Manchete dos Jornais nesta terça-feira, 26 de julho de 2016
Postado por: Equipe Portal Cambé Em 26th julho 2016

Rio improvisa força-tarefa para concluir Vila Olímpica
‘Delegação’ de 630 encanadores, eletricistas e faxineiros trabalha dia a noite para deixar prédios em ordem
A Vila dos Atletas recebeu ontem a maior delegação dos Jogos Olímpicos do Rio até agora: 630 operários, entre encanadores, eletricistas e faxineiros foram contratados às pressas para recuperar apartamentos com avarias que culminaram com a negativa da equipe australiana de ocupar os 15 andares destinados a seus atletas. Funcionários foram divididos em três turnos e trabalharão dia e noite. Operários contaram ao Estado que encontraram infiltrações, fiações expostas e placas de gesso prestes a desabar do teto. Os maiores problemas, segundo trabalhadores que pediram para não ser identificados, estão no conjunto de edifícios Pedra da Gávea, os últimos da vila e onde está inclusive a delegação brasileira. “Meu apartamento estava sem água quente, mas agora foi resolvido”, disse o filipino Ferdinand Brawner. O diretor de Comunicação do Comitê Organizador dos Jogos, Mario Andrada e Silva, prometeu uma vila “impecável” na quinta-feira…


O Globo

Manchete : Mercado de novos imóveis dá sinais de recuperação
Caixa libera R$ 16 bilhões em crédito para mutuários e construtoras
Setor espera que novas linhas estimulem vendas e financiamentos por outros bancos
Após um ano de crise, o setor imobiliário dá sinais de recuperação, com alta de 24,7% no número de apartamentos em construção e de até 72% no de empreendimentos lançados no primeiro semestre. O aumento da confiança na economia é o motor da retomada, que deve ser acelerada pela liberação de R$ 16 bilhões em crédito pela Caixa. Empresas esperam que outros bancos também abram a torneira, estimulando as vendas. (Pág. 15)

Míriam Leitão – BNDES deve ter prejuízo no primeiro semestre (Pág. 16)

Comitê intervém e afasta síndico da Vila
Administrador retomará funções quando problemas forem sanados
O mau estado de apartamentos da Vila dos Atletas levou a organização da Olimpíada a afastar temporariamente o administrador das residências, Mario Cilenti. Ontem, 630 trabalhadores entraram no condomínio para fazer os consertos, previstos para acabar na quinta. O comitê admitiu que pode ressarcir delegações que tenham gastado em reformas ou hospedagens. O prefeito Eduardo Paes e a chefe da delegação da Austrália amenizaram o tom de conflito do primeiro dia. (Caderno Especial)

Falta de verba dá impulso a reforma
A dificuldade para financiar campanhas deve impulsionar a aprovação da cláusula de desempenho, que reduziria o número de partidos e, assim, aumentaria a fatia do fundo partidário de cada sigla. (Pág. 3)

Fim do Ciência sem Fronteiras
Especialistas apoiaram o fim da concessão de bolsas para estudantes de graduação no exterior em meio à crise financeira. Já a União Nacional dos Estudantes (UNE) criticou a decisão do MEC. (Pág. 21)

Vacina contra a dengue já à venda
A Anvisa fixou o preço da vacina contra a dengue: de R$ 132,76 a R$ 138,53, dependendo do estado. A Europa teve o primeiro caso de bebê com microcefalia relacionada ao zika. (Pág. 9)


O Estado de S. Paulo

Manchete : Rio improvisa força-tarefa para concluir Vila Olímpica
‘Delegação’ de 630 encanadores, eletricistas e faxineiros trabalha dia a noite para deixar prédios em ordem
A Vila dos Atletas recebeu ontem a maior delegação dos Jogos Olímpicos do Rio até agora: 630 operários, entre encanadores, eletricistas e faxineiros foram contratados às pressas para recuperar apartamentos com avarias que culminaram com a negativa da equipe australiana de ocupar os 15 andares destinados a seus atletas. Funcionários foram divididos em três turnos e trabalharão dia e noite. Operários contaram ao Estado que encontraram infiltrações, fiações expostas e placas de gesso prestes a desabar do teto. Os maiores problemas, segundo trabalhadores que pediram para não ser identificados, estão no conjunto de edifícios Pedra da Gávea, os últimos da vila e onde está inclusive a delegação brasileira. “Meu apartamento estava sem água quente, mas agora foi resolvido”, disse o filipino Ferdinand Brawner. O diretor de Comunicação do Comitê Organizador dos Jogos, Mario Andrada e Silva, prometeu uma vila “impecável” na quinta-feira. (Pág. H1)

Paes agora dá razão à Austrália
Após ter reagido com ironia à reclamação da delegação australiana por causa das más condições da Vila dos Atletas, o prefeito Eduardo Paes disse ontem que, “de fato, o prédio da Austrália é o pior” e considerou justas as queixas. (Pág. H2)

Com aval de Temer, Marta terá Matarazzo de vice em SP
A senadora Marta Suplicy (PMDB) e o vereador Andrea Matarazzo (PSD) fecharam acordo para disputar juntos a Prefeitura de São Paulo. A decisão ainda não foi formalizada, mas já obteve o aval do presidente em exercício Michel Temer. Após reunião com Marta, Matarazzo abriu mão da candidatura própria e aceitou ser vice da senadora. “Está certo que Matarazzo estará na aliança”, disse o presidente municipal do PMDB, José Yunes. (Política A4)

Petrobrás vai fazer PDV para reduzir pessoal
A Petrobrás prepara um Plano de Demissão Voluntária (PDV) para a BR Distribuidora, que pode atingir outras áreas. A empresa quer cortar 12 mil funcionários e R$ 33 bilhões em 4 anos. O PDV ainda precisa do aval do conselho de administração. (Economia B1)

Suplicy é detido por desacato em despejo (Metrópole A16)

TJ manda soltar réu que xingou juiz na internet (Metrópole A15)

Capital precisa de 4,7 mil professores (Metrópole a13)

Notas&Informações
Brasil de cara nova no G-20 – Durante anos, a presidente Dilma Rousseff e seus ministros quiseram dar lições ao mundo (A3)

A maioria também se equivoca – A defesa de eleições presidenciais diretas antecipadas pode servir ao lulopetismo (A3)


Folha de S. Paulo

Manchete : Metade dos prédios da Vila Olímpica não está pronta
Comitê diz que acabamento e limpeza serão concluídos até quinta
Um dia após sua abertura, a Vila dos Atletas, local de hospedagem das delegações para a Olimpíada do Rio, tinha 15 dos 31 prédios inacabados nesta segunda (25), relatam os enviados Camila Mattoso e Marcel Merguizo. Faltavam nas torres limpeza e acabamento. O diretor executivo de operações do comitê organizador, Rodrigo Tostes,declarou que tudo estará pronto até quinta. “Todos os Jogos têm problemas no início. Vamos resolver.” Anteontem, a delegação australiana recusou-se a ficar na Vila, alegando más condições elétrica e hidráulica. Eduardo Paes (PMDB), prefeito do Rio, admitiu ontem que o prédio da Austrália era pior que os outros. O consórcio Carvalho Hosken e Odebrecht, responsável pelo complexo, não se manifestou. Tostes disse também que há reparos nas áreas de treinos dos atletas. Faltam dez dias para a aberturados Jogos. (Esporte B6)

Dilma diz que não vai participar em posição secundária (Esporte B7)

Equipe do Brasil será monitorada por 800 câmeras (Esporte B6)

Governo de MG sabia de obra pivô de tragédia em Mariana
O governo de Minas Gerais vistoriou e recebeu informações de obras apontadas como responsáveis pela ruptura da barragem da Samarco em Mariana. A Fundação Estadual de Meio Ambiente disse não ter recebido documentos. O governo do Estado diz que não é sua função verificar mudanças na barragem. (Cotidiano B1)

Matarazzo será vice de Marta em SP; PTB debanda
Andrea Matarazzo (PSD) será vice de Marta Suplicy na disputa pela Prefeitura de São Paulo, após fechar aliança com o PMDB. Com isso, o PTB, que pleiteava a vice- candidatura na chapa, debandou. O partido negocia para que Marlene Machado seja vice de Celso Russomanno (PRB). (Poder a4)

Foto-legenda : À força
PMs detêm Eduardo Suplicy (PT) durante protesto contra reintegração de posse na zona oeste de SP; para o ex-senador, liberado em seguida, o ato foi truculento — governo de SP disse que ele insistiu em obstruir a ação (Cotidiano B3)

Marcelo Freixo
Mudança do país passa por debate sobre democracia
O caminho para fazer do Brasil um país mais justo começa e acaba no debate sobre o modelo de democracia. Ela não se restringe à eleição. Nossos sonhos não cabem nas urnas. O que precisamos é lutar para que elas não nos causem pesadelos. (Opinião a2)

Editoriais

Leia “A ameaça do imposto”, a respeito de possível aumento da carga tributária, e “Falhas olímpicas”, acerca de problemas na Vila dos Atletas. (Opinião a2)


Edição: Equipe Fenatracoop, Terça-Feira, 26 de Julho de 2016

Compartilhe nossa Matéria