Manchete nos Jornais para esta Sexta-Feira 23 de Dezembro de 2011

91

CVM estabelece regras para controlar agências de risco – Briga sindical esvazia greve nos aeroportos – Crise das togas: Corregedora e juízes entram em confronto – Orçamento 2012: Congresso descarta reajuste a servidores e aposentados – Custo de mão de obra na indústria – Seguro de carro deve subir de 2% a 8% –  Redes sociais ampliam risco de ‘fogo amigo’ – Governo suspende 2,3 mil promoções e revolta PMs – Corregedora de Justiça diz que juízes omitem dados sobre renda…

O Globo

Manchete: Movimento racha e greve de Natal fracassa em aeroportos
Aeronautas aceitam proposta. Pessoal de terra ameaçou parar, sem êxito

A ameaça de greve nos aeroportos do país durante o período de Natal e Ano Novo acabou não se concretizando. Os aeronautas, que trabalham, embarcados, aceitaram a proposta de reajuste salarial de 6,5%. Os aeroviários, que trabalham em terra, se dividiram, e parte deles decidiu interromper as atividades em Rio, Belo Horizonte, Salvador, Fortaleza e Brasília. Ainda assim, o movimento grevista não teve força para impedir as trocas de turnos nos terminais. Segundo a Infraero, 63 dos 2.567 voos domésticos previstos para ontem até as 21h atrasaram e o percentual chegou a 24,7%, menor que o registrado no mesmo dia de 2010: 38,4%. Na véspera, o Tribunal Superior do Trabalho (TST) decidiu que a categoria seria obrigada a manter 80% do efetivo trabalhando ou pagaria multas diárias de R$ 100 mil. (Págs. 1 e 23)

Esquenta a guerra entre juízes e CNJ
Corregedora diz que magistrados mentiam ao acusá-la de quebrar sigilo de milhares
Acusada por associações de magistrados de quebra de sigilo bancário e fiscal de mais de 200 mil juízes, servidores e seus parentes, a corregedora-geral do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) , Eliana Calmon, negou e chamou as entidades de mentirosas. As associações de magistrados, por sua vez, anunciaram que pedirão investigação sobre a conduta de Calmon à Procuradoria Geral da República e ao CNJ. A investigação polêmica, suspensa por liminar do STF, começou quando o corregedor era Gilson Dipp. (Págs. 1, 10 e 11)

Argentina aumenta cerco à imprensa
Dominado por governistas, o Senado argentino aprovou lei que põe nas mãos da presidente – em guerra com a imprensa independente – o controle do papel-jornal, transformado em “bem público”. Em outra investida, o Fisco bloqueou os bens do “La Nación” e cobra US$ 116 milhões de 23 jornais, que negam a dívida. Lei antiterror pode atingir a imprensa. (Págs. 1 e 30)

MP exige mais ação contra deslizamentos
O Ministério Público entrou com 121 ações na Justiça contra o estado e a prefeitura, determinando que reduzam o risco de deslizamentos ou enchentes que podem afetar 20 mil moradias em favelas. (Págs. 1 e 14)

Coronel é afastado do 7º BPM
Apesar da defesa de entidades policiais e de sua prisão ter sido revogada pela Justiça, o coronel Djalma Beltrami foi exonerado do comando do 7º BPM e transferido para a “geladeira” da PM. (Págs. 1 e 21)

Comissão aprova Orçamento/2012 sem reajustes
A Comissão Mista de Orçamento aprovou ontem o Orçamento da União para 2012, sem previsão de qualquer reajuste para o Judiciário e nem aumento real para as aposentadorias acima do mínimo. (Págs. 1 e 3)

Vagas temporárias salvam estatística de desemprego no país. (Págs. 1 e 28)

Novo ditador norte-coreano foi ‘brasileiro’
A atração da família do falecido ditador da Coréia do Norte Kim Jong-il pela Disney levou seu sucessor a entrar no Japão com passaporte brasileiro, disse um jornal japonês. Kim Jong-um teria feito a viagem em 1991 com documento verdadeiro, mas nome falso. (Págs. 1 e 31)
————————————————————————————

O Estado de S. Paulo

Manchete: Corregedora de Justiça diz que juízes omitem dados sobre renda
Eliana Calmon afirma que quase metade dos magistrados paulistas ignora lei que obriga a exibir declaração; para ela, corporativismo no Judiciário é ‘ovo da serpente’

Atacada por associações de juízes e, nos bastidores, até por ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), a corregedora nacional de Justiça, Eliana Calmon, afirmou ontem que quase metade dos magistrados paulistas descumpre a lei que obriga servidores públicos a apresentar declaração de renda. Segundo ela, por trás da crise no Judiciário está um movimento corporativista para enfraquecer o Conselho Nacional de Justiça (CNJ). “Esse é o ovo da serpente”, disse Eliana, que deflagrou a crise em setembro ao dizer que havia “bandidos de toga” na magistratura. A corregedora negou que tenha havido quebra de sigilo fiscal ou bancário ou vazamento de informações sigilosas dos investigados, como sugeriu o presidente do STF, Cezar Peluso. Ela negou também que Peluso e o ministro Ricardo Lewandowski – que deu liminar suspendendo o trabalho da corregedoria – estejam sendo investigados. (Págs. 1, A4 e Nacional)

Magistrados pedem ação contra Eliana

Logo após as declarações de Eliana Calmon , associações representativas de juízes decidiram pedir que o Conselho Nacional de Justiça investigue a corregedora por suspeita de quebra de sigilo de magistrados investigados. Para Eliana, essas associações são “maledicentes e mentirosas”. (Págs. 1, A5 e Nacional)

Desemprego cai para 5,2%, menor índice desde 2002
O “boom” na contratação de temporários fez o desemprego no País cair de 5,8% em outubro para 5,2% em novembro, o menor da Pesquisa Mensal de Emprego, iniciada em 2002 e que inclui emprego informal. Os ganhos do trabalhador seguem em nível elevado e podem pressionar a inflação (Págs. 1, B5 e Economia)

Celso Ming
O País vive situação de pleno emprego, que reflete também forte escassez de mão de obra qualificada em vários setores. (Págs. 1, B2 e Economia)

Rodovias de SP suspendem obras para evitar lentidão. Melhor horário para viajar é depois das 22 horas (Págs. 1, C4 e Cidades)

USP vai dar mil bolsas de graduação no exterior (Págs. 1, A13 e Vida)

289 creches conveniadas da capital têm problemas (Págs. 1, A11 e Vida)

Fernando Gabeira: A China é vizinha
O Brasil pode ganhar muito ao abrir os olhos para a China. Desde que se compreendam as diferenças e haja um generoso diálogo intercultural. (Págs. 1, A2 e Espaço Aberto)

Notas & Informações: A crise da Justiça se agrava
Ao esvaziar o CNJ e suspender investigações, ministros do STF agravaram a crise do Judiciário. (Págs. 1 e A3)
————————————————————————————

Correio Braziliense

Manchete: Governo suspende 2,3 mil promoções e revolta PMs
Ascensão de praças e oficiais do DF, alguns à espera dela por mais de 20 anos, aconteceria hoje. O cancelamento foi por orientação da Justiça, que analisa supostas irregularidades ocorridas em processo semelhante realizado há um ano. (Págs. 1 e 26)

Economia: BC vai reduzir os juros para o país crescer
É tudo ou nada: para cumprir o desejo da presidente Dilma Rousseff de fazer a economia avançar pelo menos 4,5% em 2012, o Banco Central vai cortar a taxa de juros Selic nos próximos meses. O consumo será também estimulado. Mas já há algo a festejar: o desemprego é o menor desde 2002. (Págs. 1, 10 a 12)

Concurso: Edital do Senado será lançado hoje
Serão preenchidas, a principio, 246 vagas de níveis médio e superior. Os salários chegam a R$ 23,8 mil. (Págs. 1 e 15)

Aeroportos: Acordo evita greve e caos no fim do ano
Pilotos e comissários aceitam reajuste de 6,5% e enfraquecem o movimento. Aeroviários ainda estão divididos. (Págs. 1 e 14)

Ministra reage contra “linchamento”
A frente da Corregedoria Nacional de Justiça, Eliana Calmon classifica de “absurdas” as acusações de magistrados, de que teria quebrado sigilos de servidores. (Págs. 1 e 4)

Argentina: Mídia sob controle
Senado aprova lei que permite ao Estado interferir na produção de papéis dos jornais. Outra legislação, antiterrorista, abre espaço para perseguição de jornalistas. (Págs. 1 e 19)

Metrô: Sabotagem no Facebook
Mensagens supostamente trocadas por metroviários em rede social revelam intenção de paralisar totalmente os trens. A companhia vai aumentar a segurança. (Págs. 1 e 25)
————————————————————————————

Valor Econômico

Manchete: Sem monopólio há 14 anos, Petrobras tem 90% do setor
Quatorze anos depois da quebra do monopólio na exploração de petróleo no país, a Petrobras mantém o domínio quase absoluto do setor. Concentra as importantes descobertas dos últimos anos e responde por quase 90% da produção nacional.
Desde 1999, foram enviadas 1.201 notificações de descobertas à Agência Nacional do Petróleo (ANP), mas apenas 152 se mostraram comerciais e receberam ou ainda vão receber investimentos que resultarão em nova produção de óleo ou gás. Dessas 152 descobertas, 92 foram feitas em campos operados pela Petrobras. No mar, houve 49 descobertas no período, sendo 39 em áreas operadas pela estatal. A maioria são campos em terra, de pequenas dimensões e que agregam pouco à produção nacional, com exceções importantes como as reservas de gás da Petrobras no rio Solimões e da OGX no Parnaíba. (Págs. 1 e C1)

Indústria vai liderar alta do PIB, prevê BC
Após um desempenho fraco em 2011, a indústria deve liderar a expansão da economia brasileira no próximo ano, projetada pelo Banco Central em 3,5%. Com inflação mais baixa, a indústria deve crescer 3,7%, taxa superior à do setor de serviços, que deve ficar em 3,3%. Os números constam do Relatório Trimestral de Inflação, divulgado ontem, em que o BC reitera a compatibilidade entre os ajustes moderados da Selic e a queda da inflação, projetada para 4,7% em 2012. O relatório reafirma a visão de que a economia global passará por um longo período de baixo crescimento e grande possibilidade de recessão em “economias maduras”. (Págs. 1 e A14)

Rio foca UPPs e SP aumenta investimento
Duas grandes diferenças marcaram a reestreia de Geraldo Alckmin (PSDB) no governo paulista. O nível dos investimentos do Estado aumentou em relação à sua primeira gestão (2003-2006) e se equiparou à média dos dois anos finais da gestão José Serra (2007-2010). Para 2012, o programa de investimentos, de R$ 25 bilhões, é 25% maior que o de 2011. E o aumento das parcerias nas áreas sociais e de infraestrutura também mudou a relação com o governo federal.
Já no Rio, a elevação dos investimentos é mais modesta, de apenas 2% (R$ 6,149 bilhões), o que não deve afetar o principal programa do governador Sérgio Cabral (PMDB), as Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs). É na Segurança que se assenta a popularidade do governador. (Págs. 1, A7, A8 e A9)

Um ano de desafios para a Marfrig
A companhia de alimentos Marfrig enfrentou um turbilhão de acontecimentos neste ano. Atraiu a atenção das concorrentes do setor, que quiseram comprar seus ativos, e também dos analistas e investidores, que questionaram, por exemplo, o nível de endividamento da companhia e a trajetória de suas ações.
Enquanto o mercado se perguntava quem ficaria com os ativos colocados à venda pela Brasil Foods por determinação do Cade, uma engenhosa operação que mexeria com todo o setor foi planejada. Em duas ocasiões, a Marfrig recebeu proposta de JBS e Minerva para comprar suas operações. Conforme apurou o Valor, a JBS ficaria com a área de processados de carnes e o Minerva, com o segmento de bovinos. Essa combinação abriria espaço para a JBS comprar os ativos da BRF, já que não haveria outra empresa com capacidade para isso. (Págs. 1, D1, D4 e D5)

Redes sociais ampliam risco de ‘fogo amigo’
No ano passado, o diretor comercial da Locaweb, Alex Glikas, celebrou uma vitória do Corinthians com piadas no Twitter. Sua empresa, porém, na época patrocinava o São Paulo, alvo das provocações. O episódio provocou a ira de torcedores e a demissão do executivo, que retornou ao cargo somente oito meses depois. Com a popularização das redes sociais, casos de “fogo amigo” como esse estão se tornando cada vez mais comuns e podem colocar em risco não só a carreira dos profissionais, mas também a reputação das organizações. De acordo com a consultora Andrea Huggard-Caine, cabe às companhias estabelecer normas de conduta a seus colaboradores. (Págs. 1 e D12)

Roteiro de turbulências seguirá firme em 2012
Poucos anos são lembrados como pontos de mudança radical. O agitado 2011 talvez seja um deles. No mundo árabe já é, na opinião do cientista político Dominique Moïsi. Em todo o planeta, sete bilhões de pessoas continuarão assistindo a um roteiro turbulento em 2012. A crise econômica, eleições em diversos países, a multiplicação das manifestações de rua e o surgimento de novas potências deslocam as “placas tectônicas” da geopolítica mundial, afirma Moïsi.
No Brasil, resta acompanhar se os ministros conseguirão manter seus cargos, se o crescimento econômico será recuperado a contento e se a nova política diplomática do governo Dilma vai se consolidar. (Págs. 1 e Fim de Semana)

‘Abre-te sésamo’ para o gergelim
“Abre-te, sésamo” são as palavras mágicas que abrem a caverna do tesouro na história de Ali Babá. Sésamo é sinônimo de gergelim e a frase se refere à forma lenta com que a vagem da oleaginosa se abre.
De cultivo milenar, o gergelim é uma produção pouco significativa no Brasil, majoritariamente familiar. Nos últimos anos, porém, recebeu benefício fiscal ao ser incluída no Programa Nacional de Produção e Uso do Biodiesel. A partir de então, as aquisições dentro do programa saltaram de 138 toneladas em 2009 para 2 mil toneladas neste ano. Túlio Benatti, fundador da Sésamo Real, maior processadora de gergelim do país, acredita que o consumo deve crescer mais na indústria de alimentos. (Págs. 1 e B10)

Seguro de carro deve subir de 2% a 8%
Os preços dos seguros de automóveis devem aumentar entre 2% e 8% em 2012. O reajuste é um contra-ataque das seguradoras, que reclamam da elevação dos custos de indenizações. Também contribui para o encarecimento das apólices a redução do resultado financeiro das companhias, em razão da queda na taxa de juros.
A subida dos preços marca uma reversão na trajetória de queda das apólices, tendência predominante no primeiro semestre deste ano. Com as vendas de veículos novos – principal motor do crescimento dos seguros de automóveis – perdendo fôlego ao longo do ano, as seguradoras disputaram o mercado nos centavos, jogando os preços para baixo. (Págs. 1 e C1)

Europeus transferem riqueza para fora da zona do euro (Págs. 1 e B7)

Destaques: Energia entra na biomassa
O grupo Energisa anunciou ontem a compra de 85% das duas termelétricas da Tonon Bioenergia, empresa do setor sucroalcooleiro, para a geração de eletricidade a partir da queima de biomassa de cana-de-açúcar. O valor do negócio foi de R$ 140 milhões. (Págs. 1 e B1)

Operadoras investem em WIF
As principais operadoras de telecomunicações do país desenvolvem projetos para instalar pontos de acesso WIFI em locais públicos. A intenção é atender a demanda crescente dos usuários de smartphones e tables por internet móvel e desafogar o tráfego das redes móveis de 3G. (Págs. 1 e B2)

Passagem aérea sobe na Europa
Os preços das passagens para voos na Europa deverão aumentar entre €2 e €12 com a nova taxa de emissão de carbono que será cobrada das companhias aéreas a partir de janeiro. Nesta semana, a Corte Europeia de justiça autorizou a medida. (Págs. 1 e B4)

Custo de mão de obra na indústria
Os custos de mão de obra industrial no Brasil subiram 24% em 2010, para US$ 10,08 a hora, puxados pela valorização do câmbio e aumento real de salários, segundo estatísticas do Departamento de Trabalho dos EUA. A mão de obra brasileira só é mais cara que em 6 das 34 maiores economias. (Págs. 1 e A4)

Ferrugem avança na Colômbia
Estimulada por anos de chuvas torrenciais, a ferrugem se espalha pelos cafezais da Colômbia, segundo maior produtor mundial de café arábica de alta qualidade. Cerca de 10% dos cafezais foram replantados neste ano para tentar conter a doença. (Págs. 1 e B9)

Herança digital
Cartórios e escritórios de advocacia começam a receber pedidos de pessoas interessadas em incluir em testamentos e inventários os chamados ativos digitais, como senhas de acesso a e-mails, conteúdo de blogs e outros documentos arquivados virtualmente. (Págs. 1 e E1)

Ideias: Claudia Safatle
Em 2012, com inflação em baixa o PIB em recuperação, a conta do último ano do governo Lula vai sendo quitada. (Págs. 1 e A2)

Elena Landau
A legislação trabalhista é suficiente para combater condições de trabalho precárias, sem extinguir a terceirização. (Págs. 1 e A10)
———————————————————————————–

Estado de Minas

Manchete: Saúde das crianças em perigo nas praças de BH
Teste da areia de espaços de lazer da Zona Sul aponta a presença de coliformes fecais e ovos de vermes.

As amostras foram colhidas no Parque JK no Sion, e praças Nova York, no mesmo bairro, da Assembléia, no Santo Agostinho, e Ney Werneck, no Belvedere, e analisadas em laboratório da UFMG a pedido do Estado de Minas. Apenas a da Assembléia não foi reprovada. Como não há legislação específica sobre o assunto no Brasil, foi usado parâmetro de resolução municipal do Rio sobre a areia das praias. Para os pequenos, o risco é de dermatites, coceiras, alergias, além de vômitos, diarréias e parasitoses intestinais, quando levam as mãos sujas à boca. (Págs. 1, 21 e 22)

Orçamento 2012: Congresso descarta reajuste a servidores e aposentados (Págs. 1 e 3)
————————————————————————————

Jornal do Commercio

Manchete: Farra na Assembleia
Em nova medida polêmica, 52 deputados e ex-deputados estaduais já receberam até 17.708,76, correspondentes às três primeiras das 36 parcelas do auxílio-moradia, retroativo aos anos de 1994 a 1997. Total pode chegar a R$ 354 mil para cada um. (Págs. 1, 3 e 4)

Metroviários em greve por segurança (Pág. 1)

Eduardo é o mais popular, diz pesquisa (Pág. 1)
————————————————————————————

Zero Hora

Manchete: RS puxa recorde de emprego no país
Região Metropolitana de Porto Alegre se destaca com o melhor índice da pesquisa (3,6%) que mostra como os temporários aquecem o mercado de trabalho. (Págs. 1 e 21)

Crise das togas: Corregedora e juízes entram em confronto
Eliana Calmon repudia acusação de entidades, de que quebrou sigilos de magistrados. (Págs. 1 e 6)

Hermanos: Estado tenta nova tática de cobrar multas
Em 12 anos, só 6% das infrações foram pagas por motoristas de fora. (Págs. 1 e 28)
————————————————————————————

Brasil Econômico

Manchete: Mantega discorda do BC e diz que economia vai crescer 5% em 2012
Ministro da Fazenda rebate previsão de 3,5% do Banco Central para PIB de 2012 e mantém expectativa de retomada na casa dos 5% puxada, segundo ele, pelo aumento dos investimentos públicos e privados, do salário mínimo e do consumo. (Págs. 1 e 8)

Briga sindical esvazia greve nos aeroportos
Governo entra na disputa no papel de bombeiro, racha a CUT e desestimula movimento, que não decola. (Págs. 1 e 4)

R$ 4 bi de galpões industriais à venda
Gestora de imóveis Prosperitas negocia com grupo chinês todos os condomínios industriais que tem no país. (Págs. 1 e 25)

Grupo João Santos atravessa projeto da Fiat em Pernambuco
Governo do estado entrou na Justiça a fim de passar terreno da indústria para a montadora. (Págs. 1 e 25)

Eliana Calmon: ‘Associações de juízes são mentirosas’
A corregedora da CNJ afirma que as entidades tentam “um linchamento moral” contra ela. (Págs. 1 e 12)

Gol reforça caixa antes de negociar com credores
Entrada da Delta no capital da empresa facilitará entendimento com detentores de debêntures da companhia aérea. (Págs 1 e 32)

Privatização à portuguesa
Chinesa derrota Eletrobrás e Cemig, compra 21% da EDP por 2,7 bilhões de Euros e abre espaço no Brasil e na Europa (Págs. 1 e 26)

CVM estabelece regras para controlar agências de risco
Objetivo é reduzir conflitos de interesse na emissão de notas, como já se faz nos Estados Unidos. (Págs. 1 e 33)

Em busca da estabilidade
José Maria Aznar propõe ao novo governo da Espanha que incentive fusões de bancos contra a crise. (Págs. 1 e 36)

Clipping Radiobrás

Edição: Equipe Fenatracoop



Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *