Manchete nos Jornais neste Sábado, 21 de Janeiro de 2017

75

Minha Casa Minha Vida – Imóveis mais perto dos centrosGoverno estuda construir novos prédios do Minha Casa Minha Vida em áreas urbanizadas e próximas ao centro das cidades…

Nem perto nem longeO Brasil não está nem tão longe de Deus nem tão perto dos EUA, mas não é certo que esteja imunizado contra os estragos que poderiam ser produzidos pela nova política protecionista…

—————————————————————————–

O Globo

Manchete : Rumo da Lava-Jato no STF pode ser decidido por sorteio

Temer quer esperar que Supremo decida sobre novo relator

Presidente da Corte, Cármen Lúcia sinaliza que substituição será feita como prevê o regimento

O presidente Michel Temer pretende esperar que o Supremo Tribunal Federal escolha o novo relator da Lava- Jato para então indicar o ministro que substituirá Teori Zavascki no STF. A presidente da Corte, Cármen Lúcia, deu sinais de que a decisão será tomada por sorteio, que pode ser feito entre os cinco ministros da Segunda Turma do tribunal ou entre os dez do plenário. (Págs. 3 e 4)

Merval Pereira – Homologação de acordo já pode ser feita (Pág. 4)

Míriam Leitão – Cármen se inspira em Teori para decidir (Pág. 18)


Teori e o ‘apego à vida’

Em entrevista inédita, Teori Zavascki se dizia apegado à vida e a seu “baú de histórias”. (Pág. 6)


Presidente Trump inaugura era populista nos EUA

Mais de 200 manifestantes são presos em violentos confrontos em Washington

Num discurso de posse que durou 16 minutos, com ênfase no populismo e no nacionalismo, o presidente dos EUA, Donald Trump, atacou a classe política americana e reforçou a retórica da campanha, mantendo a promessa de blindar as fronteiras. Trump pintou um quadro sombrio do país, focou nos desiludidos, prometeu erradicar o extremismo islâmico e colocou os EUA como prioridade total: “Esta carnificina americana para aqui e para agora”, disse, em alusão à criminalidade. A chegada do 45º presidente à Casa Branca foi marcada por violentos confrontos entre policiais e manifestantes, numa indicação de que a divisão no país persistirá em seu mandato. Mais de 200 pessoas foram presas. Segundo estimativas, o público foi apenas um terço do registrado na posse de Obama, há oito anos. (Págs. 22 a 27)

Juiz proíbe reeleição de Maia

Uma liminar da Justiça de Brasília impede o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, de se candidatar à reeleição. Maia disse que vai recorrer. (Pág. 7)


Minha Casa Minha Vida – Imóveis mais perto dos centros

Governo estuda construir novos prédios do Minha Casa Minha Vida em áreas urbanizadas e próximas ao centro das cidades, conta GABRIELA VALENTE. (Pág. 17)

Editorial

‘É prioritária a defesa da Lava-Jato’ (Pág. 14)

————————————————————————————

O Estado de S. Paulo

Manchete : Sob protestos, Trump assume com discurso nacionalista e antipolítico

Presidente diz que, de agora em diante, só haverá a ‘América em primeiro lugar’

Ele prometeu resgatar a supremacia americana com segurança de fronteiras, empregos e restituição aos que foram ‘roubados’

Mais de 200 pessoas são presas em Washington

Donald Trump tomou posse como o 45.º presidente dos EUA com discurso em que apresentou retrato sombrio do país e do mundo, atacou a classe política, repetiu promessas populistas e reforçou o ultranacionalismo de sua campanha, informa Cláudia Trevisan. “A carnificina americana acaba aqui e agora”, disse. “De hoje em diante, só haverá a América em primeiro lugar.” Trump descreveu os EUA como um país explorado por outras nações e, abusando de superlativos, prometeu resgatar a supremacia supostamente perdida e tornar a América grande de novo, com empregos, segurança nas fronteiras e prosperidade. Segundo ele, o país manterá alianças internacionais e criará novas para derrotar o terrorismo islâmico. Em sites oficiais, dados sobre impactos climáticos foram substituídos pela previsão de fim de limites de emissão de poluentes e exploração de carvão e petróleo. Sem dar detalhes, a administração anunciou um escudo antimísseis para proteger o país do Irã e da Coreia do Norte. Em Washington, protesto teve mais de 200 presos. (Internacional A12 a A16)


Temer indicará ministro após STF definir relator

O presidente Michel Temer disse a auxiliares que o “cenário ideal” para escolha do substituto do ministro Teori Zavascki seria após a presidente do STF, Cármen Lúcia, definir o novo relator da Lava Jato na Corte. Além da preocupação de “não atropelar” o Supremo, Temer quer evitar desgaste político. O sucessor terá de assumir processos polêmicos na Corte. Teori havia pedido vista em ações que tratam de judicialização da saúde, descriminalização de drogas e medidas contra governadores. Dono do avião, o empresário Carlos Alberto Filgueiras recorreu em novembro ao STF para tentar anular processo por crime ambiental contra ele em ilha de Paraty. (Política A4 a A10)


Gravador de voz é encontrado

Aparelho que registra áudio do cockpit e entre o piloto e a torre de controle foi achado nos destroços. Em bom estado, pode ajudar na investigação. (A10)

SP investiga 4 mortes por febre amarela (Metrópole A20)

Celso Ming

Nem perto nem longe

O Brasil não está nem tão longe de Deus nem tão perto dos EUA, mas não é certo que esteja imunizado contra os estragos que poderiam ser produzidos pela nova política protecionista ( A16)

Notas&Informações

O equilíbrio de Teori Zavascki – Em tempos de ânimos acirrados, em meio à mais grave crise moral da história, esse equilíbrio fará falta (A3)

Manipulando o medo – Governadores querem transferir para a União o custo de suas responsabilidades (A3)

————————————————————————————

Folha de S. Paulo

Manchete : Em tom agressivo, Trump diz que América será grande novamente

Empresário sucede Obama com a mesma retórica conservadora e populista que o alçou à Presidência dos EUA

Donald John Trump, 70, tornou-se nesta sexta-feira o 45° presidente dos EUA com a mesma retórica agressiva de sua campanha vitoriosa. O empresário declarou que faria a “América grande novamente”, repetindo seu slogan, e que outros países não mais “roubariam nossas fábricas”. Prometeu emprego, fronteiras seguras e riqueza. “Todas as decisões sobre comércio, impostos, imigração e temas internacionais serão tomadas para beneficiar trabalhadores e famílias americanas”, disse o republicano, na posse sob chuva em Washington. O discurso, para estimadas 900 mil pessoas, ou metade do público que atendeu à posse do democrata Barack Obama em 2009, gerou reações. Mais de 200 manifestantes foram presos em protestos nas ruas da capital americana, relatam Marcelo Ninio e Patrícia Campos Mello. Na Europa, líderes de França, Alemanha e Reino Unido criticaram o tom protecionista e belicoso de sua fala. O ex-apresentador de TV é o mais velho e rico presidente americano a tomar posse e o primeiro a não divulgar o seu Imposto de Renda. O bilionário disse que o país passa por “uma carnificina” causada por pobreza, crime e drogas. “Isso acaba aqui e agora.” Trump assume com rejeição de 52%, a maior de um presidente na posse —Obama sai com aprovação de 60%—, e como figura maior da recente guinada conservadora no mundo, após campanha eleitoral crítica ao establishment político. No primeiro dia no cargo, já agiu: assinou ordem para impedir pessoas sem plano de saúde de serem multadas, conforme determinava seu antecessor. (Especial Governo Trump)

Clóvis Rossi – Patriotismo do novo presidente pode causar problemas graves ao Brasil (Pág. 5)

Temer aguarda novo relator para indicar substituto de Teori

O presidente Michel Temer (PMDB) deu início a tratativas para escolher o substituto de Teori Zavascki no Supremo Tribunal Federal. O ministro, relator do processo principal da Lava Jato, morreu depois da queda de um avião bimotor anteontem, no mar de Paraty (RJ). O velório e o enterro serão neste sábado, em Porto Alegre. Grace Mendonça (Advocacia-Geral da União), Alexandre de Moraes (Justiça) e Luiz Antônio Marrey (ex-procurador-geral de SP) estão cotados para o lugar de Teori. Sem concordância no núcleo do governo, Temer cogita fazer o anúncio só após a presidente do STF, Cármen Lúcia, decidir quem herda a relatoria da Lava Jato. (Poder A4)

Foto-legenda : Pescaria

Policiais e socorristas içam preso ferido no presídio de Alcaçuz, no RN; detentos mantinham o controle do local mesmo depois da entrada do Batalhão de Choque (Cotidiano B5)

Editoriais

Leia “Desolação e urgência”, sobre a morte de Teori Zavascki, e “Saída à inglesa”, a respeito dos termos do desembarque britânico da União Europeia. (Opinião A2)

————————————————————————————




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *