Manchete dos Jornais neste sábado, 27 de fevereiro de 2016
Postado por: Equipe Portal Cambé Em 27th fevereiro 2016

Paralisia associada à zika – Morte suspeita é investigada
Morte de jovem de 22 anos com suspeita de Guillain-Barré no Salgado Filho é investigada. A doença, quando associada à zika, é mais agressiva. Rio fará mutirão para diagnóstico de microcefalia.


 

O Globo

Manchete : Marqueteiro do PT recebeu da Odebrecht na eleição, diz PF
Planilha indica repasses de R$ 4 milhões no fim da campanha de Dilma
De acordo com a força-tarefa da Lava-Jato, o dinheiro teria sido usado para quitar dívidas eleitorais; para Moro, valores são vultosos e mostram proximidade de João Santana com a empreiteira
Planilha encontrada pela Lava- Jato indica que o marqueteiro João Santana recebeu, no período da campanha da presidente Dilma à reeleição, R$ 4 milhões da Odebrecht. Um total de sete repasses foi registrado entre outubro e novembro de 2014. Os pagamentos, segundo a Lava-Jato, teriam sido feitos para quitar dívidas de campanha. Ao renovar a prisão de Santana e de sua mulher e sócia, Mônica Moura, o juiz Sérgio Moro afirmou que os repasses indicam uma proximidade do marqueteiro com a Odebrecht “muito maior” do que fora admitido à PF. (Pág. 3)

Merval Pereira – Viciados em acarajés e suas inconsistências (Pág. 4)

Versão de sócia é desmentida
Apontada pela sócia e mulher de João Santana como beneficiária de US$ 200 mil para aluguel de câmeras, Silvana Lagnado disse a THIAGO HERDY não conhecer o casal. (Pág. 4)

Do pixuleco aos acarajés
Numa troca de e-mails, funcionários da Odebrecht combinaram a entrega de acarajés, o que, para a PF, era a expressão usada para propinas. (Pág. 3)

PT e Dilma em luta por sobrevivência
Cada vez mais distantes, o que a afastará da festa do partido hoje, PT e Dilma travam disputa por sobrevivência. (Pág. 8)

PF apura remessa de FH a ex-amante
A Polícia Federal abriu inquérito para investigar o envio de dinheiro pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso à sua ex-amante Mirian Dutra no exterior. A jornalista afirmou que recebeu os recursos por meio de um contrato fictício com a Brasif. FH nega ter usado a empresa. (Pág. 7)

Tributos pesam na inflação
A crise nos estados, que levou 21 das 27 unidades da Federação a subirem impostos, já tem impacto na inflação. Produtos como computadores, bebidas e até papel higiênico subiram de preço, informa LUCIANNE CARNEIRO. (Pág. 17)

Paralisia associada à zika – Morte suspeita é investigada
Morte de jovem de 22 anos com suspeita de Guillain-Barré no Salgado Filho é investigada. A doença, quando associada à zika, é mais agressiva. Rio fará mutirão para diagnóstico de microcefalia. (Pág. 9)

Colunistas
Ancelmo Gois – Políticos são os primeiros a abandonar o barco (Pág. 8)
Lauro Jardim – PT e mercado não confiam na presidente (Pág. 8)
Míriam Leitão – Plano de emergência do PT só agravará a crise (Pág. 18)
Zuenir Ventura – Prisões não são perseguição, mas sinal de melhora (Pág. 15)


Estado de Minas

Manchete: Dengue dificulta outros diagnósticos
O som tem de continuar Marco Antônio Guimarães, criador do Uakti, fala pela primeira vez sobre o fim do grupo, em outubro do ano
passado. Para o mago da sonoridade, intenção de fãs de levar instrumentos para museu seria o caminho para preservar acervo.
Doenças com sintomas semelhantes confundem pacientes e os médicos que os atendem A multiplicação de casos de dengue em BHt em dificultado o diagnóstico médico de outras
viroses com sintomas parecidos, como as respiratórias e gastrointestinais.Quando a pessoa apresenta febre associada a dores no corpo e nas articulações, enjoo e a manchas vermelhas na pele, a tendência é que o caso seja classificado como dengue.Mas o Estado de Minas localizou pacientes que tiveram o diagnóstico desmentido pelo exame de sangue.
Um dos casos era,na verdade,de laringite.E outro,virose respiratória.Especialistas explicam que é difícil fazer diagnóstico preciso no início,quando as manifestações são uma resposta geral do organismo à infecção. E que só o terceiro ou quarto dia em diante cada vírus começa a provocar sinais específicos.Como a dengue é grave e pode matar,por precaução,os médicos tende ma tratar inicialmente outras viroses como se fossem a doença. Pág.13E14


Gazeta do Povo

Manchete: O amor em tempos de zika
Entre o sonho de ser mãe e o pesadelo do zika
Falta de respostas faz casais adiarem planos de gravidez
ENTREVISTA
Secretária da educação diz que espera que 2016 seja um ano normal
SEI QUE NADA SEI
Pesquisa mostra que empresários, governos e até religiões fomentam a desinformação
ENTREVISTA
Getúlio Vargas: um homem, várias faces
Vida Pública▴ Voltar ao topoO RECEBEDOR
Operação da PF escancara anos de corrupção na Ferrovia Norte-Sul
PÚBLICO X PRIVADO
Favor, jeitinho, padrinho… A linha que separa esses comportamentos da corrupção é tênue
RELAÇÕES PERIGOSAS
Confira alguns casos polêmicos de ‘favores’ e apadrinhagem entre políticos e empresários
IMPEACHMENT
Oposição se prepara para engrossar protesto de 13 de março
IMPEACHMENT
Movimentos anti-Dilma buscam cada vez mais apoio no Congresso
Economia▴ Voltar ao topoINOVAÇÃO
Até onde a tecnologia pode nos levar?
AVIAÇÃO
Em crise, Gol receberá até R$ 1 bi da Smiles e cortará sete destinos
TELEFONIA
Custo das ligações de telefone fixo para móvel ficam até 18,52% mais baratas no Paraná
IR 2016
Cinco passos para uma declaração do Imposto de Renda sem erros
CAGED
Brasil fecha 99,7 mil empregos formais em janeiro
ENTREVISTA
“CPMF vai contribuir para nossa pobreza”, diz Ozires Silva
SENADO
Renan Calheiros quer votar independência do Banco Central


Folha de S. Paulo

Manchete : Lava Jato diz que Odebrecht pagou marqueteiro no país
Para a Polícia Federal, João Santana recebeu R$ 4 mi durante campanha de Dilma
Uma planilha apreendida na casa de funcionária da Odebrecht indica, de acordo com a Polícia Federal, que João Santana, marqueteiro do PT, recebeu pelo menos R$ 4 milhões da empreiteira no Brasil, entre 24 de outubro e 7 de novembro de 2014. Nesse período, o publicitário trabalhava na campanha de reeleição da presidente Dilma Rousseff. Hoje, ele e a mulher estão presos. APF considera a planilha “base de dados de propina” e sugere que o repasse total pode superar R$24 milhões. Segundo o juiz Sergio Moro, o possível pagamento no país é “inconsistente” com as versões apresentadas pelo casal. A defesa reafirmou que ambos não foram pagos no exterior para campanhas no Brasil. A Odebrecht afirmou desconhecer a planilha. Nesta sexta (26), o ministro Gilmar Mendes, do Tribunal Superior Eleitoral, pediu apuração de sete empresas que prestaram serviços à campanha da petista. Quatro ações na Justiça Eleitoral pedem a cassação de Dilma e seu vice, Michel Temer. (Poder a4 e a5)

Em ataque ao governo Dilma, PT propõe mais gastos públicos
O PT atacou o ajuste fiscal do governo da petista Dilma e propôs um “programa nacional de emergência” para mudar a política econômica. O texto, aprovado pelo diretório nacional do partido, defende a redução dos juros, o aumento do gasto público e o uso das reservas cambiais para financiar obras. Petistas se queixaram da possível ausência de Dilma no 36º aniversário do PT, neste sábado (27). (Poder a6)

Polícia Federal vai investigar repasse de FHC a ex-amante
A Polícia Federal investigará o ex-presidente FHC por suspeita de evasão de divisas, informam Natuza Nery e Mônica Bergamo. As suspeitas foram levantadas após Mirian Dutra, ex-amante do tucano, afirmar à Folha que ele custeou despesas dela e do filho, no exterior, por meio de uma empresa que geria free shops. FHC disse que vai esclarecer o necessário. (Poder a7)

PF apura desvios de R$ 630 mi da ferrovia Norte-Sul
Em ação derivada da Lava Jato, a Polícia Federal deflagrou operação para investigar suposto esquema de fraude, cartel e propina na construção de ferrovias. Só em Goiás, investigadores apuraram mais de R$ 630 milhões desviados na construção da ferrovia Norte- Sul. Ninguém foi preso. (Poder a8)

Ministro afirma que zika é causa de microcefalia
O ministro da Saúde, Marcelo Castro, afirma não haver dúvida de que é o vírus da zika o causador da epidemia de microcefalia no país, embora não se saiba ainda se essa é a única razão. Unidades de saúde, diz Castro, já estão recebendo teste rápido para dengue, zika e chikungunya. (Cotidiano b5)

André Singer
Ao se separar de Lula, presidente serra o galho no qual está sentada (Opinião A2)
Ruy Castro
Reforma do ensino tornará milhões de livros obsoletos
A reforma dos currículos escolares, destinada a tornar o brasileiro um povo politicamente correto, fará com que milhões de livros se vejam superados e multidões de professores tenham de se reciclar ou ser substituídos. (Opinião a2)

Editoriais
Leia “Salve-se quem puder”, sobre desavenças entre Dilma e o PT, e “Justiça previdenciária”, acerca de aposentadorias dos servidores públicos. (Opinião A2)


Edição: Equipe Fenatracoop, Sábado 27 de Fevereiro de 2016

Compartilhe nossa Matéria