Rescisão detalhada; A partir de hoje, as empresas devem usar o novo Termo de Rescisão de Contrato de Trabalho nas demissões. O documento, que pode ser copiado da Portaria 1.057/12, traz campos mais detalhados para discriminar as verbas rescisórias… – TST aceita gravação telefônica; Tribunal Superior do Trabalho (TST) confirmou a licitude de gravação telefônica feita por ex-empregado que ligou para o antigo local de trabalho passando-se por um empresário interessado em buscar referências sobre o próprio trabalhador… –Aumento livre: Consumidor sem defesa para gasolina mais cara; Postos que reajustaram preço acima do previsto pelo governo não estão irregulares…

O Globo

Manchete: Rio começa a fechar hoje teatros sem segurança

Medida, adotada por estado e município, vale também para lonas culturais e bibliotecas.

Interdição vai durar 20 dias, até que todos os espaços sejam vistoriados e liberados pelos Bombeiros.

Após O GLOBO revelar que 49 espaços públicos funcionavam sem autorização dos Bombeiros, a prefeitura e o governo anunciaram a suspensão da programação artística nesses locais, começando hoje pelo Teatro Glaucio Gill. “O critério é único: tem autorização, funciona. Não tem, não funciona. Não vou correr o risco de assistir a uma tragédia”, disse o secretário estadual de Defesa Civil, Sérgio Simões. (Págs. 1 e 3, 4 e editorial)

Polícia gaúcha retém celulares

A polícia começou ontem a devolver objetos encontrados com as vitimas do incêndio na boate Kiss, que matou 235 jovens em Santa Maria (RS). A demora no atendimento, que chegou a três horas, revoltou pais e parentes. “É um pesadelo que não acaba”, disse Ogier Rosado, que buscava documentos do filho. Celulares e câmeras foram retidos em busca de imagens que possam auxiliar as investigações. Para a polícia, a espuma usada no teto foi a causa da tragédia. (Págs. 1 e 8 e 9)

MP investiga empresas de bombeiros (Págs. 1 e 4)

Mercado de trabalho: Desemprego é o menor em dez anos

Apesar do Pibinho, a taxa de desemprego no país caiu para 4,6% em dezembro, ficando na média em 5,5% em 2012, o menor nível em dez anos. Em 2011, fora de 6%. Puxada pelo reajuste do salário mínimo, a renda do brasileiro avançou 4,1%, a maior alta na década. Para especialistas, a expansão dos serviços aqueceu o mercado de trabalho. (Págs. 1 e 25)

IPI maior de eletrodoméstico

Os impostos de produtos como refrigerador e fogão, além de móveis, sobem hoje. Os preços deverão aumentar a partir de março. (Págs. 1 e 30)

Mensalão na Espanha: Jornal acusa Rajoy de caixa 2

O jornal “El País” publicou supostas anotações de um ex-tesoureiro do PP com doações não declaradas ao partido. O presidente do governo, Mariano Rajoy, teria recebido R$ 68 mil anuais de 1997 a 2008. Ele nega. (Págs. 1 e 33)

Após suposto ataque: Irã e Síria fazem ameaça a Israel (Págs. 1 e 31)

————————————————————————————

O Estado de S. Paulo

Manchete: Alvo de 3 inquéritos, Renan deve ser eleito hoje

Senador lançou candidatura na véspera e enfrentará Pedro Taques(PDT), apoiado por ‘independentes’.

Alvo de três inquéritos no STF, Renan Calheiros (PMDB-AL) deve ser eleito hoje presidente do Senado. Sua candidatura foi lançada ontem com o apoio de 17 dos 20 representantes da bancada peemedebista. Renan vai enfrentar Pedro Taques (PDT-MT), lançado como candidato único de um grupo de parlamentares apontados como independentes. Com 11 representantes, a bancada tucana decidiu pelo apoio a Taques e corre o risco de perder a Primeira Secretaria do Senado. A expectativa de aliados de Renan, no entanto, é de que ele receba votos de ao menos quatro senadores do PSDB, já que a votação é secreta. Em reunião com os senadores de sua bancada, Renan anunciou a criação de uma secretaria para dar transparência aos atos do Senado e defendeu a votação de novas regras do Fundo de Participação dos Estados (FPE).

Valdir Raupp – Presidente do PMDB “O Renan não teve nenhuma condenação. É um líder nato”. (Págs. 1 e A4)

Dilma resiste a pressão do PT e evita regular mídia

Mesmo após pressão do PT, a presidente Dilma Rousseff pretende manter na gaveta o projeto que cria mecanismos de controle dos meios de comunicação. Segundo auxiliares, ela não se sensibilizou com a insistência do presidente do partido. Rui Falcão, e do ex-ministro Franklin Martins. (Págs. 1 e A6)

20 vezes depois

Após 20 tentativas, blogueira Yoani Sánchez mostra passaporte com autorização para sair de Cuba. Restrição continua para outros opositores. (Págs. 1 e A10)

Bombeiros reprovam 2 em cada 3 casas noturnas de SP

Blitze do Corpo de Bombeiros constataram que duas em cada três boates em funcionamento em São Paulo apresentam falhas na segurança. Das 39 casas noturnas fiscalizadas quarta-feira na cidade, 24 nem sequer possuíam o auto de vistoria do Corpo de Bombeiros, documento que aprova o projeto contra incêndio do estabelecimento e é requisito básico para obtenção do alvará de funcionamento. Em outras duas casas, a licença não estava sendo cumprida corretamente. As demais estavam em dia com as regras. (Págs. 1 e C1)

Combate ao fogo será investigado

Os bombeiros que trabalharam no combate ao incêndio em Santa Maria (RS) podem ser responsabilizados por terem usado civis no resgate de vítimas, prática vetada pela corporação. (Págs. 1 e C3)

Desemprego é o menor desde março de 2002

No ano em que o crescimento econômico decepcionou, o mercado de trabalho manteve vigor até o final. Em dezembro, a taxa de desemprego foi de 4,6%, a menor já verificada pela pesquisa do IBGE, iniciada em março de 2002. A taxa do ano também foi a mais baixa da série histórica: 5,5%. (Págs. 1 e B1)

Rio corre para acabar Maracanã

Com receio de que o Maracanã não fique pronto para a Copa das Confederações, em junho, empreiteiras estão remanejando operários de obras no Rio – como a construção da linha 4 do metrô, que ligará a zona sul à Barra da Tijuca – para tentar apressar a construção do estádio. (Págs. 1 e E1)

Aluno carente que faltar no Enem pode pagar taxa

O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, pretende cobrar inscrição no Enem de alunos isentos da taxa que faltarem à prova sem justificativa. Nesse perfil estão estudantes de escola pública ou que declararam “carência socioeconômica”. A abstenção ficou em 30%. (Págs. 1 e A13)

Juiz veta auxílio-moradia a deputados de SP (Págs. 1 e A6)

Embraer vende Super Tucanos para Angola (Págs. 1 e B11)

Advogado do Piauí é o novo presidente da OAB (Págs. 1 e A7)

Notas & Informações

Disputa acirrada no PT Lula, José Dirceu e Rui Falcão tiraram o dia para disputar entre si um torneio de descaramento (Págs. 1 e A3)

————————————————————————————

Correio Braziliense

Manchete: Tragédia Santa Maria – 235 razões para não esquecer

O incêndio da boate Kiss, em Santa Maria (RS), deixa um trauma nos brasileiros que vai ultrapassar gerações. O Ministério da Saúde concentra esforços no atendimento emergencial das vítimas, mas especialistas alertam para a necessidade de uma atenção a longo prazo, tal como aconteceu com os sobreviventes de outra boate incendiada, na Argentina, ou no caso do Césio-137 em Goiânia. Da lista de mortos na tragédia do Sul, pelo menos 13 tinham filhos. É um desafio para o país mostrar a esses órfãos que a irresponsabilidade empresarial e a omissão do poder público não podem mais ceifar centenas de vidas impunemente. (Págs. 1 e 6 a 9)

Congresso: Renan deve ser eleito presidente com 60 votos

O senador do PMDB de Alagoas driblou as pressões externas contra a sua candidatura, costurou acordos na base governista e garantiu o apoio da maioria dos 81 parlamentares. Sem chances de vitória, a oposição vai apoiar Pedro Taques (PDT-MT). (Págs. 1, 2 e 3)

Seu bolso: Gasolina sobe sem controle nas bombas

Todos os postos do DF elevaram seus preços menos de um dia depois de o governo autorizar o reajuste. Em alguns revendedores, o combustível aditivado chegou a R$ 3,13. A Agência Nacional do Petróleo vai investigar se houve aumentos abusivos. (Págs. 1 e 10)

Concursos: Mais posses antes da nova previdência

Para garantir a aposentadoria integral aos futuros servidores, evitando que ela seja paga pelo Funpresp, o fundo de pensão da categoria, alguns órgãos públicos aceleraram a convocação dos aprovados. Somente ontem a Câmara dos Deputados chamou 134 pessoas. (Págs. 1 e 13)

Vagas para 9,4 mil carros na Esplanada

O GDF apresentou projeto para construir um estacionamento subterrâneo próximo ao Congresso. A obra custará R$ 800 milhões e será feita em parceria com empresas privadas. (Págs. 1 e 21)

Empresa da família Roriz é penhorada

A Justiça bloqueou 50% das ações da Palma, pertencentes à filha mais velha do ex-governador, Weslliane Maria. A decisão foi tomada para garantir o pagamento de uma dívida de R$ 14 milhões. (Págs. 1 e 22)

————————————————————————————

Valor Econômico

Manchete: Petrobras vence licitação e volta a investir na Bolívia

Quase sete anos após a estatização de seus ativos pelo presidente Evo Morales, a Petrobras volta a investir na Bolívia. Em 30 de dezembro, a estatal venceu licitação para explorar um campo de 1,1 milhão de hectares no Departamento de Santa Cruz, região que abriga as maiores reservas de gás natural do país.

A Petrobras informou ao Valor que vai assinar contrato de prestação de serviço com a estatal boliviana YPFB e estimou que os trabalhos no local podem começar no segundo trimestre. Não divulgou, porém, dados sobre o investimento previsto ou o tamanho das reservas. (Págs. 1 e B6)

Choveu menos em janeiro do que o previsto

Mesmo tendo aumentado em intensidade nas últimas duas semanas, as chuvas de janeiro ficaram abaixo do previsto pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) e foram insuficientes para recuperar o nível de armazenamento dos reservatórios, o que mantém incertezas para o restante do “período úmido”. O programa mensal de operação do ONS estimava que as chuvas de janeiro chegariam a 89% da média histórica no subsistema Sudeste/Centro-Oeste e a 37% no subsistema Nordeste. Até o dia 30, ficaram em 80% e 31%, respectivamente. A média histórica contempla o registro dos últimos 82 anos. (Págs. 1)

Dilma quer ministros para mais seis anos

Na reforma prevista para depois das eleições das mesas da Câmara e do Senado, a presidente Dilma Rousseff gostaria de nomear ministros que tivessem disposição para ficar os próximos seis anos no cargo. Essa é uma das razões pela qual a reforma talvez não vá além de umas poucas Pastas. Dilma avalia que algumas áreas realmente precisam de mudanças, seja para ganhar dinamismo, seja para alguma acomodação política necessária para atender a base aliada. Mas fica desanimada ao pensar que esses ministros ficarão menos de um ano e devem sair em abril de 2014 para concorrer nas eleições.

Isso é particularmente verdadeiro entre os ministros políticos e de coordenação política do governo. E uma razão para Dilma manter Ideli Salvati nas Relações Institucionais. (Págs. 1 e A9)

Fotolegenda: De volta

Mais de três anos após sair do Brasil, o UBS volta a atuar como banco de investimentos no país, com a autorização de Brasília publicada ontem. Os destaques da sua atuação serão gestão de fortunas, operação da corretora Link, ofertas de ações e as fusões, informa Lywall Salles. (Págs. 1 e C12)

Novas aquisições elevam a concentração em farmácias

A rede de farmácias Extrafarma, do grupo paraense Imifarma, negocia a venda de pelo menos 30% da empresa com quatro fundos de investimentos. Controlada pela família Lazera, de Belém (PA), a companhia mantém conversas com os fundos Texas Pacific Group (TPG) e Warburg Pincus, ambos dos Estados Unidos, com o Kinea, do Itaú, e com o 3i, da Inglaterra. A entrada de um sócio no negócio daria impulso para que a companhia, com 175 lojas, expanda sua atuação nas regiões Norte e Nordeste, onde já está presente.

Embora de médio porte, essa nova operação mostra que o movimento de concentração no setor de farmácias continua acelerado. A Profarma, uma distribuidora de medicamentos fundada no Rio há 51 anos, comprou três redes de farmácias nos últimos 13 dias. Juntas, Farmalife, Drogasmil e Tamoio somam 140 lojas e faturaram R$ 645 milhões em 2012, posicionando a Profarma entre as dez maiores varejistas do setor no Brasil. (Págs. 1 e B3)

Biosev tenta de novo abrir seu capital

A Biosev, empresa sucroalcooleira da multinacional francesa Louis Dreyfus, vai tentar novamente abrir o capital na BM&FBovespa. A companhia, que é a segunda maior processadora de cana-de-açúcar do país, já havia buscado fazer uma oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) em julho, mas desistiu diante da baixa liquidez do mercado.

O Valor apurou que a Biosev tem intenção de levantar cerca de R$ 760 milhões – valor semelhante ao que pretendia captar no ano passado – com a oferta de 25% do seu capital. Uma assembleia marcada para 19 de fevereiro vai analisar a proposta. (Págs. 1 e B11)

Ex-senador Gilberto Miranda deixa as colunas sociais e volta ao noticiário em investigação da PF(Págs. 1 e A14)

Farmacêuticas buscam lucro em drogas para doenças raras (Págs. 1 e B9)

Copa e Olimpíada abrem oportunidades para a inovação (Págs. 1 e Eu & Fim de Semana)

Rio aposta nas ‘startups’

Após encerrar 2012 com 189 empresas incubadas, 22 incubadoras e 5 aceleradoras, o Rio procura ganhar espaço como polo de novas empresas do setor de tecnologia da informação. (Págs. 1 e B2)

Linde constrói fábrica no PR

A alemã Linde, uma das líderes mundiais na produção de gases industriais e medicinais, vai investir € 50 milhões na construção de uma fábrica em Curitiba (PR), com início de operação previsto para 2014. (Págs. 1 e B5)

Irani eleva produção

A Celulose Irani, fabricante de papel kraft e embalagens de papelão ondulado, controlada pelo grupo Habitasul, vai elevar sua capacidade de produção em 28% com o arrendamento de uma fábrica da Indústria de Papel e Papelão São Roberto, em São Paulo. (Págs. 1 e B7)

Foco na infraestrutura

Enquanto faz planos para abertura de capital ainda neste ano, a Invepar já definiu que 100% dos recursos obtidos serão destinados a novos projetos de infraestrutura. Segundo o presidente, Gustavo Rocha, os investimentos da empresa nos atuais negócios serão de R$ 2 bilhões em 2013. (Págs. 1 e B7)

Commodities agrícolas em queda

Commodities agrícolas iniciaram o ano em queda. Os preços de sete dos dez produtos mais negociados em Chicago e Nova York recuaram frente às médias de dezembro. Os contratos de grãos para entrega em maio caíram ao menor patamar desde junho. (Págs. 1 e B12)

Muralha do calote

Renda em alta e desemprego e juros em baixa ajudam a explicar a dificuldade para os índices de inadimplência recuarem, principalmente entre bancos privados, resultado da “ressaca” após a expansão do crédito na última década. (Págs. 1, C1 e Cl2)

Rescisão detalhada

A partir de hoje, as empresas devem usar o novo Termo de Rescisão de Contrato de Trabalho nas demissões. O documento, que pode ser copiado da Portaria 1.057/12, traz campos mais detalhados para discriminar as verbas rescisórias. (Págs. 1 e E1)

TST aceita gravação telefônica

Tribunal Superior do Trabalho (TST) confirmou a licitude de gravação telefônica feita por ex-empregado que ligou para o antigo local de trabalho passando-se por um empresário interessado em buscar referências sobre o próprio trabalhador. (Págs. 1 e E1)

Ideias

Claudia Safatle

Por ora, tudo o que se pode predizer sobre a inflação neste ano é que será menor que a do ano passado. (Págs. 1 e A2)

Armando Castelar Pinheiro

O surgimento de empresas ‘campeãs nacionais’, com apoio financeiro oficial, foi um sucesso para seus controladores. (Págs. 1 e A13)

————————————————————————————

Estado de Minas

Manchete: Vai sair hoje à noite? Cuidado

De 25 casas noturnas visitadas pelo Estado de Minas na capital e entorno, 17 não tinham pelo menos um item de segurança exigido pela legislação.

O dispositivo mais em falta nos estabelecimentos é a barra antipânico nas saídas de emergência, obrigatória para locais com capacidade superior a 200 pessoas, conforme o Decreto Estadual 44.746, de 2008, que regulamenta a lei sobre prevenção de incêndio e pânico em Minas. Apesar da falta dessa e de outras proteções, 23 casas tinham auto de vistoria dos bombeiros, com base em outros parâmetros da corporação.

Prefeitura de BH iniciará vistorias

Secretaria Municipal de Serviços Urbanos informou que a fiscalização das boates, em conjunto com o Corpo de Bombeiros, começará de imediato, embora sem marcar a data. As casas irregulares serão
interditadas e multadas.

Aprovada casa com apenas uma saída

Em meio a uma cruzada nacional por segurança em casas noturnas, o Conselho Municipal de Políticas Urbanas aprovou um empreendimento na Região Centro-Sul com uma só saída e sem auto de vistoria do Corpo de Bombeiros.

Falta de extintores

Fotos e vídeos feitos por frequentadores mostram outros shows pirotécnicos e locais de extintores vazios na boate onde morreram 235 jovens em Santa Maria (RS). (Págs. 1 e 6 a 9)

Gasolina: Preço do combustível passa de R$ 3 nos postos da capital

Reajuste nas bombas de BH chega a 8%, acima da alta de 6,6% na refinaria. Custo para motoristas do interior de Minas é ainda maior, com o litro superando R$ 3,10. (Págs. 1 e 12)

Grande BH tem menor desemprego em 10 anos (Págs. 1, 14 e Editorial 10)

————————————————————————————

Jornal do Commercio

Manchete: PCR fecha casas noturnas

Tebas, Iguana e Studio 363 estavam sem alvará. Outros 4 espaços foram notificados. Bombeiros participam da ação. (Págs. 1 e cidades 4)

Afogados, enfim, sob intervenção (Págs. 1 e cidades 2)

Estado com mais 22 blitzes da lei seca (Págs. 1 e cidades 7)

Telefone fixo terá reajuste de 0,554% (Págs. 1 e economia 1)

————————————————————————————

Zero Hora

Manchete: Polícia Civil investiga empresa de bombeiro

Delegados tomam depoimento de uma das sócias da Hidramix, que executou obra prevista no plano contra incêndio da boate Kiss. MP analisa se houve favorecimento.

Perícia conclui que espuma inapropriada causou as mortes. (Págs. 1 e 34 a 41 e Rosane Oliveira 8)
Aumento livre: Consumidor sem defesa para gasolina mais cara

Postos que reajustaram preço acima do previsto pelo governo não estão irregulares. (Págs. 1 e 18)

Raio X do trabalho: Mais empregados acima dos 50 anos no Brasil

Aumento da expectativa de vida faz trabalhador permanecer na ativa por mais tempo. (Págs. 1 e 12)

Briga dos pedágios: Concessionárias ganham 1º round contra Tarso

Liminar adia o repasse do polo de Carazinho para estatal que administrará praças. (Págs. 1 e 6)

————————————————————————————

Brasil Econômico

Manchete: Mercado livre de energia cria bolsa contra calote de até 21%

Com a alta dos preços no ano passado, cresceu muito a inadimplência na compra e também na entrega de energia, quando o vendedor deixa de honrar o compromisso. No novo modelo, a câmara de compensação assumirá o risco dos contratos. (Págs. 1 e 6)

“Precisamos produzir carros aqui”, diz chefão da Mercedes

Philipp Schiemer, principal executivo da área de automóveis da Mercedes, afirma ao BRASIL ECONÔMICO que a fabricação local é necessária para que a montadora atinja uma participação de mercado de pelo menos 1%. (Págs. 1 e 14)

UBS recebe sinal verde do BC e volta ao Brasil (Págs. 1 e 31)

Só ganhou quem apostou na renda fixa em janeiro (Págs. 1 e 34)

Desemprego tem a menor taxa dos últimos dez anos

Mesmo com PIB mais fraco, setor de serviços ampliou contratações e empresas adiaram demissões. (Págs. 1 e 9)

Renan Calheiros volta ao comando do Senado hoje

Apesar das recentes denúncias, a ala rebelde de senadores terá, no máximo, 20 dos 81 votos. (Págs. 1 e 4)

Jockey arrendará área para empresa de eventos em SP

Negócio com a XYZ Live reforçaria o caixa do clube, que enfrenta uma dívida de R$ 400 milhões. (Págs. 1 e 15)

Clipping Radiobrás

Edição: Equipe Fenatracoop

Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.

Responda

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui