TST pune discriminação; A Justiça confirmou multa administrativa contra a Seara Alimentos por discriminação. A empresa foi autuada por demitir funcionários com várias faltas justificadas por atestados médicos e exigir certidão negativa de antecedentes criminais nas admissões...- Previdência privada na Justiça comum; Supremo Tribunal Federal (STF) decide que a competência para julgar processos sobre regras de planos de previdência privada é da Justiça comum, e não da Justiça do Trabalho…- Na mira da Receita; A malha fina sobre a Declaração de Débito de Pessoa Jurídica será aplicada em todo o país até o fim do mês… –

O Globo

Manchete: 2014 já começou – Lula lança Dilma, e Aécio parte para o ataque

Mensaleiros são recebidos com festa no evento pelos dez anos do PT no Planalto

Cobrado a assumir comando da oposição para 2014, tucano atacou gestão de petistas e afirmou que Brasil parou; ‘Podem juntar quem quiserem. Vamos dar como resposta a reeleição de Dilma,’ rebateu ex-presidente

Com mais de um ano de antecedência, petistas e tucanos deram a largada para a campanha de 2014. Em São Paulo, a comemoração pelos dez anos do PT no poder se transformou no pré-lançamento da candidatura da presidente Dilma Rousseff à reeleição. Em Brasília, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) atacou a gestão do PT: “Hoje quem governa o país é a lógica da reeleição.” Na festa dos petistas, o ex-presidente Lula reagiu: “Vamos dar como resposta a reeleição de Dilma.” Mensaleiros como José Dirceu e José Genoino foram recebidos com entusiasmo. (Págs. 1, 3 a 6 e Merval Pereira)

Fotolegenda: Rumo a 2014. Lula com Dilma na festa do PT em São Paulo: “Vamos dar como resposta a reeleição de Dilma’.

Fotolegenda: Voz da oposição. Aécio discursa no plenário do Senado: “O Brasil parou”.

BC aponta um ‘Pibinho’

Apesar dos bilionários pacotes de incentivos fiscais, a economia brasileira cresceu apenas 1,35% no ano passado, segundo o IBC-Br, um indicador do Banco Central que é uma espécie de prévia do PIB do ano. (Págs. 1 e 19)

Abandono na pista: 25 quilômetros e 665 buracos

Os motoristas que usam a rodovia BR-493, que liga Manilha, na cidade de Itaboraí, a Santa Guilhermina, em Magé, sofrem com o abandono da estrada, por onde são escoados 70% dos alimentos que abastecem o Rio. Por 25 quilômetros se espalham 665 buracos. Diariamente, cerca de 18 mil veículos passam pela via. (Págs. 1 e 18)

Colunista: Ancelmo Gois

Caravelas do tempo de Colombo eram mais velozes do que as barcas do Rio. (Págs. 1 e 13)

UPP da Mangueira: Disputa dificulta pacificação

A ligação cada vez mais evidente entre as eleições pela presidência da escola de samba Mangueira e o tráfico na comunidade vem revivendo um clima de terror e medo que se julgava sepultado com a UPP. Para especialistas em violência, a pacificação ali ainda está apenas na aparência. (Págs. 1 e 10)

Comércio exterior: E os russos levaram a melhor

Brasil e Rússia assinaram acordo de compra de mísseis e trigo, após acordo de Dilma com Medvedev. Mas os russos não voltaram a comprar carne suína do Brasil. (Págs. 1 e 21)

Fotolegenda: Em recuperação. Na solenidade, Dilma usa sandália no pé machucado.

Antes de receber presos: Rondônia também registra ataques

Seis carros foram incendiados em Porto Velho horas antes da transferência de detentos de Santa Catarina para o presídio federal. A polícia diz não ver relação entre os casos. (Págs. 1 e 8)

Yoani no Congresso: Deputados batem boca por blogueira

Yoani Sánchez parou ontem a Câmara. E o clima esquentou no plenário, com o pedido de proteção federal para a dissidente cubana. (Págs. 1, 27 e editorial “A intolerância recepciona Yoani Sánchez”)

————————————————————————————

O Estado de S. Paulo

Manchete: Em ato, PT ataca tucano e reforça Dilma candidata

O senador Aécio Neves e o ex-presidente FHC foram criticados por manifestações recentes contra o partido

Petistas usaram o evento de comemoração pelos 10 anos do partido no comando do País, realizado em São Paulo, para atacar a oposição e reforçar a candidatura da presidente Dilma Rousseff à reeleição. O senador Aécio Neves (PSDB) e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso foram criticados pelos ataques que ambos fizeram ao partido. “A oposição não pode querer impedir que o PT celebre uma década de governo democrático e popular”, afirmou o governador do Sergipe, Marcelo Déda. Ele ainda colocou a presidente no centro da disputa de 2014. “A Dilma é a candidata do Lula e de todos nós do PT”, afirmou. O ato teve a presença de Dilma, do ex-presidente Lula e de petistas condenados no mensalão. (Págs. 1 e Nacional A4 e A6)

Fotolegenda: Palanque

Lula e Dilma estiveram ontem em SP: evento teve jingle especial e o lema ‘do povo, para o povo, pelo povo’.

Análise: Dora Kramer
Ponderar é preciso

Quem conta um conto aumenta ou reduz como convém. Nem tudo é glória na era PT, nem tudo foi desastre na do PSDB. (Págs. 1 e A6)

Aécio critica governo

Pré-candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves criticou, da tribuna do Senado, a gestão Dilma Rousseff. Ele disse que a presidente governa sob a “lógica da reeleição” e listou “13 fracassos” do PT. Aécio citou a queda da atividade industrial e a “complacência com os desvios”, como o mensalão. (Págs. 1 e Nacional A7)

BC aponta que economia cresceu pouco em 2012

O índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), divulgado ontem, mostrou crescimento de 1,64% em 2012. Em dezembro, a expansão foi de 0,26%, abaixo das projeções. O resultado reforça avaliação do mercado de que a economia se recupera lentamente, e deve ter encerrado o ano com crescimento “oficial” em torno de 1%. (Págs. 1 e Economia B1)

Falta de luz frustra visitas a monumento no Ipiranga

A exumação dos restos mortais de Dom Pedro I e suas mulheres Leopoldina e Amélia, revelada pelo Estado, fez com que aumentasse o número de visitantes no Monumento à Independência, no Ipiranga. O memorial, no entanto, está fechado ao público desde segunda-feira por falta de energia elétrica. A pane foi provocada pelas chuvas. (Págs. 1 e Cidades C4)

Hora do diálogo

Secretário da Cultura, Marcelo Araújo apoia agenda suprapartidária. (Págs. 1 e Caderno 2)

Eugênio Bucci

Para Cuba, com carinho

Manifestantes contra Yoani tentam suprimir a expressão de uma pessoa comum, para que ninguém veja o vazio do regime que adotaram como religião. (Págs. 1 e Espaço Aberto A2)

René Obermann

União contra ciberataques

É preciso combinar forças para enfrentar as mais recentes ameaças cibernéticas que causam prejuízos para setores públicos e privados. (Págs. 1 e Visão Global A14)

Notas & Informações

A miséria que não acaba

Dilma procurou um feito para chamar de seu. E acaba de apresentá-lo em operação de marketing. (Págs. 1 e A3)

Tumulto marca ida de Yoani a Brasília

A blogueira cubana Yoani Sánchez foi recebida com aplausos e protestos no Congresso Nacional. Hoje, em São Paulo, ela participa de evento no Grupo Estado. (Pàgs. 1 e Internacional A9)
————————————————————————————

Correio Braziliense

Manchete: Acredite! R$12,8 mil

Farra de aumentos no TCDF fará com que ascensoristas, motoristas, porteiros e copeiros tenham salário de dar inveja a muitos doutores.

Aprovados em concurso para ocupar cargos que exigem apenas a 4º série do ensino fundamental esses servidores não têm do que reclamar. Já ganhavam muito bem. E depois, da lei aprovada pela Câmara Legislativa no fim do ano, vão ganhar muito mais: turbinados por aumento de 42% a 65%, seus contracheques poderão chegar a RS 12.820 mensais. Analistas e auditores com formação com formação superior embolsarão até R$ 31.141,58. Os de nível médio R$ 19.115,36. Os reajustes só não chegaram ao bolso desses servidores ainda porque o Ministério Público entrou com uma ação direta de inconstitucionalidade que está em discussão no Tribunal de Justiça do DF. (Págs. 1 e 28)

Dilma e Aécio já estão em campanha

2014 começou. Em São Paulo, Dilma e Lula festejaram os 10 anos do PT na Presidência, dizendo que fizeram “mais e melhor” do que FHC. Em Brasília, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) liderou o troco da oposição. Virtual candidato ao Planalto, o tucano capitalizou a presença da blogueira cubana Yoani Sãnchez no Congresso, defendeu o legado de Fernando Henrique, criticou o mensalão e apontou os “l3 fracassos” petistas. (Págs. 1 e 2 A 4)

Bento XVI

Antes de deixar o Vaticano, o papa vai mudar normas do conclave e antecipar a escolha do sucessor.(Págs. 1 e 21)

Esplanada

O perigo mora no subsolo dos ministérios: as estações da CEB são obsoletas e há risco de novos incêndios. (Págs. 1 e 30)

Lucro da Caixa cresce após redução de juros (Págs. 1 e 14)

Câmara aprova lei que desonera folha salarial (Págs. 1 e 7)

1,6 milhão de eleitores contra Renan

Manifestantes entregaram ontem a senadores um abaixo-assinado feito pelas redes sociais pedindo a saída do presidente da Casa. Com faixas e bandeiras em frente ao Congresso, eles também cobraram do STF agilidade na análise das denúncias contra o parlamentar alagoano. (Págs. 1 e 6)

————————————————————————————

Valor Econômico

Manchete: Lista para novas concessões em portos surpreende setor

A lista de 159 áreas portuárias “passíveis de serem licitadas” divulgada pelo governo pegou as empresas de surpresa. Junto com os contratos vencidos, anteriores a 1993, a Secretaria de Portos (SEP) incluiu na relação arrendamentos ainda vigentes e que têm cláusula de renovação. Alguns podem receber mais 20 anos de prazo e já apresentaram plano de expansão vinculado à prorrogação dos contratos nos portos de Santos, Niterói (RJ), Aratu (BA) e Paranaguá (PR), por exemplo.

A relação de áreas está no site da Secretaria e não traz os nomes das atuais operadoras. O Valor cruzou os dados sobre a dimensão das áreas e do venci-mento do contrato com as informações dos contratos no site da Companhia Docas do Estado de São Paulo. Só em Santos, o maior porto do país, dos 26 terrenos apresentados como passíveis de serem leiloados, pelo menos seis estão com contrato em vigor e podem pleitear renovação. São operados por grandes empresas: Archer Daniels Midland Company (ADM), Cosan, Libra, Rhamo, Cargill, e Pérola. (Págs. 1 e A14)

Acordo limita soberania na zona do euro

Um passo crucial dos planos para garantir a disciplina das políticas econômicas na zona do euro foi dado ontem após um ano de negociações. As novas regras,chamadas de “two-pack” (algo como “dois pacotes”), obrigarão governos da zona do euro a avisar Bruxelas sobre seus planos orçamentários e dão à Comissão Europeia mais condições de supervisionar os países sob risco de crise financeira. As regras são o último grande esforço para impor disciplina às políticas econômicas sob os tratados atuais da União Europeia e se seguem a um pacto fiscal de 2012 que obriga os governos a buscar orçamentos equilibrados e reformas que permitam a Bruxelas punir países recalcitrantes. (Págs. 1 e A11)

Setubal terá, mais 2 anos à frente do Itaú

O presidente do Itaú Unibanco, Roberto Setúbal, anunciou ontem à cúpula da instituição que será encaminhada ao conselho de administração proposta para que a idade de aposentadoria do presidente seja prorrogada de 60 para 62 o que lhe dará mais dois anos à frente do banco. Mas a mudança se dará sob uma nova estrutura de comando.

Marcos Lisboa, responsável pelas áreas de seguros, ouvidoria e riscos internos, está deixando o banco. A área de atendimento às empresas está sendo reformulada. O vice-presidente Marcos Bonomi, responsável pelo varejo, acumulará o comando das operações de pequenas empresas. O atendimento das companhias com faturamento acima de R$ 10 milhões passa para o Itaú BBA, dirigido por Cândido Bracher. Márcio Schettini, vice-presidente de crédito ao consumo, assume seguros, crédito imobiliário e a veículos. (Págs. 1 e A2)

Por que a CSN recorreu à Justiça

A Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) quer provar na Justiça que houve troca de controle societário e mudança de comando na Usiminas com a entrada do grupo ítalo-argentino Techint no capital da empresa, em 2012.

Por considerar que não há caso precedente julgado no país, a CSN recorreu ao Judiciário e não à Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Caso tenha sucesso, a CSN e outros minoritários teriam direito a receber 80% do valor de R$ 36 por ação que foi pago pela Techint aos grupos Votorantim e Camargo Corrêa. A CSN teria a receber mais de R$ 1,7 bilhão. (Págs. 1 e B7)

Empresa do Canadá estreia produção de vanádio na BA

A empresa canadense Largo Resources inaugura hoje, em Maracás (BA), uma das principais mineradoras de vanádio do mundo e a primeira das Américas, que será responsável por 8% da produção global do metal — e com o menor custo do mundo, segundo a companhia. Resistente a choques e à corrosão, o vanádio é utilizado para dar mais força a ligas de aço. A exploração pela Vanádio de Maracás, subsidiária da Largo Resources, deve ter início no último trimestre do ano, segundo Mark Brennan, presidente da Largo. A empresa já obteve a maior parte das licenças ambientais necessárias para iniciar a produção e está finalizando as obras.

O investimento total da mineradora somará US$ 275 milhões, sendo US$ 175 milhões financiados pelo BNDES. O valor inclui a compra do projeto, em 2007, da Odebrecht e da Vale, que até então estimavam as reservas do mineral em 10 milhões de toneladas. Em estudos posteriores, a Vanádio de Maracás identificou o volume de 23 milhões de toneladas, o que dará à mina uma vida útil de 29 anos. (Págs. 1 e B9)

Nativ recebe investimento de R$ 200 mi

Três anos após iniciar operações, a produtora e processadora de pescados Nativ receberá investimento de R$200 milhões de um fundo de participações da Global Equity. A empresa vai usar a injeção de capital para elevar suas receitas de R$ 30 milhões para RS 500 milhões em cinco anos, diz o presidente da Nativ, Pedro Furlan Cavalcanti. A primeira parte do aporte, R$ 44 milhões, foi feita neste mês. O fundo terá o controle da companhia após a conclusão do negócio, mas Furlan segue à frente da gestão. (Págs. 1 e B12)

EMS investe nos EUA e diversifica negócios

O grupo farmacêutico EMS, maior laboratório brasileiro e o terceiro da América Latina, vai investir nos Estados Unidos, disse ao Valor Carlos Sanchez, presidente do conselho de administração. A estratégia é apostarem empresas que desenvolvem medicamentos inovadores ainda nas fases iniciais, ganhando participação nas vendas desses remédios quando tiverem seu registro aprovado.

É a primeira vez que uma companhia brasileira toma iniciativa desse tipo, muito comum entre as multinacionais farmacêuticas. “Os EUA respondem por 70% do desenvolvimento de medicamentos inovadores”, disse Sanchez. (Págs. 1 e B6)

J&F compra o Canal Rural

A J&F, holding controladora do frigorífico JBS, fechou acordo com o grupo de mídia gaúcho RBS para comprar o Canal Rural, com programação dedicada ao agronegócio, por R$ 40 milhões. (Págs. 1 e B2)

Air France aceita acordo por cartel

A Air France-KLM concordou em pagar R$ 14 milhôes ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) para encerrar uma investigação sobre formação de cartel no setor de transporte de cargas aéreas. (Págs. 1 e B4)

Crédito para veículos

Depois de avançar apenas 0,3% no ano passado, apesar dos incentivos concedidos pelo governo, os bancos ligados às montadoras estimam que o financiamento para a compra de veículos deverá crescer 8% em 2013. (Págs.1 e C14)

Caminho mais livre

Em parceria com o Banco Mundial, 20 empresas instaladas na região do Brooklin, na capital paulista, participam de um programa para criar alternativas de transporte e facilitar o deslocamento de seus funcionários até o trabalho. (Págs. 1 e D1)

Previdência curta

O estudo “O Futuro da Aposentadoria – Uma Nova Realidade”, feito pelo HSBC no Brasil, mostra que os valores poupados vão durar, em média, apenas 12 anos, pouco mais da metade do tempo de aposentadoria, estimado em 23 anos. (Págs. 1 e D3)

Previdência privada na Justiça comum

Supremo Tribunal Federal (STF) decide que a competência para julgar processos sobre regras de planos de previdência privada é da Justiça comum, e não da Justiça do Trabalho. (Págs. 1 e El)

TST pune discriminação

A Justiça confirmou multa administrativa contra a Seara Alimentos por discriminação. A empresa foi autuada por demitir funcionários com várias faltas justificadas por atestados médicos e exigir certidão negativa de antecedentes criminais nas admissões. (Págs. 1 e E2)

Ideias

Ribamar Oliveira

Crédito para investimento abatido de compulsório de bancos será destinado a concessionários de rodovias e ferrovias. (Págs. 1 e A2)

Marcello Averbug

Causa espanto a quase ausência de debates sobre a crescente iniquidade social nos Estados Unidos. (Págs. 1 e A13)

Minoritários vão à Justiça contra a aquisição da Heinz (Págs. 1 e B5)

————————————————————————————

Estado de Minas

Manchete: Guerra de discursos dá largada para 2014

No Senado, Aécio aponta equívocos petistas, enquanto PT festeja e exalta seus 10 anos no poder.

Protagonistas das cinco últimas disputas pela Presidência, PT e PSDB anteciparam o próximo embate. O primeiro round foi ontem, com as duas legendas travando uma batalha de argumentos e números sobre quem fez mais pelo país. Em São Paulo, caciques petistas se reuniram para comemorar os 10 anos do partido no Palácio do Planalto, com uma cartilha comparando sucessos dos governos Lula e Dilma com más condutas das gestões de FHC. Já em Brasília, Aécio Neves, pré-candidato tucano, usou a tribuna do Senado para listar os 13 principais fracassos do PT, criticando desde a falta de apoio a Tancredo Neves e ao Plano Real, até os desvios éticos e o atual fraco desempenho da economia. (Págs. 1 e 3 a 5)

Conta da CEMIG deve cair 11%

Desconto de 18,14% determinado pelo governo será parcialmente anulado por aumento, em negociação, de 9,06% na tarifa. (Págs. 1 e 21)

Ciclovias na contramão

Depois de críticas feitas por ciclistas e por motoristas, BHTrans decide rever programa de implantação de pistas para bicicletas na capital. Trajetos recém-inaugurados nas ruas Fernandes Tourinho, Rio de Janeiro e São Paulo serão refeitos para seguir regras do Ministério das Cidades, com ajuda de ciclistas. (Págs. 1 e 27)

Condenados por tráfico de órgãos

Acusados de integrar um esquema de remoção e venda de órgãos humanos de pelo menos oito pacientes, quatro médicos foram condenados ontem, em Poços de Caldas, Sul de Minas, a penas entre oito e 11 anos e meio de prisão. Outros dois médicos, suspeitos de fazer parte da quadrilha, tiveram os crimes considerados prescritos. (Págs. 1 e 25)

Em Curitiba, a doutora morte

Polícia Civil e MP investigam acusação de que a médica responsável pela UTI do Hospital Evangélico matava pacientes do SUS para abrir vagas para os de convênios. (Págs. 1 e 10)

Pampulha: Passageiros aprovam nova ponte aérea BH/Guarulhos

Economia de tempo em relação às viagens por Confins foi o principal argumento de quem estreou voo na capital. (Págs. 1 e 20)

Câmara de BH: Léo Burguês consegue liminar contra cassação (Págs. 1 e 9)

Consumo das famílias: Moradores de favelas gastam R$ 56 bi ao ano (Págs. 1 e 11)

————————————————————————————

Jornal do Commercio

Manchete: Fogo no Recife Antigo

Incêndio no início da madrugada de hoje destruiu prédio onde funcionavam escritório, restaurante e bar, na Avenida Marquês de Olinda. Até o fechamento desta edição, às 2h15, Bombeiros continuavam no local combatendo o resto das chamas. (Págs. 1 e Capa dois)

Eduardo quer reunir 100% dos prefeitos

Governador vai mostrar força no encontro que começa hoje em Gravatá. (Págs. 1 e 3 e 4)

Sem limite de idade para vacinação

Profissionais destacam a importância da imunização e lembram que adultos e idosos também precisam se cuidar. (Págs. 1 e Cidades 5)

Blogueira: Dissidente Yoani Sánchez visitou o Congresso (Págs. 1 e 9)

Estado reage à perda de poder em Suape

Risco de ser prejudicado pela ineficiência de outros portos preocupa. (Págs. 1 e Economia 7)

————————————————————————————

Zero Hora

Manchete: Em um hora, chuva para 19 dias

Porto Alegre enfrentou ontem um dilúvio que despejou o equivalente a 69 litros de água por metro quadrado em alguns pontos da cidade. Ruas alagaram, sinaleiras pifaram, buracos se abriram e o trânsito parou.

Trecho sul da BR-116 chegou a ser bloqueado.

Uruguaiana e Pelotas entre as cidades afetadas.

As regiões onde pode haver temporais hoje. (Págs. 1 e 4, 5, 8, 10 e 40)

Ritmo lento: Brasil avançou 1,64% em 2012 e desacelerou em dezembro

Prévia do PIB indica que economia esfriou ainda mais no final do ano. (Págs. 1 e 22)
Vaticano: Cresce chance de indicação do novo papa ser antecipada

Perto de renunciar, Ratzinger pode chamar conclave antes de 15 de março. (Págs. 1 e 34)
Na festa do PT: Lula lança candidatura de Dilma à reeleição

Ex-presidente transformou comemoração dos 10 anos do partido no poder em primeiro ato de campanha da sucessora. (Págs. 1 e 12)

————————————————————————————

Brasil Econômico

Manchete: Brasil compra armamento e Rússia levanta o embargo contra a carne

Após o encontro da presidente Dilma Rousseff com o primeiro-ministro Dmitri Medvedev, o Planalto confirmou a compra de baterias antiaéreas e os russos anunciaram que farão visitas a frigoríficos com o objetivo de retomar as importações. (Págs. 1 e 6)

Lula: PT precisa de mais tempo para mudar o país

Na festa dos 33 anos de existência e 10 de poder, partido dá destaque à contribuição da base aliada e confirma decisão de se unir em torno da reeleição de Dilma Rousseff. (Págs. 1 e 11)

BTG colhe os frutos da diversificação com lucro de R$ 3,26 bi (Págs. 1 e 40)

BM&F Bovespa reduz tarifas para enfrentar a concorrência (Págs 1 e 41)

Governo prepara ajustes técnicos na MP de privatização dos portos

A exemplo do que foi feito com rodovias e ferrovias, os prazos dos arrendamentos devem ser ampliados. (Págs. 1 e 8)

PIB medido pelo BC cresceu 1,64% em 2012 e deve acelerar este ano

Na opinião de Octavio de Barros, do Bradesco, o quarto trimestre mostrou sinais de retomada da economia. (Págs. 1 e 7)

Na mira da Receita

A malha fina sobre a Declaração de Débito de Pessoa Jurídica será aplicada em todo o país até o fim do mês. (Págs. 1 e 10)

Disputa sem-fim

Pão de Açúcar tem lucro recorde de R$ 1,1 bilhão, mas francês Naouri pede a renúncia de Abilio Diniz. (Págs. 1 e 4)

Clipping Radiobrás

Edição: Equipe Fenatracoop

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.