País tem mais pobres do que governo estima, indica tribunal

O Tribunal de Contas da União aponta defasagem nos dados do governo Dilma sobre a redução da pobreza no Brasil. Diz que a linha da miséria deve ser reajustada pelo valor de referência internacional que baseou a implantação do Bolsa Família. O Ministério do Desenvolvimento Social disse que o TCU “parte de premissas erradas para chegar a conclusões equivocadas”…

 Emprego na indústria tem nova queda

Em julho, o número de postos de trabalho no setor recuou 0,7% em comparação a junho, na quarta queda seguida. A redução acumulada no ano é de 2,6%…

A FICHA NÃO CAIU EM BRASÍLIA

Há duas semanas, em entrevista ao Brasil Econômico,a economista Mônica de Bolle afirmou que o país, apesar dos problemas, ainda não vivia situação de crise econômica clássica. Mas advertiu que o quadro está piorando e pode se agravar se as agências de rating decidirem tirar o grau de investimento da economia brasileira.

O Globo

Manchete : Dilma desmoralizou a reeleição, acusa Aécio

Em sabatina no Globo, ele também critica Marina e diz ser ‘mudança segura’

‘O que é a nova política? Será que é governar com o terceiro time do PSDB e PT?’, pergunta tucano

Na série de sabatinas do Globo com os candidatos à Presidência, Aécio Neves (PSDB) afirmou ontem que reeleição “faz mal ao Brasil”. Perguntado se seu partido errou ao conseguir aprovar essa possibilidade, ele disse ter sido uma experiência, mas que a presidente Dilma Rousseff (PT) acabou por desmoralizá-la. Seguindo sua estratégia de se apresentar como “mudança segura”, disse ter os melhores quadros para o país e criticou Marina Silva (PSB): “O que é a nova política (da ex-senadora)? Será que é governar com o terceiro time do PSDB e PT?” (Págs. 8 a 11)

Apesar da pancadaria, quadro fica inalterado

Datafolha mostra estabilidade na disputa presidencial, com empate técnico entre Dilma e Marina no 1° e no 2° turnos

Pesquisa Datafolha divulgada ontem mostra que, apesar da pancadaria entre os três principais candidatos à Presidência, a disputa se estabilizou, com forte polarização entre a presidente Dilma (PT) e a adversária do PSB, Marina Silva. Dilma foi de 35% para 36% das intenções de voto, e Marina baixou de 34% para 33%. As duas estão tecnicamente empatadas, inclusive no segundo turno, neste caso com vantagem para a ex-senadora (47% a 43%) Aécio Neves (PSDB) continua em terceiro lugar, tendo ido de 14% para 15%, mas em Minas ele passou Marina em um ponto. O levantamento mostra ainda que a rejeição a Marina, que já chegou a ser de só 11%, hoje está em 18%. (Pág. 3)

CPI da Petrobras marca depoimento de ex-diretor

A CPI mista da Petrobras marcou para a próxima quarta-feira depoimento do ex-diretor da estatal Paulo Roberto Costa, que fez acordo de delação premiada. Não se sabe, no entanto, se a Justiça autorizará seu comparecimento. A comissão também pediu ao ministro Teori Zavascki, do STF, para ter acesso à delação feita por Costa de corrupção bilionária na estatal, citando políticos, mas ainda não obteve resposta. (Pág. 12)

‘Óbvio, eu queria estar crescendo 10%, meu querido’

A presidente Dilma afirmou ser “óbvio” que a avaliação negativa da agência Moody’s sobre a economia é uma notícia ruim, mas disse que a crise não cortou empregos no país. (Pág. 4)

‘Neca ajudou Haddad e era tratada como educadora’

Marina Silva defendeu sua colaboradora Neca Setubal dizendo que, quando ela ajudou Haddad (PT), era tratada como educadora e, agora, é chamada de banqueira. (Pág. 5)

Emprego industrial tem queda de 3,6%

O número de trabalhadores na indústria recuou 3,6%, em julho, em comparação ao mesmo mês do ano passado, na maior queda desde novembro de 2009. A piora foi generalizada: o nível de emprego caiu nas 14 regiões pesquisadas pelo IBGE e em 15 dos 18 setores da indústria. Mantega disse que a queda nos postos de trabalho reflete “rotatividade normal”. (Pág. 25)

Caso Rubens Paiva – Militares serão processados

Desembargadores do TRF da 2a. Região deram prosseguimento à ação contra militares acusados da morte do ex-deputado Rubens Paiva, por entender que a Lei de Anistia não se aplica a crimes de lesa-humanidade (Pág. 15)

Lewandowski pede reajuste para juiz

Em seu discurso de posse ontem como presidente do Supremo Tribunal Federal, o ministro Ricardo Lewandowski prometeu brigar por aumento salarial para os juízes. (Pág. 15)

Venezuela perde jornal secular

O diário mais antigo da Venezuela, ‘El Impulso’, de 110 anos, deixará de circular por falta de papel-jornal, insumo controlado pelo governo. O presidente Maduro anunciou a criação de duas publicações oficiais. (Pág. 33)

Ilimar Franco

Em busca do voto perdido

O tucano Aécio Neves vai endurecer o discurso na reta final. Ele desistiu de ampliar. Quer tentar trazer de volta os eleitores que perdeu para Marina Silva. Sua campanha está atônita pelo fato de parcela do seu “povo” ter se bandeado para a socialista. Aécio vai bater em Marina, mas de leve. Para voltar ao jogo, seu time torce pelo sucesso da pancadaria da campanha petista em Marina. (Pág. 2)

Merval Pereira

Após ataques, candidatura de Marina mostra consistência. (Pág. 4)

Ricardo Noblat

FH diz a Aécio que bater em Marina é fazer o jogo do PT. (Pág. 5)

Míriam Leitão

BC serve ao Estado e se submete aos poderes constituídos. (Pág. 26)

————————————————————————————

Zero Hora

Manchete : CPI convoca delator de propina

Comissão mista do Congresso agenda para a próxima quarta depoimento do ex-diretor Paulo Roberto Costa, que expôs caso Petrobras. (Notícias | 13)

Datafolha e Ibope para o governo do RS

Ana Amélia está à frente de Tarso nos 1° e 2° turnos. (Notícias | 8 a 12)

————————————————————————————

Valor

– Conta de luz pode subir para pagar indenizações.

– Filha substitui Botín à frente do Santander.

– Marina avalia modeo para BC independente.

– Mais partidos devem eleger deputados.

– Grupo Globo privilegia a integração.

Brasil Econômico

Manchete : Minério de ferro atinge menor preço dos últimos cinco anos

Excesso de produção e demanda fraca fizeram o preço fechar ontem a US$ 82,20, um recuo de 39% no ano. O Goldman Sachs destaca que a recuperação do mercado é pouco provável porque a indústria do aço na China está próxima do limite. (Pág. 13)

Emprego na indústria tem nova queda

Em julho, o número de postos de trabalho no setor recuou 0,7% em comparação a junho, na quarta queda seguida. A redução acumulada no ano é de 2,6%. (Pág. 9)

Filha de Botín no comando do Santander

Com a morte de seu pai, Emílio, Ana Botín assume a presidência da instituição espanhola e se torna a mulher mais poderosa da indústria bancária na Europa. (Pág. 21)

Novos passos naenergia

Campo de futebol no Rio de Janeiro vai gerar eletricidade a partir da movimentação dos jogadores. Tecnologia já foi utilizada na Olimpíada de Londres, em aeroportos e estações de trens na Europa. (Pág. 14)

Obama chama aliados

O presidente dos EUA passou o dia articulando uma coalizão para aniquilar o Estado Islâmico. Depois de retirar tropas do Iraque em 2011, ele ameaça reativar a máquina de guerra. (Págs. 26 e 27)

Mosaico Político Gilberto Nascimento

MARINA: FALTA DE ESTRUTURA

Na reta final da campanha, a presidenciável Marina Silva (PSB) tem priorizado os maiores colégios eleitorais do País, em razão de sua campanha ter menos capilaridade do que a dos principais adversários. Outra dificuldade é a falta de militantes em grande parte dos eventos, apesar da candidata estar próxima de conseguir uma vaga no segundo turno da disputa, segundo as pesquisas de intenção de voto. (Pág. 2)

Ponto de Vista – Carlos Thadeu de Freitas

POLÍTICA MONETÁRIA NESTE MOMENTO

Na última reunião do Copom, o Banco Central do Brasil decidiu manter a taxa de juros em 11% ao ano. No comunicado que a sucedeu, retirou a expressão “neste momento”. A comunicação dos bancos centrais é parte importante da política monetária, pois, por meio da credibilidade de sua sinalização, é possível influenciar as expectativas de inflação e as taxas de juros de longo prazo. (Pág. 11)

O mercado como ele é… Luiz Sérgio Guimarães

BOATO REDUZ ALTA DO DÓLAR

O dólar subiu 2,3% apenas nos três últimos pregões. Fechou ontem cotado a R$ 2,2912, em valorização de 0,22% em relação ao encerramento da véspera. Mas chegou, às 14h30, a marcar R$ 2,3025, superando o teto informal de R$ 2,30 defendido pelo Banco Central. (Pág. 23)

Ponto Final – Octávio Costa

A FICHA NÃO CAIU EM BRASÍLIA

Há duas semanas, em entrevista ao Brasil Econômico,a economista Mônica de Bolle afirmou que o país, apesar dos problemas, ainda não vivia situação de crise econômica clássica. Mas advertiu que o quadro está piorando e pode se agravar se as agências de rating decidirem tirar o grau de investimento da economia brasileira. (Pág. 32)

————————————————————————————

Folha de S. Paulo

Manchete : Marina e Dilma empatam no 1 º e no 2º turno

Pesquisa Datafolha mostra disputa mais acirrada entre a candidata do PSB e a petista; tucano Aécio tem 1 5%

A pouco mais de três semanas da eleição, pesquisa Datafolha sobre a sucessão mostra um duplo empate entre a presidente Dilma Rousseff (PT) e a ex-senadora Marina Silva (PSB). No primeiro turno, Dilma tem 36% das intenções de voto ante 33% de Marina, num empate técnico. Aécio Neves (PSDB) soma 15%. Na simulação do Datafolha para o segundo turno, a oscilação negativa de Marina (recuo de dois pontos) e a variação positiva de Dilma (mais dois) levam a um novo empate, mas com vantagem numérica para a candidata do PSB: 47% a 43%. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos, para mais ou para menos. Num período em que foi alvo de ataque de adversários, Marina teve a rejeição ampliada de 11% para 18% nos últimos quatro levantamentos. Segundo o Datafolha, 33% disseram não votar em Dilma, e 23% rejeitam o tucano Aécio. (Poder A4)

ANÁLISE

Maioria ignora número de Marina na eleição, escrevem Mauro Paulino e Alessandro Janoni. (A6)

Banco ajudou doleiro a trazer US$ 3,5 milhões, afirma delator

Advogado preso na Operação Lava Jato disse que o banco Merrill Lynch ajudou o doleiro Alberto Youssef a trazer US$ 3, 5 milhões dos EUA para o Brasil em 2008, em uma operação simulada. Acusado de integrar quadrilha que lavava dinheiro, Carlos Alberto da Costa depôs em delação premiada. O Bank of America, que comprou o Merrill Lynch, não comentou. (Poder A14)

País tem mais pobres do que governo estima, indica tribunal

O Tribunal de Contas da União aponta defasagem nos dados do governo Dilma sobre a redução da pobreza no Brasil. Diz que a linha da miséria deve ser reajustada pelo valor de referência internacional que baseou a implantação do Bolsa Família. O Ministério do Desenvolvimento Social disse que o TCU “parte de premissas erradas para chegar a conclusões equivocadas”. (Poder A11)

Alvo do PT, Neca Setubal nunca teve cargo no Itaú

A educadora Neca Setubal, 63, dona de 1, 3% das ações do grupo Itaú, nunca teve cargo nas empresas da família. Deu aula em escolas e faculdade. Há dois anos, colaborou com a campanha de Fernando Haddad (PT). Uma das coordenadoras e doadora de Marina Silva (PSB), Neca virou alvo do PT. A equipe de Dilma já produziu vídeo com ataques contra a educadora. (Poder A10)

Fornecedor pagou a chefes da Santa Casa por consultoria

Dois integrantes da cúpula da Santa Casa de SP receberam, a título de consultorias, ao menos R$ 100 mil do grupo Andrade Gutierrez, dono da Logimed, maior fornecedor de material do hospital, informam Rogério Pagnan e Thais Bilenky. O superintendente Antonio Carlos Forte afirmou que tudo foi “absolutamente transparente”. (Cotidiano C1)

Para Pelé, Aranha se precipitou ao alardear racismo

Pelé afirmou que o goleiro Aranha, do Santos, precipitou-se ao denunciar a torcida do Grêmio por ofensas racistas na Copa do Brasil. “Se fosse parar um jogo cada vez que me chamassem de macaco e crioulo, todo jogo tinha que parar”, disse o ex-atleta. (Esporte D1)

Prefeitura pede vaga para sem-teto em prédio invadido

Duas funcionárias da Prefeitura de São Paulo pediram, em documento oficial, que famílias de baixa renda fossem acolhidas em prédio invadido por sem-teto. O governo Haddad (PT) disse que a iniciativa é ilegal e que as assistentes sociais devem ser demitidas. (Cotidiano C3)

Com morte de Botín, Santander enfrenta desafios de gestão (Mercado B1)

Obama indica que atacará Síria para combater milícia

O presidente dos EUA, Barack Obama, prepara plano para combater o Estado Islâmico. Entre as medidas previstas, a Casa Branca indicará que está disposta a bombardear a Síria. Obama anunciaria ontem à noite que o país está pronto para ataques aéreos “onde quer que a milícia esteja”. (Mundo A19)

Pesquisa traz nova hipótese para diversidade de aves na Amazônia (Ciência C5)

Editoriais

Leia “Universidade com aspas”, a respeito do ensino superior brasileiro, e “Raposas e galinheiros”, sobre gestão de urnas eletrônicas no Maranhão. (Opinião A2)

EBC

Edição: Equipe Fenatracoopo

Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.

Responda

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.