Manchete nos Jornais nesta Sexta-Feira, 03 Julho de 2015
Postado por: Equipe Portal Cambé Em 3rd julho 2015

TC suspende obras suspeitas em escolas do PRO
Tribunal de Contas do Paraná determinou a suspensão de obras suspeitas de irregularidades em duas escolas de Campina Grande do Sul. As construções fazem parte de um conjunto de sete contratos que são alvo de uma auditoria interna da Seed e estão sendo investigadas pela Polícia Civil e o Ministério Público Estadual…

Deputados mudam voto
Um dia após rejeitar a PEC, 24 deputados votaram a favor da redução da maioridade penal. Eles alegaram que o texto foi abrandado e que sofreram pressão de eleitores….


 

O Globo

Manchete : Cinco delatores já disseram que doação oficial era propina
Cruzamento dos depoimentos confirma pontos-chave da investigação
Oito dos investigados afirmam que o ex-tesoureiro do PT João Vaccari pedia dinheiro em troca de contratos na Petrobras. Delação premiada foi criticada por Dilma e por advogados de suspeitos de irregularidades
Cruzamento feito pelo GLOBO no conteúdo dos 18 acordos de delação premiada feitos até agora pela Lava Jato revela que, se analisados conjuntamente, os depoimentos confirmam pontos estratégicos da investigação. Ao menos cinco delatores afirmam, por exemplo, que o pagamento de propina era feito por meio de doações eleitorais registradas, uma das principais descobertas dos procuradores, informa RENATO ONOFRE. Oito depoimentos relatam que o ex-tesoureiro do PT João Vaccari pedia dinheiro em troca de contratos da Petrobras. O levantamento também aponta contradições entre os delatores. O instrumento, atacado pelas defesas, foi criticado esta semana pela presidente Dilma. (Pág. 3)

Dirceu pede à Justiça para não ser preso
A defesa do ex-ministro José Dirceu, que cumpre prisão domiciliar após ser condenado pelo mensalão do PT, pediu habeas corpus preventivo para tentar evitar que o petista seja preso pela Lava-Jato. O lobista Milton Pascowitch, em acordo de delação premiada, disse ter dado propina a Dirceu para que ele defendesse in ter esses da Engevix na Petrobras. A petição do habeas corpus, cujo título é “A tirania do medo”, diz que Dirceu, aos 70 anos, não tem “perspectiva de viver para ver sua sentença final”. (Pág. 5)

Mais um ex-diretor da Petrobras na cadeia
Ex-diretor da área Internacional da Petrobras indicado pelo atual presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB), Jorge Zelada foi preso ontem pela Lava-Jato. Ele é acusado, segundo investigadores, de integrar a “camarilha dos quatro”, ex-diretores da estatal envolvidos em corrupção. (Pág. 4)

Manobra de Cunha é contestada no STF
Deputados e OAB querem anular sessão que aprovou idade penal aos 16. Para ministro do Supremo, votação foi ilegal
Um grupo de deputados de seis partidos e a OAB pedirão ao STF, na próxima terça-feira, a anulação da sessão da Câmara que aprovou a redução da maioridade penal de 18 para 16 anos em casos de crimes hediondos e delitos graves como homicídio doloso. O projeto retornou ao plenário 24 horas depois de ser rejeitado, após manobra do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB). O ministro do Supremo Marco Aurélio Mello e o ex-ministro Joaquim Barbosa afirmam que a nova votação foi inconstitucional por não respeitar o prazo mínimo de 48 horas. Já Cunha e partidos que apoiaram a redução dizem que a tramitação foi legal. (Págs. 6 e 7)

Em 1 dia, 27 mudaram voto
No intervalo de um dia, 27 deputados mudaram voto, sendo que 24 tinham votado contra a redução da maioridade. (Pág. 6)

Abono salarial vai ser adiado até 2016
governo aprovou no Conselho do FAT um novo calendário para o abono salarial. O pagamento, que normalmente ocorre entre julho e outubro, será adiado para março. Com isso, o governo economizará este ano R$ 9 bilhões. Para fechar suas contas, o FAT terá de receber R$ 4 bilhões do Tesouro em 2016. (Pág. 21)

‘Com cortes, UFRJ não sobrevive’
Roberto Leher, que assume a UFRJ, faz duras críticas à política educacional do governo Dilma. E diz que a universidade chegará a setembro sem condições de pagar suas contas. (Pág. 24)

Neurocientista pode parar pesquisas
Suzana Herculano-Houzel, uma das cientistas mais renomadas do país, afirma que trabalhos de seu laboratório na UFRJ podem ser paralisados. (Pág. 24)

Caso Fifa: EUA pedem extradição (Pág. 30)

Pobreza dificulta ajuste na Grécia
Com 35% dos gregos em risco de pobreza, a cada dia crescem as filas para distribuição de comida. FMI prevê que a Grécia precise de € 60 bilhões. (Pág. 19)

Ilimar Franco – Na contramão
O líder do governo na Câmara, José Guimarães (PT), virou líder da Minoria, na noite de quarta-feira, quando foi aprovada a redução da maioridade penal. O governo era contra, mas a base estava dividida. Por isso, aliados esperavam pela liberação. Os que disseram sim tinham 220 votos. Os que disseram não, 104. O governo per der não é novidade. Mas seu líder bater de frente com a maioria da base é uma inovação. (Pág. 2)

Merval Pereira – Anatomia de uma crise
A crise interna do PT pode ser explicada de diversas maneiras, e muitos fatos podem ser responsabilizados por ela existir, mas a lógica que rege os mais recentes movimentos do ex-presidente Lula e de sua criatura, Dilma Rousseff, é que expõe a fragilidade política dessa união. A aliança só foi forte quando o criador comandava a criatura, seja na campanha eleitoral que ela nunca enfrentar a, em 2010, seja na montagem do primeiro governo, quando Lula fez o que quis no Ministério inaugural do que deveria ser o governo de transição entre os primeiros oito anos do ex-presidente e os novos oito anos a partir de 2014. (Pág. 4)

Míriam Leitão – Decisões da Petrobras
A Petrobras poderá refazer contratos com as empresas investigadas na Operação Lava-Jato, desde que elas se submetam aos critérios de transparência e fiscalização que a petrolífera adotará, segundo o presidente Aldemir Bendine. Ele disse que a estatal está estabelecendo esses novos termos de contratos. As empreiteiras só serão impedidas caso sejam condenadas. (Pág. 20)

Editorial
Salários do Judiciário ameaçam nota de risco do país
Se em condições normais o projeto demagógico de reajustes salariais já seria desaconselhável, com o país numa fase de difícil e necessário ajuste fiscal ele é suicida (Pág. 16)
————————————————————————————

O Estado de S. Paulo

Manchete : Lava Jato causou perda de R$ 19 bi, aponta PF
Corrupção pode ter chegado a 20% do valor dos contratos com a Petrobras; delatores falaram em 3%
A Polícia Federal reuniu elementos para apontar que o prejuízo gerado para a Petrobras pelo esquema de cartel, fraudes em licitações, desvios e corrupção investigados pela Operação Lava Jato pode chegar a 20% do valor dos contratos. Delatores confessaram 3%. Segundo a PF, o rombo no caixa da estatal já chega a R$ 19 bilhões. O delegado Igor Romário de Paula afirmou que essa coleta de elementos “pode levar um prejuízo à Petrobras em seus contratos da ordem de 15% a 20%. (Política/Pág. A4)

Cunha incentiva saída de Temer da articulação
Depois de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) defender a saída de Michel Temer da articulação do governo, ministros fizeram uma força-tarefa para conter movimentação no partido pela saída do vice. “Ele é fundamental na governabilidade “, disse edinho Silva. (Política/Pág. A7)

‘Se não contribuo mais, sairei’
Entrevista – José Eduardo Cardozo Ministro da Justiça
Pressionado pelo PT a controlar a Polícia Federal, Cardozo afirmou à repórter Vera Rosa que não orienta investigações nem para beneficiar aliados nem punir adversários. “Não tenho de prestar informações só ao PT, mas a qualquer força política que desejar explicações sobre meus atos”. Sobre a possibilidade de deixar o cargo, diz: “Se achar que não contribuo mais para o projeto, sairei”. (Política/Pág. 6)

Foto-legenda : Prisão no Rio
O ex-diretor da Área Internacional da Petrobras Jorge Zelada chega ao IML, de Curitiba. Preso preventivamente pela PF, no Rio, na 15a. fase da Lava Jato, ele mantinha uma conta secreta de €11 milhões em Mônaco. (Política/Pág. A5)

Partidos e OAB vão contestar no STF aprovação da maioridade
Parlamentares de sete partidos vão ajuizar mandado de segurança no STF, e a OAB também ameaça recorrer à Corte para tentar anular a aprovação da redução da maioridade penal após suposta manobra do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). (Metrópole/Pág. A12)

Deputados mudam voto
Um dia após rejeitar a PEC, 24 deputados votaram a favor da redução da maioridade penal. Eles alegaram que o texto foi abrandado e que sofreram pressão de eleitores. (Pág. A12)

Abono salarial de R$ 9 bi será pago só em 2016
O conselho deliberativo do FAT aprovou calendário do governo para pagamento do abono salarial que empurra para 2016 o desembolso de R$ 9 bilhões. A medida está no pacote de ajuste fiscal apresentado pela equipe econômica no fim de 2014. (Economia/Pág. B3)

EUA pedem extradição de Marin
Os EUA pediram a extradição do ex-presidente da CBF, José Maria Marin, preso na Suíça, e o país sinaliza estar disposto a fazer acordo com o dirigente caso haja disposição para colaborar nas investigações sobre corrupção na Fifa. Marin, porém, deve dizer que se opõe à extradição. (Esportes/Pág. A17)

Mercedes propõe corte de jornada e salário (Economia/Pág. B1)

Correa diz que oposição tenta golpe no Equador (Internacional/Pág. A9)

Fernando Gabeira – Quem pagará enterro e flores?
Dilma faz saudações à mandioca, Lula esbraveja contra o PT. Vai chegar o momento de discutir o País e alternativas diante da crise. (Espaço Aberto/Pág. A2)

Notas&Informações – O preço do desastre
O custo da energia elétrica sofreu aumento brutal, sobretudo para os consumidores domésticos. (Pág. A3)


Estado de Minas

Manchete: EMERGÊNCIA Pesquisa feita para o EM aponta a saúde, em momento crítico, como serviço público que mais desagrada a população de BH
O levantamento, encomendado pelo Estado de Minas ao Instituto MDA, ouviu mil pessoas nas nove regionais da capital, entre os dias 27 e 30 do mês passado. E constatou que o atendimento de saúde tem o maior índice de insatisfação, manifestada por 48,5% dos entrevistados, bem à frente dos outros serviços públicos que mais preocupam: a segurança (18,2%) e a educação (10%). E a situação da saúde em BH tende a piorar, depois que, devido ao corte nos repasses de recursos federais, a prefeitura suspendeu as cirurgias eletivas para moradores de outras cidades (cerca de 2 mil por mês), e o estado cancelou mais 12 mil procedimentos do tipo na rede conveniada ao SUS de um programa criado justamente para reduzir as filas em busca dessas operações. Pág.13

ELE PODE TUDO?
manobra do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), para aprovar a redução da maioridade penal divide opiniões de juristas. A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) já informou que recorrerá ao STF. E mesmo quem não considera a decisão inconstitucional afirma que haverá complicações práticas para cumpri-la,caso vire lei. Ao comentar o resultado da votação, Cunha rebateu críticas de deputados: “Isso é choro de quem não tem voto”. Pág. 3E4

R$ 19 bi TOTAL QUE A PF ESTIMA TER SIDO DESVIADO DA PETROBRAS
O valor foi calculado com base em contratos fraudados de empreiteiras para obras na estatal, com desvios que chegariam a 20%, e não apenas 2% ou 3% como apurado inicialmente. A Operação Lava-Jato chegou à 15ª fase, com a prisão, ontem, do ex-diretor da área Internacional da Petrobras Jorge Luiz Zelada, ligado ao PMDB. Pág. 5

Reajuste de salário para servidores
Os deputados estaduais aprovaram em segundo turno na Assembleia aumento salarial para funcionários da saúde, defesa social e auditores internos do governo de Minas. Correções custarão cerca de R$ 39 milhões a mais aos cofres públicos e ocorrem em meio à polêmica do projeto que permite ao estado sacar 70%dos depósitos judiciais para as despesas. Pág. 2

Carros roubados descobertos em estacionamento
A Polícia Civil apreendeu 18 veículos roubados que eram mantidos em estacionamento ao lado de hospital no Bairro Funcionários, na Região Centro-Sul de BH, pelo chefe da quadrilha, morto na segunda-feira. O estacionamento era usado como esconderijo até os carros ganharem documentos, placas e chassis falsificados. Pág. 14

NA PORTA DA ESCOLA
A polícia abriu inquérito para apurar agressões sofridas por empresária durante briga de trânsito no Bairro Santa Lúcia. Cristiana Villas Boas Viana, de 50 anos, diz tersido espancada pelo comerciante Henrique Lapertosa, de 35. Ele alega que a mulher cuspiu em seu rosto e esmurrou o carro após discussão enquanto ele deixava a filha de 2 anos na escola. Pág. A 15


Gazeta do Povo

ESCÂNDALO DE CORRUPÇÃO
Lava Jato fecha “camarilha dos quatro” da Petrobras
O ex-diretor da área internacional da Petrobras Jorge Zelada foi preso ontem durante a deflagração da 15.ª fase da Operação Lava Jato, da Polícia Federal. O procurador do Ministério Público Federal (MPF) Carlos Fernando Lima disse que a nova prisão fecha a “camarilha dos quatro” da estatal, se referindo ao núcleo de corrupção formado pelos ex-diretores da petroleira Paulo Roberto Costa, Renato Duque, Nestor Cerveró e Zelada. O advogado de Zelada, Eduardo Moraes, classificou a prisão de desnecessária e disse que vai entrar com pedido de habeas corpus
TRANSPORTE COLETIVO
Decisão do TC não deve reduzir tarifa de ônibus
Por determinação do Tribunal de Contas do Paraná, a prefeitura de Curitiba poderá reduzir a tarifa de ônibus repassada às empresas em R$ 0,33. Mas o “desconto” não deve chegar aos R$ 3,30 pagos pelo usuário. Prefeitura anuncia que os ônibus híbridos devem ser retirados de circulação
OBRAS PÚBLICAS
TC suspende obras suspeitas em escolas do PRO
Tribunal de Contas do Paraná determinou a suspensão de obras suspeitas de irregularidades em duas escolas de Campina Grande do Sul. As construções fazem parte de um conjunto de sete contratos que são alvo de uma auditoria interna da Seed e estão sendo investigadas pela Polícia Civil e o Ministério Público Estadual
CONGRESSO
Redução da maioridade penal vai parar no STF
A manobra regimental usada pelo presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, para aprovar a redução da maioridade penal gerou reações entre parlamentares, entidades representativas e juristas. Parlamentares de sete partidos vão recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF). A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) também condenou a manobra
INDÚSTRIA
Produção de carros no Paraná recua no tempo
Pátios cheios e demissões em massa. O polo automotivo do Paraná voltou nove anos no tempo. Com o ritmo dos últimos meses,terminará o ano no nível de produção mais baixo desde 2006
CONSUMIDOR
Atraso no visto não garante o reembolso
JUSTIÇA & DIREITO
As controvérsias da aplicação da teoria do domínio do fato na Operação Lava JatoA teoria de domínio do fato, utilizada no mensalão, volta a ser adotada na Lava Jato
INVESTIGAÇÃO
Bancos estrangeiros são acusados de cartel para manipular taxa de câmbio


Zero Hora

Manchete : Plataformas devem gerar 4 mil empregos no polo naval
Petrobras e QGI chegaram a acordo para a montagem da P-75 e da P-77 em estaleiro de Rio Grande, encerrando um longo impasse agravado com o escândalo na estatal. (Notícias | 20)

Operação Lava-Jato – 15a. fase, 4° ex-diretor preso
Suspeito de receber propina na contratação de navios-sonda para a Petrobras, Jorge Luiz Zelada (foto) teria feito transferências milionárias no Exterior. Preso no Rio, ele foi levado para Curitiba.
PARA EVITAR ORDEM DE PRISÃO, JOSÉ DIRCEU PEDE HABEAS CORPUS PREVENTIVO (Notícias | 12 e 14)

Marta Sfredo
Um oásis em meio à crise da Petrobras (Notícias
| 29)
————————————————————————————

Brasil Econômico

Manchete : Consumo interno de gasolina cai e pais exporta mais
Dados da balança comercial de junho mostram que as vendas externas do combustível triplicaram em relação a igual mês do ano passado e duplicaram em relação a maio. O aumento da exportação é resultado da retração de 5,4% na demanda nacional entre janeiro e maio deste ano, primeiro período de queda de vendas desde 2009. (Pág. 11)

OAB recorre contra golpe de Cunha
A Ordem dos Advogados do Brasil deve ir ao STF para derrubar a redução da maioridade penal, aprovada pela Câmara, caso o projeto passe no Senado. A entidade considera que o processo legislativo não foi respeitado. (Pág. 3)

OAB e deputados versus Cunha no STF
Entidade dos advogados defende que maioridade penal é cláusula pétrea e não pode ser alterada. Parlamentares entrarão com mandado contra manobra do presidente da Câmara (Pág. 3)

Zelada: 4º ex-diretor da Petrobras preso
Substituto de Cerveró na Área Internacional da estatal, executivo teria movimentado € 11 milhões entre China, Suíça e Mônaco, para tentar fugir do bloqueio de suas contas (Pág. 4)

Desempenho melhor, mas ainda pouco sustentável
Produção industrial cresce no mês de maio, puxada por não duráveis e semiduráveis (Pág. 5)

Olhar do Planalto – JOSÉ NEGREIROS
TRÊS FATURAS NA CONTA DA PRESIDENTE
Nas próximas duas semanas, a presidente Dilma terá que decidir se veta artigos de uma medida provisória e dois projetos de lei que contrariam interesses populares num momento delicado de perda de apoio. (…) (Pág. 2)

Sintonia Fina – JULIO GOMES DE ALMEIDA
CRESCIMENTO A SER TESTADO
A melhora da produção industrial que a pesquisa de maio do IBGE divulgada ontem mostrou — aumento de 0,6% com relação a abril — seria um sinal de que algo poderia estar mudando na trajetória da indústria em 2015 se vários fatores adversos não estivessem em curso. (…) (Pág. 6)
O mercado como ele é…

LUIZ SÉRGIO GUIMARÃES – DADO FRUSTRANTE AFUNDA DÓLAR
Ainda não foi desta vez. Depois de uma série alvissareira de bons indicadores, os mercados globais esperavam ontem a ratificação do novo estágio de recuperação da economia americana pelo relatório oficial de mercado de trabalho referente a junho. Foi uma completa decepção. (…) (Pág. 20)

Ponto Final – OCTÁVIO COSTA – DE REPENTE, VEM A CORRUPÇÃO
Se eu escrevesse a pedidos, faria novo artigo sobre o deputado Eduardo Cunha. Minha filha caçula e a ala progressista da redação estão revoltados com o presidente da Câmara. (…) (Pág. 32)

————————————————————————————

Folha de S. Paulo

Manchete : Doleiro lança nova suspeita sobre o comitê de Dilma
Youssef diz ter sido procurado por emissário da campanha para obter R$ 20 mi no exterior; ex-tesoureiro contesta versão. Alberto Youssef disse à Justiça Eleitoral que foi procurado por emissário da campanha à reeleição de Dilma Rousseff no início de 2014 para trazer ao Brasil cerca de R$ 20 milhões do exterior , relatam Andréia Sadi e Gabriel Mascarenhas. O doleiro, delator na operação que apura corrupção na Petrobras, afirmou que o negócio não foi finalizado. O depoimento com a informação ocorreu no dia 9 do mês passado, em Curitiba, onde Youssef, pivô na Lava Jato por operar contas dos envolvidos, está preso. O doleiro disse que uma pessoa chamada Felipe o procurou para “trazer dinheiro de fora” para ajudar na reeleição de Dilma. “Aí aconteceu a questão da prisão, e eu nunca mais o vi.’’ Edinho Silva, tesoureiro da campanha de Dilma e hoje ministro da Comunicação Social, afirmou que o depoimento mostra que Youssef “nunca manteve contato” com o comitê de candidatura. “Só eu tinha autorização para estabelecer contatos e efetuar arrecadação.” (Poder a4)

Ex-ministro José Dirceu pede habeas corpus preventivo para não ser preso na Operação Lava Jato. (a5)

Temer avalia deixar função de articulador do Planalto
Vice de Dilma, Michel Temer (PMDB) decidirá até agosto, segundo aliados, se deixará a articulação política do governo. Ele tem tido dificuldade para satisfazer pedidos de parlamentares a fim de viabilizar votações no Congresso. Em reunião com Temer ontem, a presidente afirmou que as demandas serão resolvidas. (Poder a7)

Deputados e OAB contestarão no STF mudança da idade penal
A proposta de redução da maioridade penal de 18 para 16 anos para crimes graves, aprovada em primeira votação na Câmara, será questionada no Supremo por deputados e pela Ordem dos Advogados do Brasil. O projeto também enfrentará resistência no Senado, onde líderes já disseram que a análise será mais lenta. (Cotidiano B1)

Cade investiga 15 bancos por suspeita de cartel no câmbio
O Cade (órgão de defesa da concorrência) investiga suposto cartel formado por 1 5 instituições financeiras estrangeiras, como Citigroup, Credit Suisse e HSBC, que tinham o objetivo de manipular taxas de câmbio. Bancos não comentaram. (Mercado a12)

EUA formalizam o pedido para Marin ser extraditado
Autoridades dos EUA formalizaram o pedido de extradição de José Maria Marin, 83, ex-presidente da CBF que está preso na Suíça desde maio. Ele é acusado de corrupção na venda de direitos sobre torneios de futebol. A defesa dele tentará barrar a transferência para os EUA na Justiça suíça. (Esporte B6)

FMI diz que dívida grega crescerá em ritmo insustentável
A dívida da Grécia voltará a crescer em ritmo “insustentável” nos próximos anos, segundo o FMI. Relatório do órgão afirma que o governo não será capaz de pagar seus débitos até 2018. Para o Fundo, um socorro adicional de € 36 bilhões é “imperativo”. (Mercado a15)

Hélio Schwartsman – É questão de tempo a redução da idade penal
Sou contra a redução da idade penal. Mas é bobagem apegar-se a minúcias para barrar a medida. Estamos numa democracia e não há dúvida de que a maioria é favorável. A mudança é questão de tempo. (Opinião a2)

Editoriais
Leia “Dilema grego”, sobre desafios políticos e econômicos do país, e “Depois do foie gras”, acerca de aumento de cargos na Câmara paulistana. (Opinião A2)
————————————————————————–

Edição: Equipe Fenatracoop, 03 de Julho de 2015, 08:28

Compartilhe nossa Matéria