Indústria se alimenta de encomendas de 2012; O segmento de máquinas e materiais elétricos faturou, entre janeiro e novembro de 2013, mais 19% do que no ano anterior, beneficiado por pedidos antigos. O desempenho acentua os extremos do setor. No mesmo período, o de bebidas amargou uma queda de 14,9%…

Emprego: A construção civil criou 3,12 milhões de vagas no ano passado, quando também subiram os acidentes…

Geração de empregos é a pior desde 2004; Brasil fechou 2013 com saldo de 1,1 milhão de vagas de trabalho formal, resultado 14,8% menor que o de 2012 e abaixo da meta do governo…

O Brasil com o passo errado; A economia global deve crescer 3,7% neste ano e 3,9% no próximo. Enquanto isso, o Brasil derrapa….

 

O Estado de S. Paulo

Manchete: Dilma e PT agem para evitar ações violentas na Copa

Avaliação é de que uma nova série de manifestações causará prejuízo à presidente às vésperas da eleição
O Palácio do Planalto dá como certa a realização de protestos durante a Copa e, em conjunto com o PT, se mobiliza para evitar atos de repressão policial com potencial de gerar uma onda de manifestações semelhante à de junho de 2013. O objetivo das ações é minimizar os danos à imagem da presidente Dilma Rousseff em ano eleitoral. O ministro José Eduardo Cardozo (Justiça) vai se reunir com secretários de Segurança dos 12 Estados sede para firmar um protocolo de atuação policial nos protestos. Para sábado estão previstas 36 manifestações em diversos Estados, convocadas pelas redes sociais sob o slogan #naovaitercopa. A partir da próxima semana, Dilma participa de inaugurações de estádios, reformas de aeroportos e obras de infraestrutura. Por orientação da presidente, o ministro Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral da Presidência) tem se reunido com movimentos populares. (Págs. 1 e Política A4 e A5)
Atrasada, Curitiba corre risco
O atraso das obras da Arena da Baixada, que abrigará quatro partidas da primeira fase, irritou Jérôme Valcke. A Fifa cobra progressos até 18 de fevereiro. (Págs. 1 e Esportes A18)

Padilha e seu sucessor vão a Cuba com a presidente

O secretário de Saúde de São Bernardo do Campo, Arthur Chioro, assumirá o Ministério da Saúde no lugar de Alexandre Padilha (PT), que vai deixar o cargo em fevereiro para se candidatar ao governo de São Paulo. A presidente Dilma Rousseff escolheu Chioro, que também é filiado ao PT, por ter ficado “impressionada” com seu trabalho na cidade do ABC paulista. Padilha e Chioro vão com Dilma a Cuba. Lá, a presidente vai agradecer a Raul Castro por ceder profissionais para o programa Mais Médicos. (Págs. 1 e Política A6)
Apoio ‘para tudo’ em SP
O prefeito Fernando Haddad (PT) disse que quer participar da campanha de Alexandre Padilha. “Na medida das minhas possibilidades, estou à disposição do Padilha para tudo”, disse. (Págs. 1 e A6)

Protesto faz PM agir sem uniforme

Força Tática da PM dispersa manifestantes que bloquearam a via local da Marginal Tietê, sentido Castelo Branco, entre as pontes do Limão e Júlio de Mesquita Neto. Eles fecharam a pista alegando que Elivelton Bento da Silva, de 16 anos, foi morto pela polícia. Os PMs foram com a roupa de treino para agilizar a abertura da via. (Págs. 1 e Metrópole A16)

Haddad diz que ação do MP ‘carece de embasamento’

Diante de possível batalha jurídica por conta de alagamentos recorrentes na cidade, o prefeito Fernando Haddad (PT) disse que a ação apresentada pelo Ministério Público Estadual e revelada ontem pelo Estado “tem seu mérito, mas carece de embasamento técnico”. Sem recursos, Haddad afirmou que terá de rever o cronograma de seu plano de metas, que até 2016 prevê investimentos de R$ 24 bilhões. (Págs. 1 e Metrópole A13)

Geração de empregos tem pior resultado em 10 anos

A criação de empregos com carteira assinada sofreu uma desaceleração e registrou em 2013 o índice mais baixo em 10 anos. Apesar da queda em relação a 2012, atribuída à desaceleração da economia, o País acrescentou mais de 1 milhão de vagas ao mercado de trabalho. Foi gerado 1,117 milhão de empregos e o governo estima a criação de 1,4 milhão neste ano. (Págs. 1 e Economia B1)

Juro elevado afetará crescimento, diz FMI

A elevação dos juros e o baixo nível de investimentos levaram o FMI a reduzir pela segunda vez quatro meses a projeção de crescimento do PIB brasileiro. (Págs. 1 e B7)

Morre terceira vítima do ano da violência em Pedrinhas

Um preso foi encontrado morto ontem em uma das oito unidades prisionais do Complexo de Pedrinhas, em São Luís. Segundo peritos, Jô de Sousa Nojosa, de 21 anos, morreu por enforcamento. A vítima tinha sinais de agressão, o que afastou a hipótese de suicídio. Ele é o terceiro morto neste ano em Pedrinhas, onde 63 morreram em 2013. (Págs. 1 e Metrópole A16)

Em encontro em Genebra, regime tentará salvar Assad

A conferência de paz sobre a Síria começa hoje na Suíça sem objetivo claro, nem prazo para acabar. Será a primeira vez que o governo de Bashar Assad e a oposição sentarão na mesma mesa para negociar após três anos de guerra, que deixou 130 mil mortos. O regime Assad apresentará propostas para tentar redefinir os objetivos do encontro e evitar sua queda. (Págs. 1 e Internacional A8)
Análise: Gilles Lapouge A verdadeira conferência
Se para uma conferência são convidados somente os delegados de um mesmo campo e excluídos os do campo contrário ela não tem propósito. (Págs. 1 e A8)

PM à paisana filma ‘rolezinho’ no Leblon (Págs. 1 e Metrópole A15)

Itália prende antigo contador do Vaticano (Págs. 1 e Internacional A11)

Marcelo de Paiva Abreu

Seu interesse nacional
O Brasil, mergulhado na mediocridade e satisfeito, precisa de sacudidela. Alternância política é bom, mas um bom programa de governo seria melhor. (Págs. 1 e Economia B2)

Roberto DaMatta

Um comentário e dois fatos
Você descobre que é uma celebridade quando as pessoas duvidam que você esteja no mesmo lugar onde elas estão! (Págs. 1 e Caderno 2, C8)

Notas & Informações

O Brasil com o passo errado
A economia global deve crescer 3,7% neste ano e 3,9% no próximo. Enquanto isso, o Brasil derrapa. (Págs. 1 e A3)

————————————————————————————

Correio Braziliense

Manchete: Para jovens, só existe emprego na Esplanada

O futuro está no serviço público. Esse é mantra adotado por uma geração de brasileiros que dedica anos de estudo e frequenta cursos preparatórios em busca de uma vaga no funcionalismo. A estabilidade e o salário atraente se tornaram fatores tão decisivos que anulam qualquer interesse na iniciativa privada. Entre os concurseiros, tornou-se comum adquirir a primeira experiência profissional somente em uma repartição. O fenômeno divide a opinião de especialistas. Parte deles considera positivo o rejuvenescimento da máquina estatal — 37% dos servidores civis do Executivo têm entre 46 e 60 anos —, mas outros alertam o para a possível frustração que os estreantes podem sentir ao trabalhar na burocracia. (Págs. 1 e 11)

Um escritório para Dirceu… E o troco para Delúbio

O ex-ministro José Dirceu está perto de conseguir o benefício de trabalhar fora da prisão. Servidores da Vara de Execuções Penais vistoriaram as salas da empresa do advogado José Gerardo Grossi, e, caso o relatório seja favorável, o ex-ministro deverá ser contratado, ganhando R$ 2,1 mil. Delúbio Soares, outro condenado no mensalão, recebeu uma boa notícia, ontem. Ele pode herdar parte dos R$ 761 mil arrecadados para pagar a multa de José Genoino, fixada em R$ 667.513,92. Mas uma saia justa marcou o segundo dia do petista na CUT: o motorista que o deixou no Conic parou na vaga para pessoas com deficiência e poderia ter sido multado. (Págs. 1, 2 e 4)

Seu cartão foi clonado? Saiba como aconteceu

Uma quadrilha lesava clientes em um posto de gasolina da Asa Sul. Um dos frentistas anotava os dados do cliente, depois o grupo usava os números em compras pela internet. Cinco suspeitos foram presos acusados de movimentar R$ 2 milhões com o golpe. (Págs. 1 e 25)

Inadimplência cai, polêmica segue na rede

A discussão sobre o desempenho do varejo brasileiro opôs uma empresária e jornalistas na tevê. A divulgação de dados sobre as dívidas dos consumidores acirrou a briga na internet. (Págs. 1 e 9)

Aeroporto JK: Brasília no topo dos transtornos

Dirigente da aviação civil diz que passageiro que usa o terminal do DF é o que mais sofre em todo o país. Consórcio alega que ampliação é uma obra complexa. (Págs. 1 e 27)

Protestos: Grita geral dos universitários

Estudantes de universidades do Rio de janeiro fechadas pelo MEC fizeram nova manifestação na Esplanada. Eles também denunciaram abusos da PM do DF. (Págs. 1 e 7)

Baixada pode ser varrida da Copa 2014

Sede do Atlético-PR, a Arena tem obras atrasadas e recebeu ultimato da Fifa. Curitiba pode perder os jogos se o estádio não estiver pronto até 18 de fevereiro. (Págs. 1 e Superesportes, Capa)

————————————————————————————

Estado de Minas

Manchete: Bola fora

Fifa inspeciona o Mineirão e faz novas exigências para a Copa que custarão mais R$ 50 milhões aos cofres públicos.
Foi a última vistoria no estádio para definir novos projetos para o Mundial. A projeção é que o governo do estado tenha de gastar 30% a mais do que os R$ 38,3 milhões despendidos com intervenções temporárias para a Copa das Confederações. O valor foi questionado pelo MP, que propôs ação civil pública contra a Fifa e o Comitê Organizador Local (COL) pedindo ressarcimento. Agora serão mais despesas com áreas vips, salas técnicas, tribuna de imprensa, centro de mídia, passarelas, divisórias e instalações elétricas, hidráulicas e de ar-condicionado, entre outras. Boa parte das obras tornará a ser desfeita depois da Copa. (Págs. 1 e 21)
Obras em Confins têm outro atraso, agora na reforma da pista, limitando os voos extras durante o Mundial
Depois de seguidos adiamentos do cronograma de remodelação do terminal de passageiros, a Infraero informou às empresas aéreas que a ampliação da pista está atrasada. Prevista para começar este mês, a segunda fase do serviço foi prorrogada para o fim de fevereiro. A intervenção faz parte de um pacote que inclui as obras no pátio de aeronaves (D) e no terminal de aviação geral. A Infraero garante que a entrega de tudo está mantida para março. Os atrasos impedem que Confins tenha mais voos extras no período da Copa e, com a operação no limite, também não pode servir de alternativa a outros aeroportos. (Págs. 1 e 10)

Geração de empregos é a pior desde 2004

Brasil fechou 2013 com saldo de 1,1 milhão de vagas de trabalho formal, resultado 14,8% menor que o de 2012 e abaixo da meta do governo. (Págs. 1 e 11)

Dirceu pode sair da cadeia para trabalhar semana que vem (Págs. 1 e 3)

Presídios: Brasil tem 43% mais presos do que consegue abrigar

Relatório de ONG internacional afirma que sistema carcerário brasileiro tem problemas “crônicos”, como superlotação e torturas. No Maranhão, outro preso foi encontrado morto, o terceiro só este ano. (Págs. 1 e 7)

————————————————————————————

Jornal do Commercio

Telexfree com atuação no exterior

Para driblar o bloqueio judicial, muitos brasileiros buscaram empresas coligadas em países como Portugal, Peru e EUA. Segundo a TV portuguesa, somente na Ilha da Madeira já são 41 mil adesões. (Págs. 1 e Cidades/economia 8)

Programa de Eduardo sai dia 4 de fevereiro

PSB lança primeiros projetos do presidenciável para o País em evento, em Brasília. (Págs. 1 e 3)

PF desmantela fraude milionária na Previdência (Págs. 1 e Cidades/Economia 9)

Mais uma morte em presídio do Maranhão (Págs. 1 e 6)

————————————————————————————

Zero Hora

Manchete: Com novas taxas, Detran arrecada mais de R$ 1 bilhão

Receita do departamento de trânsito cresceu 47,6% em 2013, e dinheiro extra foi para conta que ajuda a bancar despesas gerais do Estado. (Págs. 1 e 6)

Energia de sobra

Com parque eólico de R$ 1,5 bilhão, Santa Vitória do Palmar deixa escassez para trás e vai exportar eletricidade. (Págs. 1, 4 e 5)

Made in RS: Exportação é recorde e dá sinal de reação

Venda gaúcha ao Exterior atinge marca histórica em 2013 e anima a indústria. (Págs. 1 e 16)

Contas em dia: Pela primeira vez em 14 anos, o calote diminui

Em 2013, emprego, rigor no crédito e disciplina reduziram taxa de inadimplência em 2%. (Págs. 1 e 17)

Na Suíça: Governo e opositores sírios ensaiam negociação (Págs. 1 e 26)

————————————————————————————

Brasil Econômico

Manchete: Indústria se alimenta de encomendas de 2012

O segmento de máquinas e materiais elétricos faturou, entre janeiro e novembro de 2013, mais 19% do que no ano anterior, beneficiado por pedidos antigos. O desempenho acentua os extremos do setor. No mesmo período, o de bebidas amargou uma queda de 14,9%. (Págs. 1, 4 e 5)

Ônibus: Governos tentam conter reajustes

Com tarifas represadas desde as manifestações de junho de 2013, estados e prefeituras buscam formas de evitar aumento de preço em ano de eleição. No Rio, foi reduzido o IPVA do setor e São Paulo ainda procura uma saída. (Págs. 1 e 6)

Medicamentos: Laboratórios apostam em biotecnologia

Empréstimos aprovados pelo BNDES para o setor farmacêutico cresceram 275% entre 2011 e 2013, chegando a R$ 1,47 bilhão. A maior parte desse valor foi direcionada para a construção de fábricas de remédios que usam técnicas de engenharia genética. (Págs. 1, 10 e 11)

Tecnologia: Solução para a publicidade na internet

Em seminário com a presença da ministra Helena Chagas, a WebSpectator apresentou ontem ferramenta que põe fim ao dilema de anunciantes do mundo digital: saber a real interação dos consumidores com suas campanhas. (Págs. 1, 12 e 13)

Imóveis: O crédito imobiliário atingiu um novo recorde, movimentando R$ 109,2 bilhões no ano passado (Págs. 1 e 20)

Emprego: A construção civil criou 3,12 milhões de vagas no ano passado, quando também subiram os acidentes (Págs. 1 e 7)

Fotolegenda: Contraste

Rebocador quebra o gelo no Lago Michigan, em Chicago, onde a onda de frio fez com que as cidades ficassem cobertas por até 30 centímetros de neve e os ventos levaram os termômetros a 25 graus abaixo de zero. A temperatura baixa tem castigado os Estados Unidos. Nova York despertou ontem em meio a uma tempestade. (Pág. 1)

Clipping Radiobrás

Edição: Equipe Fenatracoop

Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.