Fármacos de padrão global; Com investimentos dos governos federal e de Santa Catarina, deve ser inaugurado em abril o primeiro Centro de Farmacologia Pré-Clínica do país, apto a realizar testes de toxicidade de novos medicamentos, com reconhecimento internacional… –Bento XVI critica ‘hipocrisia religiosa’ e Igreja ‘desfigurada’; Bento XVI recordou que, no texto bíblico, Jesus denuncia a “hipocrisia religiosa, o comportamento que quer aparecer, as relações que buscam o aplauso e a aprovação”…- Saúde: Remédio para dor traz risco para os rins; Pesquisa nos EUA indica que vendidos e usados livremente no Brasil, como o ácido acetilsalicílico, a dipirona e o paracetamol, podem comprometer a função renal de crianças…

O Globo

Manchete: Carnaval 2013: Vila de Martinho é a campeã

Com a força do samba-enredo de Martinho da Vila e Arlindo Cruz influenciando outros quesitos, como evolução e harmonia, a Vila Isabel conquistou o título de campeã do carnaval de 2013, o terceiro de sua história. A vitoriosa carnavalesca Rosa Magalhães, que não ganhava um desfile desde 2001, saiu da disputa levando de volta para a avenida um carnaval apoiado menos em espetáculo e mais num enredo bem amarrado — ainda que com patrocínio — desenvolvido em fantasias e alegorias inspiradas. A Beija-Flor, segunda colocada, seguiu a mesma tendência. (Págs. 1 e 8 e 9)

Trono vazio no Vaticano:Papa condena divisão da Igreja e hipocrisia religiosa

Bento XVI critica golpes à unidade.

No último sermão, escândalos são abordados de forma indireta.

No último e talvez o mais político de seus sermões, o Papa Bento XVI surpreendeu mais uma vez, ao falar abertamente da existência de “divisões do corpo eclesiástico” que, segundo ele, “desfiguram a face da Igreja” e colocam em perigo sua unidade. Bento XVI condenou a hipocrisia religiosa e abordou indiretamente os escândalos que sacodem o Vaticano nos últimos anos, relata Deborah Berlinck.(Págs 29 a 32 e editorial “Papa de ‘tran­sição’ rompe com a tradição”)

Imagem dessacralizada

Teólogos consideram a renúncia do Papa a revolução da hierarquia eclesiástica e a dessacralização de um cargo para eleitos, que só se abandona para passar ao reino dos céus.

Entrevista: Dom José Freire Falcão

‘O Papa não pode influir na escolha’

O cardeal emérito diz que Bento XVI foi vencido pela pouca capacidade de comunicação. (Págs. 1 e 29 a 32 e editorial “Papa de ‘transição’ rompe com a tradição”.

Comércio exterior: EUA e Europa podem ter acordo

Até fim de junho, EUA e União Européia abrirão negociações para criar aliança de livre comércio, anunciou Obama. O acordo pode ser fechado no fim de 2014. (Págs. 1 e 23 e editorial “Ideologia prejudica comércio)

Até tu, Esplanada: Ministérios não seguem normas

Pelo menos cinco ministérios, além da Câmara e do Senado, apresentam problemas como falta de alvará e de projetos ‘ definitivos de prevenção contra incêndio. (Págs. 1 e 3)

————————————————————————————

O Estado de S. Paulo

Manchete: Bento XVI critica ‘hipocrisia religiosa’ e Igreja ‘desfigurada’

Na última missa aberta ao fiéis, papa atacou os que estão ‘instrumentalizando Deus’. Apontou a ‘divisão do clero’, sinalizando motivos de sua renúncia. Durante a celebração, ele caminhou sem ajuda e falou em vários idiomas.

Na primeira aparição pública após a renúncia, Bento XVI usou a homilia de Quarta-Feira de Cinzas para criticar os que estariam “instrumentalizando Deus” e deu indicações de que a divisão da Igreja pesou em sua decisão, relatam os enviados especiais Jamil Chade e Filipe Domingues. O papa afirmou que “a divisão do clero” e “a falta de unidade” estão “desfigurando a Igreja”. Seu alvo eram cardeais que provocam a discórdia na instituição. Bento XVI recordou que, no texto bíblico, Jesus denuncia a “hipocrisia religiosa, o comportamento que quer aparecer, as relações que buscam o aplauso e a aprovação”. Em sua última missa na Basílica de São Pedro, o papa entrou caminhando sem ajuda e falou por horas, reforçando a impressão de que sua fragilidade é sobretudo política. Fiéis o receberam com aplausos.

Bento XVI

“Penso em particular nos pecados contra a unidade da Igreja, nas divisões no corpo eclesial”

Escolha do sucessor

Início. Cardeais entram em conclave em no mínimo 15 e no máximo 20 dias após a renúncia. Ou seja, a escolha do sucessor de Bento XVI não começará antes de 15 de março.

Pressa. Especialistas acreditam que a eleição será rápida e o resultado sairá antes da missa do Domingo de Ramos, em 24 de março.

Votantes. 116 cardeais com menos de 80 anos escolherão o novo papa. (Págs. 1 e Vida A13 a A16)

Governo rompe silêncio após 2 dias

O ministro Gilberto Carvalho rompeu o silêncio do governo sobre a renúncia do papa. No lançamento da Campanha da Fraternidade 2013, disse que “não há problemas entre governo e Igreja”. (Págs. 1 e A14)

Justiça ignora PF em caso de segurança

O Ministério da Justiça contrariou entendimento da Polícia Federal e deu aval à entrada de empresa estrangeira no setor de segurança privada. O pedido foi feito pela G4S, cujas holdings têm sede na Dinamarca e na Inglaterra. A pasta diz que opiniões discordantes são normais. (Págs. 1 e Nacional A4)

União Europeia e EUA negociam acordo histórico

União Europeia e EUA vão negociar um acordo de livre comércio. A iniciativa pode estabelecer a maior zona comercial do planeta, respondendo por metade da produção e um terço das trocas de bens e serviços globais. A notícia representa pressão para países emergentes, como China e Brasil. (Págs. 1 e Economia B1)

Policia aponta esquema na Fazenda de SP (Págs. 1 e Nacional A5)

Com lei seca, estradas têm 13% menos mortes

A fiscalização da lei seca no carnaval retirou 749 motoristas embriagados das estradas paulistas, um recorde. O número de mortos caiu 13% e o de feridos, 58%. Como resultado das blitze, muitos paulistanos deixaram o automóvel em casa e usaram táxi ou transporte coletivo na cidade. (Págs. 1 e Cidades C1)

Demétrio Magnoli: Obama e a ‘exceção americana’

A noção de “teatro de batalha global” tem implicações aterradoras, que aproximam a humanidade dos domínios da barbárie. (Págs. 1 e Espaço aberto A2)

Jane Perlez: Pyongyang desafia líder chinês

Para melhorar laços com os EUA, Xi Jinping poderia assumir posição dura com a Coreia do Norte, mas correrá o risco de desestabilizar o país aliado. (Págs. 1 e Visão Global A12)

Notas & Informações: O Brasil e os rumos de Obama

EUA e UE negociam acordo de comércio e investimento. E o Brasil poderá perder o bonde. (Págs. 1 e A3)

————————————————————————————

Correio Braziliense

Manchete: “Divisões deturpam a igreja”, alerta o Papa

Na missa que marcou o início da quaresma, Bento XVI criticou a “hipocrisia religiosa” e ressaltou a necessidade de o Vaticano “superar rivalidades internas”. Com a declaração, o pontífice reforçou os indícios de que as disputas em Roma tiveram peso relevante na renúncia. A Santa Sé informou que o conclave ocorrerá a partir de 15 de março.

Mensagem ao Brasil recomenda atenção especial aos jovens

Gilberto Carvalho nega “relação fria” com a CNBB. (Págs. 1 e 12 a 14)

Estados Unidos: Obama prioriza a classe média

Num discurso agressivo, o presidente cobrou a ajuda do Congresso na implementação de medidas para salvar a economia. O democrata manteve a disposição de aumentar os impostos dos mais ricos. (Págs. 1 e 15)

Acidente: Dilma sofre lesão no pé

A presidente usará bota ortopédica devido a uma fissura no dedão. Segundo o Palácio do Planalto, ela escorregou numa escada durante o feriado. (Págs. 1 e 2)

Nota legal: Prazo final será mantido

Os contribuintes têm até amanhã para usar os créditos no abatimento dos valores do IPVA ou do IPTU. Segundo o GDF, está descartada a mudança no calendário. (Págs. 1 e 25)

Lei seca mais rígida, trânsito menos violento

Desde a última sexta-feira, cinco pessoas morreram nas pistas do DF. O número é a metade do registrado no carnaval de 2012. A fiscalização apreendeu 237 motoristas que dirigiam embriagados. (Págs. 1 e 23)

————————————————————————————

Valor Econômico

Manchete: União traça limite para a negociação da MP dos portos

Sob a ameaça de greves, pressão de empresários e diante de 645 emendas no Congresso, o governo não admite mexer em dois pontos fundamentais da medida provisória que alterou o marco regulatório dos portos: a liberação de novos terminais privativos sem a exigência de carga própria e a relicitação de terminais públicos ‘arrendados à iniciativa privada antes de 1993.

Para evitar mudanças nesses dois pontos, o Palácio do Planalto mobilizará sua “tropa de choque” no Congresso e descarta a adoção de um substitutivo à MP 595, como almejam trabalhadores do setor e arrendatários de terminais públicos. O governo também não abre mão de centralizar em Brasília as decisões do setor. As Companhias Docas não serão mais responsáveis pelos novos contratos de arrendamento, que ficarão diretamente a cargo da Secretaria de Portos. (Págs. 1 e A6 e A7)

BC vê mão de obra mais qualificada

A falta de mão de obra é apontada por muitos economistas como um entrave ao crescimento mais forte da economia. No Banco Central, porém, existe a visão de que o problema está sendo ao menos minorado pelo aumento da produtividade dos trabalhadores. O nível de educação do brasileiro que trabalha aumentou bastante. Dados da Organização das Nações Unidas (ONU) mostram que a escolaridade média dos brasileiros com mais de 25 anos aumentou de 5,6 para 7,2 anos entre 2000 e 2011. Em termos proporcionais, é um avanço de 28%, maior que o observado na China e na índia. (Págs. 1 e A3)

Faltam US$ 2 tri para investimentos globais

A demanda global por investimentos de longo prazo cresce, mas o financiamento seguirá diminuindo, tendência que preocupa governos e setor privado do G-20. Stephen Cecchetti, economista- chefe do Banco Internacional de Compensações (BIS), estima que o déficit nos investimentos em infraestrutura seja de US$ 2 trilhões por ano. Em entrevista ao Valor, na cúpula de agosto, o vice-ministro de finanças da Rússia, Sergey Storchak, ressaltou a importância de o G-20 tomar decisões para estimular novas fontes de crédito para investimentos de longo prazo, mas informou haver resistências no grupo das maiores economias, principalmente dos Estados Unidos.

O Grupo dos 30, que reúne presidentes ex-presidentes de bancos centrais, publicou relatório estimando que o Brasil precisará dobrar os investimentos de longo prazo até 2020 para manter um crescimento apenas moderado.(Págs. 1 e Cl)

Susep sofre com falta de estrutura

Responsável por fiscalizar e regular o mercado de seguros no país, que movimenta R$ 150 bilhões por ano, a Superintendência de Seguros Privados (Susep) conta com orçamento de RS 150 milhões e 457 funcionários—sinais de uma estrutura deficiente, que resulta em lentidão na atuação, criticam especialistas e seguradoras. A Susep tem um modelo considerado ultrapassado, por não ser uma agência reguladora. Luciano Santanna, superintendente da autarquia, admite deficiências no quadro de pessoal e diz que em março apresentará ao governo projeto para transformá-la em agência reguladora, com maiores poderes de intervenção no mercado. (Págs. 1 e C12)

A todo vapor

O país manterá as térmicas a gás e carvão ligadas durante todo o ano, segundo o Operador Nacional do Sistema Elétrico. O objetivo é poupar água das hidrelétricas para garantir o abastecimento no ano da Copa. (Págs. 1 e A4)

Água impulsiona turismo em Olímpia

Com apenas 50,6 mil habitantes, mas visitação anual de 1 milhão de turistas, a cidade de Olímpia, no noroeste paulista, vai receber investimento de R$ 175 milhões em três empreendimentos hoteleiros e turísticos nos próximos três anos. (Págs. 1 e B3)

Fármacos de padrão global

Com investimentos dos governos federal e de Santa Catarina, deve ser inaugurado em abril o primeiro Centro de Farmacologia Pré-Clínica do país, apto a realizar testes de toxicidade de novos medicamentos, com reconhecimento internacional. (Págs. 1 e B6)

Tráfego intenso

O tráfego de veículos nas rodovias sob concessão á iniciativa privada teve crescimento real médio de 4,5% ao ano na última década, superior ao resultado do PIB e também da estimativa de expansão para as próximas concessões federais. (Págs. 1 e B7)

Novo queridinho dos mercados

Bancos e corretoras de Wall Street, que cortaram mais de 300 mil empregos nos últimos dois anos, expandem suas operações no México, onde o crescimento econômico é quase o dobro do americano. (Págs. 1 e C12)

Justiça derruba Lei Cabral

Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro declarou inconstitucional parte da Lei Cabral, que reduziu de 13% para 2% a alíquota do ICMS nas operações realizadas dentro do Estado por indústrias de 48 dos 92 municípios do Rio. (Págs. 1 e El)

Ideias

Ribamar Oliveira

O governo trabalha com um tipo de “banda para o superávit primário” e o valor a ser alcançado dependerá da arrecadação. (Págs. 1 e A2)

Mario Mesquita

Se o problema da energia for de fato contornado, deve ser possível evitar mais um ano de crescimento abaixo de 3%. (Págs. 1 e A11)

Estados Unidos e União Européia querem fechar acordo comercial até 2015 (Págs. 1 e A9)

Estados Unidos e União Européia querem fechar acordo comercial até 2015 (Págs. 1 e A9)
————————————————————————————

Estado de Minas

Manchete: Lições de um carnaval renascido

Multidões nas ruas em BH mostram que é preciso mais estrutura para a folia

Pelo menos 72 blocos – 30 a mais do que a Belotur tinha cadastrado – arrastaram milhares de foliões em vários pontos da capital. O máximo esperado pelas autoridades para um bloco eram 1,5 mil pessoas. Mas muito mais gente compareceu. Nem os organizadores têm a exata dimensão. Resultado: banheiros químicos em número insuficiente, ambulantes vendendo garrafas de vidro, problemas de trânsito, garagens bloqueadas, muita sujeira e pouca fiscalização. Para evitar que isso se repita, na semana que vem a Belotur se reúne com os representantes dos blocos, das polícias Civil e Militar, Guarda Municipal e BHTrans. O objetivo é começar um planejamento mais realista para o ano que vem. (Págs. 1 e 17)

Tristeza e aplausos na última missa do Papa Bento XVI

Num clima de melancolia entre os fiéis que lotaram a Basílica de São Pedro, o pontífice deu início à sua despedida com a celebração da última missa pública antes da renúncia, dia 28. Bento XVI voltou a explicar que não se sente em condições de conduzir os destinos da Igreja. E foi longamente aplaudido ao final da cerimônia. O porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi, informou que o conclave para eleger o sucessor começará entre 15 e 19 de março.

Fora do trono, mas o grande cabo eleitoral

Analistas veem na perda do controle da máquina do Vaticano, com vazamento de cartas secretas do papa, desvios financeiros e denúncias de pedofilia, os motivos da renúncia. Mas Bento XVI terá influência direta na sucessão, já que nomeou mais da metade dos 117 cardeais com direito a voto. (Págs. 1 e 14 e 15)

Saúde: Remédio para dor traz risco para os rins

Pesquisa nos EUA indica que vendidos e usados livremente no Brasil, como o ácido acetilsalicílico, a dipirona e o paracetamol, podem comprometer a função renal de crianças. Estudo com 1.015 pacientes comprovou lesão causada pelos remédios em cerca de 3% deles. (Págs. 1 e 22)

————————————————————————————

Jornal do Commercio

Manchete: Mais blitz e menos multa

Lei Seca deixou saldo positivo com 11.915 abordagens, número 68,2% maior do que na folia de 2012, e queda de 32% nas multas. PM reagiu a assalto durante bloco em Itamaracá e acabou morto. PCR anunciou mais estacionamentos grátis em 2014. (Págs. 1 e Cidades 1 a 4)

Dilma machuca o pé e cancela visita ao Estado

Presidente fissurou o dedão do pé direito na sexta-feira passada, na Bahia. Ela viria a Serra Talhada na segunda-feira para inaugurar adutora. (Págs. 1 e 4)

Bagagem vigiada

Companhias aéreas estão mais rigorosas no controle das malas de mão. (Págs. 1 e Turismo 1 e 2)

————————————————————————————

Zero Hora

Manchete: Nova empresa de pedágios não terá fôlego para obras

Peso dos impostos reduzirá ainda mais os recursos da EGR para investimentos em estradas. Em 2013, por exemplo, a verba disponível seria de R$ 14 milhões, suficiente para duplicar apenas três quilômetros de rodovias. (Págs. 1 e 8)

Caso da boate: Polícia notifica prefeitura de Santa Maria

Delegados querem lista de todos os fiscais e secretários envolvidos na concessão de alvarás à Kiss. (Págs. 1 e 38)

Agora, o ano começou

Horário de Verão termina no sábado (Págs 1, 28 e 29)

Já é tempo de acerto de contas com o Leão (Págs 1 e 16)

————————————————————————————

Brasil Econômico

Manchete: Conta de luz começa a chegar ao consumidor com desconto de 26%

A partir do dia 25, todas as residências serão beneficiadas. As maiores reduções, por ora, se concentram no Rio Grande do Sul. A Aneel, porém, garante que as tarifas não refletem critérios regionais, mas sim as condições de cada concessão. (Págs. 1 e P8)

Economistas preveem inflação em alta pela sexta semana seguida

Pesquisa do Banco Central no mercado aponta IPCA de 5,71% este ano, mas especialistas já projetam 5,8%. (Págs. 1 e P6)

Planalto quer retomar esforço de exportações para o mundo árabe

Com esse objetivo, uma missão chefiada pelo MDIC e pela Apex viaja para Arábia Saudita na segunda-feira, 18. (Págs. 1 e P7)

Governo e fundos de pensão não se entendem sobre meta atuarial

Com mais de um ano de atraso, Previc pede relatórios com resultados de 2011 e provoca queixas das fundações. (Págs. 1 e P30)

EUA e Europa criam bloco comercial de US$700 bi

Aliança vai abranger um terço das transações comerciais globais e terá efeito negativo sobre commodities brasileiras devendo reacender o debate sobre o Custo Brasil. (Págs. 1 e P36)

Manteiga Aviação vai usar tradição da marca em lojas próprias. (Págs. 1 e P14)

Clipping Radiobrás

Edição: Equipe Fenatracoop

Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.