A economia é salva pela soja e pelo milho; Desempenho da indústria piora, e ocrescimento do PIB frustra governo e empresas. Mas Pero Vaz de Caminha estava certo: a lavoura e a pecuária estão sustentando o Brasil… – Trabalho na indústria fecha 2012 com custo recorde; A queda na produtividade e o aumento médio real dos salários fizeram com que o custo do trabalho na indústria brasileira tivesse aumento recorde em 2012, mesmo com recuo no emprego e as medidas de política econômica para incentivar o setor…

O Globo

Manchete: Crack e cocaína afastam do trabalho mais que álcool

Auxílio-doença para viciados nas duas drogas triplicou em seis anos
No ano passado, foram 31 mil benefícios concedidos pelo INSS a quem abandonou o emprego formal por causa do uso dessas substâncias psicoativas, mais que o dobro do registrado devido a problemas com bebida
A epidemia de crack está afetando não apenas a população extremamente pobre, alvo mais comum de ações de internação compulsória no Rio e em São Paulo. Dados do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) mostram que o consumo da droga e de cocaína atinge cada vez mais trabalhadores formais. Prova disso é que o volume de auxílios-doença pagos por causa do uso dessas substâncias psicoativas aumentou 216% entre 2006 e 2012, chegando a 31 mil benefícios, revela GUSTAVO URIBE. São pessoas como o advogado Maurício Bitencourte, 40 anos e pós-graduado em direito do trabalho, que perdeu o emprego por uso de cocaína e começou a consumir crack. Para especialistas, o aumento coincide com a expansão dessa droga no país. No mesmo período, os auxílios concedidos por causa do abuso de álcool ficaram estáveis, em tomo de 14 mil. (Págs 1, 3 e 4)

Uma luz de esperança na tribo invisível

O avá-canoeiro Paxeo com o pai Kapitomy’i: o nascimento do bebê da “tribo invisível”, assim chamada por se esconder nas árvores do cerrado de Goiás, é a esperança da comunidade, que já teve dois mil índios e hoje soma só sete pessoas. Removidos por uma hidrelétrica em 1996, eles vivem quase na miséria.
Os R$ 6,9 milhões de compensações, relata Danilo Farielixo, foram geridos pela Funai, mas não há sinais de que chegaram à aldeia.(págs 1, 42 e 43)

Metade dos contribuintes já paga IR

Mesmo após deduções, cerca de 12 milhões de brasileiros são obrigados a gastar mais com o imposto do governo.
Com o aumento da renda do brasileiro, a falta de atualização da tabela do Imposto de Renda em relação à inflação e o aperto da fiscalização, mais da metade dos contribuintes brasileiros pagam IR à Receita Federal, ao fim da declaração-anual. Levantamento da consultoria Emst & a Young Terco mostra que 50,3% das pessoas já pagavam o tributo em 2011. Ou seja, mais de 12 milhões de brasileiros, que começam a acertar as contas com o Leão na próxima sexta-feira. Uma década atrás, essa relação era só de 36,2%, ou 5,5 milhões de pessoas (Págs. 1, 37 e 38)

Polícia vai indiciar outros quatro

A polícia deve indiciar pelo incêndio na Boate Kiss, que causou a morte de 239 pessoas e completará um mês na quarta-feira, mais três familiares dos donos do local e um funcionário (Págs 1 e 9)

Beluscone pode voltar ao governo

Em meio a crise econômica e a descrença com políticos, a Itália escolhe hoje e amanhã um novo governo. O ex-premier Silvio Belusconi aparece em segundo nas pesquisas, mas pode surpreender. (Págs 1 e 47)

Uma defensora da educação

Ex-bailarina e educadora Patrícia Lins e Silva defende um esforço nacional pelo ensino. (Págs 1 e 36)

————————————————————————————

O Estado de S. Paulo

Manchete: FHC entra na campanha de Aécio para neutralizar Lula

Tucano será apresentado como ‘pai’ da estabilidade econômica; petista atuará como facilitador de alianças.
Deixado de lado nas três últimas eleições, Fernando Henrique Cardoso foi escalado pelos tucanos para defender a campanha de Aécio Neves à Presidência. Do lado dos petistas, Lula, que nunca deixou o palanque, já saiu em defesa da reeleição de Dilma Rousseff. O embate entre os dois ex-presidentes, 20 anos depois da primeira disputa eleitoral, dará o tom da campanha de 2014, relatam Vera Rosa e Eugênia Lopes. FHC será apresentado como “pai do Plano Real” e da estabilidade econômica. Ele percorrerá o País, a partir de amanhã, para promover o nome do senador mineiro. Já Lula atuará como “facilitador” das alianças para o palanque da sucessora e porta-voz do PT no confronto com tucanos. Dilma ficará concentrada no crescimento econômico, principal preocupação do governo. (Págs. 1 e Nacional A4 e A6)

O novo partido da Marina

O partido que Marina Silva quer criar, o Rede, consumirá R$ 500 mil na captação de assinaturas e deve reproduzir a pirâmide social do grupo. ( Págs. 1 e A6)
Imigrantes, sem data para reabrir

Não há prazo para a liberação da pista norte da Rodovia dos Imigrantes, sentido São Paulo, fechada desde o fim da tarde de anteontem por causa de um deslizamento no km 52. Segundo o governador Geraldo Alckmin, é necessária antes uma vistoria do IPT. O acidente matou Lilian Aparecida de Souza, de 43 anos. A forte chuva na Serra do Mar causou deslizamento de terra, pedras e troncos e o terror tomou conta das pessoas, já que a enxurrada arrastou 23 carros e uma carreta. Até câmeras de monitoramento foram arrancadas. (Págs. 1 e Metrópole Cl e C3)

Papéis expõem ação política do Vaticano na AL

Com Bento XVI, o Vaticano adotou iniciativas para influenciar a política na América Latina e defender seus interesses, informa Jamil Chade. O regime cubano Hugo Chávez e acordos comerciais do Brasil foram abordados, revelam papéis do WikiLeaks. (Págs. 1 e Vida A19)

Vice da Venezuela diz ter se reunido com Chávez (Págs. 1 e Internacional A14)

Ex-comunista é favorito na eleição italiana (Págs. 1 e Internacional A11)

Trabalho na indústria fecha 2012 com custo recorde

A queda na produtividade e o aumento médio real dos salários fizeram com que o custo do trabalho na indústria brasileira tivesse aumento recorde em 2012, mesmo com recuo no emprego e as medidas de política econômica para incentivar o setor. A alta foi de 6,6%, de acordo com o Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Industrial. (Págs. 1 e Economia B1)

Eletropaulo se vê forçada a elevar investimentos

Mesmo com redução de tarifa e queda de receita e lucro, a Eletropaulo enfrenta o desafio de investir, pressionada pelos apagões das últimas semanas em SP. “Estamos agindo, e não esperando a ajuda de São Pedro”, diz Britaldo Soares, presidente da AES Brasil. (Págs. 1 e Economia B5)

Consumo- A Rússia não para de ir às compras

Terceiro maior mercado consumidor da Europa, a Rússia adora seus shoppings. Novos investimentos não param de movimentar o setor, informa a enviada especial a Moscou Cláudia Trevisan. Seu maior centro de compras terá 235 mil m2 só de lojas. (Págs. 1 e Economia B6 e B7)

Suely Caldas: Insensatez

Depois de conseguir do governo projeto que muda o indexador da dívida com a União, o prefeito Fernando Haddad quer poder fabricar dinheiro. (Págs. 1 e Economia B2)

Notas e Informações: O balanço inflado do PAC

O PAC-2 é mais bem-sucedido no ramo imobiliário do que como ampliação da infraestrutura. (Págs. 1 e A3)

————————————————————————————

Correio Braziliense

Manchete: A economia é salva pela soja e pelo milho

Desempenho da indústria piora, e ocrescimento do PIB frustra governo e empresas. Mas Pero Vaz de Caminha estava certo: a lavoura e a pecuária estão sustentando o Brasil. Somente no ano passado, as duas atividades cresceram 18,2%. Neste ano, será colhida a maior safra da história: 185 milhões de toneladas de grãos. Série do Correio conta por que, de fato, somos o celeiro do mundo. (Pág 1 e 10 a 13)
Fotolegenda: E haja Pibão

João Luiz GiraLdi saiu de Passo Fundo (RS) para explorar terras pobres no Centro-Oeste — e esse fenômeno nem é tão novo. Mas, agora, a comprovação de que o esforço valeu: Rio Verde, onde ele mora, já é o quinto maior PIB agrícola do país. (Pág 1 e 10 a 13)

Copeiro do TCDF ganhará 10 vezes mais que a média dos brasilienses (Pág 1 e 25)

————————————————————————————

Estado de Minas

Manchete: Monumentos ao desperdício

Uma ponte abandonada no meio do mato em Santa Fé de Minas, no Norte do estado, é um retrato de como os governantes tratam o dinheiro público. Há mais de três décadas esquecida, a obra é o símbolo da irresponsabilidade política. A história de descaso se repete em Pedro Leopoldo, na Região Central; Itaúna, no Centro-Oeste mineiro; e em Minas Novas, Berilo e Chapada do Norte, no Vale do Jequitinhonha. Os órgãos de controle, como o Tribunal de Contas da União (TCU) e Tribunal de Contas do Estado (TCE), não têm estatísticas recentes sobre o tamanho do prejuízo, mas o que já foi apurado mostra que o desperdício é bilionário. (Pág 1 e 3 a 5)

Os gargalos e os abusos no entorno de BH

São estradas, mas na prática se tornaram extensão das avenidas de Belo Horizonte. E com isso trafegam junto problemas como a demora no atendimento a acidentados, a falta de integração entre as esferas de governo e de obras capazes de resolver os problemas, eternas promessas que nunca saem do papel. (Pág 1 e 25 a 27)
————————————————————————————

Jornal do Commercio

Manchete: Um monstro disfarçado de futebol

As torcidas organizadas são apenas uma das muitas cabeças de uma criatura abominável que deixa o esporte cada vez mais perigoso. No emaranhado de interesses estão dirigentes de clubes, Federação, empresas de ônibus, justiça e tantos outros. Morar perto dos estádios também virou pesadelo para muita gente. Ontem, uma passeata reuniu, no centro de Recife, torcedores de vários times pernambucanos contra a violência nos estádios. (Pág 1 e Esporte)

“Fora Renan”

Manifestações contra o presidente do Senado em São Paulo e Brasília (Pág 1 e 8)

————————————————————————————

Veja

Manchete: A blogueira que asusta a tirania

Por que a ditadura cubana e seus seguidores no Brasil têm tanto pavor de Yoani Sánchez, a ponto de tentar calar a sua voz à força (Pág 1)

Trindade maligna

Os escândalos de sexo, chantagem e roubo revelados em uma investigação encomendada por Bento XVI. (Pág 1)

————————————————————————————

Época

Manchete: Não estresse

Você tem mais tempo do que pensa
Um novo livro ensina a aproveitar melhor seus dias – sem correria nem ansiedade. (Pág 1)

Entrevista

Yoani Shánchez diz à EPOCA que vê a mão do governo cubano nos protestos contra ela (Pág 1)

O eclipse do Brasil

A festa acabou. A economia empacou. O investidor fugiu. E agora? (Pág 1)

————————————————————————————

ISTOÉ

Manchete: O Brasil descobre D. Pedro I

A exumação dos corpos do imperador e de suas duas esposas desvenda mistérios sobre a monarquia brasileira e ajuda a compor um retrato mais fiel da família imperial. Saiba novos detalhes dos monarcas, até então desconhecidos. (Pág 1)

————————————————————————————

ISTOÉ Dinheiro

Manchete: O caçador de ícones

Quem ê, o que pensa, como age e o que pretende o empresário mais rico do Brasil, dono de uma fortuna de US$20 bilhões e comprador de marcas globais como Budweiser, Burger King e Heinz.
“Pensar pequeno e pensar grande dá o mesmo trabalho. Mas pensar grande te liberta dos detalhes insignificantes” (Pág 1)

Bancos: BB e Caixa lucram mais após queda dos juros. Qual é o segredo? (Pág 1)

Intervencionismo: Governo está certo, diz CEO da Nissan (Pág 1)

————————————————————————————

Carta Capital

Manchete: Investimento em câmara lenta. Por que?

Grandes empresários, economistas e o presidente do BNDES dão as suas razões para as dúvidas que limitam o crescimento do país. (Pág 1)

Confronto

Dez anos de Lula e Dilma vs. oito de FHC (Pág 1)

Portos

Daniel Dantas (oh, surpresa), mais uma vez vilão deste enredo. (Pág 1)

————————————————————————————

Zero Hora

Manchete: Argentina – O cerco se fecha

Qué pasa en este país, qué pasa, mi Dios, que nos venimos tan abajo?
Em Buenos Aires, ZH constata que a inconformidade do tango de 1925 expressa as várias faces da crise que isola Cristina Kirchner na Casa Rosada. (Pág 1 e Cardeno Dinheiro)

A nova estratégia da BM contra quadrilhas

Para combater bandidos equipados com armas de guerra, polícia passa a empregar o Grupo de Ações Táticas Especiais, o Gate, na linha de frente. (Pág 1, 32 e 33)

Bancos de dados vai ajudar no inquérito da boate Kiss

Nova metologia é aplicada pela polícia para sistematizar mais de 300 depoimentos. (Pág 1 e 31)

Como brigas por alianças prejudica a gestão estadual

Ao mirar as eleições, partidos emperram o andamento de projetos do Piratini. (Pág 1, 4 e 5)

Clipping Radiobrás

Edição: Equipe Fenatracoop

Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.

Responda

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.