Para juristas, é preciso rever o tamanho da máquina pública; Especialistas defendem nova estrutura de gastos públicos… – Saúde: Estratégia federal contra gripe A revolta especialistas; Ao insistir que Estado não terá política diferenciada de vacinação, secretário provocou indignação… – Dilma quer proibir operação-padrão em greve de servidores; AGU prepara projeto para normatizar paralisação; corte de ponto será permitido…

O Globo

Manchete: Vitória do verde – TCU manda invasor sair do Jardim Botânico

Decisão proíbe concessão de título às famílias que ocupam parque

Até julho de 2013, Ministério do Planejamento e Secretaria do Patrimônio da União têm que registrar os limites da área

Numa decisão que sinaliza para o fim de uma polêmica de décadas, o Tribunal de Contas União (TCU) determinou ontem que, no prazo de 390 dias, nenhuma família poderá mais morar nos limites do Jardim Botânico que ainda serão estabelecidos. Até lá, quando deve ser efetivada a reintegração de posse, o governo federal deve transferir para o Jardim Botânico todos os bens imóveis da área, inclusive o Horto Florestal, e registrar em cartório seus limites, medidas fundamentais para a retirada das 620 famílias invasoras. (Págs. 1 e 12)

Maioria condena réus do Banco Rural no STF

Seis dos 10 ministros já votaram pela condenação dos ex-dirigentes do Banco Rural Kátia Rabello e José Roberto Salgado por gestão fraudulenta por causa de empréstimos de R$ 32 milhões ao PT e a Marcos Valério. Basta só mais um voto para condenar Vinicius Samarane, vice-presidente do banco, e para absolver a ex-diretora Ayanna Tenório pelo mesmo crime. (Págs. 1, 11 e Merval Pereira)

Presa com quadrilha perde candidatura

Polícia e MP desarticularam quadrilha que teria desviado ao menos R$ 48 milhões de Guapimirim. Grupo seria liderado pelo prefeito Júnior do Posto (PTC) e apostava na candidatura de Ismeralda da Costa (PMDB), também presa. Ontem, o PMDB anunciou sua expulsão do partido. (Págs. 1 e 3)

Ibope: Paes chega a 52%

Prefeito cresce cinco pontos ganhando voto de indecisos. Freixo tem 14%. (Págs. 1 e 8)

Carro econômico terá IPI menor

O novo regime automotivo que será anunciado pelo governo e entrará em vigor em 2013 prevê que carros que consomem menos combustível por quilômetro rodado pagarão menos imposto e ganharão selos de economia. (Págs. 1 e 23)

Bill Clinton vai ao resgate de Obama

Com popularidade de 66%, o ex-presidente Bill Clinton defendeu a reeleição alegando que Barack Obama salvou os EUA da crise herdada de George Bush e abriu caminho para economia inovadora. (Págs. 1, 31 e editorial “Obama tenta relançar a agenda da esperança”)

————————————————————————————

Folha de S. Paulo

Manchete: Mensalão o julgamento – Empréstimos do mensalão foram forjados, diz STF

Maioria dos ministros aponta fraude em repasses a Marcos Valério e ao PT e condena dois ex-dirigentes do Banco Rural

Seis dos dez ministros do Supremo reconheceram que houve fraude em empréstimos do Banco Rural a empresas de Marcos Valério e ao PT e decidiram condenar dois dirigentes da instituição à época do mensalão.

Segundo ministros, os repasses, de R$ 32 milhões, visavam encobrir o desvio de verba para o esquema. Dinheiro que, diz a Procuradoria, foi usado para pagar políticos da base aliada. Os réus negam a acusação. (Págs. 1 e Poder A3 e A6)

Painel: FHC afirma não querer ‘bater boca’ com a presidente

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso diz que não quer “bater boca” com a presidente Dilma, que respondeu a seu artigo sobre o legado do governo Lula.

FHC reafirma, porém, a crítica ao petista. “O que escrevi se refere a fatos e não a adjetivar pessoas, e os fatos não foram contestados.” (Págs. 1 e Poder A4)

Dilma anuncia hoje redução maior na conta de energia

Dentre outras medidas para reativar a economia, Dilma anuncia hoje corte maior nas tarifas de energia para consumidores residenciais e para a indústria. A queda na tarifa doméstica ficará na casa de 15%, acima dos 10% previstos anteriormente.

Dilma definiu o corte residencial em 16,2% e gravou pronunciamento do 7 de Setembro com esse índice, informam Mônica Bergamo, Valdo Cruz e Natuza Nery. Para a indústria, a redução será de até 28%. (Págs. 1 e Mercado B1)

Falha em site da Eletropaulo libera acesso a dados de clientes

Uma falha de segurança no site da Eletropaulo permitia, até a noite de ontem, o acesso e a alteração de dados cadastrais e de pagamento dos 6,4 milhões de clientes na Grande São Paulo, informa Yuri Gonzaga.

O erro foi descoberto e relatado à empresa no dia 31 por um estudante, mas não houve correção. A companhia diz que resolverá até a manhã de hoje. (Págs. 1 e Mercado B3)

Marcelo Miterhof: Economia de juros baixos é auspiciosa, mas impõe desafios

A transição para uma economia de juros baixos exigirá que o país enfrente alguns desafios. O principal refere-se ao tripé: câmbio flutuante, metas de inflação e superavit primário. (Págs. 1 e Mercado B8)

2,8 mi consumiram cocaína nos últimos 12 meses, diz estudo

Cerca de 2,8 milhões de brasileiros consumiram cocaína nos últimos 12 meses, segundo estudo da Unifesp. Desse total, 48% tornaram-se dependentes. O país é o segundo maior consumidor da droga no mundo, atrás só dos Estados Unidos, segundo a pesquisa. (Págs. 1 e Cotidiano C3)

Boa notícias: Escolas privadas recebem guia de comida saudável nas cantinas

O governo iniciou o envio a 18 mil escolas particulares — quase a metade dos cerca de 37 mil colégios privados do país — de uma cartilha para estimular a venda de alimentos com menos sal, açúcar e gordura nas cantinas. Para combater a obesidade infantil, o guia sugere que alimentos saudáveis, como frutas, tenham preços menores. (Págs. 1 e Cotidiano C1)

Editoriais

Leia “Russomanno, 35%”, acerca do desempenho do candidato do PRB nas pesquisas eleitorais, e “Controle do Judiciário”, sobre Corregedoria do CNJ. (Págs. 1 e Opinião A2)

————————————————————————————

O Estado de S. Paulo

Manchete: Dilma quer proibir operação-padrão em greve de servidores

AGU prepara projeto para normatizar paralisação; corte de ponto será permitido

Irritada com as estratégias adotadas pelos servidores federais em greve, a presidente Dilma Rousseff chancelou os primeiros pontos de um projeto de lei para disciplinar as paralisações e, entre as medidas, quer proibir a operação-padrão, informam os repórteres João Villaverde e Felipe Recondo. O ministro Luís Inácio Adams, da Advocacia-Geral da União, responsável pelas propostas do projeto de lei, diz que servidores de áreas essenciais, como médicos ou funcionários da Justiça Eleitoral em período de eleição, devem ter o direito de greve negado. O corte de ponto será permitido. A Constituição de 1988 prevê a regulamentação do tema, o que nunca foi feito. “A greve de 2012 mostrou a urgência de uma lei específica”, afirma Adams. Ele caracterizou como “abusiva” e “ilegal” a prática da operação-padrão. De acordo com estimativas das centrais sindicais, mais de 250 mil servidores engrossaram as greves neste ano. (Págs. 1 e Nacional A12)

Operação afeta Receita

Em dois meses de greve da Receita, cerca de R$ 6,5 bilhões deixaram de ser lançados por causa da operação “Crédito Zero”. (Págs. 1 e Nacional A12)

STF vê fraude no Rural e condena diretores

A acionista do Banco Rural Kátia Rabello e o ex-presidente da instituição José Roberto Salgado foram condenados pelo Supremo Tribunal Federal (STF) por gestão fraudulenta. Para a maioria do STF, eles simularam empréstimos e liberaram recursos para o esquema do mensalão. Até a sessão de ontem, Ayanna Tenório, ex-presidente do banco, foi absolvida por cinco ministros. Vinícius Samarane, outro dirigente do Rural, foi condenado por cinco ministros. (Págs. 1 e Nacional A8)

Rosa Weber
Ministra do STF
“Nos crimes administrativos, a culpa recai sobre os administradores”

Eleições 2012: FHC entra na campanha de Serra

O candidato do PSDB a prefeito de São Paulo, José Serra, vai usar depoimento do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na propaganda eleitoral no rádio e na TV, aumentar o número de cabos eleitorais na rua e reforçar a estratégia de colar sua imagem à do governador Geraldo Alckmin. O prefeito Gilberto Kassab (PSD) terá cada vez mais aparições marginais nos programas. As ações, definidas pela coordenação da campanha, são uma tentativa de estancar a queda nas pesquisas após o avanço de Celso Russomanno. (Págs. 1 e Nacional A4)

Petista ‘exclui’ tucano do segundo turno

O candidato do PT à Prefeitura, Fernando Haddad, disse ontem que o segundo turno das eleições será travado entre duas candidaturas com viés de mudança, excluindo o tucano José Serra. (Págs. 1 e A6)

Por superávit, governo resgata títulos de 2035

O governo colocou em curso manobra para facilitar o cumprimento da meta de superávit primário (diferença entre receitas e despesas não financeiras) das contas do setor público em 2012. A Caixa Econômica Federal e o BNDES transferiram R$ 4,5 bilhões aos cofres do Tesouro em agosto, a título de resgate antecipado de títulos que venceriam em 2027 e 2035. (Págs. 1 e Economia B1)

Fotolegenda: Em obras

Novo terminal de passageiros de Cumbica em obras; ampliação das duas pistas e do pátio do aeroporto restringirá pousos e decolagens por três meses no primeiro semestre de 2013. Alargadas, as pistas poderão receber o Airbus A380. (Págs. 1 e Cidades C4)

Partido associa era Clinton a Obama

Convidado a fazer um dos discursos da convenção do Partido Democrata, Bill Clinton entra no cenário eleitoral dos EUA como garoto-propaganda de Barack Obama para falar dos anos de prosperidade. (Págs. 1 e Internacional A13)

País é o 2º mercado da cocaína no mundo

Pelo menos 2,8 milhões de pessoas no Brasil usaram cocaína (inalada ou na forma de crack) no último ano, o que transforma o País no segundo principal mercado consumidor da droga no mundo. O Brasil está atrás apenas dos EUA, onde 4,1 milhões de pessoas usaram cocaína nos últimos 12 meses. Caso sejam considerados só aqueles que consumiram crack, o total do País chega a um milhão de pessoas, o maior mercado consumidor. A pesquisa foi feita pelo Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para Políticas Públicas do Álcool e Drogas. Foram ouvidas 4.607 pessoas com mais de 14 anos, em 149 cidades. (Págs. 1 e Cidades C1)

Médicos suspendem hoje consultas de planos (Págs. 1 e Vida A17)

Alimentos e serviços pressionam inflação (Págs. 1 e Economia B9)

Celso Ming

Aprendizes de feiticeiro

A decisão de elevar o Imposto de Importação com promessas de ampliar a lista em novas edições tem tudo para sufocar a própria indústria. (Págs. 1 e Economia B2)

Fernando Reinach

Extinção e preservação

Interligar blocos ainda preservados na Amazônia é uma possibilidade real e a única maneira de renegociar nossa dívida de extinção na região. (Págs. 1 e Vida A18)

Tutty Vasques

Volta triunfal!

A Suíça fez sua parte. Tomara que estejam providenciando caminhão dos bombeiros para receber os US$ 6,8 milhões que o ex-juiz Nicolau desviou. (Págs. 1 e Cidades C6)

Notas & Informações

Falta de juízo e compostura

Nada justifica que o presidente do PT perca as estribeiras diante do julgamento do mensalão. (Págs. 1 e A3)

————————————————————————————

Correio Braziliense

Manchete: De lixo a revolução genética

Nove anos depois de concluir o mapeamento do genoma humano, cientistas anunciam que os 98% do material descartado à época como “DNA lixo” são, na verdade, peças vitais, responsáveis por regular o funcionamento dos genes. A descoberta, feita por 442 pesquisadores de 31 laboratórios de diversos países — nenhum do Brasil —, inaugura uma nova era no tratamento de doenças genéticas. Do diabetes ao câncer. “É um trabalho essencial para todos que querem consertar defeitos na máquina humana”, diz Tim Hubbard, um dos participantes do estudo. (Págs. 1, 20 e 21)

Corpo de professor que combatia drogas é encontrado carbonizado

Sérgio Roberto Leite, 30 anos, foi queimado dentro do carro, no Sol Nascente, em Ceilândia. Ele era orientador pedagógico do Centro de Ensino Médio 10, na QNP 30, e trabalhava com prevenção ao uso de entorpecentes. A polícia investiga se houve homicídio ou latrocínio. Pesquisa divulgada ontem aponta o Brasil como o maior consumidor de crack no mundo e o segundo em cocaína. (Págs. 1, 9, 23 e 24)

Entrevista: Eliana Calmon

“Juiz do Supremo é de carne e osso”

No último dia como corregedora do Conselho Nacional de Justiça, Eliana Calmon afirma que a missão do STF no julgamento do mensalão é mostrar como se faz justiça. Para ela, o caso ajuda a acabar com a imagem de “semideuses” dos juízes. (Págs. 1 e 4)

STF condena dois réus por gestão fraudulenta (Págs. 1, 2 e 3)

Fotolegenda: Congresso – Estão fazendo graça com seu dinheiro

Na foto acima, a semelhança é mera coincidência: não há circo no Congresso Nacional. Mas, fora do Parlamento, os brasileiros voltaram a ficar com cara de “palhaço”. Deputados federais, mais uma vez, debocharam dos cidadãos que os sustentam e gazetearam a sessão em que deveriam ter votado o fim dos injustificáveis 14º e 15º salários. (Págs. 1 e 6)

Obama tenta hoje embalar a reeleição (Págs. 1 e 18)

————————————————————————————

Valor Econômico

Manchete: Nova proteção tarifária atinge 4% da importação

O governo ergueu uma forte barreira de proteção à indústria nacional ao elevar a alíquota de importação de cem produtos para até 25%. A medida é um complemento polêmico às ações positivas de redução da carga tributária e de custo de capital adotadas para melhorar a competitividade industrial. Os produtos escolhidos compuseram cerca de 4% das importações do país de janeiro a julho, que somaram US$ 4,8 bilhões em compras externas. O governo prevê nova lista com mais cem produtos em outubro.

Os setores beneficiados avaliam que a medida é suficiente para conter a concorrência externa em seus pontos mais críticos e, em sua maioria, ficaram satisfeitos com a lista de produtos. Ela deixou de fora mais de 200 pedidos de associações industriais. (Págs. 1, A3, A4 e C2)

Restrições a concessionária de ferrovias

O governo deve impedir a participação das atuais concessionárias de ferrovias nos leilões para expansão da malha nacional, que prevê mais 10 mil quilômetros. A intenção é deixar clara a separação entre as atividades de administração das ferrovias e do transporte de cargas. Para o presidente da Empresa de Planejamento e Logística, Bernardo Figueiredo, há um conflito de interesses. “O futuro concessionário poderia privilegiar a passagem de uma composição que transporta suas cargas. E isso é incompatível com o ambiente competitivo que queremos fortalecer no setor”. Empresas como ALL e MRS já atuam em ambas atividades. (Págs. 1 e A16)

BCE comprará títulos soberanos

O Banco Central Europeu (BCE) vai se abster de divulgar qualquer limite formal ao rendimento dos bônus ao anunciar um plano de compra de títulos da dívida soberana da zona do euro em sua reunião de hoje. Como se previa, o programa se concentrará na compra de títulos com vencimento de cerca de até três anos no mercado secundário. As aquisições serão “esterilizadas” para não afetar a oferta de dinheiro na zona do euro.

O programa de ação – apelidado de “transações monetárias diretas” em documentos internos de discussão no BCE – se defrontou com a oposição declarada do Bundesbank, o BC da Alemanha, que acha que os BCs deveriam se concentrar unicamente na estabilidade dos preços. Os dirigentes de França, Espanha e Itália, por seu lado, pressionaram intensamente em seu favor. Os investidores também receberam bem a perspectiva de intervenção. (Págs. 1 e C1)

Investimento de impacto, ataca pobreza

Uma nova concepção de captação de recursos para amparar os pobres, que se distancia das doações e adota regras da economia de mercado, começa a tomar forma globalmente. Ao contrário da filantropia simples, nasce o “investimento de impacto”, a cargo do “investidor social”, que faz o bem e ganha dinheiro com isso. Esses investimentos miram as “startups” de saúde, moradia, educação e microfinanças, com alvos nas classes C, D e E. Estudo divulgado pelo J.P. Morgan prevê aportes de US$ 4 bilhões ao longo de 2012 nessa nova classe de ativos, feitos por 52 fundos internacionais. Em dez anos, a expectativa é atingir US$ 1 trilhão. “É uma tentativa a mais de reduzir desigualdades”, diz Antonio Moraes Neto, herdeiro de Antonio Ermírio de Moraes, do Grupo Votorantim, que representa um de três fundos—Vox Capital, FIRST e Pragma — que trabalham no Brasil com esse fim. (Págs. 1 e Eu& Fim de Semana)

Sem joint ventures, balanços encolhem

A transição do padrão contábil brasileiro para o internacional IFRS foi encerrada em 2010, mas mudanças em regras contábeis continuam causando problemas para as empresas.

A principal novidade no balanço de 2013 será a mudança na forma pela qual as joint ventures aparecem nos balanços de suas controladoras. Nada muda no lucro líquido, no patrimônio e na geração de caixa. Mas empresários e executivos temem o ruído que pode ser provocado por reduções bruscas nas linhas de receitas e ativos. (Págs. 1 e B2)

Falta de chuvas pode atrasar o plantio de grãos

As previsões climáticas para a safra 2012/13 no Brasil, que até agora pareciam coroar a expectativa de uma colheita recorde de grãos, enfrentaram o primeiro abalo. Análises meteorológicas mais recentes indicam que pode haver um atraso na chegada das chuvas ao Mato Grosso, o que postergaria o plantio de soja e, eventualmente, puxaria para baixo a produção no Estado. “Não temos um El Niño clássico”, diz Tatiane Martins, meteorologista da Somar. Em vez de chuvas, normalmente associadas ao El Niño, o sul do Brasil enfrentou um período bastante seco em agosto. O Mato Grosso não tem chuvas consideráveis há aproximadamente cem dias. (Págs. 1 e B16)

Emissão do Tesouro paga o menor juro da história na América Latina (Págs. 1 e C7)

Reforço de caixa

A incorporadora Rossi prepara aumento de capital de R$ 500 milhões, com recursos dos controladores e potenciais investidores. O plano é semelhante aos anunciados por PDG e Brookfield. No total, os aportes devem somar R$ 1,7 bilhão. (Págs. 1 e B1)

LC estreia em plataformas

A LC Resturantes, especializada em refeições industriais e corporativas, vai estrear na prestação de serviços em alto-mar fornecendo refeições em uma plataforma da Petrobras na Bacia de Campos. (Págs. 1 e B5)

Darby assume participação na Dall

A gestora americana de fundos de “private equity” Darby Overseas assumiu participação na sergipana Dall, que atua no fornecimento de alimentação a trabalhadores em plataformas de petróleo. (Págs. 1 e B5)

Dori investe em P&D

Com recursos da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), a Dori, de Marília (SP), maior fabricante nacional de balas e confeitos, vai investir na construção de um centro de pesquisas e desenvolvimento de novos produtos. (Págs. 1 e B6)

Retomada tardia para as embalagens

Apesar da perspectiva de retomada neste segundo semestre, a indústria nacional de embalagens não espera recuperar a queda de 3,49% registrada nos seis primeiros meses do ano. A previsão é que 2012 termine com queda de 1%. (Págs. 1 e B7)

Alcoa aumenta a produção

Prevendo um crescimento de 5% ao ano no mercado brasileiro de perfis, a produtora de alumínio Alcoa vai investir no aumento de capacidade em sua fábrica de Tubarão (SC). (Págs. 1 e B11)

Alstom e SNCF avaliam trem-bala

A Alstom, fabricante de máquinas e equipamentos, firmou parceria com a estatal francesa de operação ferroviária Société Nationale des Chemins de fer Français (SNCF) para avaliar e eventualmente disputar em conjunto o projeto brasileiro do trem-bala. (Págs. 1 e B11)

Pinesso eleva aposta no Sudão

O Grupo Pinesso, que produz soja e algodão no Centro-Oeste, inicia nos próximos dias o plantio de 10 mil hectares de algodão irrigado no Sudão. Será a segunda safra do grupo brasileiro no país africano. (Págs. 1 e B16)

Ideias

Ribamar Oliveira

Investimento em infraestrutura é a resposta para acelerar o crescimento da economia no curto prazo. (Págs. 1 e A2)

Alexandre Schwartsman

A queda da inflação foi exacerbada por fatores que nada têm a ver com a política monetária do Banco Central. (Págs. 1 e A15)

Lenovo compra a Digibras (CCE) para crescer no Brasil, diz Yang (Págs. 1 e B3)

————————————————————————————

Estado de Minas

Manchete: Eles gastam gasolina nas férias

Em pleno mês de recesso parlamentar e plenário vazio, os vereadores de BH consumiram mais combustível do que em meses de trabalho. Saíram dos cofres públicos R$ 79,7 mil para abastecer os carros usados nos gabinetes da câmara.

Os parlamentares não têm de informar para que foram usados os veículos. Não há fiscalização nem em períodos eleitorais. Basta apresentar as notas fiscais. A justificativa deles é que os trabalhos nas bases eleitorais não param no recesso. (Págs. 1 e 3)

Eles emporcalham a cidade

Estudo de pós-graduação da PUC Minas mapeou 120 quarteirões da área central de BH e catalogou 2.563 conjuntos de rabiscos, como no prédio da Imprensa Oficial, na Avenida Augusto de Lima. Foram identificados 273 grupos de pichadores. Na pesquisa foram localizados vários deles, com idades entre 17 e 42 anos, todos homens. O levantamento aponta que pelo menos sete gangues se mantêm ativas. Mas a polícia alega ser difícil punir o crime, para o qual só há penas brandas. (Págs. 1, 21, 22 e o Editorial, 6)

E nós pagamos a conta.

Anatel quer mais clareza nas contas de celulares (Págs. 1 e 15)

Fim da greve na UFMG

Professores da Universidade Federal de Minas Gerais decidiram em assembleia encerrar a paralisação, que já durava 79 dias na instituição. Data para a volta às aulas, porém, ainda é incerta. Como alguns cursos e departamentos interromperam os trabalhos em momentos diferentes no primeiro semestre, retorno vai depender da elaboração de novo calendário letivo. No interior, algumas federais decidem até o fim da semana se encerram a greve. (Págs. 1 e 27)

Crack: Brasil lidera consumo

Pesquisa da USP revela que país é o principal consumidor da droga e tem o segundo maior número de usuários de cocaína, atrás apenas dos EUA. (Págs. 1 e 11)

Gripe suína

Mortes em Minas chegam a 34, oito vezes mais do que em 2011. (Págs. 1 e 23)

————————————————————————————

Jornal do Commercio

Manchete: Termina greve na UFPE

Professores decidiram ontem retornar ao trabalho no próximo dia 17, mas férias de janeiro de mais de 26 mil alunos de graduação já estão sacrificadas. Novo calendário deve ser definido na próxima terça-feira. Docentes da Rural fazem assembleia hoje. (Págs. 1 e Cidades 1)

Preço de gás de cozinha sobe até 7%

Com a alta, que entra em vigor nesta segunda, botijão de 13 quilos pode chegar a R$ 40 em algumas regiões do Estado. (Págs. 1 e Economia 1)

Brasil é o mais atingido pelo crack no mundo

Número de usuários já chega a 1 milhão no País, que é segundo no uso de cocaína. (Págs. 1 e 9)

Pernambucano Francisco Falcão assume o CNJ (Págs. 1 e 9)

Ex-cúpula do Rural condenada pelo mensalão (Págs. 1 e 8)

————————————————————————————

Zero Hora

Manchete: RS e outros cinco Estados tentam anular aumento do piso dos professores

Governadores defendem projeto que prevê correção de vencimentos do magistério com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor, que resultaria em reajustes menores. (Págs. 1, 10 e 32)

Saúde: Estratégia federal contra gripe A revolta especialistas

Ao insistir que Estado não terá política diferenciada de vacinação, secretário provocou indignação. (Págs. 1 e 36)

Eleições americanas: Obama, do sonho à dura realidade

Promessas e realizações do presidente que discursa hoje na convenção. (Págs. 1, 4 e 5)

Setembro tenso: Quase 1 milhão buscam aumento

Quatorze categorias negociam salários em mês marcado por ameaças de greve. (Págs. 1 e 18)

————————————————————————————

Brasil Econômico

Manchete: Dilma fecha pacote de energia e anuncia hoje a redução das tarifas

Em reunião com os ministros Edison Lobão e Guido Mantega, foram acertados os últimos detalhes dos descontos de até 20%. Lançamento está marcado para o dia 11, mas as medidas serão antecipadas pela presidente no discurso na TV hoje à noite. (Págs. 1 e 8)

Lenovo compra a CCE e busca a liderança no país

Segundo o presidente mundial Yang Yuanging, o Brasil é o único dos Brics em que a empresa chinesa não conquistou o primeiro lugar na venda de computadores. (Págs. 1 e 18)

Tucanos continuam a apostar em queda de Russomanno (Págs. 1 e 12)

Para juristas, é preciso rever o tamanho da máquina pública

Especialistas defendem nova estrutura de gastos públicos em evento promovido pelo BRASIL ECONÔMICO. (Págs. 1 e 4)

Governo quer Infraero como sócia majoritária no Galeão e em Confins

Modelo de administração dos dois aeroportos junto com a iniciativa privada é o preferido do Palácio do Planalto. (Págs. 1 e 9)

Ministro cobra presença brasileira nas privatizações portuguesas

Apelo foi feito na Fiesp por Paulo Portas, titular da pasta dos Negócios Estrangeiros, de Portugal. (Págs. 1 e 11)

Direto do alambique

Pequenos produtores, como José Lucas Mendes, de Salinas (MG), se preparam para exportar cachaça. (Págs. 1 e 16)

Clipping Radiobrás

Edição: Equipe Fenatracoop

Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.

Responda

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.