Manchete dos Jornais neste sábado, 25 de junho de 2016
Postado por: Equipe Portal Cambé Em 25th junho 2016

PF prende 3 por fraude em Petros e Postalis
A Operação Recomeço, da PF e do Ministério Público Federal, constatou prejuízo de R$ 90 milhões nos fundos de pensão Petros e Postalis, suspeitos de gestão fraudulenta em aplicações na Galileo Educacional. O dinheiro, que seria usado para recuperar a Universidade Gama Filho, foi desviado. (…

Saída britânica abala economia e põe em risco bloco europeu
Movimentos podem levar ao esfacelamento do Reino Unido e a referendos em outros países da Europa; primeiro-ministro David Cameron renuncia
O Reino Unido mergulhou numa crise política inédita e de conseqüências imprevisíveis. Causada pelo voto de 17,4 milhões de britânicos (51,9% dos eleitores) a favor da saída da União Europeia, a turbulência abalou o mercado internacional e derrubou as principais bolsas…


O Globo

Manchete : Para evitar incertezas, UE quer apressar saída do Reino Unido
Bolsas desabam e analistas temem freio no crescimento global
Vitória do Brexit leva premier conservador David Cameron a apresentar renúncia e ameaça também liderança do opositor Partido Trabalhista. Decisão afeta as negociações do Mercosul
O terremoto causado pelo referendo em que os britânicos decidiram tirar o Reino Unido da União Europeia (UE), após 43 anos, provocou a renúncia do premier David Cameron, que apoiava a permanência no bloco. Ele vai ficar no cargo até outubro e anunciou que não haverá mudanças imediatas na relação com a UE. Líderes do bloco, porém, pediram que a saída britânica seja acelerada para diminuir as incertezas. (…) No Brasil, a alta do dólar, com a instabilidade nos mercados, pode adiar queda dos juros. E as negociações entre Mercosul e UE devem ser afetadas. (Págs. 17 a 25)

Temer defende queda dos juros neste ano
Em entrevista a jornais, o presidente interino, Michel Temer, defendeu a redução da taxa de juros ainda neste ano e disse ter conversado com o presidente do Banco Central, llan Goldjafn, sobre o assunto. Temer afirmou que a Lava-Jato deve prosseguir, mas ressaltou que o “país não pode ficar dez anos nessa situação”. Para ele, o deputado Eduardo Cunha não atrapalha o governo em nada. (Pág. 3 e Jorge Bastos Moreno)

Teori envia denúncia contra Lula à Justiça do Distrito Federal (Pág. 4)

Moro condena Pessoa, mas diz que ele é o melhor delator (Pág. 4)

PF prende 3 por fraude em Petros e Postalis
A Operação Recomeço, da PF e do Ministério Público Federal, constatou prejuízo de R$ 90 milhões nos fundos de pensão Petros e Postalis, suspeitos de gestão fraudulenta em aplicações na Galileo Educacional. O dinheiro, que seria usado para recuperar a Universidade Gama Filho, foi desviado. (Pág. 26)

Polícia indicia 14 por desabamento
A polícia indiciou 14 pessoas por homicídio culposo no inquérito sobre queda de ciclovia em São Conrado, que causou duas mortes. (Pág. 9)

Brasil pode ter que testar doping no exterior (Pág. 32)

Ministra defende jornalistas do PR
A ministra do STF Cármen Lúcia defendeu jornalistas alvos de ações após reportagens sobre salários de juízes. “Não está no espaço da privacidade.” (Pág. 6)

Colunas
Míriam Leitão – O espectro da desunião volta a rondar a Europa (Pág. 23)

Adriana Carranca – Referendo expôs ressentimentos latentes no país (Pág. 20)

Arnaldo Bloch – O Brexit pode desaguar num mar de fascismo (Segundo Caderno)


O Estado de S. Paulo

Manchete : Saída britânica abala economia e põe em risco bloco europeu
Movimentos podem levar ao esfacelamento do Reino Unido e a referendos em outros países da Europa; primeiro-ministro David Cameron renuncia
O Reino Unido mergulhou numa crise política inédita e de conseqüências imprevisíveis. Causada pelo voto de 17,4 milhões de britânicos (51,9% dos eleitores) a favor da saída da União Europeia, a turbulência abalou o mercado internacional e derrubou as principais bolsas. A de Milão despencou 12,48%, a de Madri, 12,35%, a de Paris, 8,04% e a de Frankfurt, 6,82%. Foi o maior recuo num dia na Europa desde a crise de 2008. No Brasil, o Ibovespa caiu 2,82%. Líder da campanha pela permanência, o primeiro-ministro David Cameron anunciou que deixará o cargo em três meses, abrindo caminho a Boris Johnson, líder dos “eurocéticos”. Na Escócia e Irlanda do Norte, movimentos pró-Europa podem levara o esfacelamento do Reino Unido. A saída causou um efeito dominó: grupos populistas e de extrema direita já reivindicam referendos em outros países, como Holanda, Áustria, Itália, França e Alemanha. Para abrir caminho a reformas no bloco, líderes europeus pressionam Londres a formalizar logo a ruptura. Barack Obama disse que a “relação especial” de EUA e Reino Unido não mudará. (Internacional A12 a A19 e Economia B1 a B5)

Análises

Gilles Lapouge – Fecha parênteses
No fundo, ninguém acreditava. O carro seguiu para o precipício e não freou. O Reino Unido renova os laços dourados e negros de sua longa história (A13)

Kenneth Rogoff – Fracasso democrático
Qualquer ação para redefinir as fronteiras de um país deveria exigir muito mais do que maioria simples. Baixo grau de exigências do referendo criou uma roleta-russa (A18)

The Economist – Péssimo para economia
Se até o Reino Unido é capaz de revogar acordo comercial regional, como as empresas poderão confiar na solidez de outros arranjos internacionais? (B4)

Brasileiros veem impacto inevitável
O Brexit pegou de surpresa brasileiros que vivem no Reino Unido. A avaliação é de que efeitos serão inevitáveis, já que regras migratórias devem mudar. Britânicos que vivem em outros países da Europa também serão afetados por questões como visto de trabalho, aposentadoria e sistema de saúde. (A18)

Lava Jato ‘não vai ficar aí o resto da vida’, diz Temer
O presidente em exercício, Michel Temer, disse que “não fixa prazo” para o final da Lava Jato e destacou que a operação “está passando o Brasil a limpo”. Ressalvou, porém, que a operação não vai durar “dez anos” ou “ficar aí o resto da vida”. Em entrevista a jornais, Temer afirmou que as investigações devem prosseguir “enquanto houver irregularidades”. Ele ressaltou que, apesar da interinidade, fará tudo “intensamente”, e afirmou esperar que os juros caiam para “animar a economia”. À Rádio Estadão, Temer disse lamentar o contexto da prisão de Paulo Bernardo. (Política A4)

Cerveró é xingado em voo
Ex-diretor da Petrobrás foi chamado de ‘bandido’, ‘safado’ e ‘ladrão’ no voo para o Rio. Ele cumprirá prisão domiciliar. (Política A6)

Dilma pode usar avião da FAB. Mas tem de pagar (Política A10)

PF investiga desvios nos fundos Petros e Postalis (Política A11)

Agência antidoping barra laboratório brasileiro (Esportes A24)

Notas&Informações
Um lance de alto risco – A primeira e mais agourenta consequência do Brexit é o estímulo a grupos de extrema direita (A3)

O bem que faz a inidoneidade – Declaração impede que o poder público contrate empresas com histórico de fraudes em licitações (A3)


Folha de S. Paulo

Manchete : Saída britânica da UE derruba Cameron e espalha incertezas
Reino Unido perde liderança para conduzir processo de ruptura; separatismo ganha força na Europa
O rompimento do Reino Unido com a União Europeia, decidido em plebiscito, derrubou a principal liderança do país. Pró-permanência, o conservador David Cameron anunciou que renunciará ao cargo de premiê. Fusão dos termos em inglês “saída” e “britânica”, o “Brexit” teve 52% dos votos, ou 17,4 milhões, e espalhou incertezas. Caberá ao novo primeiro- ministro conduzir as negociações do processo da ruptura, que deve durar dois anos. O premiê é o líder do partido majoritário no Parlamento. Boris Johnson, ex-prefeito de Londres, abraçou o “Brexit” e se fortaleceu entre os conservadores. O plebiscito provocou uma onda de pedidos separatistas pela Europa. Escócia e Irlanda do Norte ameaçam deixar o Reino Unido e aderir ao bloco europeu. Há focos em outros países, como Suécia, Suíça e Itália. Em reação ao Brexit, Bolsas caíram e a libra atingiu o menor patamar desde 1985. Houve corrida por moedas mais seguras, como o iene (Japão). Os britânicos derrotados esperam recessão e fuga de capitais. Os vencedores falam em acordos políticos e comerciais promissores, a serem costurados. (Mundo a13)

Index – Saída britânica
Poder de negociação definirá tamanho do efeito na economia (Mercado a18)

Pelo segundo ano seguido, pesquisas erram o resultado (Mundo a16)

Mudança impactará a mais rica liga de futebol do planeta (Mundo a19)

Igor Gielow – Brasil precisa renovar a sua inserção num mundo em mudança (Opinião a2)

Hélio Schwartsman – Viés antiestrangeiro foi elemento que influenciou decisão (Opinião a2)

Temer defende redução de juros ainda neste ano
O presidente interino, Michel Temer (PMDB), defendeu nesta sexta (24) uma redução “responsável” da taxa básica de juros neste ano. Ele disse que a queda terá efeito “concreto e psicológico” sobre as expectativas em relação ao crescimento da economia. (Mercado 2 pág.10)

Laboratório que custou R$ 188 mi é suspenso e Rio-2016 não poderá usá-lo (Esporte b14)

Editoriais
Leia “Canal chapa-branca”, a respeito de reformulação da EBC, e “Estigma de periferia”, sobre cotidiano dos bairros mais afastados em São Paulo (Opinião a2)


Edição: Equipe Fenatracoop, Sábado, 25 de Junho de 2016

Compartilhe nossa Matéria