Manchete dos Jornais nesta terça-feira, 19 de julho de 2016
Postado por: Equipe Portal Cambé Em 19th julho 2016

Medo de terror que chega pela internet
Depois da descoberta de um canal em português do Estado Islâmico, o fantasma de um atentado na Olimpíada voltou a preocupar. Brasileiros teriam usado aplicativo de troca de mensagens para dizer que estão prontos para “virarem mártires”. A Abin não comentou a notícia divulgada por uma ONG que monitora ações terroristas na internet…


O Globo

Manchete: Odebrecht recupera dados com provas de propina
Entrega de documentos à Lava-Jato deve garantir acordo de delação
Ministério Público Federal exigiu recuperação dos arquivos, que têm cópias num servidor reserva na Suíça, para concluir a negociação de colaboração com a maior empreiteira do país
Encarregada de recuperar seus arquivos digitais que provam o pagamento de propina a políticos e autoridades, a Odebrecht informou ao Ministério Público Federal que esse processo será concluído em breve, o que deve garantir o acordo de delação premiada de executivos da empreiteira presos, inclusive Marcelo Odebrecht, informa JAILTON DE CARVALHO. A recuperação de documentos contábeis do chamado “Departamento da Propina” da empresa, que se acreditava terem sido apagados, mas que estão copiados num servidor reserva na Suíça, é uma das exigências dos procuradores para fechar o acordo. A expectativa da Lava-Jato é que este seja o mais devastador acordo de delação feito nos dois anos de operação. (Pág. 3)

Medo de terror que chega pela internet
Depois da descoberta de um canal em português do Estado Islâmico, o fantasma de um atentado na Olimpíada voltou a preocupar. Brasileiros teriam usado aplicativo de troca de mensagens para dizer que estão prontos para “virarem mártires”. A Abin não comentou a notícia divulgada por uma ONG que monitora ações terroristas na internet. (Pág. 9)

Novas regras provocam filas em aeroportos (Pág. 7)

Por doping, COI pode excluir todos os russos (Pág. 30)

Colunistas
MERVAL PEREIRA
Datafolha mostra bem a difícil situação de Dilma. (Pág. 4)

MÍRIAM LEITÃO
Confiança tem melhora gradual. (Pág. 18)

JOSÉ CASADO
PT fica isolado após manobra contra Temer falhar. (Pág. 15)

GIL CASTELLO BRANCO
Equipe econômica não mostrou ainda tudo o que sabe. (Pág. 14)

Caixa eleva valor para casa própria
A Caixa Econômica vai passar a financiar imóveis de até R$ 3 milhões. Antes, o limite era de R$ 1,5 milhão. E o banco também aumentará a parcela da casa própria que poderá ser financiada, de 60% para 70%, no caso de usados, e de 70% para 80%, nos imóveis novos. As novas regras entrarão em vigor na próxima segunda-feira. (Pág. 17)

Novo ministro é réu no Supremo
O novo ministro do Turismo será o deputado Marx Beltrão (PMDB), apadrinhado pelo presidente do Senado, Renan Calheiros. A nomeação deve sair amanhã. Beltrão é réu no STF por falsidade ideológica, acusado de dar informações falsas à Previdência quando era prefeito em Alagoas. (Pág. 6)

Julio Bueno deixa a Fazenda do Rio
Em meio à crise do estado, que tem dívidas e salários atrasados, o secretário de Fazenda, Julio Bueno, deixou o cargo. Ele vinha sendo criticado pelo PMDB e será substituído na pasta por Gustavo Barbosa, que presidia o Rioprevidência. (Pág. 11)


O Estado de S. Paulo

Manchete: Caixa passará a financiar imóveis de até R$ 3 milhões
Banco sobe para 80% parcela que pode ser financiada pelo Sistema Financeiro; medidas valem a partir de segunda
A Caixa Econômica Federal vai facilitar o financiamento de imóveis pela classe média alta. Entre as medidas que valerão a partir de segunda-feira está o aumento do valor máximo a ser financiado, de R$ 1,5 milhão para R$ 3 milhões. Para unidades de mais de R$ 750 mil, o banco subiu de 70% para 80% a parcela que pode ser financiada por meio do Sistema Financeiro Imobiliário. No caso de imóveis usados, a cota a ser financiada aumentou de 60% para 70%. Também será possível transferir à Caixa uma parcela maior, de 50% para 70%, de empréstimos tomados em outros bancos. Por trás da iniciativa, está a corrida para não perder mercado. Hoje, a instituição responde por duas de cada três operações de crédito imobiliário no País, mas a liberação de financiamentos ficou abaixo da expectativa no primeiro semestre. Para especialistas, as mudanças são positivas, apesar do cenário adverso. (ECONOMIA/PÁG. B1)

A torcida do mercado
As ações da Petrobrás subiram ontem mais de 4%. Analistas do banco UBS compararam a estatal à ‘fênix que ressurge das cinzas’. No acumulado do ano, os papéis da empresarial já subiram 59%. (Pág. B6)

Suposto grupo no Brasil jura lealdade ao Estado Islâmico
Um grupo supostamente baseado no Brasil jurou lealdade ao Estado Islâmico e distribuiu propaganda em português. Mensagens foram identificadas pela entidade americana Site Intelligence, que monitora extremistas na web. Chamado de Ansar al-Khilafah Brazil, o grupo publicou texto em árabe sobre a bandeira brasileira e questionou o treinamento de policiais. O governo disse que está checando a informação. Em vídeo, Michel Temer anunciou reforço da segurança. (ESPORTES/PÁG. A16)

Fraude encarecia tratamento de Parkinson no HC
Fraude na compra de aparelhos para implante em pacientes com mal de Parkinson deu prejuízo de R$ 13,5 milhões ao Hospital das Clínicas. Esquema durou seis anos. Sem licitação, itens que custavam R$ 27 mil saíam por R$ 114 mil. (METRÓPOLE/PÁG. A14)

Dilma compara golpe turco a impeachment (POLÍTICA / PÁG. A6)

Lewandowski manda separar áudios de Lula (POLÍTICA/ PÁG. A6)

Direto da fonte
Pagador de propina do petrolão, Léo Pinheiro, da OAS, reclamou com sócios da Invepar dos altos preços cobrados por lanchonete do aeroporto de Cumbica, relata Sonia Racy. (CADERNO 2 / PÁG. C2)

Doping pode tirar Rússia dos Jogos
A Agência Mundial Antidoping (Wada) pede que o COI suspenda todos os atletas da Rússia dos Jogos do Rio. O apelo foi feito após investigação independente ter revelado que o governo russo, com a ajuda do serviço secreto, fraudou testes de laboratório. (Pág. A15)

José Paulo Kupfer
Mudança de hábito
Como puderam perceber os corruptos brasileiros, aceitação por bancos do exterior de depósitos sem origem clara é cada vez mais difícil. (ECONOMIA / PÁG. B4)

Notas & Informações
Um fio de esperança
Ela vai depender de homens melhores. Não é algo que se conquiste com pouco esforço. (PÁG. A3)

Ideologia na escola
O projeto de lei do “Escola Sem Partido” flerta com o autoritarismo, pois constrange a livre opinião. (PÁG. A3)

‘Elas se foram, elas se foram’, diz marido
Marido da brasileira Elizabeth Ribeiro e pai de Kayla, de 6 anos, Sylvain Solioz viu as duas morrerem em Nice. Um amigo dele contou a Jamil Chade que Solioz, fora de si, dizia: “Elas se foram, elas se foram.” Ontem, foram homenageadas na cidade onde viviam. (INTERNACIONAL / PAG. A10)


Folha de S. Paulo

Manchete: Metade dos brasileiros é contra os Jogos do Rio
Rejeição à Olimpíada-2016 dobra em relação a 2013, diz pesquisa Datafolha
Cinquenta por cento dos brasileiros são contrários aos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, que começam no dia 5 de agosto, aponta pesquisa Datafolha. A porcentagem é o dobro da verificada no levantamento anterior, de junho de 2013. A rejeição ao maior evento esportivo do mundo, que é realizado a cada quatro anos, cresce entre a população do Sul e do Sudeste, os mais escolarizados e os com renda familiar mensal entre cinco e dez salários mínimos (R$ 4.400 a R$ 8.800). Para 63%, a Olimpíada, cujo orçamento já passa de R$ 39 bilhões, trará mais prejuízo que benefício aos brasileiros. Também para a maioria, a segurança e o transporte nos 17 dias de evento serão mais motivo de vergonha que de orgulho. Na pesquisa, feita nos dias 14 e 15, 40% se disseram favoráveis à Olimpíada —há três anos, eram 64%. Moradores do Norte e do Nordeste e jovens são os que mais dão apoio. Metade dos brasileiros afirma não ter interesse pelos Jogos. (Esporte B1)

Em 1º dia de nova regra, aeroportos têm confusão e fila
Novas regras de segurança em voos domésticos causaram transtornos e filas nos aeroportos ontem. Os passageiros agora têm de tirar notebooks de bagagens no raio X, além de estarem sujeitos a revista corporal e inspeção de malas. A Anac recomendou chegar ao aeroporto duas horas antes dos voos. (Cotidiano B5)

Caixa passará a financiar imóvel de até R$ 3 milhões
Em busca de crescer num segmento mais lucrativo do mercado, a Caixa aumentará o valor máximo dos imóveis financiados, de R$ 1,5 milhão para R$ 3 milhões. O percentual emprestado subirá de 70% para 80% do valor (imóveis novos) e de 60% para 70% (usados). A fatia da Caixa no setor caiu neste ano. (Mercado a14)

Empresa sem experiência fará a revista do público nas arenas ( B3)

Foto-legenda: Tensão pré-olímpica
Policial do esquadrão antibombas do Rio faz inspeção próximo à praia do Leblon (zona sul da capital fluminense), onde uma bolsa deixada por um homem gerou suspeita; dentro dela, porém, só havia roupas esporte (B3)

Edgard Alves
O imponderável coloca em risco qualquer plano de segurança (B3)

PF apura fraude em cirurgias no Hospital das Clínicas, em SP (Cotidiano B7)

Editorial
Leia “Pobre Chico”, acerca de gastos com a revitalização do rio São Francisco. (Opinião A2)


Edição: Equipe Fenatracoop, Terça-Feira, 19 de Julho de 2016

Compartilhe nossa Matéria