Manchete nos Jornais desta Terça-Feira, 22 de Dezembro de 2015
Postado por: Equipe Portal Cambé Em 22nd dezembro 2015

Parecer da CCJ pode levar ação contra Cunha à estaca zero
Relator do recurso de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) na Comissão de Constituição e Justiça ( CCJ), Elmar Nascimento (DEM-BA) apresentará hoje parecer que pode levar à estaca zero processo por quebra de decoro contra o presidente da Câmara. Nascimento prometeu acolher argumento de que o Conselho de Ética não atendeu a pedido de vista de Cunha – o que daria prazo maior para análise do processo…


O Globo

Manchete : Mercado não dá crédito a Barbosa, e dólar vai a R$ 4
Após fala de ministro a investidores, Bolsa cai a menor nível desde 2009
Compromisso com reforma da Previdência não reduz desconfiança de analistas. Empresários recebem bem a mudança
No seu primeiro dia como novo ministro da Fazenda, Nelson Barbosa fez uma teleconferência com investidores e, apesar de seu compromisso com o ajuste fiscal e a reforma da Previdência, o dólar subiu mais após suas declarações e fechou a R$ 4,024, em alta de 1,89%. A Bolsa de Valores caiu 1,62% e voltou ao patamar de abril de 2009. Empresários, no entanto, receberam bem a mudança na Fazenda. Na posse de Barbosa, a presidente Dilma disse que é importante ter uma agenda de crescimento e ir “além de cortar gastos”. (Págs. 21 a 23)

Míriam Leitão – INVESTIDOR DUVIDA DA PROMESSA
Ministro promete reformas, mas falta de confiança no governo continua (Pág. 22)

Governo do Rio fecha Hospital da Mulher
Grávidas são recusadas na porta da unidade na Baixada que deixou de receber este ano R$ 187,7 milhões do estado
Com R$ 187,7 milhões em repasses atrasados, o Hospital da Mulher, na Baixada, foi ontem para o centro da crise financeira do estado. Grávidas que chegaram passando mal à unidade foram recusadas e orientadas a procurar postos de saúde e outros hospitais. O governo estadual deixou de repassar pelo menos R$ 1,3 bilhão para a saúde este ano. O secretário estadual de Fazenda, Julio Bueno, diz que 2016 já começa com déficit de R$ 10 bi. (Págs. 12 e 15)
Confusão marca início do pagamento de 13º salário (Pág. 12)

Fogo destrói Museu da Língua Portuguesa

Um incêndio de causas desconhecidas destruiu integralmente o Museu da Língua Portuguesa, no prédio histórico da Estação da Luz, em SP, que foi inaugurado em 1901 e pode estar condenado. Um bombeiro civil que era funcionário do museu morreu ao tentar conter as chamas. A direção informou que o acervo possui uma cópia de segurança, e o governador Geraldo Alckmin anunciou que o local será reconstruído. (Págs. 3 a 8)

Temer tenta trégua com PMDB do Rio
Após troca de acusações, as alas do PMDB pró e contra o impeachment iniciaram uma tentativa de reconciliação em jantar que reuniu, em São Paulo, o vice Michel Temer e o prefeito e o governador do Rio, Eduardo Paes e Luiz Fernando Pezão. (Pág. 10)

Travam acordos de leniência
Esperança de devolução de bilhões, os acordos de leniência entre empresas da Lava-Jato e o governo emperraram. (Pág. 11)

Petróleo é o mais barato em 11 anos
O preço do barril do tipo brent, referência internacional, caiu para US$ 36,20, menor cotação desde julho de 2004. (Pág. 25)


O Estado de S. Paulo

Manchete : Dilma pede crescimento sem ‘guinadas bruscas’
Na posse de Nelson Barbosa na Fazenda, presidente fala em ‘construir credibilidade’ com metas ‘factíveis’
A presidente Dilma Rousseff orientou ontem os novos ministros Nelson Barbosa (Fazenda) e Valdir Simão (Planejamento) a fazer o que for preciso para retomar com urgência o crescimento do País sem “guinadas e mudanças bruscas”. Na posse da equipe econômica, a presidente destacou que o equilíbrio fiscal e a melhora da atividade econômica “podem e devem andar juntos”. Ao mesmo tempo em que buscou acenar ao mercado prometendo a continuidade do ajuste, ela disse ser preciso ir “além do corte de gastos e de colocar as contas em dia” para estabelecer o crescimento econômico como prioridade. Sem citar o compromisso com a meta de superávit de 0,5% do PIB, a presidente pediu metas “realistas e factíveis” para construir a credibilidade e reduzir “consistentemente” a dívida pública. O risco de uma guinada na política econômica para garantir o crescimento a todo custo é o maior temor dos analistas do mercado financeiro, que veem na saída de Joaquim Levy o risco de afrouxar o rigor fiscal para tirar o Brasil da recessão. (Política/A4)

Celso Ming
Tão consolidado é o perfil do novo ministro da Fazenda, de leniência com a desordem das contas públicas, que ninguém acredita nessa austeridade sustentada apenas no gogó. (Economia/B2)

Mercado reage e dólar vai a R$ 4
Enquanto Nelson Barbosa dizia em conferência do Banco JP Morgan que está comprometido com o reequilíbrio das contas públicas, o dólar foi a R$ 4. A Bovespa fechou com queda de 1,62% .(Economia/B3)

‘Mensalão’ da polícia derruba corregedor e mais 9 agentes
O secretário da Segurança, Alexandre de Moraes, afastou ontem o corregedor da Polícia Civil, Nestor Sampaio Penteado, e mais nove policiais suspeitos de participar de esquema que avisava agentes corruptos de investigações em troca de R$ 50 mil por mês. A decisão foi anunciada após denúncia do Estado. Entre os punidos estão o chefe dos investigadores do Deic, Silvio Toyama, e o delegado Luiz Longo. Os dois são acusados de permitir a fuga de investigadores que seriam presos. No lugar de Penteado, assumirá como corregedor o delegado Domingos Paulo Neto. (Metrópole/A21)

Incêndio destrói Museu da Língua Portuguesa
Um incêndio de grandes proporções atingiu o Museu da Língua Portuguesa, na Estação da Luz. O prédio foi construído em 1867. O brigadista Ronaldo Pereira da Cruz morreu. O local não tem Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros nem alvará de funcionamento. O governador Geraldo Alckmin (PSDB) disse que vai “tomar todas as providências para a reconstrução” do museu, o quinto mais visitado da cidade. As causas do incêndio ainda eram investigadas ontem. (Metrópole/A14, A18 a A20)

Parecer da CCJ pode levar ação contra Cunha à estaca zero
Relator do recurso de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) na Comissão de Constituição e Justiça ( CCJ), Elmar Nascimento (DEM-BA) apresentará hoje parecer que pode levar à estaca zero processo por quebra de decoro contra o presidente da Câmara. Nascimento prometeu acolher argumento de que o Conselho de Ética não atendeu a pedido de vista de Cunha – o que daria prazo maior para análise do processo. (Política/A4)

Macri ataca Venezuela em reunião do Mercosul
Em sua primeira Cúpula do Mercosul, o presidente argentino Mauricio Macri pediu à Venezuela que liberte presos políticos. A chanceler venezuelana, Delcy Rodríguez, acusou Macri de interferir na soberania alheia e mandar soltar torturadores. O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, cancelou ida a Assunção após saber que o tema direitos humanos seria abordado. (Internacional/A10)

Haddad quer reajustar taxa de luz em 76% (Metrópole/A22)

Notas&Informações
Sob o império da lei – Em respeito ao Estado de Direito, impõe-se acatar a decisão do STF no caso do impeachment (A3)

No melhor estilo petista – Se está muito claro o que deve ser feito, como diz Nelson Barbosa, por que não foi feito até agora? (A3)


Gazeta do Povo

Manchete: O Relógio do Impeachment

Discurso pró-impeachment pesa a favor de Álvaro na corrida pelo governo, aponta especialista

Oposição arma estratégia para retomar impeachment no ‘pós-carnaval’

ENSINO SUPERIOR
Mais duas universidades estaduais encerram 2015 mais cedo por falta de verba no PR
OESTE DO PARANÁ
Justiça decide que mais uma área da Araupel pertence à União
INVESTIGAÇÃO
MP quer barrar aposentadorias de denunciados na Operação Publicano
LEGISLATIVO
Emendas de bancada do PR preveem 20 obras para 2016; veja a lista
PESQUISA
Paraná levaria Aécio e Alvaro ao 2.º turno da eleição presidencial
PESQUISA
Discurso pró-impeachment pesa a favor de Alvaro na corrida pelo governo, aponta especialista
LONDRINA
Aprovação a Kireeff cresce, mas londrinense votaria em Belinati
ANÁLISE
A verdadeira oposição a Richa veio dos sindicatos


Zero Hora

Manchete : Temor com novo ministro leva dólar a mais de R$ 4
Presidente pediu aos novos ministros da área econômica que façam o que for preciso para a retomada. Em conversa com investidores, Barbosa disse que está comprometido com o ajuste fiscal, mas dólar superou R$ 4 e bolsa caiu


Folha de S. Paulo

Manchete : Incêndio destrói museu em SP
Acervo sobre a língua portuguesa pode ser recuperado, diz governo; causa do fogo, que deixou um morto, é desconhecida.
Um incêndio destruiu parte do prédio da estação da Luz, patrimônio histórico na região central de São Paulo, e devastou o Museu da Língua Portuguesa, um dos mais visitados da cidade. Um bombeiro civil que trabalhava no local, fechado ontem para visitas, teve uma parada cardiorrespiratória, devido à fumaça, e morreu. (…) O governador Geraldo Alckmin (PSDB) afirmou que o museu será reconstruído. (Cotidiano B1)

Alstom acerta com a Justiça indenização de R$ 60 mi
A multinacional francesa Alstom acertou com a Justiça uma indenização de cerca de R$ 60 milhões para se livrar de um processo em que é acusada de pagar propina para fechar contrato com empresa ligada ao governo de São Paulo em 1998. O valor foi calculado a partir do suborno que, aponta a investigação, foi pago a membros da gestão Mario Covas (PSDB). (Poder a12)

Denúncia de propina derruba corregedoria da polícia paulista

A suspeita de cobrança de até R$ 50 mil por mês para proteger policiais corruptos levou o governo Alckmin (PSDB) a trocar o comando da Corregedoria da Polícia Civil. O esquema foi revelado pelo jornal “O Estado de S. Paulo” ontem (21). Ao menos sete integrantes do órgão, responsável por coibir desvios dos agentes, são investigados. (Cotidiano B5)

Barbosa assume em meio a reação negativa dos mercados
A presidente Dilma deu posse em Brasília ao novo ministro da Fazenda buscando oferecer respostas ao mercado financeiro, que recebeu mal o nome de Nelson Barbosa (ex-Planejamento), substituto de Joaquim Levy. A petista disse que o crescimento econômico será retomado “sem guinadas bruscas” e com “metas factíveis” para melhorar as contas públicas. Para ela, ajuste fiscal e crescimento “podem e devem vir juntos”. A analistas e investidores Barbosa se comprometeu a buscar o reequilíbrio das contas. Depois do discurso, o dólar subiu e a Bolsa caiu. Também tomou posse o novo ministro do Planejamento, Valdir Simão. (Mercado A17)

Mônica Bergamo
Citado em carta a Dilma, Joe Biden negocia encontro com Temer (Ilustrada C2)

Editoriais
Leia “Recesso de resultados”, sobre pausa nas atividades do Congresso, e “Ajuda dos universitários”, acerca de doações a instituições de ensino. (Opinião A4)


Edição: Equipe Fenatracoop, 22 de Dezembro de 2015

Compartilhe nossa Matéria