O Globo

Manchete : Atuação do BC faz dólar cair 5,5% em um dia
Instituição oferece US$ 3,75 bi ao mercado para conter alta Diretor do FMI para as Américas diz que Brasil enfrenta ‘incerteza interna’.A disposição anunciada pelo presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, de usar toda a artilharia da instituição para conter a alta do dólar frente ao real surtiu efeito ontem, produzindo uma queda de 5,5% na cotação da moeda americana.
Foi o maior recuo registrado durante um só dia em quase dez anos. Além da oferta diária de US$ 750 milhões, o BC fez um leilão extraordinário de US$ 3 bilhões. Alejandro Werner, diretor do FMI para as Américas, disse que o Brasil lida com “incerteza interna”. (Págs. 17 e 18 e Míriam Leitão)

‘Não soube me conter diante de tanto poder’, diz Cabral
Em depoimento ao juiz Marcelo Bretas, o ex-governador Sérgio Cabral disse que pegou R$ 20 milhões de sobras de campanha para seus gastos pessoais. Ele usou os termos “promiscuidade” e “desonestidade” sobre a prática de caixa 2 em campanha, mas negou ter negociado propina. (Pág. 6)

Isolado, PT lança Lula pré-candidato (Pág. 3)

Guerra de facções chega à Urca
Tiroteio parou Aeroporto Santos Dumont e fechou bondinho
A guerra entre traficantes de facções rivais que assola o Leme chegou ontem à Urca, onde moram os generais que comandam a intervenção federal na segurança do Rio. Bandidos que se escondiam no Morro da Babilônia fugiram em direção à Praia Vermelha e foram surpreendidos pela polícia na mata. O intenso tiroteio parou por 15 minutos as decolagens do Aeroporto Santos Dumont e fechou a estação do bondinho do Pão de Açúcar. Dois policiais foram feridos. (Pág. 8)

————————————————————————————

O Estado de S. Paulo

Manchete : Investidor estrangeiro tira R$ 8,4 bi da Bolsa em maio
Volume é recorde e superou os R$ 7,6 bi de julho de 2008, auge da crise nos EUA; neste mês saíram mais R$ 2 bi
Em mais um reflexo da turbulência política e econômica que o País enfrenta, somente no mês de maio R$ 8,43 bilhões deixaram a B3, a Bolsa de Valores brasileira. O volume, recorde, superou os R$ 7,62 bilhões de julho de 2008, no auge da crise do subprime nos EUA.
Este mês, apenas nos quatro primeiros pregões, saíram mais R$ 2 bilhões. No acumulado do ano, o saldo está negativo em R$ 6,06 bilhões – em 2017, houve uma entrada recorde de R$ 14 bilhões.
Essa “fuga” teve início em fevereiro, quando se tornaram mais claros os sinais de que os EUA iriam elevar mais os juros do que o inicialmente previsto – o que torna os títulos americanos mais atrativos para os investidores. Mas há no Brasil um ingrediente extra: um cenário eleitoral completamente indefinido, com o mercado cada vez mais temeroso de um segundo turno sem nenhum candidato de centro. (Economia / Págs. B1 e B4)

Dólar recua para R$ 3,70
Após o Banco Central anunciar oferta de US$ 20 bilhões para frear a escalada do dólar, a moeda americana, depois de encostar nos R$ 4, fechou em queda de 5,35%, a R$ 3,70. Foi o maior recuo desde 24 de novembro de 2008. (Pág. B6)

Maia vê Planalto distante e quer ficar na chefia da Câmara
O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), já admite, em conversas com aliados, desistir da disputa à Presidência da República. Sem passar de 1% nas pesquisas, ele prepara o argumento para a desistência e articula apoio para se reeleger ao comando da Casa na próxima legislatura. “Vou trabalhar pela minha candidatura até o limite, mas, de forma nenhuma, vou para esse processo sozinho”, afirmou. (Política / Pág. A4)

Tiroteio fecha aeroporto e bondinho do Pão de Açúcar
Um tiroteio entre policiais e traficantes parou por duas horas ontem a circulação do bondinho do Pão de Açúcar e fechou por 15 minutos o Aeroporto Santos Dumont, no Rio. O Batalhão de Choque fazia operação nas comunidades Babilônia e Chapéu Mangueira, onde há uma guerra entre facções. Criminosos tentaram fugir pelo morro. Dois policiais ficaram feridos. (Metrópole / Pág. A22)

Ação da BRF cai após China tarifar frango (Economia / Pág. B10)

Notas & Informações
A sensatez e o radicalismo Diante da atual situação do País, manifesto “Por um Polo Democrático e Reformista”, que defende a união do centro político, é iniciativa de grande relevância. (Pág. A3)

As celebridades do STF Ministros dispõem de espaço especial na área de embarque do aeroporto de Brasília. (Pág. A3)

————————————————————————————

Folha de S. Paulo

Manchete : Depoimento contradiz filha de Temer sobre obra
Fornecedor diz à PF que empresa do coronel Lima lhe deu R$ 950 mil em notas para custear reforma de casa
Um fornecedor da reforma na casa de Maristela Temer, filha do presidente Michel Temer (MDB), declarou em depoimento à Policia Federal que recebeu R$ 950 mil em dinheiro vivo na sede da Argeplan, empresado coronel João Baptista Lima Filho, informa Camila Mattoso.
O coronel é apontado por delatores como um intermediário de Temer para o recebimento de propina. O presidente nega.
Luiz Eduardo Visani prestou depoimento no dia 29 de maio. Os valores, afirmou, foram recebidos mensalmente, “emparcelas, diretamente no caixa da empresa”, entre novembro de 2013 e março de 2015.
A afirmação contradiz depoimento da filha do presidente, que afirmou à PF em maio ter gasto em torno de R$ 700 mil na obra. Ela diz que não guardou recibos. Além de Visani, outros fornecedores prestaram serviços. De acordo com os relatos feitos à PF até agora, a obra custou R$ 1,2 milhão.
A Polícia Federal investiga suspeita de que o presidente tenha lavado dinheiro de propina com reformas em imóveis de familiares e com transações imobiliárias em nome de terceiros.
As defesas do coronel Lima e da filha de Temer e o Palácio do Planalto não quiseram se manifestar sobre o depoimento. (Poder A4)

‘Não soube me conter diante do poder’, diz Cabral
Em depoimento à 7a Vara Federal Criminal do Rio de laneiro, o ex-governador Sérgio Cabral (MDB) disse que “se perdeu na promiscuidade com empresários” e admitiu uso pessoal de US$ 20 milhões arrecadados para campanha. “Não soube me conter diante de tanto poder e tanta força política”, afirmou. (Poder A5)

Análise : Ricardo Balthazar
TSE falha ao tentar separar notícia falsa da verdadeira
Posts que associavam Marina Silva, presidenciável da Rede, a empreiteiras investigadas pela Lava Jato foram tratados como mentira em decisão do Tribunal Superior Eleitoral, mas se baseavam em notícias verídicas. (Poder A9)

Tribunal suspende mega licitação de ônibus em SP
O Tribunal de Contas do Município suspendeu nesta sexta (8) a mega licitação dos ônibus na capital paulista. O relator de assuntos de transporte público enumerou 90 itens que precisam ser revistos no edital. No ano passado, o sistema custou R$ 7,8 bilhões. (Cotidiano B6)

Em sabatina, Skaf nega aliança com Jair Bolsonaro (Poder A6)

Demétrio Magnoli
Tucanos inventam, por Alckmin, ideias fora do tempo (Poder A6)

Dólar reage a BC e tem maior queda diária em dez anos
O dólar comercial caiu 5,5% nesta sexta, em resposta à ação do Banco Central para conter a volatilidade da moeda. A queda foi a maior desde a crise de 2008. Analistas descartam alta dos juros básicos no Brasil para conter o dólar, informa Danielle Brant, de Nova York. (Mercado A15)

Editorial
O custo do medo
Acerca de motivos e efeitos da escalada do dólar.

Força necessária
Sobre uso indevido de militares em ações policiais. (Opinião A2)

————————————————————————————

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.