidade atropelou pelo menos 15 pessoas na Avenida Atlântica, ontem à noite. Entre as vítimas estava um bebê de oito meses, que morreu na UPA de Copacabana. (…) (PÁGINA 7)

————————————————————————————

O Estado de S. Paulo

Manchete: Em crise, Caixa prevê 37% de aumento para seus vices
Ganho total de cada vice-presidente pode chegar a R$ 87,4 mil mensais; bancários tiveram reajuste de 2,75%
Em busca de R$ 15 bilhões para se capitalizar e com quatro vice-presidentes afastados por suspeita de irregularidades, a Caixa prevê aumento de 37% na remuneração de seus vices neste ano. O rendimento total de cada um deles, que era de R$ 63,5 mil por mês em 2017, pode chegar a R$ 87,4 mil mensais, se acumulados os limites máximos dos honorários, mais ganhos por metas e desempenho pessoal – que são variáveis – e benefícios. O último reajuste dos bancários foi de 2,75%, abaixo da inflação de 2017, de 2,95%. O banco definiu que gastará, em 2018, R$ 12,5 milhões com os executivos, na maioria indicados por partidos políticos. O reajuste dos vices foi aprovado na assembleia geral do banco, em dezembro, mas necessita do aval do conselho de administração. Em nota, a Caixa informou que a remuneração leva em conta fatores como metas e desempenho dos gestores. (ECONOMIA / PÁGS. B1 e B3)

Banco quer reter lucro total
A Caixa e o governo estão em disputa sobre o lucro do banco em 2017. Há um acordo para que a instituição financeira fique com 75% do ganho, mas o comando do banco quer reter 100%, para se capitalizar. (PÁG. B3)

Temer calcula ter R$ 30 bi para aprovar Previdência
O governo calcula ter R$ 30 bilhões para convencer deputados e senadores a aprovarem a reforma da Previdência em fevereiro, a tempo de consolidar uma aliança eleitoral com os partidos da base. São R$ 20 bilhões em restos a pagar de emendas parlamentares e novas emendas e R$ 10 bilhões que poderiam ser liberados para obras e viriam da economia estimada pelo Planalto em 2018 se as novas regras da aposentadoria forem aprovadas. (POLÍTICA / PÁG. A4)

Questionário da PF
Em resposta a perguntas feitas pela PF no inquérito do qual é alvo, Temer disse nunca ter autorizado Rodrigo Rocha Loures a fazer tratativas em seu nome. (PÁG. A8)

Serra diz que não disputará eleição
Senador (PSDB-SP) anunciou que permanecerá no Legislativo. Notícia empolgou o prefeito João Doria, que pode pensar em candidatura ao governo do Estado. (COLUNA DO ESTADÃO / PÁG. A4 e PÁG. A6)

Moradores de SP vão a áreas de risco em busca de vacina
A busca pela vacina contra a febre amarela está fazendo com que moradores de bairros fora da área de risco cruzem a cidade até localidades em alerta para a contaminação pela doença, como a zona norte, onde a vacinação foi intensificada desde outubro do ano passado. O governo do Estado decidiu antecipar mais uma vez a campanha de imunização com vacina fracionada. O mutirão começa no dia 25 no Estado e dia 26 na capital. (METRÓPOLE / PÁG. A13)

Só 53 tiram mil na redação do Enem
O número de inscritos que zeraram no teste escrito subiu de 292 mil para 309 mil. Houve piora também nas médias de Linguagens e de Ciências Humanas. (METRÓPOLE / PÁG. A13)

Notas & Informações
A fonte dos déficits
As garantias e vantagens salariais e previdenciárias do funcionalismo público tornam impossível o ajuste das despesas dos Estados à rápida queda das receitas. (PÁG. A3)

Reféns de agitadores políticos
Metroviários de São Paulo voltaram a converter a população em refém de seus interesses. (PÁG. A3)

————————————————————————————

Folha de S. Paulo

Manchete: Temer diz que não autorizou Loures a falar em seu nome
Presidente responde a 50 perguntas da Polícia Federal sobre decreto que favoreceu empresas do setor portuário
Em resposta a 50 perguntas da Polícia Federal, o presidente Michel Temer (MDB) negou ter participado de irregularidade na edição de decreto que beneficiou empresas do setor portuário. O emedebista afirmou também que não autorizou o ex-assessor Rodrigo Rocha Loures a usar seu nome para receber dinheiro ou negociar com empresários. Loures foi flagrado no ano passado correndo com uma mala de dinheiro entregue por um executivo da JBS. O documento, editado em maio de 2017, ampliou o período dos contratos de concessão na área de portos. O presidente disse que não teve influência sobre o processo, não acompanhou a tramitação nem determinou que Loures o fizesse. Ele é investigado, a pedido de Rodrigo Janot, ex-procurador- geral, sob suspeita dos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. A investigação tem como base documentos apreendidos na Operação Patmos e interceptações telefônicas de Loures. Em uma das ligações, Temer deu informações ao ex-assessor sobre o decreto dos portos. (Poder A4)

Servidor federal terá 13-º adiantado no mês de janeiro
Enquanto servidores de RJ e RN ainda esperam pelo 13° salário de 2017, funcionários públicos da Câmara dos Deputados, do STF e do Ministério Público Federal já começaram a receber o benefício de 2018. Juntos, esses órgãos pagarão quase R$ 200 milhões em antecipação do 13° neste mês. (Mercado A13)

Cabral é transferido para o Paraná após decisões de juízes
Por determinação dos juizes Sergio Moroe Caroline Figueiredo, o ex-governador do Rio Sérgio Cabral foi transferido da cadeia de Benfica para a de Pinhais (PR). Moro cita na decisão apuração do Mi(Poder A8)

Reinaldo Azevedo
Só o medo justifica a histeria como julgamento de Lula
A histeria que toma conta da esquerda autoritária e da direita de chanchada com o julgamento, pelo TRF-4, do recurso de Lula tem só uma explicação: ele lidera as pesquisas de intenção de voto para a Presidência. Os dás lados estão com medo. (Poder A6)

Após greve, plano para metrô de SP vive instabilidade
Depois de greve era protesto contra a concessão à iniciativa privada de parte do Metrô de SP, a gestão Alckrain (PSDB) vive instabilidade judicial na licitação das linhas 5-lilás e 17-ouro. A abertura dos envelopes com as propostas, marcada para hoje, chegou a ser suspensa por liminar, derrubada pelo governo. (Cotidiano Bl)

Clínica poderá ter vacina importada, mas só em 30 dias
Em meio à corrida da população para se vacinar contra a febre amarela, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) autorizou a importação de 65.400 doses pelas clínicas particulares, cujos estoques estão baixos. Fabricadas pela farmacêutica Sanofi Pasteur, elas devem estar disponíveis em 30 dias. (Cotidiano B4)

Redações anuladas por ignorarem o tema proposto disparam no Enem (Cotidiano B3)

Editoriais
Leia “Embargos de exaltação”, sobre clima tenso às vésperas de julgamento de Lula, e “Greve descarrilada”, acerca da paralisação de metroviários em SP. (Opinião A2)

————————————————————————————

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.