Latifúndios crescem no país

Apesar de a ministra Kátia Abreu (Agricultura) ter dito que não há mais latifúndios no país, o Brasil tem 130 mil grandes propriedades rurais, 2,5% a mais do que em 2010, segundo dados do Incra…

Bancos reduzem crédito extra para início do ano

A tradicional oferta de linhas de crédito aberta pelos bancos para as despesas extras de início do ano, como IPTU, IPVA, mensalidades e materiais escolares, entre outras, está mais restrita este ano. Segundo a Anefac, além da menor oferta, as linhas de crédito deverão ficar mais caras…

O Globo

Manchete : França caça terroristas, que seriam ligados à al-Qaeda

Líder da extrema-direita pede debate sobre volta da pena de morte

Buscas aos dois suspeitos se concentram no Norte, onde eles assaltaram um posto de gasolina. País fez homenagem aos 12 mortos no ataque ao jornal satírico ‘Charlie Hebdo’, que volta a ser publicado semana que vem

A França montou uma caçada aos terroristas responsáveis pelo massacre de 12 pessoas no jornal satírico “Charlie Hebdo”, em Paris. O país mobilizou 88 mil policiais e concentro u as buscas no Norte, onde os dois suspeitos assaltaram um posto de gasolina ontem de manhã. Segundo fontes de segurança dos EUA, um deles teria recebido treinamento da al-Qaeda no Iêmen. A líder de extrema-direita, Marine Le Pen, propôs plebiscito sobre a volta da pena de morte no país. Uma policial foi morta num tiroteio no trânsito e dois carros explodiram em Paris, mas a polícia descartou ligação com o atentado. (Págs. 26 a 30)

Governo fará economia de R$ 1,9 bi por mês

Educação, pasta com uma das maiores verbas, é a mais afetada : R$ 597,5 milhões mensais (Pág. 19 e Míriam Leitão)

Nível das reservas do Paraíba cai a 2,5%

Mesmo com as chuvas recentes, o nível dos reservatórios do Rio Paraíba do Sul, que há um mês era de 3%, chegou a 2,5%, segundo a Agência Nacional de Águas (ANA). De acordo com a Cedae, a crise ainda não afetou o abastecimento na Região Metropolitana do Rio, mas já causou prejuízos de cerca de R$ 100 milhões ao setor agropecuário. (Pág. 8)

Latifúndios crescem no país

Apesar de a ministra Kátia Abreu (Agricultura) ter dito que não há mais latifúndios no país, o Brasil tem 130 mil grandes propriedades rurais, 2,5% a mais do que em 2010, segundo dados do Incra. (Pág. 3)

Senador eleito pelo PSDB é citado

Em depoimento, um policial ligado ao doleiro Youssef disse ter levado R$ 1 milhão, em 2010, para o agora senador eleito Antonio Anastasia (PSDB-MG), que nega. (Pág. 4)

Indústria tem pior ano desde 2009

A produção industrial caiu 0,7% em novembro. Nos 11 primeiros meses de 2014, o recuo foi de 3,2% — e de 17,3% em veículos. Para analistas, foi o pior ano desde 2009. (Pág. 21)

Ação da Petrobras sobe quase 7%

No segundo dia de alta após seis quedas seguidas, as ações da Petrobras se recuperaram ainda mais e subiram até 6,75% ontem. A Bolsa avançou 0,97%. (Pág. 22)

Miriam Belchior irá para a Caixa

A presidente Dilma escolheu a ex-ministra Miriam Belchior para presidir a CEF. E está entre Alexandre Abreu e Paulo Caffarelli para o BB. (Pág. 22)

Ilimar Franco

A Esplanada entra em campo

O Planalto garante que não vai tomar partido nas eleições para a presidência da Câmara. Mas os candidatos Eduardo Cunha (PMDB) e Arlindo Chinaglia (PT) creem que a regra não vale para os demais ministros e contam com o apoio dos seus pedindo votos. A despeito do ceticismo, um dirigente petista explica que “o ambiente mudou muito” e que o partido vai disputar “sem pisotear ninguém”. (Pág. 2)

Merval Pereira

A lista fatal

Enquanto não sair a lista oficial dos acusados de envolvimento no petrolão, que deve ser apresentada pelo procurador -geral da República, Rodrigo Janot, nos primeiros dias de fevereiro ao Supremo Tribunal Federal, o Congresso viverá sob tensão, e todos os partidos políticos estarão sujeitos a vazamentos de informações que, por serem parciais, servem para blindar os parlamentares eventualmente citados. (Pág. 4)

Míriam Leitão

Visão de Barbosa

Antes de oficialmente existir, o Orçamento já começou a emagrecer. Como não se pode cortar o que o Congresso ainda nem aprovou, o governo está fazendo suspensão preventiva de gastos. Mas ela valerá para o ano inteiro. Tudo o que não for item obrigatório, nem emergencial, passa a ter uma redução de 30%. O ministro Nelson Barbosa disse que será uma economia de R$ 22 bilhões. (Pág. 20)

Editoriais

Nada justifica atacar a liberdade de expressão

O choque do assassinato dos cartunistas se atenuará. Não pode ser esquecido é o amplo significado do crime para a democracia, regime sob ameaças de diversos tipos (Pág. 16)

Desemprego é herança do primeiro mandato

O governo explorou eleitoralmente a falsa ilusão de que seria possível manter o pleno emprego em uma economia que estava estagnada há meses (Pág. 16)

————————————————————————————

O Estado de S.Paulo

Manchete: França tem onda de violência; Al-Qaeda treinou suspeito

Governo limita gastos para economizar por mês R$ 1,88 bi

Haddad chama Chalita para pasta da Educação

Secretário defendeu cooperativa de vans

Zero Hora

Manchete : Luto e cerco na França

Símbolo de Paris, a Torre Eiffel ficou às escuras ontem para homenagear as 12 vítimas do ataque à revista Charlie Hebdo. Milhares de policiais estão mobilizados em todo o país na caçada aos suspeitos do atentado. (Notícias | 6 a 8)

Duas propostas para o futuro do Salgado Filho

Ministro apresentará hoje ao governador alternativas para o aeroporto da Capital. (Notícias | 26)

R$ 1,9 bi ao mês de cortes no orçamento

Um terço dos gastos dos ministérios terá bloqueio provisório. (Notícias | 12)

————————————————————————————

Valor

Manchete: Nova equipe vai tributar letras de crédito com IR

Camargo pede arbitragem em Jirau

Tanure causou ruptura entre Ricardo K e antiga OGX

Lava-Jato vai ouvir cinco grandes bancos

O discreto secretário do Tesouro

Brasil Econômico

Manchete : Bancos reduzem crédito extra para início do ano

A tradicional oferta de linhas de crédito aberta pelos bancos para as despesas extras de início do ano, como IPTU, IPVA, mensalidades e materiais escolares, entre outras, está mais restrita este ano. Segundo a Anefac, além da menor oferta, as linhas de crédito deverão ficar mais caras. (Pág. 15)

Indústria recua pela nona vez consecutiva

A combinação de juros altos, baixa confiança e endividamento das famílias fez a produção industrial cair 5,8% em novembro. O segmento de bens de consumo duráveis encolheu 11% na comparação com novembro de 2013. (Pág. 6)

Corte de R$ 1,9 bi por mês

Decreto determina que os ministérios poderão usar, mensalmente, R$ 3,7 bilhões, que correspondem a 1/18 do previsto. Para analistas, é uma boa indicação, mas é preciso que outras medidas sejam anunciadas. (Págs. 4 e 5)

Novo PL, após fusão com PSD, pretende atrair 30 deputados

Partido extinto em 2006 tem aproximadamente 400 mil assinaturas e planeja finalizar o processo até o fim de janeiro, para dar entrada no TSE no próximo mês. Presidente da sigla liberal garante que ela será aliada de Dilma. (Pág. 3)

China vai investir US$ 250 bi na AL

Promessa de investimento foi feita pelo presidente Xi Jinping durante Fórum China-Celac; Pequim quer que comércio com América Latina e Caribe chegue a US$ 500 bi em 10 anos. (Pág. 26)

Mosaico Político

Gilberto Nascimento

JUNTOS, MAS SEM FUSÃO

A formação de dois novos partidos, um apoiado pelo PSD e outro pelo PR, pode se tornar decisiva para a eleição da Mesa Diretora da Câmara dos Deputados e para o equilíbrio de forças dentro da base governista. O PSD, do ministro das Cidades, Gilberto Kassab, elegeu a quarta maior bancada, com 37 deputados, e o PR, a sexta, com 34. (Pág. 2)

Sintonia Fina

Julio Gomes de Almeida

A SITUAÇÃO INDUSTRIAL

Os resultados industriais para 2014 não poderiam ser piores. Segundo o IBGE divulgou ontem, que em novembro uma nova queda da produção fez com que o setor encolhesse 0,7%, o terceiro índice negativo, uma evidência de que está em curso um retrocesso. (Pág. 7)

O mercado como ele é…

Luiz Sérgio Guimarães

LEVY TEM LICENÇA PARA MATAR

Quanto maior for o sucesso do disciplinamento fiscal feito pelo ministro da Fazenda Joaquim Levy, maior será o espaço para o Banco Central exercitar o comedimento monetário. Fiscalista convicto, Levy odeia juro alto. (Pág. 18)

————————————————————————————

Folha de S. Paulo

Manchete : Autoridades apuram ligação de terroristas com a rede Al Qaeda

Segundo ‘NYT’, um dos irmãos suspeitos de ataque ao jornal ‘Charlie Hebdo’ treinou com organização no Iêmen

Os EUA e a França investigam ligação dos suspeitos do atentado ao jornal francês “Charlie Hebdo” com a Al Qaeda. Segundo o “New York Times”, citando uma autoridade americana, Said Kouachi, 34, viajou para o Iêmen em 2011, onde fez treinamento com a rede terrorista. O ataque em Paris deixou 12 pessoas mortas, dos quais 4 cartunistas. O dia seguinte ao atentado contra o semanário satírico foi de busca intensa a Said e a seu irmão Chérif, 32, relatam Diogo Bercito e Graciliano Rocha, de Paris. Quase 90 mil policiais foram mobilizados em uma caçada aos irmãos, franceses de origem argelina. As operações de buscas estavam focadas na Picardia, no nordeste do país. Chérif é conhecido do serviço antiterrorista da França e chegou a ser condenado, em 2008, por participar do recrutamento de combatentes para o Iraque. Houve ataques a locais associados à comunidade muçulmana. Granadas atingiram uma mesquita, e paredes de outro local de culto foram pintadas com os dizeres “morte aos árabes”. (Mundo a8 a a11)

Governo deve responder ao islã sem fraquejar, diz direitista francesa (Mundo A11)

‘Charlie’ não para e terá 1 milhão de exemplares na próxima edição (Mundo A10)

Slogan de Dilma, educação perderá R$ 7 bi

Alçada à condição de prioridade do segundo mandato de Dilma, a educação foi o alvo mais importante da primeira rodada de corte de despesas do governo. Decreto presidencial bloqueou, até a aprovação do Orçamento, um terço de gastos administrativos, como os de viagens, vigilância e limpeza, dos ministérios. A medida significará corte anual de R$ 22, 7 bilhões. O Ministério da Educação responderá pela maior parte do montante a ser economizado, cerca de R$ 7 bilhões. Todos os ministérios tiveram corte nas despesas na mesma proporção, mas o impacto na pasta da Educação foi maior devido ao tamanho de seu orçamento de custeio. O governo considerou que a educação foi preservada, porque programas como alimentação escolar não foram atingidos. Entidades da área criticaram o corte. (Poder a4)

Ministro planeja instaurar versão on-line do Enem

O ministro da Educação, Cid Gomes, quer mudar o modelo atual do Enem para um sistema on-line. O exame, usado para ingresso no ensino superior, seria realizado em terminais de computadores. “Cada aluno faria uma prova diferente, com escolha aleatória das questões”, disse. (Cotidiano C1)

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), convidou o ex-deputado federal Gabriel Chalita (PMDB) para ser secretário municipal de Educação. (Cotidiano C1)

Líder do PMDB vai mover partido por CPI da Petrobras (Poder a6)

Indonésia decide que brasileiro será morto ‘em breve’

O governo da Indonésia negou definitivamente perdão a Marco Moreira, 53, condenado à morte no país por tráfico de drogas, e disse que o brasileiro será executado “em breve”, informa Ricardo Gallo. O primeiro pedido foi rejeitado em 2006. O Itamaraty diz não ter sido avisado. (Cotidiano C5)

Editoriais

Leia “Já vem tarde”, acerca de nova disposição de Alckmin diante da crise hídrica em SP, e “Tertúlia em Roraima”, sobre nepotismo naquele Estado. (Opinião A2)

EBC

Edição: Equipe Fenatracoop

Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.

Responda

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.