Lula prega desobediência de decisão judicial
Ex-presidente ataca desembargadores e lança candidatura, embora o PT já pense na troca. Ontem, a Justiça o proibiu de sair do país.

STF vai rediscutir prisão de condenado em 2ª instância
Cármen Lúcia deve recolocar o assunto em pauta na volta do recesso
Ministros veem com preocupação possibilidade de ter que julgar recurso do ex-presidente Lula contra sentença do TRF-4, que o condenou a 12 anos e um mês, sem que a questão esteja pacificada na Corte

Justiça do Distrito Federal proíbe Lula de deixar País
Decisão é relacionada a investigação sobre compra de caças suecos pela FAB; ex-presidente viajaria hoje para a Etiópia
Crivella: violência impede chegada de medicamentos
Prefeito sugere a gestores de postos de saúde em áreas de risco que retirem remédios em depósito
—————————————————————————-

O Globo

Manchete: STF vai rediscutir prisão de condenado em 2ª instância
Cármen Lúcia deve recolocar o assunto em pauta na volta do recesso
Ministros veem com preocupação possibilidade de ter que julgar recurso do ex-presidente Lula contra sentença do TRF-4, que o condenou a 12 anos e um mês, sem que a questão esteja pacificada na Corte

A sentença do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, que confirmou a condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva por corrupção e lavagem de dinheiro, no caso do tríplex do Guarujá, deve mudar a agenda do Supremo Tribunal Federal (STF). Os ministros da Corte querem rediscutir a decisão, tomada em 2016, de mandar para a prisão os condenados em segunda instância, não permitindo que o réu recorra em liberdade a todas as esferas do Judiciário. Essa resolução do STF foi liminar, e por placar apertado: 6 a 5. A presidente Cármen Lúcia planejava terminar seu mandato, em setembro deste ano, sem levar a questão ao plenário. Mas o julgamento de Lula no TRF-4 alterou o cenário: os ministros do Supremo querem evitar que o tema se misture às campanhas eleitorais. O assunto voltará à pauta o mais brevemente possível. (PÁGINA 3)

MERVAL PEREIRA
Assunto já deveria ter sido tratado pelo STF. (PÁGINA 4)

MÍRIAM LEITÃO
As lutas de Lula nas frentes política e criminal. (PÁGINA 18)

EDITORIAL
‘Condenação de Lula é vitória da República’ (PÁGINA 14)

Lula prega desobediência de decisão judicial
Ex-presidente ataca desembargadores e lança candidatura, embora o PT já pense na troca. Ontem, a Justiça o proibiu de sair do país. (PÁGINAS 6 e 7)

Governo aposta em megaleilão de petróleo
O governo pretende fazer um megaleilão de petróleo que poderia render até R$ 80 bilhões e ajudar a reforçar o caixa este ano. Para isso, um grupo de trabalho tenta resolver um impasse na negociação com a Petrobras sobre área do pré-sal. (PÁGINA 17)

Saab exige garantia de sigilo
Pressionado, o governo garantiu à Saab, fornecedora de caças à FAB, que seus segredos industriais serão protegidos caso a parceria entre Boeing e Embraer avance. (PÁGINA 20)

Último dia para inscrição no Sisu (PÁGINA 24)

O Brasil no topo da Matemática
Ao lado de seleto grupo de 10 países, o Brasil passou a integrar a elite da União Matemática Internacional. Mas o desempenho dos alunos do ensino básico é fraco. (PÁGINA 24)

Tiros e medo de volta à Rocinha
O clima de guerra voltou ontem à Rocinha com um intenso tiroteio entre bandidos e cerca de 200 PMs que, pela manhã, ocuparam a favela. A sede da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da comunidade foi alvo dos traficantes, e várias casas tiveram paredes e muros perfurados a bala. Quatro PMs, um morador e um suspeito foram baleados. Cinco pistolas e sete fuzis, apreendidos. Por causa dos confrontos, a prefeitura fez um alerta para que os motoristas evitassem a Autoestrada Lagoa-Barra. No final da tarde, o clima de tensão chegou à Avenida Niemeyer, onde bandidos montaram barricadas com pneus em chamas e incendiaram um ônibus próximo ao Hotel Sheraton. (PÁGINAS 8 e 9)

Crivella: violência impede chegada de medicamentos
Prefeito sugere a gestores de postos de saúde em áreas de risco que retirem remédios em depósito (PÁGINA 11)

————————————————————————————

O Estado de S. Paulo

Manchete: Justiça do Distrito Federal proíbe Lula de deixar País
Decisão é relacionada a investigação sobre compra de caças suecos pela FAB; ex-presidente viajaria hoje para a Etiópia
O juiz federal da 10.ª Vara do Distrito Federal Ricardo Leite determinou ontem a apreensão do passaporte do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, proibindo-o de deixar o País. Após ser condenado no Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF-4), quarta-feira, Lula pretendia embarcar na madrugada de hoje para a Etiópia. O retorno estava marcado para segunda-feira. Na semana passada, Lula informou o TRF-4 sobre a viagem à África. O objetivo era participar de um encontro da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO) em Adis Abeba, a convite da União Africana. A decisão do juiz do DF não tem ligação com a condenação pelo TRF-4 e foi tomada no âmbito da investigação que apura suposto tráfico de influência na compra dos caças suecos Gripen pela FAB, entre 2013 e 2015. O Instituto Lula informou que o presidente cancelou a viagem. (POLÍTICA / PÁG. A4)

PT prega desobediência ao TRF-4
Um dia após ser condenado a 12 anos de prisão, o ex-presidente Lula disse que não respeitará a decisão do TRF-4. Em ato que aprovou sua pré-candidatura ao Planalto, Lula conclamou militantes a uma ofensiva e pregou enfrentamento. (PÁG. A5)

Mais da metade das estatais não cumpre lei que coíbe ingerência
Criada para dar um caráter mais técnico à administração de empresas públicas federais, a Lei das Estatais não é cumprida por mais da metade dessas companhias um ano e meio após sua sanção, já no governo Temer. Das 147 estatais da União, 84 não aprovaram as mudanças que tentam barrar ingerência política. O prazo para que elas ajustem o estatuto às novas regras termina em 30 de julho. (ECONOMIA / PÁG. B1)

Por Embraer, Boeing sinaliza concessões
Boeing sinalizou que Embraer teria autonomia em projeto de caças, transformação do País em polo de produção e manutenção do poder de veto do governo. (ECONOMIA / PÁG. B6)

Foto-legenda: Primeiro dia de vacina com senha
Moradores do Parque do Carmo, na zona leste de SP, fizeram fila em unidade de saúde ontem, primeiro dia de vacinação com dose fracionada contra a febre amarela. Só quem tinha senha foi vacinado. (METRÓPOLE / PÁG. A9)

Macri expõe em Davos um Mercosul renovado (ECONOMIA / PÁG. B4)

Venezuela exclui aliança opositora de eleição (INTERNACIONAL / PÁG. A8)

Colunistas
Fernando Gabeira
O jogo acabou. O Brasil livrou-se de um populista em 2018, mas não do populismo. Esse ainda é um grande problema. (ESPAÇO ABERTO / PÁG. A2)

Milton Hatoum
“O tempo desse mito já passou. O Brasil é maior e mais promissor do que esse embuste”, disse minha amiga francesa. (CADERNO2 / PÁG. C6)

Notas & Informações

Lula passa dos limites
Petista comporta-se como líder sedicioso, incitando à desobediência civil sem que nenhum de seus direitos tenha sido violado no processo que o condenou. (PÁG. A3)

Um exemplo a ser seguido
O comportamento dos desembargadores que integram a 8.ª Turma do TRF-4 é um exemplo para todos os juízes. (PÁG. A3)

————————————————————————————

Folha de S. Paulo

Manchete: Decisão judicial proíbe Lula de deixar o Brasil
Pré-candidato, petista admite pela Ia vez risco de não disputar a Presidência
O juiz Ricardo Leite, da Justiça Federal em Brasília, proibiu o ex-presidente Lula de deixar o país e determinou que o passaporte do petista seja apreendido. Leite atendeu a pedido do Ministério Público Federal no DF como parte de inquérito que apura supostos crimes na aquisição, pelo governo federal, de caças suecos. Lula, que faria viagem à Etiópia nesta madrugada, cancelou o compromisso. Também ontem, dia seguinte a ser condenado em segunda instância por corrupção e lavagem de dinheiro, ele admitiu pela primeira vez o risco de ficar fora da eleição presidencial. “Espero que essa candidatura não dependa do Lula”, disse. Para o ex-presidente, ela “só tem sentido se vocês forem capazes de fazê-la mesmo que aconteça uma coisa indesejável”. Enquadrado na Lei da Ficha Limpa, Lula pode se tomar inelegível. Ele afirmou ainda que o PT não está sozinho na disputa. “Nós temos outros candidatos, e as pessoas que me julgaram certamente vão tentar criar obstáculo para evitar que o Lula continue falando mal deles.” (Poder A4)

Colunistas
HÉLIO SCHWARTSMAN
Petista confiará na cegueira ideológica dos simpatizantes (Opinião A2)

REINALDO AZEVEDO
Julgamento pode ter decretado o fim da segurança jurídica (Poder A8)

MÔNICA BERGAMO
‘Cão de guarda da Lava Jato’ decidirá sobre habeas corpus (Ilustrada C2)

Argentina diz que antecipará multa cobrada de montadoras
Em resolução publicada nesta semana, o governo argentino afirmou que antecipará a cobrança de multas de montadoras brasileiras cujas exportações para o país ultrapassam o acordado em compromisso bilateral. O regime especial prevê que a cada US$ 1,50 exportado em autopeças e veículos, sem impostos, US$ 1 pode ser importado. Com a crise, porém, as vendas para fora têm sido maiores. Inicialmente, os valores seriam cobrados em 2020. (Mercado A12)

Macri pede que reformas e Lava Jato continuem
O presidente da Argentina, Maurício Macri, afirmou em Davos que vê com bons olhos as reformas no Brasil e pediu que elas sejam mantidas pelo próximo presidente, já que precisa “de um sócio forte no Mercosul”. À Folha disse esperar que a Lava Jato continue. “E que saibamos quem são os que receberam na Argentina pelas obras da Odebrecht.” (Mercado A12)

Brecha em sistema expôs informações de usuários do SUS
O aplicativo E-Saúde, do Ministério da Saúde, foi lançado com brecha de segurança que expôs durante mais de sete meses informações pessoais de brasileiros, informa Chico Felitti. Dados como o histórico de remédios retirados no SUS estavam liberados mediante fornecimento de CPF e data de nascimento. O ministério admitiu a falha e mudou o sistema. (Cotidiano B1)

Início de mutirão contra a febre amarela tem filas e confusão em SP (Cotidiano B3)

Editoriais
Leia “O mercado e a eleição” , acerca de efeitos especulativos na disputa presidencial, e “Incerteza líquida” , sobre risco de racionamento de água. (Opinião A2)

————————————————————————————

Responda

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.