Câmara pode aprovar ação contra Temer, diz Mariz
Responsável pela estratégia de defesa de Michel Temer na investigação em que o presidente é suspeito de corrupção passiva, obstrução à Justiça e organização criminosa, Antônio Cláudio Mariz de Oliveira trabalha com a possibilidade de o presidente tornar-se réu…
Fachin dá cinco dias para Janot apresentar denúncia contra Temer
Plenário do Supremo forma maioria pela manutenção da delação do Grupo J&F e para confirmar o ministro Edson Fachin como relator do caso. O ministro Edson Fachin, do STF, enviou à Procuradoria-Geral da República cópia dos autos do inquérito aberto contra o presidente Michel Temer. O procurador Rodrigo Janot terá cinco dias para apresentar a denúncia.
—————————————————————-

O Globo

Manchete: Delação da JBS é validada, e Temer deve ser denunciado
Após ser mantido relator pela maioria do STF, Fachin envia inquérito a Janot
Procurador pedirá até segunda-feira abertura de processo por corrupção passiva contra o presidente
Sete dos 11 ministros do Supremo chancelaram o acordo de delação premiada de Joesley Batista e de executivos da JBS e mantiveram Edson Fachin como relator do caso. A maioria foi formada, mas ainda faltam quatro votos. Houve intenso debate sobre a possibilidade de revisão do acordo, no plenário, no momento da sentença ou antes. Mantido como relator, Fachin enviou à PGR cópia do inquérito sobre o presidente Temer. Agora, o procurador-geral, Rodrigo Janot, deve apresentar a denúncia por crime de corrupção passiva até a próxima segunda- feira. A denúncia por obstrução de Justiça deverá ficar para depois. (Págs. 3 e 4)

Acionistas querem saída dos Batista
A BNDESPar enviou carta à JBS pedindo assembleia de acionistas. Os minoritários querem afastar a família Batista da gestão da JBS. (Pág. 21)

MERVAL PEREIRA
No Supremo, uma vitória da segurança jurídica. (Pág. 4)

MÍRIAM LEITÃO
Setor se articula para enfrentar a crise da JBS. (Pág. 18)

EUA suspendem compra de carne fresca do Brasil (Pág. 20)

Pezão admite não concluir o mandato
Presidente da Alerj prega intervenção ou impeachment
Em meio à crise que parece longe do fim, o governador Pezão admitiu não terminar o mandato. “Não sei por quanto tempo estarei aqui”, disse, em reunião com representantes do funcionalismo. Do mesmo partido de Pezão, o presidente da Alerj, Jorge Picciani, defendeu o impeachment do governador ou uma intervenção federal, caso o estado não consiga ajuda financeira da União. (Pág. 8)

Governo já planeja reter parte do FGTS
O governo estuda reter parte do FGTS de quem é demitido para economizar no seguro-desemprego, informa GERALDA DOCA. Nos três meses após a demissão, o trabalhador receberia um benefício igual ao seu último salário com recursos do Fundo de Garantia. Depois disso, poderia dar entrada no seguro e sacar o restante de sua conta no FGTS. (Pág. 17)

IPTU poderá até dobrar de valor
A proposta enviada pelo prefeito Crivella à Câmara de Vereadores com mudanças no cálculo do IPTU prevê aumento de até 100% para imóveis na Zona Sul. O projeto deve ser votado antes do início do recesso de julho, que começa no dia 6. (Pág. 9)

Carro do prefeito atropela leis
Só entre os dias 8 e 12 deste mês, o carro oficial do prefeito Crivella recebeu sete multas por excesso de velocidade e três por avanço de sinal. Na última terça-feira, o veículo com o prefeito bateu em carro com casal de jovens e não parou para prestar socorro. (Pág. 12)

Guarda de Maduro mata estudante
David José Vallenilla, universitário de 22 anos, foi morto a tiros durante mais um protesto contra o governo Maduro, em Caracas. Repórteres do jornal “El Nacional” dizem ter flagrado o momento em que integrante da Guarda Nacional Bolivariana disparou contra o rapaz, que levou 3 tiros no coração. Já são 75 mortos em protestos na Venezuela. (Pág. 24)

Mulheres na ciência
Estudo mostra que o Brasil é um dos países com maior participação de mulheres em pesquisas. Elas assinam 49% dos artigos científicos e têm mais títulos de mestrado e doutorado do que os homens. (Pág. 26)

————————————————————————————

O Estado de S. Paulo

Manchete: Fachin dá cinco dias para Janot apresentar denúncia contra Temer
Plenário do Supremo forma maioria pela manutenção da delação do Grupo J&F e para confirmar o ministro Edson Fachin como relator do caso
O ministro Edson Fachin, do STF, enviou à Procuradoria-Geral da República cópia dos autos do inquérito aberto contra o presidente Michel Temer. O procurador Rodrigo Janot terá cinco dias para apresentar a denúncia. Em seu despacho, Fachin também pediu que a Polícia Federal remeta, “tão logo ultimados”, o relatório final sobre o caso e a perícia da gravação da conversa entre Temer e Joesley Batista, do Grupo J&F. Como a PF já enviou relatório parcial em que aponta que são “incólumes as evidências” da prática de corrupção passiva por parte de Temer e do ex-deputado Rodrigo da Rocha Loures, a PGR deve fatiar a denúncia e enviar primeiro ao STF a parte relacionada a esse crime. O STF formou maioria para manter a validade da delação do Grupo J&F e confirmar Fachin como relator do caso. Dos 11 ministros, sete entenderam que Fachin é competente para homologar o acordo. (POLÍTICA / PÁGS. A4 e A5)

EUA vetam importação de carne bovina brasileira
O governo dos EUA anunciou a suspensão de todas as importações de carne bovina in natura do Brasil. O motivo são preocupações em relação à segurança do produto. A suspensão vai vigorar até que o Ministério da Agricultura brasileiro adote medidas que o Departamento de Agricultura dos EUA considere satisfatórias. Desde março, o Serviço de Segurança Alimentar e Inspeção americano inspecionou 100% da carne brasileira e rejeitou 11%. (ECONOMIA / PÁG. B4)

Blairo fala em pressão
O ministro Blairo Maggi (Agricultura) lamentou a suspensão de importação da carne brasileira e disse que já trabalha para tentar reverter a decisão. Ele atribuiu o embargo a pressão de pecuaristas norte-americanos. (PÁG. B4)

‘A sociedade não pode pagar por vagabundo’
Em conversa com sindicalistas, o presidente da Eletrobrás, Wilson Ferreira Júnior, usa adjetivos como “vagabundos” e “safados” para se referir a parte da chefia da estatal, informa Fernanda Nunes. Os sindicatos promoveram ontem greve de 24 horas em retaliação. Ferreira Júnior divulgou vídeo interno com pedido de desculpas pela “veemência” com que se referiu ao que considera “privilégios”. (ECONOMIA / PÁG. B1)

Colunistas
Vera Magalhães
Maior derrotado é Temer, que contava com divergência no STF e arranhão às decisões de Janot e Fachin. (PÁG. A6)

Eloísa Machado de Almeida
Ponto mais relevante impede que acordos tenham mérito revisto, o que dá segurança às negociações. (PÁG. A4)

Eliane Cantanhêde
A esquerda articula um partido contra o PT, mas o fundamental é a reforma política. (POLÍTICA / PÁG. A6)

Notas & Informações
O alerta do Banco Central
A insegurança quanto à evolução das reformas e dos ajustes da economia dificulta a queda mais célere da taxa de juros estrutural. (PÁG. A3)

De pesos e medidas
Vivêssemos tempos normais, nem Aécio Neves nem Lula poderiam ser impedidos de exercer suas atividades. (PÁG. A3)

————————————————————————————

Valor Econômico

Manchete: Ilan diz que BC ‘quebrou a espinha dorsal’ da inflação
A pronunciada queda da inflação, de 6,29% em 2016 para 3,8% neste ano, abaixo da meta de 4,5% segundo projeções do Banco Central, encorajou o presidente do BC, Ilan Goldfajn, a assegurar: “Quebramos a espinha dorsal da inflação”. Ele não conta com a hipótese de a inflação ficar abaixo de 3% neste ano

STF valida acordos de delação da JBS
As delações dos executivos da JBS foram validadas ontem pela maioria do plenário do Supremo Tribunal Federal e os ministros também votaram pela manutenção de Edson Fachin como relator dos processos na Corte. Sessão foi encerrada com um placar parcial de 7 votos a zero e será retomada na quarta-feira

Câmara pode aprovar ação contra Temer, diz Mariz
Responsável pela estratégia de defesa de Michel Temer na investigação em que o presidente é suspeito de corrupção passiva, obstrução à Justiça e organização criminosa, Antônio Cláudio Mariz de Oliveira trabalha com a possibilidade de o presidente tornar-se réu

Petrobras retoma opção por IPO da BR
A Petrobras voltou a considerar a abertura de capital da BR Distribuidora, cogitada inicialmente em 2015. “Já vimos grande número de IPOs neste ano e achamos que temos condições de mercado extremamente favoráveis, com múltiplos atraentes”, afirmou o presidente da estatal, Pedro Parente
Ana Paula Paiva/Valor

Desafio aos cânones
André Lara Resende lança livro com ensaios inéditos e artigos publicados no ‘Valor’ que foram tema de intenso debate por questionarem a ortodoxia monetária. “Sou intelectual e acho que todos os economistas deveriam ser intelectuais. Essa reação demonstra que tem uma dimensão política legítima, não necessariamente ilegítima, que se sobrepõe ao intelectual”, disse o economista ‘À Mesa com o Valor’

Máquina de Vendas ficaria para os bancos
A Máquina de Vendas, dona da rede Ricardo Eletro e uma das maiores varejistas de eletroeletrônicos do país, negocia com bancos uma reestruturação financeira que deve transferir o controle da empresa às instituições

Justiça decide que Jirau deve pagar Camargo
O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro manteve decisão que condenou a Energia Sustentável do Brasil (ESBR), concessionária da hidrelétrica de Jirau, em Rondônia, a pagar cerca de R$ 600 milhões à Camargo Corrêa, construtora da usina. A disputa envolve pagamentos por serviços executados e não quitados

Visão cinza do Verde
Luis Stuhlberger, do Verde, um dos fundos mais bem-sucedidos do país, tem mantido visão pessimista do Brasil. Para ele, a equipe econômica qualificada e a agenda de reformas fizeram o mercado apostar na “intenção” e ignorar problemas de longo prazo, em um tipo de “ilusão de ótica”

TCU suspende pagamentos à Schahin
O Tribunal de Contas da União (TCU) determinou o bloqueio quase integral dos pagamentos da Petrobras à Schahin pelo afretamento e serviços do navio-sonda Vitória 10.000, envolvido nos escândalos de corrupção investigados na Operação Lava-Jato

Brasil
A inflação está ‘domada’
BC trabalha para colocar a inflação na meta e não considera taxa inferior a 3% para este ano, diz Ilan
Relatório de Inflação muda projeção e prevê política fiscal contracionista

Projeção passa de alta de 0,2% para retração de 0,6%
BC estima quadro desanimador para demanda interna

Comércio exterior
Preços puxam alta de 20% da exportação no ano
Cenário é confortável para as contas externas e deixa o déficit em transações correntes abaixo de 1,3% do PIB
Câmbio acelera recuperação da rentabilidade do setor

Analistas projetam menor IPCA-15 em 11 anos
Média de 25 instituições projeta índice de 0,12% neste mês

Confiança da indústria recua após episódio JBS

Relações externas Noruega reduz repasses para Fundo Amazônia
Diante do avanço do desmatamento no Brasil, a Noruega informou ao governo brasileiro que irá reduzir os repasses ao Fundo Amazônia pela metade em 2017

Agenda de reformas avança, diz Temer a grupo de empresários

Mudança fortalece credor em recuperação judicial
Governo pretende dar preferência de recebimento do crédito concedido por instituições financeiras

Governador critica extinção de Fundo de Previdência de MG

Governo estuda subsídio localizado para gás
Ideia é retirar da Petrobras responsabilidade pela cobrança de preços diferenciados

Ásia China fiscaliza empresas que investiram no exterior
Governo chinês teme excesso de exposição dos bancos no país e possível risco sistêmico no setor financeiro

Pequim restringe mais o debate político na internet

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.