Receita extra impede déficit primário; Impulsionado por receita extra que não se repetirá, o saldo das contas do setor público ficou positivo em R$ 29,7 bilhões em novembro, recorde para o mês. O desempenho é explicado pelo pagamento da concessão de Libra e acerto de dívidas. Sem isso, haveria um déficit de R$ 5,5 bilhões…

Dilma cria cartão desastre para cidades inundadas; A presidente Dilma Rousseff sobrevoou Virgolândia, uma das regiões mais castigadas pelas chuvas em Minas. Ela anunciou a liberação do Cartão de Desastre para os municípios que decretaram estado de emergência ou de calamidade em MG e Espírito Santo…

Jogatina: Bicheiros embolsaram R$ 50 milhões; Justiça decretou prisão preventiva e bloqueio de bens dos acusados, que acumularam imóveis e carros de luxo…

 

O Estado de S. Paulo

Manchete: Com deságio recorde, fundos de pensão e OAS levam BR-040

Em um dos leilões mais disputados de rodovia, Invepar ofereceu ‘desconto’ de 61% na tarifa de pedágio A Invepar, empresa formada por fundos de pensão (Previ, Funcef e Petros) e pela construtora OAS, arrematou ontem a concessão da BR-040, entre Brasília e Juiz de Fora (MG), com deságio de 61% – recorde entre os trechos já licitados do Programa de Investimentos em Logística. A tarifa por praça de pedágio caiu de R$ 8,30 para R$ 3,22. O valor ficou abaixo da primeira proposta do governo, de R$ 3,34. A BR-040 estava prevista para ser leiloada em janeiro, mas o processo foi adiado a pedido dos investidores. Agora o governo recebeu oito propostas. Com isso, o leilão foi um dos mais disputados. Nos 30 anos de concessão, o grupo terá de investir R$ 7,92 bilhões em 936,8 quilômetros. Desse total, 714,5 quilômetros terão de ser duplicados nos primeiros cinco anos. Para a ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, o governo fechou o ano “muito bem” nas concessões. (Págs. 1 e Economia B1)

STF rejeita transferência de Genoino para São Paulo

O STF rejeitou ontem pedido do ex-deputado petista José Genoino para que fosse transferido para São Paulo. Por outro lado, o presidente do tribunal, Joaquim Barbosa, autorizou o político a cumprir prisão domiciliar na casa de um parente em Brasília. (Págs. 1 e Política A5)

Dilma cria cartão desastre para cidades inundadas

A presidente Dilma Rousseff sobrevoou Virgolândia, uma das regiões mais castigadas pelas chuvas em Minas. Ela anunciou a liberação do Cartão de Desastre para os municípios que decretaram estado de emergência ou de calamidade em MG e Espírito Santo. (Págs. 1 e Metrópole A12)

Greenpeace: Fim do drama de ativista brasileira

A ativista do Greenpeace Ana Paula Maciel chega hoje ao Brasil após cem dias sob custódia do governo russo. A bióloga foi presa com 27 outros ativistas que protestavam contra a exploração de petróleo no Ártico. (Págs. 1 e Metrópole A12)

Receita extra impede déficit primário

Impulsionado por receita extra que não se repetirá, o saldo das contas do setor público ficou positivo em R$ 29,7 bilhões em novembro, recorde para o mês. O desempenho é explicado pelo pagamento da concessão de Libra e acerto de dívidas. Sem isso, haveria um déficit de R$ 5,5 bilhões. (Págs. 1 e Economia B3)

Cartão de débito no exterior fica mais caro

O governo elevou a alíquota do IOF sobre compras no exterior com cartão de débito, cheque de viagem e saques em moeda estrangeira de 0,38% para 6,38%. A medida vale a partir de hoje. (Págs. 1 e B4)

MP reduz ou liquida dívida de assentados (Págs. 1 e Política A5)

Hassan Rohani

As intenções do Irã Buscamos relações diplomáticas construtivas, nos capacitando a orientar nossa política externa para o desenvolvimento econômico do país. (Págs. 1 e Visão Global A9)

Notas & Informações

Mais inflação à frente A alta de preços continuará doendo no bolso, apesar do controle político das tarifas. (Págs. 1 e A3)

————————————————————————————

Correio Braziliense

Manchete: Prepare o bolso e a paciência para viajar

Transtornos em série — Atrasos decorrentes do mau tempo, falta de informações e obras levaram passageiros a viver um dia de caos no aeroporto de Brasília. (Págs. 1 e 9) Imposto mais caro – Turistas pagarão 6,38% de tributo nas compras com cheques de viagem ou cartões pré-pagos no exterior. Cobrança vale também para saques. (Págs. 1 e 10)

Brasiliense gastará R$ 43,50 com pedágio até o Rio de Janeiro

Privatizada pelo governo, a BR-040 terá 11 postos até Juiz de Fora, onde se inicia um trecho já administrado por concessionárias. A cobrança começa após a conclusão de 10% das obras de duplicação. (Págs. 1 e 8)

O drama nosso de cada chuva

No DF, três horas de temporal destelharam e inundaram casas, derrubaram muros e alagaram tesourinhas — na 201/202 Norte, o carro oficial cedido ao presidente do Incra, Carlos Guedes, apagou. Ao sobrevoar Minas, a presidente Dilma anunciou ajuda ilimitada. O auxílio emergencial custa aos cofres públicos dez vezes mais do que a prevenção. (Págs. 1, 7 e 19)

Mensalão: STF mantém Genoino preso em Brasília

O ministro Joaquim Barbosa negou a transferência do ex-deputado para São Paulo. O petista segue em prisão domiciliar no DF. (Págs. 1 e 4)

Violência: Menores sem lei e à solta no Entorno

Por falta de vagas para internação, polícia e Justiça liberam jovens que cometem crimes graves nos municípios vizinhos ao DF. (Págs. 1 e 20)

Jogatina: Bicheiros embolsaram R$ 50 milhões

Justiça decretou prisão preventiva e bloqueio de bens dos acusados, que acumularam imóveis e carros de luxo. (Págs. 1 e 23)

————————————————————————————

Estado de Minas

Manchete: IPTU e ITBI mais caros

Imposto predial de BH sobe 5,85% e alíquota do tributo sobre transferência de imóvel vai a 3% O reajuste do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) da capital teve por base o Índice de Preços ao Consumidor Amplo Especial (IPCA-E), um dos indicadores da inflação do país medidos pelo IBGE. Quem pagar duas ou mais parcelas até 20 de janeiro terá desconto de 7% sobre a quantia quitada. O primeiro lote de guias do tributo começará a ser enviado à casa dos contribuintes no dia 6. Já o Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) terá sua alíquota elevada de 2,5% para 3% – um aumento de 20% – conforme projeto de lei aprovado pela Câmara Municipal que está em fase de redação final para ir à sanção do prefeito Marcio Lacerda. Na mesma proposta, o Executivo concede desconto de 50% do tributo na transferência de imóveis avaliados em até R$ 158.326,90. (Págs. 1 e 10)

Tragédia e caos

Chuva causa mortes no interior e transtorno ao trânsito na capital Pelo menos duas pessoas morreram e uma está desaparecida em Virgolândia, no Vale do Rio Doce, atingida por uma tromba-d’água. Em Buritizeiro, no Norte, um motoqueiro morreu em acidente provocado por uma árvore derrubada na tempestade. E em São João do Manteninha um homem se afogou, arrastado pelas águas, ao atravessar um rio,mas ainda não está computado pela Defesa Civil como vítima da chuva. Com isso, o número de mortos em Minas em decorrência dos temporais chegou a 21, mas pode subir para 23. A presidente Dilma, juntamente com o governador Anastasia, sobrevoou o Leste de Minas e prometeu liberar aos municípios atingidos cartões com gastos ilimitados para emergências das enchentes. Em BH, cratera aberta por danos na rede pluvial subterrânea interditou o Elevado Castelo Branco nos dois sentidos e pode pôr em risco o funcionamento do metrô, que fica abaixo. Sucessão de denúncias no Cruzeiro. União envia recursos só para aliados. (Págs. 1, 3, 15 e 16)

Leilão da BR-040: R$ 35,42 para ir de Brasília a Juiz de Fora

O consórcio Invepar arrematou os 936,8 quilômetros da rodovia com deságio de 61,13% em relação à tarifa teto. No trecho haverá 11 praças de pedágio, a R$ 3,22 cada um. A empresa terá cinco anos para completar a duplicação, que hoje abrange 222,3 quilômetros. (Págs. 1 e 9)

Lei da Copa: PBH sanciona medidas que dão poderes à FIFA

Entre as principais decisões estão a transferência do controle do comércio e da publicidade próximos ao Mineirão e aos locais que receberão as seleções. (Págs. 1 e 17)

Ditadura: MP vai à Justiça para identificar assassinos de militante mineiro (Págs. 1 e 2)

Mensalão: STF autoriza prisão domiciliar de 90 dias para José Genoino (Págs. 1 e 4)

Contas públicas: Governo tem superávit recorde de R$ 29,7 bilhões em novembro (Págs. 1 e 11)

————————————————————————————

Jornal do Commercio

Manchete: Volta pra casa de algemas

Chegou ontem, em Pernambuco, o ex-deputado federal Pedro Corrêa, condenado a 7 anos de cadeia no caso do mensalão. Ele foi levado para o Cotem, mas tenta transferência para antiga PA1, onde cumprirá pena em regime semiaberto. (Págs. 1 e 3)

Sassepe ficará mais caro para servidor

Acordo fechado entre governo e funcionalismo tenta salvar o sistema de saúde do Estado, que passará a arrecadar 15% a mais por mês. Alíquota que era 4,5%, única, vai criar de acordo com a faixa etária.A maior, de 5,2%, será para quem tem mais de 60 anos. (Págs. 1 e Economia 5)

IOF sofre alta para transações feitas no exterior (Págs. 1 e Economia 5)

Pedágio adiado na Via Expressa de acesso a Suape (Págs. 1 e Economia 4)

Gasolina deve passar a R$ 3 a partir de quinta (Págs. 1 e Economia 6)

————————————————————————————

Zero Hora

Manchete: Em plenas férias de verão – Gastar nas viagens ao Exterior fica mais caro

Imposto para cheques de viagem, saques em moeda estrangeira e cartões pré-pagos aumenta hoje de 0,38% para 6,38%, a mesma taxa dos cartões de crédito. (Págs. 1 e 13)

30 dias depois: Gasolina tem preço acima do sugerido

Valor médio em postos da Capital teve reajuste de 4,9%, enquanto o esperado era aumento de 3%. (Págs. 1 e 15)

Viagem de volta: Ano-Novo em família para Ana Paula

Ativista do Greenpeace que ficou presa na Rússia deve chegar na manhã de hoje a Porto Alegre. (Págs. 1 e 23)

Lições da 11F: Sugestões para desatar os nós da educação

Especialistas discutem estratégias para melhorar ensino no RS, a partir de reportagem de Zero Hora. (Págs. 1, 4 e 5)

Clipping Radiobrás

Edição: Equipe Fenatracoop

Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.