Manchete dos Jornais neste domingo, 28 de fevereiro de 2016
Postado por: Equipe Portal Cambé Em 28th fevereiro 2016

Inflação e ‘feijão com arroz’ – As pessoas possuem uma compreensão muito sofisticada das coisas da economia, sabem fazer conta e não confiam em Dilma Rousseff…
Contra o vírus zika – Teste de vacina começa em 1 ano
Único brasileiro em grupo da OMS, o virologista Pedro Vasconcelos diz que vacina contra o zika será testada em um ano, mas produção pode levar de 3 a 5 anos.


O Globo

Manchete : Agência de governo é oásis de militantes
Ex-integrantes da campanha de Dilma ganham salário de até R$ 39,3 mil em órgão que recebe verba da União
Na contramão da crise econômica e do ajuste fiscal, uma agência vinculada ao Ministério do Desenvolvimento virou reduto de militantes da campanha presidencial de 2014. Eles turbinaram seus salários e têm direito a benefícios, incluindo diárias de viagem superiores às recebidas por ministros, conta VINICUS SASSINE. A Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) é presidida por Alexandre Teixeira, que coordenou o programa de Dilma e ganha R$ 39,3 mil, salário maior do que o da presidente. Há ao menos mais três casos de ex-integrantes da equipe eleitoral abrigados na ABDI. Um é Charles Capella: ex-coordenador do escritório de campanha, ele recebe R$ 25,9 mil como chefe de gabinete. O orçamento da agência este ano é de R$ 108 milhões — a maior parte de contribuições sociais de empresas. O restante vem de outras fontes, como o Orçamento da União. (Pág. 3)

Lula alega que Bumlai pagou reforma em sítio, mas pecuarista diz que só arcou com 10% da obra (Pág. 6)

Mônica, a peça-chave nos negócios de João Santana (Pág. 4)

Especial – Viagem ao paraíso perdido dos royalties
Prédios recém-construídos vazios, restaurantes fechados e filas de emprego são o novo cenário no Norte Fluminense que, depois de anos de bonança com os royalties do petróleo, vive agora os efeitos da queda no preço do barril e da crise na Petrobras.(…) (Págs. 29 a 33)

TST quer lei flexível no trabalho
O novo presidente do Tribunal Superior do Trabalho, Ives Gandra Filho, defende que os juízes adotem uma interpretação mais flexível da lei em momentos de crise como o atual. “Não adianta querer revogar a lei do mercado.” (Pág. 34)

Contra o vírus zika – Teste de vacina começa em 1 ano
Único brasileiro em grupo da OMS, o virologista Pedro Vasconcelos diz que vacina contra o zika será testada em um ano, mas produção pode levar de 3 a 5 anos. (Pág. 12)

Colunistas
Lauro Jardim – Odebrecht já discute delação premiada na Lava-Jato (Pág. 2)
Míriam Leitão – João Santana tinha certeza da impunidade (Pág. 30)
Elio Gaspari – Decisão do STF incentiva colaborações (Pág. 6)


O Estado de S. Paulo

Manchete : Para preservar mandato, Dilma se afasta do PT
Presidente falta à festa de 36 anos da legenda no Rio; em Santiago, disse que não governa ‘só para o partido’
A presidente Dilma Rousseff iniciou processo de afastamento do PT para tentar conter investidas da oposição e de parte do PMDB por sua saída do Palácio do Planalto. A avaliação é de que, para preservar o mandato, ela terá de se descolar do partido, alvejado pela Lava Jato e contrário à reforma da Previdência. A reforma é considerada prioritária para atrair apoio do empresariado e recuperar credibilidade no mercado. Em contrapartida, a ala majoritária do PT quer manter distância da presidente e da política econômica. Petistas se articulam com movimentos sociais para pressioná-la a rever a estratégia política. Como era esperado, ela não compareceu à festa de 36 anos da legenda, no Rio. Em Santiago, questionada sobre críticas ao ajuste fiscal, disse: “Não governo só para o PT. Governo para os 204 milhões de brasileiros”. O ex-presidente Lula marcou conversa com Dilma para tentar convencê-la a dar uma guinada na economia. (Política A4)

STF: Lula dá versão sobre sítio
O ex-presidente Lula apresentou ao STF sua versão sobre o sítio em Atibaia. O petista diz que a propriedade foi “prospectada” pelo ex-sindicalista Jacó Bittar e reformada por José Carlos Bumlai, preso na Lava Jato (Pág. A6)

Fisco aponta fraude em fusão de JBS e Bertin
A operação que uniu JBS e Bertin, os maiores frigoríficos do País, é contestada pela Receita Federal, informam Josette Goulart e Alexa Salomão. O Fisco considera a fusão fraudulenta e autuou o Bertin em R$ 3 bilhões. (Economia B1)

Prévia encerra trégua no PSDB paulista (Política A10)

G-20 vê economia global com fôlego fraco (Economia B9)

Reportagem Especial – O Brasil pode quebrar?
Nas últimas semanas, cinco relatórios de diferentes instituições retomaram o debate sobre a possibilidade de o Brasil quebrar, como aconteceu nos anos 1980. O temor é alimentado pela mistura de recessão, aumento de gastos e dívidas. A deterioração fecha empresas e empregos, corrói o bolso das famílias e amplia o rombo de União, Estados e municípios. (Economia B4 a B7)

Comércio não para de encolher
Com a maior queda nas vendas desde 2001, quase 100 mil lojas foram fechadas em 2015, e o setor calcula que mais 245 mil trabalhadores perderão o emprego neste ano. Comerciantes que sobrevivem veem a desvalorização de seus negócios (B6)

Gustavo H. B. Franco
Inflação e ‘feijão com arroz’ – As pessoas possuem uma compreensão muito sofisticada das coisas da economia, sabem fazer conta e não confiam em Dilma Rousseff. (Economia B3)

Notas&Informações
O peso do PMDB e das ruas – O avanço do processo de impeachment depende muito do claro apoio popular à ideia (A3)

Ingênuos – Depoimentos de João Santana e Mônica Moura refletem os tempos de colapso moral sob o lulopetismo (A3)


Folha de S. Paulo

Manchete : Maioria avalia que Lula foi favorecido por empreiteiras
Brasileiros veem ‘toma lá, dá cá’ em reformas de imóveis ligados ao ex-presidente, constata pesquisa Datafolha
A maioria dos brasileiros considera que o ex-presidente Lula foi favorecido por obras feitas por empreiteiras envolvidas na Lava Jato em dois imóveis ligados ao petista e seus familiares. Segundo o Datafolha, 62% dos entrevistados avaliam que o petista se beneficiou com as reformas no tríplex em Guarujá, a cargo da OAS. Sobre o sítio em Atibaia, também em SP, supostamente reformado por consórcio informal entre Odebrecht, OAS e o pecuarista José Carlos Bumlai, 58% acreditam que houve favorecimento. Para a maioria, governos do PT deram algo em troca às empresas envolvidas. O ex-presidente tem negado qualquer irregularidade. Realizada nos dias 24 e 25 deste mês, a pesquisa mostra queda, entre o final do ano passado e agora, do pessimismo da população em relação à própria situação econômica e à do Brasil. A gestão Dilma é reprovada por 64% dos brasileiros, taxa similar à de dezembro, e 60% querem o impeachment da presidente. (Poder A6)

Governo atrasa verba de plano para emprego, dizem empresas
Empresas participantes do PPE (Programa de Proteção do Emprego), que visa a preservação de postos de trabalho, relatam atrasos de até três meses na contrapartida paga pelo governo. O Ministério do Trabalho nega e diz que, em algumas situações, as empresas não entregaram a documentação no prazo. (Mercado A21)

Ausente de festa do PT, Dilma envia carta com elogio ao partido
Ausente da festa de 36 anos do PT, Dilma Rousseff enviou carta em que defende o partido e Lula, e diz que ataques não a “farão recuar”. A mensagem não foi bem recebida pela cúpula sigla, insatisfeita com sua ausência e sua agenda econômica. Em viagem oficial ao Chile, Dilma afirmou não governar só para o PT. (Poder A9)
Segmento estrangeiro de jogos de azar mira o Brasil (Cotidiano B5)

Prévias do PSDB à Prefeitura de SP acontecem hoje (Poder A10)

Editoriais
Leia “Contra o tempo”, sobre urgência de medidas contra a crise econômica, e “Vias abertas”, a respeito de fechamento da avenida Paulista para veículos. (Opinião A4)


Edição: Equipe Fenatracoop, Domingo 28 de Fevereiro de 2016

Compartilhe nossa Matéria